Created with Sketch.
Susana Pinto

À conversa com: DJ Rui Almeida – DJ para casamentos

Hoje conversamos com o DJ Rui Almeida, DJ para casamentos, com base em Guimarães.

 

O Rui conta-nos como foi o seu percurso profissional, que começou na rádio, passou pelos espaços nocturnos e cresce, saudavelmente, através dos casamentos que vai animando com entusiasmo e muito sucesso.

 

Nesta conversa há espaço para percebermos em detalhe o que faz uma boa pista de dança e a importância que um verdadeiro profissional tem, como condutor da noite e da animação: a percepção e capacidade de leitura de pista, o conhecimento profundo sobre o o cliente e os seus convidados e o equilíbrio saudável e frutuoso entre o improviso e o trabalho de casa.

Juntem-se a nós!

A audiência é a minha prioridade e coloco a música de que mais gostam. Existem mil e uma maneiras de o fazer e, ao longo de uma festa com muitas horas, há sempre tempo para construir um alinhamento musical completo e distinto, que agrade até aqueles que têm um gosto musical mais eclético. Ao mesmo tempo, tento enriquecer o alinhamento musical, para que os meus clientes tenham um serviço com valor acrescentado.

Conte-nos um bocadinho do seu percurso, até às pistas de dança: como é que isso aconteceu?

O meu percurso começou na rádio, onde durante quatro anos tive um programa de música de dança em que semanalmente revelava algumas das novidades  da House Music, género musical que continua a ser um dos meus preferidos. Isto aconteceu entre 1994 e 1998, quando a internet não estava democratizada como está hoje e, por isso, o acesso à musica nova não acontecia à velocidade atual.

O programa era emitido em direto e todo misturado em suporte de vinil. Durante este período também coloquei música em algumas festas de House Music que se faziam com alguma frequência, e em alguns bares e discotecas.

 

Em 1998 surgiu o primeiro convite para assumir uma residência noturna, acabei por deixar a rádio e, até 2004, fui DJ residente em alguns espaços nocturnos. Esta experiência noturna foi extremamente importante, porque cresci enquanto Disc-Jockey, a minha cultura musical aumentou consideravelmente, outros géneros musicais começaram a fazer parte dos meus repertórios e aprendi a interpretar uma pista de dança e a saber geri-la durante umas horas.

 

Rui Almeida - DJ para casamentos Rui Almeida - DJ para casamentos Rui Almeida - DJ para casamentos

Animação noturna e casamentos –  sendo a música um assunto transversal, esta é uma ligação natural e inevitável?

É uma ligação natural, mas não inevitável. Nem todos os Disc-Jockeys “noturnos” acabam por fazer animação de casamentos, porque não têm perfil para fazer este trabalho ou porque simplesmente não gostam de o fazer.

Também não é uma ligação natural, porque existem muitos “animadores”, cujo  percurso começou precisamente na animação de casamentos.

Obviamente, não estão tão bem preparados para fazer este trabalho. Por muitos anos de experiência que consigam acumular, terão muito mais dificuldade em enfrentar uma pista de dança difícil. Sim, porque este é um trabalho muito exigente. De uma forma geral, os clientes têm a expectativa de ter uma festa longa, até de manhã, se possível. Ora, para conseguir fazer uma festa com muitas horas de dança, tendo em conta que temos habitualmente cerca de uma centena de convidados, é preciso conhecimento e larga experiência.

 

Nenhuma festa é igual à anterior, temos um número limitado de convidados a dançar, com diferentes idades e muitas vezes com diferentes gostos musicais, e é preciso agradar a todos.

Por isso é importante que os noivos tenham plena noção de quem estão a contratar e se essa pessoa será capaz de assumir a responsabilidade de colocar música num dos dias mais importantes das suas vidas.

 

O que ouve quando não está a trabalhar? Separa lazer e profissão?

Ouço um pouco de tudo, embora a música Soul, Jazz, Funky e alguma Música Electrónica sejam as que reúnem as minhas preferências.

Contudo trabalho é trabalho, e quando assim é, a audiência é a minha prioridade e coloco a música que eles mais gostam.

Existem mil e uma maneiras de o fazer e ao longo de uma festa com muitas horas, há sempre tempo para construir um alinhamento musical completo e distinto, que agrade até aqueles que têm um gosto musical mais eclético. Não gosto de ir pelo caminho vulgar de desbobinar somente música comercial. Coloco-a, é claro, nos momentos necessários, mas tento ao mesmo tempo enriquecer o alinhamento musical, para que os meus clientes tenham um serviço com valor acrescentado.

