Simplesmente Branco  - Página 8 de 741 - Menos é mais...! inspiração e os melhores fornecedores para o seu casamento.

0 Comentários

Mon amour, por Paper Moons with Diana Nobre

Hoje fugimos do céu nublado e cinzento e refugiamo-nos nos dias luminosos de Verão, nem que seja por instantes, só para espreitar a bonita história de Sandra + Julian, um casal que vive em França, mas que decidiu dar o nó em Portugal, terra natal da noiva. Tendo como palco o Rio do Prado em Óbidos, a celebração começou mais cedo e, de mãos dadas e corações aceleradas, os noivos deram uma escapadinha a dois para registarem, no silêncio e na beleza do bosque, o amor que os une. A Diana Nobre da Paper Moons esteve lá e o resultado não podia ter sido mais feliz…

 casal abraçado no meio do bosque

 

mulher a abraçar homem por trás no bosque

 

casal abraçado no bosque

 

homem a levantar mulher no ar no bosque

 

casal sorridente com o braço do homem nos ombros da mulher

 

casal sorridente e de mãos dadas a correr junto ao bosque

 

close up casal sorridente e de mãos dadas a correr junto ao bosque

 

casal abraçado e a sorrir no bosque

Encontramo-nos junto ao rio, meu amor?

 

Paper Moons with Diana Nobre é fornecedor seleccionado Simplesmente Branco. Podem encontrar mais informação e contactos detalhados na sua ficha de fornecedor, arquivada em Fotografia.

 

0 Comentários

Pixel, um fornecedor Simplesmente Branco

Pixel é a expressão documental da imensa paixão que o Zé, a Luísa e o João têm pelo cinema em particular, e pelas artes em geral. Acreditam que as histórias não se repetem e que nenhum detalhe é pequeno demais para ser documentado, pelo contrário, inúmeras vezes são estes que tornam as histórias únicas e irrepetíveis. Com base nesta crença, tentam conferir aos seus trabalhos uma linguagem despretensiosa, emocionalmente e visualmente carregadas e com uma profunda atenção ao pormenor.

fotografia dos pixel com metade da cara do noivo e metade da cara da noiva

pormenores da noiva a preto e branco

 

fotografia dos pixel com pormenores da festa de casamento

Querem ver mais? Espreitem o trabalho fantástico dos Pixel aqui e depois passem directamente à conversa com este trio, acedendo aos seus contactos através da sua ficha de fornecedor.

 

0 Comentários

Guava: sapatos de veludo e dias de festa!

Hoje trazemos as novidades da Guava, em dose dupla: novo modelo de botins e uma inauguração.

A Inês Caleiro acha que os sonhos são feitos de veludo e já que é o assunto da saison, desenhou uma versão macia para os seus conhecidos e bests sellers botins peep toe, em tons de rosa e ruby.

Este ano a marca chega ao seu 6º aniversário (parabéns!) e, em modo celebratório, quis enriquecer a sua Essentials Collection com a utilização de novos materiais em modelos já conhecidos e amados pelos clientes e seguidores.
“Já queria há muito incluir veludo na coleção”, conta Inês Caleiro, head designer da marca. O botim peep toe foi todo revestido em veludo, à excepção do salt, o que se manteve em acrílico envernizado.
“Acreditamos que quem calça Guava pode conquistar o mundo e a escolhas destes dois tons foi pensada como representativa da complexidade feminina. Todas as mulheres têm um lado mais suave, que associamos com o tom pastel, e um lado mais sexy que alinhamos com uma cor mais forte como o vermelho”.

A colecção Essentials e os novos modelos Pink Blush e Ruby Velvet ja estão disponíveis no site da marca, e custam 275€.

 

 

Um charme, estes botins, não? Com o vestido certo, de manga comprida, está o modelito perfeito e modernaço!

E se as acham bonitas e fotogénicas, que tal verem-nas ao vivo?

Pois parte dos festejos do 6º aniversário, que prometem um ano recheado de desafios e surpresas boas, é a abertura do novo showroom no Porto, na Rua Augusto Rosa, nº 39, agora em Fevereiro.

