Created with Sketch.

Escolhi ser profissional de casamento porque...

inicialmente começámos a trabalhar nesta área por iniciativa dos amigos. Foi numa fase em que muitos deles estavam a casar e, na altura, não havia muitas ofertas diversificadas e diferentes no mercado. Era tudo muito tradicional, muito visto e nada “fresco”. Percebemos então que era uma área com grande potencial criativo e cujas ideias novas podiam ser postas em prática. As pessoas já pediam coisas diferentes e nós estávamos cheias de vontade de dar asas à imaginação. Começámos assim e mantivemo-nos assim, sempre com vontade de apresentar peças novas, personalizadas, que tenham a ver connosco mas acima de tudo que façam os nossos casais muito felizes.

Orgulho-me muito de...

termos chegado até aqui. Não foi fácil, começámos numa fase em que ainda não haviam grandes redes sociais e o contacto e interacção com o público eram bem diferentes. Levava tudo mais tempo, o processo era todo ele mais calmo mas chegávamos também a muito menos gente. Mas nesta nossa viagem até aos dias de hoje, orgulhamo-nos da imagem que construímos, das peças que criámos e das pessoas que fomos conhecendo pelo caminho. Sem elas, nada disto hoje seria possível. É uma benção termos tanta gente que desde o início acreditou no nosso trabalho.

Vou procurar inspiração...

para além do óbvio, como redes sociais como o Pinterest e o Instagram, às pessoas que conhecemos, às viagens que fazemos, a algumas das nossas vivências e, claro está, a muita muita pesquisa neste mundo imenso que são os casamentos (seja de fornecedores, de revistas e sites do meio, entre outros).

Daqui a 5 anos vejo-me...

é uma pergunta muito difícil. Por vários motivos não conseguimos fazer uma projecção para daqui a 5 anos, mas acima de tudo sabemos o que queremos, e isso passa por continuarmos a dar o nosso melhor no que fazemos e a tentar criar peças e ideias diferentes, com a nossa imagem e tudo aquilo em que acreditamos. Queremos continuar a fazer as pessoas felizes com o que criamos e a ser felizes com o que fazemos.

Molde Design Weddings

A Molde Design Weddings cria convites de casamento muito especiais. Elegantes, com a mistura perfeita entre design e sofisticação, são o resultado da flexibilidade e dedicação da dupla de Joanas que acredita em resultados únicos, dedicados, feitos à sua medida: “Basta que nos digam, nós fazemos o resto!”
Contem com a criatividade destas meninas igualmente para os livros de honra, peças decorativas, cake toppers, acessórios… A Molde é viciante!
Acompanhem os nossos posts acerca do trabalho da Molde Design Weddings.

  • email: designmolde@gmail.com
  • tel: +351 916 211 475
  • contacto: Joana Duarte
  • morada: Largo Carlos Selvagem, nº 1B 1500-140 Lisboa

Escolhi ser profissional de casamento porque...

inicialmente começámos a trabalhar nesta área por iniciativa dos amigos. Foi numa fase em que muitos deles estavam a casar e, na altura, não havia muitas ofertas diversificadas e diferentes no mercado. Era tudo muito tradicional, muito visto e nada “fresco”. Percebemos então que era uma área com grande potencial criativo e cujas ideias novas podiam ser postas em prática. As pessoas já pediam coisas diferentes e nós estávamos cheias de vontade de dar asas à imaginação. Começámos assim e mantivemo-nos assim, sempre com vontade de apresentar peças novas, personalizadas, que tenham a ver connosco mas acima de tudo que façam os nossos casais muito felizes.

Orgulho-me muito de...

termos chegado até aqui. Não foi fácil, começámos numa fase em que ainda não haviam grandes redes sociais e o contacto e interacção com o público eram bem diferentes. Levava tudo mais tempo, o processo era todo ele mais calmo mas chegávamos também a muito menos gente. Mas nesta nossa viagem até aos dias de hoje, orgulhamo-nos da imagem que construímos, das peças que criámos e das pessoas que fomos conhecendo pelo caminho. Sem elas, nada disto hoje seria possível. É uma benção termos tanta gente que desde o início acreditou no nosso trabalho.

Vou procurar inspiração...

para além do óbvio, como redes sociais como o Pinterest e o Instagram, às pessoas que conhecemos, às viagens que fazemos, a algumas das nossas vivências e, claro está, a muita muita pesquisa neste mundo imenso que são os casamentos (seja de fornecedores, de revistas e sites do meio, entre outros).

Daqui a 5 anos vejo-me...

é uma pergunta muito difícil. Por vários motivos não conseguimos fazer uma projecção para daqui a 5 anos, mas acima de tudo sabemos o que queremos, e isso passa por continuarmos a dar o nosso melhor no que fazemos e a tentar criar peças e ideias diferentes, com a nossa imagem e tudo aquilo em que acreditamos. Queremos continuar a fazer as pessoas felizes com o que criamos e a ser felizes com o que fazemos.