 

Rui Almeida - DJ para casamentos Rui Almeida - DJ para casamentos Rui Almeida - DJ para casamentos

Como cria uma playlist para os seus noivos? É tudo trabalho prévio ou há espaço de improviso? Um pesa mais do que outro?

Tento conhecer ao máximo o gosto musical dos noivos e o que eles pretendem para a festa do seu casamento, que muitas vezes é uma coisa bem diferente dos seus gostos musicais.

Gosto  também de perceber previamente como é composto o grupo de convidados e também o que estes apreciam.

O trabalho, obviamente, só faz sentido em direto, a sentir constantemente a reacção da audiência, contudo, se for bem preparado é geralmente mais bem sucedido.

Sou também um pouco selectivo na gestão da minha agenda para assim ter tempo para preparar o trabalho.

Existe por isso um equilíbrio entre o trabalho prévio e o espaço para improviso, porque o trabalho do DJ também é isso.

 

Gosto de agir por antecipação e não por reacção. Não espero que saiam pessoas da pista para mudar de género musical, mudo atempadamente para as agradar constantemente, para as surpreender pela positiva e para lhes dar constantemente motivo para estarem presentes na pista de dança.

Como os noivos e os seus convidados não são todos iguais, não faria sentido ter uma playlist igual para todas as festas. Isso não resultaria. Existe, sim, uma identidade musical no meu trabalho e um fio condutor que tem como objectivo guiar a festa pela noite dentro, durante algumas horas, e onde deve haver  espaço para um repertório musical variado que agrade a todos os presentes.

Como tenho uma cultura musical abrangente, consigo fazê-lo com alguma facilidade. Este alinhamento musical tem também, obviamente, de ser um reflexo do gosto musical dos noivos ou do que estes pretendem que seja.

 

Um trabalho personalizado é a chave para o sucesso e é isso que gosto de proporcionar aos meus clientes.

 

Como se mantém actualizado?

De muitas formas, através da rádio, da internet, com algumas saídas noturnas e através da partilha com outros amigos DJ.

 

Rui Almeida - DJ para casamentos Rui Almeida - DJ para casamentos Rui Almeida - DJ para casamentos

Trabalha com clientes corporativos e com clientes particulares: no dance floor somos todos iguais ou o vibe da festa é muito diferente?

Normalmente uma festa de casamento tem uma vibe bem diferente da de um evento corporativo.

É uma festa de família e amigos em que se comemora um dia muito especial, por isso é normal que tenham uma atmosfera mais solta do que a de um evento corporativo.  Mas, é claro, Também tenho muitos eventos corporativos que são uma grande festa, muito animada.

 

O que faz uma grande noite (ou pista de dança)?

Um público divertido, noivos presentes na pista, uma boa sintonia entre o público e o DJ, e temos festa até de manhã.

 

Gosta dançar ou prefere ouvir?

Estou mais habituado a ouvir do que a dançar, o que acaba por ser normal, uma vez que numa festa estou quase sempre do lado de dentro da cabine de DJ. Contudo, mesmo do lado de dentro não estou parado, acabo sempre por dançar, porque também me divirto com o que estou a fazer e, no fundom faz parte da performance do DJ transmitir boa disposição para a pista de dança.

 

Ao casar, com que música abria a pista?

Já me casei e como sou adepto de clássicos em momentos que queremos eternizar, foi com o Wonderful Tonight, num dueto do Ivan Lins com o Michael Bublé, que abrimos o baile.

 

Para fechar, qual é a música a que regressa sempre?

Confesso que não tenho uma música à qual regresso sempre, da mesma forma que não tenho uma música preferida. Ambas as coisas seriam muito redutoras e não fariam sentido entre tantas músicas que aprecio e que merecem lugar de destaque.

 

 

Contactem o Rui Almeida, através da sua ficha de fornecedor. Espreitem as galerias e entrem em contacto directamente através do formulário: é só preencher com os vossos dados e mensagem, e na volta do correio, terão uma resposta simpática do Rui Almeida.

 

 

Acompanhem estas nossas conversas longas com fornecedores seleccionados Simplesmente Branco, sempre à quarta-feira!

