Created with Sketch.
Susana Pinto

À conversa com: InLove Unique Weddings, convites de casamento

Hoje conversamos com a Rita Pedro e a Inês Marujo, que assinam como InLove | Unique Weddings e fazem convites de casamento e todo o estacionário e detalhes que completam este interessante objecto.

A Rita e a Inês estudaram design na Faculdade de Belas-Artes (por onde eu também passei), uma casa artística onde se aprende a pensar e a olhar para as coisas de uma forma mais ampla, crítica e complexa. É uma grande escola de onde se traz uma óptima bagagem para a vida profissional, e isso é claríssimo na qualidade do trabalho que fazem.

Se gostam de detalhes, de pormenores surpreendentes e ricos e de trabalho artesanal, no verdadeiro sentido da palavra (pensem em caligrafia, em aguarela), então a InLove | Unique Weddings é, claramente, o vosso fornecedor de convites de casamento!

Acredito que um bonito convite de casamento é para guardar para sempre, é o início de uma história de amor que culmina no grande dia! Como designer, gosto de pensar que todas as peças que desenho cumprem uma determinada função (nem que seja só a de nos deslumbrar!) e o estacionário de casamento tem objectivos: orientar, informar ou divertir, e intergrar-se e reflectir o ambiente onde é colocado.

Contem-nos um pouco da vossa viagem profissional, do design gráfico para o universo dos casamentos. Foi um caminho natural ou uma situação específica que o apontou?

Ambas temos formação em design industrial e foi nessa área que trabalhámos, depois de terminarmos a faculdade. Uma em design de exposições e interiores, e a outra em design cerâmico. Passados uns anos juntámo-nos para trabalhar por conta própria em design corporativo. Na altura em que decidimos fundar a marca InLove, as empresas tinham desinvestido na comunicação e o mercado corporativo (sobretudo para as pequenas agências) estava muito complicado. Começámos a explorar outro tipo de trabalhos e quando a Rita se casou decidimos tornar a coisa mais séria e, depois de muita pesquisa, percebemos que havia espaço para desenvolver um trabalho de qualidade, diferenciado e criativo.

 

Há quanto tempo trabalham nesta área? E porquê este universo dos casamentos?

Já trabalhamos na área dos casamentos e eventos há 6 anos, é uma área muito satisfatória. Eu, Inês, enquanto noiva, tive um casamento muito atípico, porque sempre achei esta temática desinteressante e (na falta de melhor expressão), foleira. Quando me propus a ajudar a Rita no seu “projecto”, percebi que se calhar estava a ver as coisas pela perspectiva errada e como designer tinha espaço para contribuir para melhorar a oferta. Trabalhámos muito para conhecermos este universo, que é bem grande e diversificado e, felizmente, cada vez com melhores profissionais.

 

Como definem o vosso trabalho e como construíram essa assinatura?

A nossa distinção principal é a personalização. Nunca desenhamos dois convites iguais nem pensamos dois conceitos similares. Cada casal tem uma história, tem gostos e preferências diferentes, por isso propomo-nos sempre a fazer algo completamente ao seu gosto. Formámo-nos na Faculdade de Belas-Artes, uma escola que nos ensina a olhar de forma crítica, analítica e apaixonada para cada projecto, a criar um conceito e a desenhar uma história para cada desafio que nos colocam.

 

Esse estilo faz parte do ADN da marca ou é um conceito que escolheram para explorar e trabalhar este ano? Porquê?

Este estilo sempre fez parte, apesar de já termos tentado explorar outras abordagens (como termos algumas colecções de estacionário para consumo mais “imediato”), mas a verdade é que os clientes que nos procuram querem essa proximidade, esse poder escolher exactamente o querem e como querem. O que temos vindo a perceber é que de facto imprimimos muito do nosso estilo pessoal às técnicas que decidimos explorar, como a caligrafia, as aguarelas e outros trabalhos mais manuais.

 

In Love Unique Weddings - convites de casamento

 

In Love Unique Weddings - convites de casamento

 

In Love Unique Weddings - convites de casamento

 

As tendências da estação… são um assunto de trabalho ou apenas fait divers?

Por acaso não tem sido muito. Gostamos de ir acompanhando o que se escreve e o que se fala, mas nunca deixámos que isso determinasse a nossa linha de trabalho.

 

Ter o controle das decisões é importante? Têm uma perspectiva perfeccionista e específica sobre o resultado e a forma como querem que o vosso trabalho seja consumido ou é o prazer de discutir ideias, de criar, que vos interessa mais na relação com cada projecto, cada cliente?

No início da InLove perdíamos um pouco o “rasto” aos trabalhos que fazíamos e na verdade poucas vezes chegávamos a ver o resultado in loco. A nossa experiência no desenho e decoração de interiores impeliu-nos a alargar os nossos serviços a esta área e, como consequência, neste momento a maioria dos casamentos que fazemos envolve toda a parte de styling e decoração, o que faz com que o “controlo” sobre o resultado seja maior, o que para nós é muito mais gratificante. De qualquer forma, temos alguns trabalhos em que apenas desenhamos 2 ou 3 peças de estacionário, mas que nos dão um tremendo prazer pelo desafio criativo e técnico que apresentam.

 

Existem fórmulas vencedoras que aplicam, ou cada convite, produto ou serviço é pensado totalmente de raiz?

Não acredito em fórmulas, acredito na experiência e em aprendermos com ela. Há muitos erros que já não cometemos, muitos conselhos que podemos dar e muitas sugestões que fazemos, tudo isto de forma a que cada trabalho corra da melhor maneira, mas sim, privilegiamos fazer tudo de raíz e cada evento traz sempre algo novo.

