Created with Sketch.
Susana Pinto

Casamento em Lamego: o dia bonito de Rita + Igor

Mais uma semana de outono com sabor a verão tardio que termina, e chegamos a sexta-feira com o mais bonito dos dias da Rita + Igor, que casaram com vista para o Douro, em Lamego, numa casa com muitas memórias de família.

Felizes, muito descontraídos e tirando partido de uma curiosa mistura de detalhes clássicos e modernos, pensaram – e executaram! – um dia belíssimo, que a dupla de fotógrafas da Adoro registou, e a Rita nos relatou.

Vamos ver as vistas? São magníficas.
Bom feriado!

 

 

 

 

 

 

Quando a resposta foi “sim!”, como é que imaginaram o vosso dia?

Para começar, não houve uma pergunta e uma resposta, mas uma decisão conjunta e espontânea! Estávamos em Vernazza, Itália, no Verão de 2017, e decidimos casar no ano seguinte. Já em Portugal, o nosso dia foi imaginado como uma festa de família na região do Douro Vinhateiro, mais concretamente em Lamego, onde nasceu o noivo. Os detalhes foram surgindo pouco a pouco, num estilo natural e boho.

 

 

 

 

 

Sentiam-se preparados ou foi um caminho com muitos nervos?

Preparadíssimos. Foi um processo natural e muito divertido, com um bom entendimento e organização de ambas as partes.

Eu adorei estar noiva!!!

 

 

 

 

 

 

Em que momento da organização do casamento é que sentiram, «é mesmo isto»?

Quando criámos um grupo no Facebook com os nossos convidados, no qual o vídeo do save the date foi o pontapé de partida. Ao longo de seis meses, foram acompanhando algumas partes do processo e o seu entusiasmo foi o alento necessário para sentir que era “mesmo isto”!

 

 

 

 

 

 

O resultado é fiel às ideias iniciais ou muito diferente? Contaram com alguma ajuda?

Para o noivo, foi 99% fiel, porque idealizou outro tipo de luzes!

Tivemos várias reuniões com a quinta, partilhámos imagens que nos inspiraram e, juntos, definimos os pormenores em todos os espaços. Foram incríveis na personalização do casamento!

Fizemos praticamente tudo sozinhos a partir de Lisboa e, em cada ida a Lamego, as tarefas estavam definidas. A ajuda veio já na recta final, quando nomeámos uma prima para wedding planner.

 

 

 

 

 

 

 

O que era fundamental para vocês? E sem importância?

Fundamental: reunir a família chegada e os amigos que já são família.

Sem importância: o convite físico. Estamos na era digital, logo fizemos o save the date em vídeo. Foi gravado na quinta, para que todos os convidados ficassem a conhecer o espaço previamente. As lembranças também não eram importantes de todo; estivemos até à última hora para decidir se dávamos algo ou não, e então acabámos por criar o momento “Sorte ao Amor”. Distribuímos raspadinhas por todos e houve vários premiados! Inesperadamente, ofereçam-nos os prémios!

 

 

 

 

 

 

 

O que foi mais fácil? E o que foi mais difícil?

Quase tudo foi fácil, desde a escolha do local, a nossa roupa, as alianças, a fotografia! A Adoro tinha o registo que procurávamos e foi responsável pela cobertura fotográfica do nosso casamento; fez ainda um trabalho sensacional na sessão de solteiros, sunset de noivos e preparativos na piscina.

O mais difícil foi definir os lugares dos convidados nas mesas e, no dia, após perceber que nos atrasámos imenso no jantar, ter que alterar o alinhamento no momento. Mas acabou tudo bem!

 

 

 

 

 

 

 

Qual foi o pico sentimental do vosso dia?

A entrada da noiva na cerimónia, ao som de uma prima nossa a cantar ao vivo. Mas a adrenalina durou o dia todo!

 

E o pico de diversão?

A nossa coreografia surpresa!

 

 

 

 

 

 

 

 

Um pormenor especial…

Todo o espaço, que era naturalmente lindíssimo e com boa energia, desde a cerimónia realizada debaixo duma árvore, até ao copo de água no jardim de inverno com vista para as vinhas, e o concerto.

Nós optámos por ter uma banda e todos elogiaram! Para além do seu reportório, tocaram ao vivo algumas músicas a nosso pedido e, na parte de DJ, a maioria das músicas que passarram tinham sido previamente sugeridas pelos nossos convidados, para que se sentissem ainda mais parte da festa.

 

 

 

 

 

 

 

Agora que já aconteceu, mudavam alguma coisa?

São pequenos detalhes, mas teríamos incentivado os convidados a deixar as suas mensagens no livro e a usar o photoboot, pois passaram despercebidos.

 

Algumas words of advice para as próximas noivas…

Disfrutem dos preparativos e reservam um tempo para estarem só os dois, antes do dia.

Pesquisem muito (os casamentos reais do Simplesmente Branco são uma verdadeira inspiração, por isso partilhamos o nosso para que de alguma forma também possa inspirar!) e façam escolhas para que este dia seja a vossa cara.

É um dia único que vão recordar toda a vida. Já vimos algumas fotos e ainda nos custa a acreditar que éramos nós! Só gostávamos de ter tido mais um bocadinho, ou dia, para nos deliciarmos. Estamos in love!

 

 

Os fornecedores envolvidos:

 

convites e materiais gráficos: save the date produzido por Labfoto & FotoLamego;

local, catering, bolo dos noivos, decoração e bouquet de noiva: Hotel Rural Casa dos Viscondes da Várzea – Lamego;

fato do noivo e acessórios: Massimo Dutti e El Corte Inglés;

vestido de noiva e sapatos: A Bela Noiva e Isabel Marant;

maquilhagem e cabelos: Rute Lima Cabeleireiros;

ofertas aos convidados: Raspadinha do Amor dos Jogos Santa Casa;

fotografia: Adoro

vídeo: Labfoto & FotoLamego

luzes, som e Dj: Margarida Simões (soprano) e Bruce Brothers (banda e DJ)

 

Comentar

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.