 

Susana Pinto

Inspiração boho e rústica para noivas de espírito livre

Chegamos pela fresca com inspiração de verão: uma ode aos dias de calor com Setembro no horizonte, quando a luz dourada e a secura do campo convidam a desacelerar, na companhia de um drink bem fresco!

 

A Quinta do Avesso, por terras nortenhas, abre-nos as portas para uma sessão fotográfica bem inspirada. Os elementos fundamentais estão todos por aqui: bolo dos noivos, bouquet de noiva, uns bonitos sapatos e um vestidaço, prontos a fazer as delícias das meninas que têm em mente um casamento de inspiração boho.

 

Bolo dos noivos moderno para sessão fotográfica na Quinta do Avesso com Lounge Fotografia Bolo dos noivos moderno para sessão fotográfica na Quinta do Avesso com Lounge Fotografia Bolo dos noivos moderno para sessão fotográfica na Quinta do Avesso com Lounge Fotografia Sapatos de noiva Anna Walker Bouquet com flores desidratadas cor de mostarda Isabel Castro Freitas Travessão de cabelo para noiva com flores desidratadas de Isabel Castro Freitas Bouquet com flores desidratadas cor de mostarda Isabel Castro Freitas Bouquet com flores desidratadas cor de mostarda Isabel Castro Freitas

A paleta de cores está alinhada com o tema: tons de mostarda, dourado e ferrugem que são transversais às madeiras naturais e rústicas do próprio espaço, às cores do campo e do décor, e que acabam por combinar lindamente com o exterior bem verde e fresco.

 

O bolo dos noivos, da Cakeshop, é singular e mistura uma visão bem moderna e interessante com um vibe rústico, com a fatia larga de acrílico transparente a intercalar os dois volumes A decoração lateral com flores desidratadas com hastes a esvoaçar ao vento sugere logo o espírito livre presente em toda a história.

 

O bouquet de flores desidratadas tem um pequeno toucado para o cabelo, a combinar – são ambos feitos pela Isabel Castro Freitas, que tem explorado com talento estes novos ingredientes. Além de ser bem bonito, tem uma vida longa e será uma boa companhia lá em casa, num recanto especial junto a uma moldura com “aquela” fotografia.

 

A completar esta inspiração boho e rústica, claro, um vestido esvoaçante, leve e fluido. Este é da colecção Gio Rodrigues e tem umas costas maravilhosas, não acham? A acompanhá-lo, um belo par de sapatos de noiva Badgley Mischka, distribuídos em Portugal pela nossa fornecedora seleccionada Anna Walker.

 

Sapatos de noiva Anna Walker Sapatos de noiva Anna Walker Vestido de noiva sexy de Gio Rodrigues

Vestido de noiva sexy de Gio Rodrigues Bouquet com flores desidratadas cor de mostarda Isabel Castro Freitas Vestido de noiva sexy de Gio Rodrigues Vestido de noiva sexy de Gio Rodrigues Vestido de noiva sexy de Gio Rodrigues Vestido de noiva sexy de Gio Rodrigues

As fotografias são da Lounge Fotografia, outro dos nossos fornecedores seleccionados.

Ficamos a suspirar com dias longos e dourados, entardeceres que ainda reflectem o calor acumulado do dia e noites animadas com bebidas frescas!

 

Independentemente do tamanho que as novas celebrações possam ter no futuro próximo, esta é claramente uma boa opção!

 

 

Fornecedores envolvidos:

 

fotografia de Lounge Fotografia; vestido de noiva de Gio Rodrigues; sapatos de noiva de Anna Walker; maquilhagem e cabelo de Priscilla Souza, bouquet de noiva e travessão de flores desidratadas de Isabel Castro Freitas; bolo dos noivos da Cakeshop, fotografado na Quinta do Avesso.

Susana Pinto

Giveaway: sapatos de noiva, bolo dos noivos e um belo bouquet!

Partilhamos aqui um fantástico giveaway que está mesmo quase, quase a terminar!

 

Inspiradas no nosso trio de domingo, as meninas da Crème Caviar (sapatos de noiva), Pé de Flor Atelier Floral (design floral) e Butterfly (cake designer) criaram um fantástico giveaway intitulado “Blooming in the garden: your perfect pair, bouquet & cake”.