 




 

No novíssimo edifício District, o novo espaço de negócios e comércio do Porto com 3 amplos pisos e as mais variadas empresas, lojas e marcas, as pessoas podem comprar e experimentar toda a colecção da marca ou apenas ficar a conhecer a equipa que está por detrás da Guava. e que o acompanha.

A inauguração é dia 1 de Fevereiro, e o horário será das 9h às 19h, de segunda a sábado.

Quem vai visitar?

 

0 Comentários

Que dias bonitos: obrigado!

 

Já recuperámos dos dois domingos de festa, em Lisboa e no Porto: You+Us=Fun!, edições nº9 e nº10, foram um sucesso!

Olhamos para trás e o caminho feito é bastante diverso… começámos em 2011, no Porto, no antigo Externato Lumen, na Rua da Boavista. Muito DIY, algumas atribulações hilariantes e uma experiência rica de partilhas e de momentos novos. Chegámos ao fim cansadíssimos, mas estava tudo tão bonito, tinha sido tão fixe, falámos e recebemos muita gente, tudo uma novidade.

Fizemos uma revista, a S Magazine #3, sob o título auspicioso de “Less”, tão bonito e especial foi o registo do dia!

 

Seguiu-se a Casa do Alentejo, em Lisboa, tivemos espumante e pipocas e um salão glorioso e decadente, cruzámo-nos com os bailes de fim-de-semana da comunidade alentejana e com os visitantes curiosos àquele que foi o primeiro casino de Lisboa.

No ano seguinte, voltámos a dar um pulinho ao Porto, e escolhemos o Clube dos Fenianos, bem no coração da cidade: fizémos a festa em tons de azul e ouro, e voltámos a ter um dia cheio de visitas e conversas.

Temos fotografias bonitas da dupla estreante, Um dia de Sonho e Arc Fotografia.

 

Para a 4ª edição, épica e inesquecível, instalámo-nos no incrível ballroom do Ritz Four Seasons: enchemos o tecto com mais de 600 andorinhas douradas feitas em origami e vimos o salão encher-se de gente: assim tão bom! Estarmos aqui, neste sítio luxuoso e gentil, significou chegar ao topo da montanha. Tudo o que fizémos levou-nos até ali, em nome próprio, com consistência, trabalho bonito e uma simpatia a toda a prova.

Vejam as fotos da Lounge Fotografia, da Inspirarte e da One Love Photography.

 

Voltámos ao Porto, para a 5ª edição: calhou à magnífica Casa Allen receber-nos: Passámos duas tardes a fazer flores de papel para um enorme logotipo que ficou à entrada: uma delicadeza só e um prazer para quem, como nós, gosta tanto de criar e fazer coisas com as mãos. Pegámos no Paper to Petal, da Rebeca Thuss e seguimos a inspiração para as nossas próprias flores.

Vejam imagens lindas da dupla Um dia de Sonho, Lounge Fotografia, Inspirarte e Momento Cativo.

 

Mais uma voltinha, e nova edição em Lisboa, por onde ficámos nos anos seguintes. Regressámos ao Ritz, para a 6ª edição, e fomos até Cascais para a 7ª, em 2015.

Vejam as imagems da One Love Photography, da Adriana Morais e da Inspirarte, em Lisboa, e da One Love Photography, da Atmosfia e da Inspirarte em Cascais

 

Por esta altura, tínhamos muitas dúvidas sobre este nosso formato: continuava a ser muito especial, mas sentíamos um claro desajuste com o público. Menos visitas, menos entusiasmo, menos ligação. Pensámos e decidimos parar, até encontrar, novamente, a fórmula certa. Queríamos voltar à alegria e energia do Ritz, a esse dia tão incrível. Calhou tropeçarmos no charmoso Palacete Gomes Freire e, em 3 semanas, decidimos e concretizámos mais um evento: pequenino, literalmente de bolso, com pouco mais de uma dezena de fornecedores, mas tão intimista e especial. Deixámos a decisão de repetir, no ano seguinte, em aberto.

