Created with Sketch.
Susana Pinto

À conversa com: Isabel Castro Freitas, arte floral

Hoje conversamos com a Isabel Castro Freitas, que cria belos bouquets de noiva e decoração floral para casamentos.

O seu trabalho é sempre muito orgânico e romântico, delicado, verdadeiro reflexo da sua criadora. Juntem-se a nós e fiquem a conhecer melhor a Isabel Castro Freitas e os belos bouquets de noiva que saem das suas mãos.

 

Como começou o projecto Isabel Castro Freitas – arte floral?

O gosto pelas plantas e pelas flores vem da infância, dos tempos em que brincava no jardim e percorria os campos em busca de flores silvestres para oferecer ramos à minha mãe. Entusiasta do mundo das artes e da natureza, (e por isso escolhi formar-me em Arquitetura Paisagista), procuro sempre aprofundar o meu conhecimento sobre plantas, quer através da leitura de livros e artigos, quer através da experiência prática de cultivo das minhas próprias flores e da participação em cursos e viagens. Ao longo dos anos adquiri o hábito de decorar a minha casa com arranjos e coroas de flores e um dia surgiu o convite inesperado (mas muito acarinhado) para dinamizar um workshop de coroas de flores para celebrar a chegada da Primavera: aí conheci a “minha” primeira noiva, e desde então tenho tido o imenso prazer de florir o dia mais bonito de tantos casais.

 

Como define a sua assinatura? Esse estilo faz parte do ADN da marca ou é um conceito que escolhe para explorar e trabalhar este ano? Porquê?

Como definir a minha assinatura? Em tudo o que faço, coloco muito de mim mesma e por isso torna-se difícil definirmo-nos a nós próprios correndo o risco de sermos redutores na nossa visão egocêntrica, mas se tivesse de escolher um estilo ou registo para definir aquilo que sou e que faço seria o romântico e o silvestre: dois termos que me definem a mim e ao meu trabalho que é a minha forma de interpretar o amor e a alegria que a natureza nos pode dar.

 

As tendências da estação… são um assunto de trabalho ou apenas fait divers?

Apesar de considerar que o mais importante é seguir sempre aquilo em que acreditamos e sabemos que funciona, (claro está, sempre em conjunto com o desejos e gosto dos clientes), as tendências de cada estação são importantes para criar novos desafios, abrir horizontes e construir oportunidades de exploração floral, cromática e técnica e por isso importantes para o enriquecimento da experiência profissional.

 

Isabel Castro Freitas Arte Floral - bouquets de noiva e decoração floral para casamento

 

Isabel Castro Freitas Arte Floral - bouquets de noiva e decoração floral para casamento

 

Isabel Castro Freitas Arte Floral - bouquets de noiva e decoração floral para casamento

 

E as estações do ano, o ritmo e produção de cada época, são influências, contingências ou indiferenças nestes tempos globais?

Com o avanço da tecnologia e com a globalização, torna-se muito mais fácil conseguirmos flores importadas do outro lado do mundo. No entanto, a grande magia deste trabalho é, sobretudo, poder “brincar” com as estações e com a diversidade florística de cada época que se reflete também no nosso estado emocional e claro está nas paletas cromáticas associadas.

 

Tem espécies favoritas ou a beleza e potencial são características transversais a todas as flores e plantas?

Gosto de encontrar beleza no mais inusitado e de me encantar com novas (re)descobertas e na natureza isso é tão fácil acontecer! Mas claro que “gostos não se discutem” e é verdadeiramente surpreendente apercebermo-nos que não há regras de ouro para toda a gente. Se para uns peónias e ranúnculos são um verdadeiro deleite, para outros flores do deserto e proteas são a escolha mais apetecida. E é realmente bom trabalhar e conviver com essa diversidade.

 

Existem fórmulas vencedoras que aplica, ou cada projecto de decoração floral é pensado totalmente de raiz? Como é o seu processo de trabalho, como cria uma ligação com os seus clientes?

A flexibilidade no processo criativo do moodboard floral para cada casal, é fundamental para o êxito de cada trabalho. Cada trabalho é pensado de raíz, exclusivamente para aquelas pessoas e por isso é um trabalho bastante intenso do ponto de vista emocional. Para mim, o perfeccionismo passa por inteirar-me do gosto e da personalidade de cada cliente para conseguir, além de um bom trabalho, o sorriso e a felicidade no rosto dos noivos, e isso, sim, é o mais importante.