 

Giveaway sapatos de noiva

A Filipa Ferreira, da Pé de Flor, conta-nos tudo:

 

“Acreditamos que o amor pelo que criamos é o nosso elo de ligação e o propósito que nos acabou por juntar nesta aventura. Apreciamos o trabalho umas das outras há muito tempo e pareceu-nos, depois deste último editorial, que estava na hora de um novo desafio!

 

Este ano foram muitos os casais que viram os seus planos de casar adiados. Sentimos com as nossas noivas muita da angústia que vivem com tantas decisões difíceis de tomar. É tempo de parar para reflectir, criar e, porque não, partilhar e retribuir parte do que as nossas marcas criam?

Nunca como hoje foi tão urgente levar esperança às nossas noivas! Por isto tudo e muito mais, unimos as marcas Crème Caviar, Pé de Flor Atelier Floral e Butterfly  para vos oferecer aqueles que achamos serem, depois do vestido de noiva, os grandes destaques do styling da noiva e do casamento. 

 

Ao participar neste giveaway terão a oportunidade de ter no ano de 2021 um par de sapatos perfeito da Crème Caviar, um bouquet de noiva Pé de Flor e um bolo dos noivos delicioso da Butterfly. Três elementos que estarão em sintonia e diálogo e que representarão a noiva, a sua personalidade e os seus gostos.”

 

Giveaway sapatos de noiva

Como participar?

“Tentaremos sempre respeitar as vossas melhores expectativas e sonhos, por isso os detalhes dos itens a sorteio terão de ser conversados com cada um dos fornecedores e estar em sintonia com os valores estéticos que nos definem.

Os sapatos poderão ser escolhidos mediante os números existentes no stock de cada modelo e oferecemos a personalização da sola.

O bouquet terá um valor máximo de 150€, as espécies florais estarão limitadas às existentes no mercado à data do casamento e será feito um aconselhamento das melhores opções. A entrega do mesmo será oferta, num raio de 50km a partir de S. João da Madeira.

O bolo será oferecido para um número máximo de quarenta convidados (se o número de convidados for maior, a quantidade adicional será orçamentada com 20% de desconto). Neste valor está incluída a entrega até 25 km do Porto. A decoração será semi-naked e floral, a condizer com o bouquet. A escolha dos sabores será limitada à ementa existente e apresentada aos vencedores.

 

 

Condições de participação:

 

Este giveaway decorre em exclusivo no Instagram, não de distraiam!

 

  1. seguir as três contas no Instagram: Crème Caviar, Pé de Flor Atelier Floral e Butterfly;
  2. gostar desta publicação e identificar outra noiva ou amiga com o sonho de casar;
  3. partilhar esta publicação nas stories e identificar as contas das três marcas;
  4. guardar o print screen da story até ao final do giveaway (será necessário para confirmação da partilha).

 

Este giveaway começou no dia 1 Julho e termina amanhã, dia 8. Na quarta-feira, 9 de Julho, será divulgado o resultado!

 

Your perfect pair, bouquet & cake, com Créme Caviar, Pé de Flor & Butterfly.

Susana Pinto

Dicas para casar: animais de estimação no casamento

Nas dicas para casar de hoje vamos falar sobre os animais de estimação no casamento: os nossos queridos amigos patudos!

Num dia tão especial, o que fazer com os animais de estimação que nos acompanham em todos os momentos da nossa vida? Deixá-los de fora, esquecidos em casa? Entregá-los a alguém menos próximo que possa tomar conta deles durante todo o dia e noite? Deixá-los num hotel com aqueles olhinhos tristes e inquisidores?

 

Nada disso, os nossos bichos podem e devem juntar-se à festa e vamos explicar-vos tudo, com a ajuda da Sóanimarte!

 

Por estes dias, todas as recomendações apontam para cerimónias mais contidas e ao ar livre – ora este é o cenário perfeito para incluirmos os nossos amigos de quatro patas, e até os amigos dos nossos amigos (se forem amigos também!).

Falámos sobre convidados caninos com o Tiago Simões, da Sóanimarte, que dispõe de um inovador serviço de DogSitting:

Sim! Wedding DogSitting, ou seja, babysitting de cães. Os patudos são cada vez mais os filhos da relação e queremos que se sintam assim no dia mais feliz das vossas vidas. Agora já podem levar o vosso amigo mais fiel para a festa do vosso casamento. – Tiago Simões

E como é que isto se processa?