Vejam as imagens lindas do Hugo Coelho, da Atmosfia, da One Love Photography e da Mariana Megre.

 

Este ano regressámos para esta nossa casa de Lisboa, onde abrimos as portas à 9ª edição: é o sítio onde somos sempre tão bem recebidos, com uma luz maravilhosa que entra pelas salas adentro, e podemos criar um evento íntimo, doce, acolhedor, carinhoso.

Rumámos ao Porto, para o Clube Universitário do Porto: festejámos a 10ª edição e ficámos com a clara sensação: também encontrámos a nossa casa no Porto.

Pensámos em algumas novidades de valor acrescentado: um goodie bag giro, com um caderno, vouchers variados, postais e o nosso calendário de parede para 2017, levámos o nosso “Queres casar comigo? – guia prático para um dia muito feliz” a preço simpático, juntámos 2 workshops para noivos, com o b-á-bá precioso, informativo e bem-disposto (falámos de orçamento, preparativos, escolhas, contratos, etc.) e agarrámos as pessoas pelo estômago, com cocktails deliciosos e bem servidos.

 

Tivemos, nestes dois domingos, casa cheia, and some.

Vejam as imagens de tudo tão bonito, captadas pela Atmosfia, One Love Photography e MC Photography em Lisboa, e pela dupla Menino conhece Menina e Inspirarte, no Porto.

Talvez os editores da Monocle tenham razão (costumam ter…!): é tempo de sair da bolha digital e conversar e estar com as pessoas. É tempo de proximidade, de olhar para cima, para a frente, para o que está à nossa volta, em vez de para baixo, é tempo de absorver e apreciar, de tocar, em vez fazer um scroll apressado entre um semáforo vermelho.

O formato que sempre pensámos, por ser de proximidade, cara a cara, com um sorriso e papel, flores, imagens e bolo nas mãos, que sentimos escapar-nos pelos dedos com alguma desolação, voltou a ser a escolha certa: estamos aqui, queremos tratar-vos pelo nome e mostrar o que fazemos melhor, para que o vosso dia seja o mais bonito dos dias.

 

Aos visitantes, aos clientes que participaram (e aos que não participando, ajudaram na propagação do evento), aos amigos, aos novos contactos, aos convidados, aos fantásticos anfitriões, aos fotógrafos generosos que registam e partilham estas imagens felizes e memoráveis, aos clientes generosos que facilitam, agilizam e propiciam a beleza que este evento é (já falei da comida? Que delícia!), à Inês, ao Alberto e ao Pedro que me acolhem sempre com amor, abraços, deliciosa comida e liberdade na Rua Oliveira Monteiro, à Ana e ao Mike, sempre os meus braços direitos portuenses, e à Maria João, o meu (sempre paciente) braço direito Lisboeta:

Obrigado!

Voltamos no próximo ano. Tchim Tchim!

 

A fotografia é do Miguel Cachapa, MC Photography.

Save

0 Comentários

Um trio perfeito!

E devagarinho vamos desvendando as mudanças que vamos trazer com o novo site.

Os domingos passam a ser feitos de 3 em 1: as rúbricas Cake!, Sunday Shoes e Um belo Bouquet… passam a mostrar-se juntas, n’ Um trio perfeito!

Já sabem que eu gosto de sapatos, muito! Não uso saltos no quotidiano (e muito raramente nas ocasiões especiais), mas tenho a minha colecção de sapatos especiais e entre ténis modernaços, rasos com charme e saltos possíveis e suficientemente fancy, terei umas boas dezenas de pares… o que faz desta busca domingueira uma tarefa muito aprazível.

Se para cada magnífico par encontrado fôr preciso ir à procura de um doce bolo a condizer e um belo bouquet, triplica o diversão, porque emparelhar coisas bonitas é sempre um prazer: é uma espécie de caça ao tesouro!

 

bolo dos noivos clássico em rosa e dourado

 

sapatos de noiva em rosa blush e dourado

 

Bouquet de noiva com rosas e orquídeas

 

E estas são as nossas escolhas de hoje: rosa blush e dourado, duas cores infalíveis que combinam sempre tão bem.

