Created with Sketch.

Escolhi ser profissional de casamento porque...

Em primeiro lugar, sempre gostei muito de fotografar, desde criança, e andava sempre com a câmara do meu pai, até terminar os rolos! Depois descobri que captar as emoções, espontâneas e genuínas, das pessoas era a minha grande paixão! Um dia, uma noiva amiga, que também viu isso no meu trabalho, convidou-me para ser o 2º fotógrafo do casamento. Desde esse dia não parei mais e faço o que mais gosto!

Orgulho-me muito de...

Ser um convidado mais atento no dia do casamento e conseguir contar a história desse dia sem "atrapalhar" o desenrolar normal das coisas. Quanto menos me virem, melhor! Luz natural o máximo possível e fotografias o mais naturais possíveis! Resumindo, o natural é bom!

Vou procurar inspiração...

À música (principalmente), aos filmes, à família, aos amigos e a outros fotógrafos que admiro muito!

Daqui a 5 anos vejo-me...

A ser como sou agora! A gostar do que faço, a errar muitas vezes, a acertar muitas vezes, mas com a direção bem definida de ser cada vez melhor! E principalmente a ser feliz assim.

RicardoMarta Photography

Ricardo Marta é apaixonado pela fotografia desde criança, no tempo em que ainda brincava com máquinas analógicas e gastava rolos inteiros a descobrir esta forma diferente de ver e de interpretar o mundo. A paixão pelos casamentos despertou logo na primeira experiência que teve nesta área, então como segundo fotógrafo. Desde esse dia, não mais deixou de fotografar casamentos e de ser muito feliz a fazê-lo!
Gosta de ser um espectador atento de tudo aquilo que se passa mas faz questão de permanecer ‘invisível’, para não interferir no desenrolar dos acontecimentos. Depois, é juntar à fórmula toda a luz natural que for possível – e todas as emoções naturais que depois vocês terão o prazer de reviver, imagem a imagem.

Acompanhem os nossos posts acerca do trabalho de RicardoMarta Fotografia.

Escolhi ser profissional de casamento porque...

Em primeiro lugar, sempre gostei muito de fotografar, desde criança, e andava sempre com a câmara do meu pai, até terminar os rolos! Depois descobri que captar as emoções, espontâneas e genuínas, das pessoas era a minha grande paixão! Um dia, uma noiva amiga, que também viu isso no meu trabalho, convidou-me para ser o 2º fotógrafo do casamento. Desde esse dia não parei mais e faço o que mais gosto!

Orgulho-me muito de...

Ser um convidado mais atento no dia do casamento e conseguir contar a história desse dia sem "atrapalhar" o desenrolar normal das coisas. Quanto menos me virem, melhor! Luz natural o máximo possível e fotografias o mais naturais possíveis! Resumindo, o natural é bom!

Vou procurar inspiração...

À música (principalmente), aos filmes, à família, aos amigos e a outros fotógrafos que admiro muito!

Daqui a 5 anos vejo-me...

A ser como sou agora! A gostar do que faço, a errar muitas vezes, a acertar muitas vezes, mas com a direção bem definida de ser cada vez melhor! E principalmente a ser feliz assim.