O serviço da Sóanimarte é sobretudo direccionado para os cães dos noivos – mas pode ser aberta uma excepção para algum patudo demasiado próximo da família para ser deixado de fora num dia tão importante: «Tivemos, por exemplo, um DogSitting no Clube Universitário do Porto com quatro cães», conta-nos o Tiago. «Os dois cães dos noivos e os dois cães da mãe da noiva. Como já se conheciam todos, foi muito tranquilo.»

 

Animais de estimação no casamento - serviço de dogsitting com a Animarte

Para que as coisas corram bem, há uma série de regras a cumprir e precauções a tomar. O objectivo é garantir o bem-estar e supervisão dos patudos, pelo que a Sóanimarte disponibiliza uma ou duas pessoas responsáveis e capazes de acompanhar os cães, garantindo que estes estejam atentos aos momentos-chave do grande dia.

 

O trabalho de casa começa antes do casamento propriamente dito, conta-nos o Tiago Simões:

«É muito importante, e por isso obrigatório, conhecermos o cão antes do dia (e o cão conhecer-nos a nós!), para avaliarmos o seu nível de stress e para nos podermos todos acostumar uns aos outros, claro. No caso de os vossos bichinhos estranharem sítios novos, sempre que possível deverão levá-los também a conhecer previamente o espaço onde decorrerá a festa.

Não excluímos nenhuma raça à partida, mas reforçamos sempre junto dos noivos, que conhecem o seu patudo como ninguém, que é importante manter toda a gente em segurança (convidados, o Dogsitter e o próprio cão). Se um cão demonstrar algum índice de agressividade, um tipo de evento desta envergadura só poderá potenciar essa tendência, pelo que aconselhamos os noivos a ponderar bem a sua presença.»

 

Animais de estimação no casamento - serviço de dogsitting com a Animarte

Cumpridos estes passos, chega a hora de preparar o cenário. Antes de mais nada, certifiquem-se sempre, junto dos responsáveis dos espaços onde decorrerá o vosso dia, se têm permissão para levar cães convosco. No espaço da festa, será preparado um cantinho especial onde os animais se sintam mais do que em casa e muito mimados. Para tal, é importante que os donos levem os objectos pessoais dos cães: a cama ou manta preferidas, um ou outro brinquedo e a sua comida habitual.

 

O serviço da Sóanimarte para acomodar os animais de estimação no casamento é disponibilizado num pacote de dez horas (que pode ser prolongado, mediante ajuste no orçamento, caso necessário).

Vão buscar o patudo a casa e devolvem-no também a casa ou onde irão pernoitar, no final do dia,  podem começar a sua intervenção apenas na igreja ou no local da festa. Tudo isso será ajustado de acordo com a vontade, escolhas e necessidades de cada par de noivos.

 

Por norma, o serviço inclui uma pessoa – apenas nos casos de mais do que um cão de porte médio ou grande é que a Sóanimarte sugere que estejam duas pessoas sempre presentes. E os DogSitters estarão sempre atentos às necessidades dos animais, quer seja protegendo-os do entusiasmo dos convidados (sobretudo os mais pequenos), para que não se enervem, quer seja proporcionando-lhes momentos de passeio e mudanças de ambiente, sempre que sintam que há necessidade disso.

 

Animais de estimação no casamento - serviço de dogsitting com a Animarte

Há ainda alguns detalhes com uma graça extra: podem disponibilizar a trela e a coleira dos vossos amiguinhos à Sóanimarte para que sejam personalizadas, de acordo com as cores ou o tema da vossa festa; e existe também a possibilidade de, através de uma câmara GoPro, obterem um registo do vosso casamento como se fosse pelo olhar do vosso bichinho de estimação. Esta última oferta ainda está em fase de testes, mas estamos desejosos de ver os primeiros resultados.

 

Se os vossos bichos felpudos estão sempre presentes nos momentos importantes da vossa vida, não há razão nenhuma para fiarem de fora no mais bonito dos dias.

Falem com a Sóanimarte e combinem com o Tiago Simões todos os pormenores. Com a correcta preparação prévia, todos os elementos importantes da vossa vida estarão presentes neste dia tão especial!

 

Sobram dúvidas? Falem connosco! E não deixem de acompanhar todas as dicas para casar que vamos publicando, sempre à segunda-feira, que vos ajudarão a trilhar este caminho até ao mais bonito dos dias, de forma sabedora e tranquila!