 

Isabel Castro Freitas Arte Floral - bouquets de noiva e decoração floral para casamento

 

Isabel Castro Freitas Arte Floral - bouquets de noiva e decoração floral para casamento

 

Isabel Castro Freitas Arte Floral - bouquets de noiva e decoração floral para casamento

 

Onde busca inspiração para cada nova temporada de trabalho? E nos momentos de fadiga criativa, como refresca a mente e o olhar?

Quando a fadiga criativa desponta, é importante rodear-me de bons livros e revistas, sites e blogs de referência; no entanto a natureza é sempre a derradeira e maior influência para mim, caminhar pelos campos ou pelas matas, atentar aos detalhes, às cores e texturas que vão surgindo a cada estação, dá-me sempre um novo fôlego e ajuda-me a clarificar a mente e a sintetizar ideias. No entanto, por ser extremamente visual, a inspiração pode surgir verdadeiramente de onde menos espero: de um padrão cromático numa parede duma casa antiga, num pôr do sol com um gradiente fabuloso ou até num tecido que vi por acaso numa montra.

 

Qual é a melhor parte de trabalhar com flores e plantas, em decoração? E o mais desafiante e difícil?

A melhor parte de trabalhar com flores é, sem dúvida, poder estar em contacto com um material orgânico, natural e quase tão estimulante quanto a observação uma paisagem campestre em plena Primavera, é poder ter a natureza mais perto e usufruir do bem-estar que ela nos proporciona. Trabalhar com flores em decoração é poder criar ambiências de uma alegria intensa ou de uma sobriedade e delicadeza simultâneas, explorar as cores, os aromas, as texturas para estimular os sentidos. Mas, como na vida, “nem tudo são rosas”: cada espécie tem as suas particularidades, muitos dos truques e técnicas não vêm em livros e lidar com as encomendas a fornecedores e com dias de calor intenso podem ser uma verdadeira aventura.

 

Qual foi o casamento em que mais gostou de trabalhar? Porquê?

Ao longo dos últimos anos, houve momentos que me emocionaram realmente e, a cada dia que passa, fico mais grata por tudo aquilo que este trabalho me traz: as noivas que se abraçam a mim entre risos e lágrimas de emoção ao verem o bouquet, as mensagens de agradecimento e os telefonemas logo no dia a seguir ao casamento, a confiança que depositam em mim quando me dizem: “Isabel, faça como preferir, sei que vou adorar de qualquer forma”. Podia aqui narrar tantos episódios e momentos bonitos mas recordo-me agora do casamento da Emilly e do Bryan no Douro, por toda a cumplicidade que se criou apesar da distância (sim, a Emily e o Bryan vieram da Austrália para se casar e trouxeram a família toda com eles, mas todo o casamento foi preparado à distância!) e pelo grande desafio que foi decorar um casamento ao ar livre sob um céu de trovoada a prometer chuva e uns 38 graus à sombra. Mas no final, o sol abriu radiante para ver os noivos casar e 2 dias depois a Emily veio ao Porto despedir-se de mim , entre abraços e mil obrigadas de parte a parte e contou-me que ofereceu todos os arranjos de flores à igreja da aldeia para que alguém pudesse usufruir da beleza deles durante mais alguns dias. Inesquecível.

 

 Escolha uma imagem favorita do seu portfolio e conte-nos porquê:

 

Isabel Castro Freitas

 

Esta é talvez uma das minhas imagens favoritas do meu portfólio. Retrata uma das coisas que me dá mais prazer criar (além dos bouquets, claro): joalharia floral. Esta é uma peça diferente do comum, um colar de flores que criei para um editorial produzido em parceria com a Meraki Studio e a Cracha Wedding Agengy e que foi publicado na Green Wedding Shoes. Diria que esta peça reflete bastante aquilo que sou enquanto artista e designer floral, o carácter silvestre e romântico, a paixão pela diferença, pelo detalhe e pela delicadeza.

 

 

Os contactos detalhados da Isabel Castro Freitas estão na sua ficha de fornecedor. Espreitem a galeria, feita de imagens bonitas, e contactem a Liliana Moreira directamente através do formulário: é só preencher com os vossos dados e mensagem, e na volta do correio, terão uma resposta simpática.

 

Acompanhem estas nossas conversas longas com fornecedores seleccionados Simplesmente Branco, sempre à quarta-feira!

 

Comentar

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.