Created with Sketch.
Susana Pinto

Um casamento intimista no Porto: Marta + Nuno

Contrariamos este Junho chuvoso com um casamento intimista, muito especial e singular. É o dia bonito da Marta + Nuno, sob o mote “Não falta amor, falta amar” num espaço inesperado e muito bem desenhado pela talentosa equipa da S.P.O.T.

Este é um casamento genuinamente feito de tudo o que é essencial, do qual foi retirado tudo o que era excessivo, formatado ou desnecessário. O resultado é um momento partilhado pelos mais próximos, cheio de significado e brilho.

As fotografias são da Beija-me. E reparem nos belos sapatinhos da Marta: já passaram por aqui num Sunday Shoes!

Que bonito que tudo isto é, venham ver.

Bom fim-de-semana!

 

Casamento intimista no Porto, com fotografia de Beija-me.

 

Casamento intimista no Porto, com fotografia de Beija-me.

 

Casamento intimista no Porto, com fotografia de Beija-me.

 

Casamento intimista no Porto, com fotografia de Beija-me.

 

Casamento intimista no Porto, com fotografia de Beija-me.

 

Casamento intimista no Porto, com fotografia de Beija-me.

 

Casamento intimista no Porto, com fotografia de Beija-me.

 

Casamento intimista no Porto, com fotografia de Beija-me.

 

Quando a resposta foi “sim!”, como é que imaginaram o vosso dia?

Já íamos imaginando o nosso dia há muito tempo (tanto quanto os anos que já vivíamos juntos). Sempre imaginámos o nosso dia, não como “um casamento”, mas sim uma “festa” para celebrar o nosso amor e a nossa vida a dois. O objetivo seria organizar e proporcionar a maior e mais bonita festa a todos os que gostam de nós e de quem nós gostamos.

 

Casamento intimista no Porto, com fotografia de Beija-me.

 

Casamento intimista no Porto, com fotografia de Beija-me.

 

Casamento intimista no Porto, com fotografia de Beija-me.

 

Casamento intimista no Porto, com fotografia de Beija-me.

 

Casamento intimista no Porto, com fotografia de Beija-me.

 

Casamento intimista no Porto, com fotografia de Beija-me.

 

Casamento intimista no Porto, com fotografia de Beija-me.

 

Casamento intimista no Porto, com fotografia de Beija-me.

 

Sentiam-se preparados ou foi um caminho com muitos nervos?

Se no início foi uma excitação e um sentimento de que podia ser já no dia seguinte, que estaria tudo bem, depois fomos tendo alguns momentos com nervos.
A noiva começou a ficar nervosa e ansiosa, e o noivo só nos dias anteriores é que sentiu o nervosismo. Mas tudo dentro do normal.

Agora que pensamos nisso, não estávamos assim tão nervosos, queríamos era estar um com o outro e com toda a gente, e que tudo corresse muito bem.

 

Casamento intimista no Porto, com fotografia de Beija-me.

 

Casamento intimista no Porto, com fotografia de Beija-me.

 

Casamento intimista no Porto, com fotografia de Beija-me.

 

Casamento intimista no Porto, com fotografia de Beija-me.

 

Casamento intimista no Porto, com fotografia de Beija-me.

 

Casamento intimista no Porto, com fotografia de Beija-me.

 

Casamento intimista no Porto, com fotografia de Beija-me.

 

Casamento intimista no Porto, com fotografia de Beija-me.

 

Em que momento da organização do casamento é que sentiram, «é mesmo isto»?

Foi no dia em que a Joana Lima, da S.P.O.T. – a empresa a quem entregámos toda a organização do casamento e à qual somos eternamente gratos por tudo – nos apresentou a proposta, que era baseada em muitas reuniões, partilha de ideias de que gostávamos e que faziam sentido para nós.
Ainda estava tudo “só no papel”, mas era aquilo, a nossa cara e a nossa festa. Uma proposta muito bem desenhada com a descrição de todos os espaços, conceito e algumas ideias que eram a nossa cara.

 

Casamento intimista no Porto, com fotografia de Beija-me.

 

Casamento intimista no Porto, com fotografia de Beija-me.