Susana Pinto

Bolo dos noivos, sapatos de noiva e um belo bouquet: um trio perfeito!

Para o nosso trio de bolo dos noivos, bouquet de noiva e sapatos de noiva de hoje, volto a escolher o dourado como ponto de partida, desta vem combinado com duas cores pastel: pêssego e amarelo pálido.

 

Encontrei estes sapatos de noiva dourados muito fofos e não lhes resisti: o salto baixinho e fino, as tiras que dão um nó à frente e a delicadeza do detalhe no calcanhar! è factual, podemos todas concordar, que não darão grande apoio ao pé (e sobretudo ao tornozelo) durante um baile muito animado, mas umas boas palmilhas de gel, mais aderentes, poderão ajudar.

Se lhes juntarem um verniz de cor de rebuçado, um coral ou um rosa, ficam ainda mais giros. Quanto ao modelo de vestido, diria que vão com quase todos, deixando de lado apenas as opções muito clássicas e de tecidos mais pesados. De resto, seja um casamento de praia, cidade ou campo, parecem-me mais do que perfeitos!

 

Seguimos para o bolo dos noivos: dois andares de brancura de neve, com um remate dourado na aresta! Adoro esta simplicidade que nos pisca o olho para prestarmos atenção mais deperto – e ao fazê-lo, somos supreendidas com aquela linha dourada e rica, tão inesperada. Não fica tão elegante?

As fitinhas de seda esvoaçantes, atadas com um nó simples, rematam o figurino e fazem deste bolo que se apresenta tão simples, um show stopper em nome próprio! Imaginem-no ao ar livre, como convém por estes dias, com as longas fitas a esvoaçar com a brisa: não é tão feliz e perfeita esta imagem?

 

Terminamos com um fantástico e luxuriante bouquet de noiva com tons de pêssego e amarelo: ranúnculos, rosas, papilas da califórnia, tulipas eustomas, q8uase um pouco de tudo, nestes tons tão bonitos e gulosos. Este bouquet é uma festa nas mãos, não temos dúvida nenhuma!

 

Bolo dos noivos com detalhe dourado e decorado com fitas de seda Sapatos de noiva dourados Sapatos de noiva dourados Bouquet de noiva com flores em tons de pêssego e amarelo

Esta paleta de cores é sempre infalível e muito de verão: pêssego e amarelo claro, com muito branco-nata à mistura!

 

De cima para baixo, bolo dos noivos com dois andares e remate dourado, decorado com fitas de seda, de My Baking Chick; sapatos de noiva dourados, com salto fino e tirinhas, na H&M, por 17.99 euros (em saldos!); bouquet de noiva com flores brancas, pêssego e amarelas, de Love Sparrows.

 

Para acompanhar estes nossos trios perfeitos que publicamos todos os domingos, basta que sigam as nossas etiquetas (a partir da homepage) ou aqui no topo do artigo: sapatos e sunday shoes; cake! e bolo; bouquet e um belo bouquet.

Bom domingo!

Susana Pinto

Uma noiva de calças e cabelo curto: Karlie + Ben, tanto estilo!

Digo por aqui muitas vezes que não tenho nenhuma relação especial com vestidos de noiva, mas adoro um belo vestidaço!

 

O vestido de noiva de Karlie, que na realidade é um corpete com saia a acompanhar umas calças cigarrette, é um showstopper, prestem-lhe a devida atenção e vão ficar tão encantadas quanto eu! Sendo designer de moda e prestes a casar com um director criativo, não podíamos esperar outra coisa, certo? E os sapatinhos Prada dourados, certamente com um kitten heel, põem-nos a pensar na Audrey Hepburn!

 

Karlie + Ben casaram na Palm House, no Jardim Botânico de Sidney, a mais antiga estufa do hemisfério sul. Um sítio especial, repleto de história e personalidade, mas suficientemente neutro de forma a permitir que criassem um ambiente pessoal e intimista, à sua imagem.

 

Gosto muito das jarras com um pé singular de orquídeas exóticas no mais escuro tom de vinho do Porto, combinadas com outras espécies de um branco neve. O resultado é muito delicado, assertivo e especial, e faz ligação ao bouquet de noiva, também de orquídeas exóticas e farfalhudas, em tons puros.

 

Casar num jardim botânico, ao ar livre, é o melhor dos cenários: os cheiros das flores e plantas, o chilrear dos pássaros, e toda a natureza luxuriante em redor… Não vos põe a suspirar?