 

Onde buscam inspiração para cada nova temporada de trabalho?

Obviamente acompanhamos sempre o trabalho dos nossos colegas e parceiros e das publicações de referência, mas também tentamos olhar para outras áreas como a cerâmica, a arquitectura ou a moda.

 

In Love Unique Weddings - convites de casamento

 

In Love Unique Weddings - convites de casamento

 

In Love Unique Weddings - convites de casamento

 

Quando precisam de fazer reset, para onde olham, o que fazem?

No fim de 2016 fizemos o nosso maior reset quando percebemos que estávamos a planear a época seguinte exactamente da mesma forma que a anterior. Concluímos que havia coisas que já não nos satisfaziam e que os nossos clientes se estavam a tornar cada vez mais exigentes e informados. Então decidimos mudar, evoluir. Procurámos soluções diferentes, sobretudo no que diz respeito aos acabamentos em papel, começámos a fazer mais trabalho manual, voltámos a desenhar à mão, foi um back to basics que nos trouxe coisas boas e um salto muito grande no nosso portefólio. Começámos também a desenhar e produzir muitas peças de decoração que agora temos ao dispor dos nossos clientes e parceiros. Na verdade o sítio para onde olhamos é para nós mesmas e não para os outros, em vez de tentarmos correr atrás do que achamos que os outros vão gostar, procuramos perceber aquilo em que somos boas e que nos levará a oferecer o melhor serviço/produto possível.

 

Qual é a importância do convite de casamento (e respectivo conjunto de estacionário), na grande lista de itens e tarefas?

Não vamos ser hipócritas e dizer que é o mais importante, acho que aquilo que os convidados realmente retêm na memória depois de um casamento, é se a comida era mesmo boa e a música animada, mas obviamente não podemos dar a resposta de forma tão simplista. Acredito que um bonito convite de casamento é para guardar para sempre, é o início de uma história de amor que culmina no grande dia! Como designer, gosto de pensar que todas as peças que desenho cumprem uma determinada função (nem que seja só a de nos deslumbrar!) e o estacionário de casamento tem objectivos: orientar, informar ou divertir, e intergrar-se e reflectir o ambiente onde é colocado. Podemos falar aqui de criar uma identidade visual para todo o casamento e queremos acreditar que o estacionário desempenha um papel de relevância e por isso deve ser pensado com cuidado e carinho.

 

Qual é o vosso processo de trabalho, como acontece a ligação ao cliente?

Actualmente temos muitos clientes estrangeiros que tratam de todo o processo (escolha de fornecedores, adjudicações e compra efectiva) à distância, e nesses casos falamos essencialamente via email ou skype. De qualquer forma privilegiamos sempre o contacto pessoal, gostamos que venham conhecer o nosso espaço, falar connosco, tocar nas peças que temos para mostrar, sentir as texturas dos papéis, ver todos os formatos. Os clientes noivos não são geralmente clientes de repetição, o que nos dá apenas uma hipótese de fazer as coisas bem, por isso gostamos da proximidade, sentimos que nos ajuda a criar melhor. Ouvimos as suas histórias, tentamos perceber o que esperam do grande dia, apresentamos sugestões e um orçamento. Trabalhamos sempre com um orçamento aprovado pelo cliente e depois começamos a desenhar, até estarem satisfeitos.

 

Qual é a melhor parte de criar convites de casamento, ser o primeiro capítulo visível da história que leva ao grande dia? E o mais desafiante e difícil?

O universo dos casamentos permite-nos explorar toda a nossa criatividade, desenhar coisas sempre diferentes, testar novos papéis e novos acabamentos, e para nós, enquanto designers, isso é maravilhoso. A outra grande vantagem é trabalharmos com o “cliente final” e quem já trabalhou em design corporativo percebe o que quero dizer. Aqui temos contacto directo com quem vai “consumir” o que desenhamos e o seu feedback é imediato, ainda mais porque estamos a acompanhar um período extremamente emotivo e significante para os nossos clientes. O mais difícil às vezes é perceber o que os noivos pretendem, as inspirações são tantas e tão variadas, que é fácil perderem-se e só quando vêm algo já concretizado é que percebem que afinal não era nada daquilo que queriam.

 

In Love Unique Weddings - convites de casamento

 

In Love Unique Weddings - convites de casamento

 

In Love Unique Weddings - convites de casamento

 

Escolham o convite de que mais gostam no vosso portefólio, e conte-nos porquê:

Curiosamente não é nenhum convite de casamento, foi o convite que fizémos para um evento no Tivoli Palácio de Seteais. Tivemos total liberdade criativa e de produção. Obviamente, pensámos em algo que sugerisse uma identificação imediata com aquele espaço e com o acontecimento em questão, mas o cliente permitiu-nos desenhar o que queríamos e escolher as técnicas que considerámos mais adequadas, e foi um sucesso! Um papel de algodão maravilhoso em impresso em letterpress e estampagem dourada, dentro de um envelope rosa pálido, com uma fotografia do palácio no interior da pala e selado com lacre dourado. Elegante e simples, mas inesquecível, como nós gostamos.

 

Convite - In Love Unique Weddings - convites de casamento

 

 

Os contactos detalhados de InLove | Unique Weddings, estão na sua ficha de fornecedor. Espreitem a galeria, feita de imagens bonitas, e contactem a Inês Marujo e a Rita Pedro directamente através do formulário: é só preencher com os vossos dados e mensagem, e na volta do correio, terão uma resposta simpática.

 

Acompanhem estas nossas conversas longas com fornecedores seleccionados Simplesmente Branco, sempre à quarta-feira!

Comentar