 

Casamento intimista no Porto, com fotografia de Beija-me.

 

Casamento intimista no Porto, com fotografia de Beija-me.

 

Casamento intimista no Porto, com fotografia de Beija-me.

 

Casamento intimista no Porto, com fotografia de Beija-me.

 

O resultado é fiel às ideias iniciais ou muito diferente? Contaram com alguma ajuda?

O resultado foi fiel ao que partilhámos com a Joana Lima, sobre o que queríamos (e também o que não queríamos), e excedeu as expectativas porque foi muito melhor e estava tudo muito bonito!

Todos os pormenores que foram apresentados estavam lá, com uma perfeiçãoo e bom gosto incríveis. Quando vimos tudo a ser preparado durante os dias anteriores, a dedicação, e, depois no dia com as flores, os arranjos e claro com a atmosfera própria do evento, foi tudo ainda mais bonito.

Vamos ter saudades e recordar esse dia com muito carinho para sempre!

 

Casamento intimista no Porto, com fotografia de Beija-me.

 

Casamento intimista no Porto, com fotografia de Beija-me.

 

Casamento intimista no Porto, com fotografia de Beija-me.

 

Casamento intimista no Porto, com fotografia de Beija-me.

 

O que era fundamental para vocês? E sem importância?

Para nós era importante ter um casamento (festa) que fosse nosso.
Visitámos uma quinta, pedimos orçamentos e os menus pré-concebidos, tabelas de preços com “tudo incluído” ou “oferta de…” não nos agradaram. Sabíamos que aí íamos ser mais uns clientes.

A S.P.O.T. dedicou tempo e carinho ao nosso casamento, assim como os restantes fornecedores que trabalharam com a S.P.O.T.. Para nós era importante não existir excesso de comida que levaria a excedentes, somos contra todo o exagero presente em muitos casamentos. Queríamos boa comida, bem confeccionada e de qualidade, e a escolha do serviço de catering – a cargo do chef Luís Miguel do Restaurante Brick nos Clérigos (também foi sugestaão da S.P.O.T.) – foi uma excelente escolha, nós e os convidados adorámos!

Para nós, o que tinha menos importância eram aspectos tradicionais ou “que têm que ser”: não exagerámos na nossa roupa (em termos de orçamento), não alugámos carro antigo para a noiva, não tivemos fogo de artifício, não tivemos vídeo, são alguns exemplos de algumas coisas de que abdicámos.

 

Casamento intimista no Porto, com fotografia de Beija-me.

 

Casamento intimista no Porto, com fotografia de Beija-me.

 

Casamento intimista no Porto, com fotografia de Beija-me.

 

Casamento intimista no Porto, com fotografia de Beija-me.

 

Casamento intimista no Porto, com fotografia de Beija-me.

 

O que foi mais fácil? E o que foi mais difícil?

Há muita coisa que foi fácil. Depois de termos alguns orçamentos no email, foi fácil escolher a S.P.O.T., foi fácil também todo o processo de organização e trabalho de equipa que tivemos. Aliás, acho que vamos ter saudades! Também foi fácil entregar o trabalho fotográfico à Marta Marinho, e ela própria ajudou-nos a organizar um pouco o nosso dia até entrarmos no edifício, com dicas importantes para as recém-mamãs convidadas.

O mais difícil foram os imperativos da vida, como a morte do meu avô e da avó do Nuno, que nos deixaram sem chão, mas que também deu mais sentido ao dia incrível e memorável que tínhamos planeado para os amigos e família. A vida é mesmo assim, não há certezas do que pode acontecer, por isso temos que aproveitar ao máximo. Foi isso que nos deu alento durante tudo, aproveitar e ser felizes.

 

Casamento intimista no Porto, com fotografia de Beija-me.

 

Casamento intimista no Porto, com fotografia de Beija-me.

 

Casamento intimista no Porto, com fotografia de Beija-me.

 

Casamento intimista no Porto, com fotografia de Beija-me.

 

Casamento intimista no Porto, com fotografia de Beija-me.

 

Qual foi o pico sentimental do vosso dia?