 

Vestido de noiva moderno com calças Sapatos de noiva dourados Vestido de noiva moderno com calças Bouquet de noiva com orquídeas brancas exóticas Vestido de noiva moderno com calças Vestido de noiva moderno com calças Casamento numa estufa

Vestido de noiva moderno com calças Vestido de noiva moderno com calças Vestido de noiva moderno com calças Vestido de noiva moderno com calças Vestido de noiva moderno com calças Vestido de noiva moderno com calças Vestido de noiva moderno com calças Decoração de casamento numa estufa Decoração de casamento numa estufa

Bolo dos noivos decorado com orquídeas Decoração de casamento numa estufa Decoração de casamento numa estufa Vestido de noiva moderno com calças Vestido de noiva moderno com calças Vestido de noiva moderno com calças

Da Austrália continuam a chegar-nos os casamentos mais frescos e diferentes, os vestidos mais modernos e fantásticos, as flores mais exóticas e inesperadas e as refeições mais gulosas e fotogénicas. Talvez por estarem na outra ponta do mundo, acabem por ser menos susceptíveis à grande globalização transversal. E isso é um luxo e uma imensa alegria, porque é na diversidade e no confronto de ideias, visões e costumes que todos crescemos e ficamos mais ricos.

 

E já agora, eu casava-me com um modelito assim, sem pestanejar!

Bom fim-de-semana!

 

Fotografia de Damien Milan Photography, via Hello May.

Susana Pinto

Casava-me assim: sugestões smart saver para noivas modernas

Hoje inicio uma nova série de artigos, a que chamo “Casava-me assim”.

São escolhas pessoais com ponto de partida num vestido de noiva alternativo, daqueles que não é mas podia ser, se quisermos olhar para ele dessa forma. Acompanho-o de alguns acessórios que o elevam para uma categoria mais interessante e o resultado será sempre feito de um orçamento baixinho e simpático.

 

Neste contexto que atravessamos, em que as cerimónias são adiadas ou acontecem em formatos mais intimistas e simples, ou que são celebradas apenas de forma simbólica enquanto esperamos pacientemente pelo regresso aos dias das grandes festas, deixo algumas sugestões para vestir, que são especiais, que respiram esse espírito de noiva, mas não requerem o investimento ou a solenidade da situação. É uma combinação festiva, despretensiosa, fresca, romântica e sempre elegante – tão a nossa assinatura de sempre!

 

Espero que gostem e que nos façam companhia (e opinem!) neste assunto. Vamos incluir sempre o valor da soma destas opções, num exercício de simplicidade e resultado bonito.

 

Vestido de noiva low cost Cinto dourado para vestido de noiva

Vestido: 69.99€ + cinto: 14.99€ + brincos: 7.99€ + sapatos: 69.95€ = 162.92€ total

Brincos de noiva com florinhas Sandálias cremes com salto baixo

Escolhi este vestido esvoaçante de crepe levezinho, neste tom tão discreto e bonito, que encontrei na H&M. Acho que merece uma pequena alteração, removendo o atilho da cintura e substituindo por um elástico, para ficar mais bem ajustado.

Ao acrescentarmos um cinto bonito, dourado, fininho e interessante como este também da H&M, com a pequena concha no centro, tudo ganha outra sofisticação adicional e passa a ser mais especial.

 

Encontrei estes brincos muito fofos na Parfois, nova colecção, acabadinhos de chegar. São um mimo e parecem-me perfeitos para a aocasião, sobretudo se não houver um bouquet de noiva!

 

Fecho com estas belas sandálias de pele em tom marfim, da Massimo Dutti, fininhas, esculturais e de salto baixinho, mas elegantíssimo.

 

Todas estas peças estão disponíveis à distância de um click e todas elas terão outras vidas e usos para além deste dia. Não quero com estas sugestões dizer-vos que esqueçam os grandes orçamentos e os vestidos de noiva a sério, o bouquet e as jóias de família, nada disso.

Quero apenas sugerir formas diferentes de celebrar, igualmente especiais, mais singelas e frugais, mas que não retirarão nem valor nem peso ao grande dia, tal como o sonharam. Se decidem celebrar a data escolhida, independentemente do adiamento do mais bonito dos dias, esta é uma forma de o fazer com muito charme!