Created with Sketch.
Susana Pinto

Casamento civil moderno e urbano: tanto estilo!

Hoje trago-vos um casamento civil, moderno e urbano.

Casamentos claramente contemporâneos e minimalistas entram sempre para o meu Top 10 de favoritos!

A forma como Tara+Edward, londrinos, decidiram celebrar o mais bonito dos dias corresponde totalmente a este formato, e é tudo de uma elegância e leveza maravilhosas, exactamente os adjectivos que procuro sempre e nos quais mais me revejo, quando falamos de casamentos.

A inspiração partiu da década de 60, e tudo se foi encaixando a partir do momento em que a Tara encontrou o vestido perfeito – ou, segundo as suas palavras, o vestido a encontrou a ela!

Esta versão minimalista não é sinónimo de um evento despido de detalhes e atenções, antes pelo contrário. O foco fica no que é essencial e intrinsecamente valioso: Tara usou o mesmo perfume que usava no início do namoro com Edward, um par de brincos de diamante feitos para si e um glorioso bouquet de frésias brancas, perfumadíssimas (o meu aroma favorito!), tal como a sua mãe usara no seu casamento, entrou no Registo Civil ao som de “Hey now”, dos London Grammar, pelo braço do irmão e a sobrinha de ambos leu umas palavras. E as sandálias Saint Laurent? Maravilhosas!

Até o formato da festa foi ligeiramente especial e muito intimista, reflexo da leveza que queriam para o dia: cerimónia civil apenas com família e amigos próximos, seguida de jantar em sala privada no restaurante favorito do casal e, para terminar, cocktails e festa com lista de convidados alargada.

Que combinação ganhadora, esta, sem confusão, sem stresses de maior e com budget mais concentrado.

Nas palavras de ambos, “having less made a much bigger impact.  We had less to worry about on the day, meaning we were able to enjoy every single minute and be present with all of our guests.”

“Having less on the day also meant we were able to financially invest more in the details we did have.”

Gosto disto, muito mesmo!

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Podem ver os detalhes todos no My Lovely dress. As fotografias bonitas são de Ash Powell.

Que me dizem vocês desta forma minimalista de casar, com  celebração partida em dois grupos? Do ponto de vista financeiro pode representar uma poupança interessante e inteligente, sem cortar na emoção ou riqueza de cada momento. Eu diria que é uma dica smart saver!

 

Comentar

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.