Created with Sketch.
Susana Pinto

A arte de bordar, por Jubela: almofada para as alianças

Há alguns anos que acompanho o trabalho bonito da doce Joana Caetano, que assina com o nome de Jubela.

Faz parte desse lote incível de meninas que trabalham com as mãos, pacientemente, e trazem para os dias de hoje, por um caminho totalmente contemporâneo, técnicas e saberes antigos, com um carinho e uma consistência que só torna as suas peças bens preciosos e intemporais.

Já falámos várias vezes do trabalho da Joana por aqui, e os seus bastidores bordados com andorinhas são presença frequente em casamentos, como este, da menina Beija-flor, fotografado pela Marta Marinho, da Beija-me, nossa fornecedora seleccionada (e um dos casamentos mais bonitos que publicámos por aqui recentemente!).

Há dias cruzei-me com estes bastidores que combinam um dos meus (e da Joana) motivos favoritos, as andorinhas, com umas pequeninas flores brancas, sobre uma base de linho cru… São tão delicados e especiais!

Podem ser usados como “almofada das alianças”, para decorar um recanto da nova casa ou para oferecer a alguém de quem se goste muito.

 

 

Almofada para as alianças, com bastidor bordado com andorinhas

 

Conversámos um bocadinho com a Joana e ela explica-nos o que é isto de bordar:

 

A Jubela é uma marca de bordado de autor que nasceu em 2009, depois de frequentar algumas oficinas de bordado tradicional de Guimarães.
O meu trabalho caracteriza-se essencialmente pelo uso de temas e símbolos, que fazem parte do bordado típico de algumas regiões de Portugal, como o caso das andorinhas.
Os pontos de bordar utilizados partem do bordado tradicional, mas os desenhos e as peças finais são projectos da minha autoria. Tanto podem ser acessórios como colares alfinetes e pins, como objectos de decoração, peças onde misturo técnicas, como o caso das ‘andorinhas rendadas’, onde misturo serigrafia com o bordado.
A escolha dos materiais é criteriosa,  bordado é uma técnica demorada e exige experimentação e experiência.

Algumas peças são bordadas em linho artesanal, que compro directamente aos produtores deste material. O meu trabalho está apenas disponível na loja online, faço séries pequenas e a criação em pequena escala não é compatível com a distribuição em várias lojas.

 

Almofada para as alianças, com bastidor de linho, bordado com andorinhas

 

Almofada para as alianças, com bastidor de linho bordado com andorinhas

 

Sobre o processo de trabalho, a Joana também nos explica como é:

 

“Normalmente existe um exemplar de cada peça que vai sendo reproduzido à medida que as peças se vendem.
As peças têm preços fixos, porque são semelhantes na sua génese: as horas de trabalho e materiais. Mas também é possível fazer uma encomenda personalizada, a partir das peças já existentes, onde o preço pode variar um pouco, dependendo da peça final que se está a criar: é criado um desenho próprio e até o esquema de pontos a bordar é ajustado à medida.
No fim, as peças são enviadas pelo correio, ou quando possível, entregues em mão (a quem pode ou quer tomar um cafézinho comigo, pela baixa do Porto).
Embalar é para mim tão importante como o restante processo. Escolho e compro todos os materiais pelo comércio tradicional aqui da cidade do Porto e faço as embalagens manualmente. Os bastidores das andorinhas são envoltos em papel de seda às florzinhas, os envelopes feitos por mim em papel de bacalhau da papelaria Modelo, e tudo é atado com um fio de linho da casa Crocodilo, a fechar a embalagem.”

 

 

 

Mais amor que isto, é difícil!

As peças da Jubela vão estar em exposição e venda em Dezembro, numa Pop UP store que vai juntar artistas de outras áreas como a ilustração, cerâmica e encadernação. Serár no Porto, na Rua do Breiner e a restante informação ainda está no segredo dos deuses para não estragar o efeito surpresa!

 

Para saberem tudo, recomendo que acompanhem as aventuras da Jubela (gata incluída), na sua página do Facebook, site e Instagram. Até lá, façam compras e encomendas na loja online.

E podem sempre mandar um email simpático à Joana Caetano, ela vai gostar de vos conhecer e ouvir!

 

Comentar