Created with Sketch.
Susana Pinto

Oh la la!

 

 

 

 

 

 

 

 

Via Once Wed, este oh so very french…! real wedding celebrado na floresta dos avós da noiva (!!!).

Tudo foi feito pelos próprios, família e amigos: convites, decoração, chão de dança, and so on…

 

“We’ve been working in the forest for 9 month to make it nice, we bought tents and built a candyfloss shed and the dancefloor (with a star in the middle), I went every weeks to emmaüs (french charity store) to buy 65 chairs for the dinner and nice vintage dishes, people lent us the tables and my grand mother gave me white sheets and flowers to decorate it. The dress code for the guests was : dots and stripes and many of them followed it. Our guests slept in tents with us after dancing around a camp fire and it’s been a wonderful day and night. I imagined everything with the caterer, the designer for my dress and the taylor for my husband’s suit.”

 

Que bonito…!

Adoro os sapatos e o bolero de lantejoulas (tudo, aliás…!), mas o bouquet é simplesmente magnífico!

 

 

Comentar

  • Célia Madureira

    Liiiiiiiiindo! Lindo lindo lindo! Palavras para quê!

  • Susana

    Bem vinda, Célia!

    Pois é, este tipo de imagens faz-nos repensar todas as ideias formatadas que temos na cabeça sobre casamentos, não é…?
    O bouquet (parecem-me malvas ou sardinheiras) e os sapatos mais o bolero, são deliciosos, e o sítio, no meio da floresta, que sonho!
    Depois disto, uma tenda de plástico numa quinta qualquer…? Não, obrigado!

  • Célia Madureira

    Olá Susana!
    Venho cá todos todos os dias! Mas nunca deixei nenhum comentário! Caso para o ano então ando atenta a tudo… 🙂

    Achei linda esta “produção”! Faz-nos mesmo pensar nas ideias formatadas que temos sobre casamentos. Tenho pensado muito nisso! Quero fazer diferente mas… nalgumas coisas, tenho medo de fazer diferente! A formatação das cabeças alheias têm muita força!

    E, noivas à parte… este noivo também está muito giro!

    Beijinhos,

  • Susana

    Célia, o q acaba de dizer é o q se passa na cabeça da maior parte das noivas…
    Mas a verdade é que não conheço nenhuma que tenha feito exactamente aquilo que quis e como quis e se tenha arrependido… ou ouvido comentários menos positivos de quem quer que seja.

    O melhor conselho que lhe posso dar, é confie em si, em si e no seu noivo, naquilo que são como casal e o que este momento representa para vocês e para a vida que estão a desenhar…
    O resultado, garantido, é uma festa memorável, intensa e cheia de momentos especiais…

    Não deixe que as opções de decoração (certamente poucas, por norma!) determinem o convite q escolhe, por exemplo… acontece-me muitas vezes alguém que chega à Wise_up Weddings e olha para um convite que adora, mas pergunta se pode ser verde (que até não adora tanto quanto isso…) porque é essa a cor das toalhas…

    Isto é fazer o caminho ao contrário!

    Deixo este conselho que li numa entrevista da Abby Larson, do Style me Pretty, ao blog Weddings Unveiled:

    “WU: What is the best advice you can give to an engaged couple?

    AL: The best weddings are those that truly reflect the style and personality of the bride and groom. Before you get into the wedding planning hoopla, sit down over a bottle of wine and write down the ten things you love the most as a couple. Perhaps it’s family and friends. Perhaps it’s the small town you grew up in. Perhaps it’s going to the movies, sharing a cozy meal, having a cup of hot cocoa. Whatever those little things are that help to define you as a couple, write them down. And make the words on the piece of paper your focus throughout the entire process. Design a wedding that is about you as a couple, about what makes you love, laugh and smile. Mark my words, you can’t go wrong if you take this approach.”

    É só isto!
    Confie em si, faça cedências em detalhes que não choquem convosco e que são importantes para a família, mas a festa é sua 🙂

  • Palavras para quê…acabaste de dizer tudo 🙂

    Célia sempre que tiver dúvidas venha até ao Simplesmente Branco estamos aqui para isso mesmo e acredite que tudo o que foi dito é mais do que verdade…e nós que lidamos com inúmeros casais sabemos conhecemos mais de perto tanto as histórias mais fantásticas como os grandes desastres, e depois não há como voltar atrás!

    Su…the best!

  • Célia Madureira

    Obrigada Susana! É isso mesmo! Tem toda a razão! Vou seguir esse conselho sábio da Abby Larson!

    Eu vou dando notícias da evolução do meu plano de casamento! Para já só tenho 3 coisas definidas: os fotógrafos (lounge foto), a quinta (aqueduto – póvoa do varzim) e a maquilhadora (Maria Fontes – uma amiga)! Ah! E o dia claro: 10.09.11

    Obrigada pelos conselhos!

  • Susana

    Fico contente, Célia, pq de certeza que será muito especial!
    Conte com a equipa (editora e fornecedores) do Simplesmente Branco para inspiração, ajuda e serviços e vá dando notícias!

  • Susana

    Anita, mais uma noiva que passou para o lado de cá 🙂

  • YES!

  • Fico contente por a Célia não ter medo de arriscar! Cada vez mais quer-se casamentos com alma, com personalidade, se não damos o cunho pessoal neste dia, quando daremos? Arriscar é preciso!

  • Susana

    olá Luís, ficámos todos fãs da Célia!
    You can do it girl!

  • Vânia Duarte

    Ainda não tinha visto este post.
    Quando vejo imagens destas, fico com mais certeza que quero ir de vestido curto:)
    Noiva, noivo e casamento absolutamente maravilhosos!

  • Susana

    Eu nem sei do que gosto mais, se da floresta, do bouquet, do bolero,ou das cabeças das pessoas q são capazes de por de pé exactamente o que têm lá dentro…

  • Vânia Duarte

    O que me fascina é a simplicidade e descontracção de tudo.
    Parece apenas uma reunião de família e amigos, tal como quero que seja o meu:)
    Menos é sem dúvida alguma mais!

  • Susana

    Mesmo!