Acho que toda a cerimónia foi muito sentimental. Tivemos a sorte de termos tido uma conservadora que criou uma empatia muito grande connosco e que leu textos lindíssimos. Os padrinhos também leram um texto cada um, escolhido por nós e que nos dizia muito.

Foi mesmo bonito e diferente do que é habitual nas cerimónias civis. Foi a celebração especial do nosso amor e uma grande alavanca para a felicidade de toda a gente que estava presente, por ser tão inspiradora.

 

Casamento intimista no Porto, com fotografia de Beija-me.

 

Casamento intimista no Porto, com fotografia de Beija-me.

 

Casamento intimista no Porto, com fotografia de Beija-me.

 

Casamento intimista no Porto, com fotografia de Beija-me.

 

Casamento intimista no Porto, com fotografia de Beija-me.

 

Casamento intimista no Porto, com fotografia de Beija-me.

 

E o pico de diversão?

Talvez tenha sido entre os dotes de bailarino do meu pai, os nossos amigos a dançarem como se não houvesse amanhã, ou os nossos sobrinhos a transpirarem de alegria, porque as babysitters (Tias do Bonfim) lhes deram diversão para 3 dias.

 

Um pormenor especial…

Tínhamos vários, tantos! Uma mesa com as fotografias dos casamentos da nossa família, um mural pintado no local por uma ilustradora, de propósito para nós, com uma frase inspiradora e muito verdadeira “Não falta amor falta amar”, os textos que escolhemos para a cerimónia, as camélias, aliás o mar de camélias no local da cerimónia (a flor preferida da Marta), as flores e os arranjos espetaculares, a pista de dança incrível!

Outros pormenores: os convites que tinham uma ilustração do pai da noiva, e as ofertas também, assim como as prendas para os mais novos que foi ele que ajudou a personalizar.

 

Casamento intimista no Porto, com fotografia de Beija-me.

 

Casamento intimista no Porto, com fotografia de Beija-me.

 

Casamento intimista no Porto, com fotografia de Beija-me.

 

Casamento intimista no Porto, com fotografia de Beija-me.

 

Casamento intimista no Porto, com fotografia de Beija-me.

 

Casamento intimista no Porto, com fotografia de Beija-me.

 

Casamento intimista no Porto, com fotografia de Beija-me.

 

Agora que já aconteceu, mudavam alguma coisa?

Nada! Bem, aumentávamos para 2 dias de festa porque é pouco tempo para tanta emoção, tantos amigos e tantas pessoas queridas que querem estar connosco.

 

Algumas words of advice para as próximas noivas…

Aproveitem o dia à séria e vivam-no! Tentem descontrair! Mesmo que achem que não conseguem, aproveitem umas horas do dia antes de tudo começar e façam algo “normal”. Ajuda muito!
Devem viver o dia ao máximo sem artifícios, é o melhor, sejam vocês mesmas, sempre! Não copiem demasiadas ideias, personalizem e façam o que gostam, não o façam porque alguém já o fez.

Inspirem-se, mas não copiem! Aproveitem tudo e sejam felizes!

 

Casamento intimista no Porto, com fotografia de Beija-me.

 

Casamento intimista no Porto, com fotografia de Beija-me.

 

Casamento intimista no Porto, com fotografia de Beija-me.

 

Casamento intimista no Porto, com fotografia de Beija-me.

 

Casamento intimista no Porto, com fotografia de Beija-me.

 

Casamento intimista no Porto, com fotografia de Beija-me.

 

Os fornecedores envolvidos:

 

convites, materiais gráficos e lembranças para os convidados: Marta Lino;
espaço: Cais Novo – Museu do Vinho do Porto;
catering: Brick dos Clérigos;
bolo: Menina Bolacha;
fato do noivo e acessórios: Suits Inc. e Massimo Dutti;
vestido de noiva e sapatos: Unforgettable Brides (Aveiro/Anadia) e Uterque;

maquilhagem: Sinda Neves;
cabelos: Imagem Cabeleireiros (Vila Nova de Gaia)
bouquet: Filipa Alves
decoração e organização: S.P.O.T.
fotografia: Marta Marinho;
luzes, som e Dj: Dj. Sr. Sousa.

Comentar

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.