Comecemos pelo bolo dos noivos, belíssimo, não? Clássico, um bocadinho audacioso e cheio de wow factor, o que me parece uma combinação totalmente na mouche, sobretudo para casamentos antes dos dias quentes e festivos do verão. Inverno, Outono e até uma Primavera tímida, quando a festa dentro de portas é mais acolhedora.

Encontrei-o no Style me Pretty. Feito por Elegantly Iced, com fotografia de Charlie Juliet.

Já os sapatinhos… ufa! São perfeitos (e existem também em veludo azul escuro!), totalmente Cinderela dos tempos modernos, on trend e aconchegantes para um dia frio (e fotogénicos, também…!)

São da Uterqüe.

Fechamos com o bonito bouquet de rosas blush e orquídeas… que delicadeza! Inspirado no bouquet original da mãe da noiva (este formato em cascata, tão típico da época), foi actualizado por Tiger Lily Weddings, e fotografado por Sean Money + Elizabeth Fay Photography. Encontrei-o no Ruffled.

Bom domingo!

 

Save

0 Comentários

Ana Luísa + Ricardo, do Brasil com amor

E regressamos alegremente aos nossos casamentos bonitos das sextas-feiras!

O de hoje, é da Ana Luísa + Ricardo, e chegou-nos pelas mãos da Bouquet de Liz, que tratou dos convites, do bouquet e de toda a decoração floral.

Do Brasil, com amor, fica a festa da Ana Luís + Ricardo.

Para terminar a semana, estamos já na recta final de um total makeover aqui do site, e juntamente com o lado visual, iremos também mudar alguns conteúdos. Este será um deles, que terá um novo questionário e será mais apurado: esperem para ver, porque será bonito!

Até lá, um óptimo fim-de-semana!

 

 

 

 

Como foi o teu pedido de casamento?

O pedido de casamento foi incrível porque em nenhum momento eu desconfiei que ele ia acontecer. Foi no dia 19 de Julho, o dia em que a felicidade tomou conta de nós. Na altura vivíamos no Brasil, e o Ricardo convidou-me para fazer um passeio a cavalo pela praia com um casal amigo. Como esse casal desmarcou no momento, nós fomos na mesma. Quando íamos a passear pela praia deserta às 8h da manhã de um domingo, o nosso guia sugeriu que parássemos e fossemos até ao topo da duna ver as vistas que eram muito bonitas. Assim fomos nós, de mão dada. Quando de chegámos ao topo, dou conta que temos um pequeno-almoço surpresa. No inicio achei que era surpresa da organização do passeio, a seguir pensei que fossem coisas deixadas por outras pessoas e só depois dei conta que era a manta do meu sofá…! Nesse momento gelei, a ansiedade tomou conta de mim, será que esta surpresa vinha com um anel…? A verdade é que veio com um anel maravilho e um pedido que me encheu o coração. Foi um momento muito mágico. Com a ajuda dos nossos amigos Kellen e Ricardo que não foram ao passeio para ajudar o Ricardo a preparar toda esta surpresa!

 

 

 

 

 

Como te organizaste? Por onde começaste, com que antecedência?

Como estávamos a viver no Brasil, mas já tínhamos o regresso a Portugal marcado, decidimos que só iriamos tratar do casamento quando chegássemos. Começámos a tratar das coisas em Setembro, quando regressámos.

Começámos por definir o mês do casamento. Julho era sem dúvida o nosso mês para casar. Foi quando começámos a namorar e quando o pedido foi feito.

A prioridade seguinte foi decidir a igreja e o espaço da festa, para poder marcar o dia.

 

 

 

 

Que ambiente quiseste criar? Como o fizeste?

Nunca quisemos ter um tema no casamento nem uma cor específica que se repetisse em tudo. Preferíamos um ambiente elegante e sofisticado, intemporal e sempre romântico.

Tivemos muito cuidado na escolha de tudo: as cores e espécies de flores, a marcação das mesas, os atoalhados e mobiliário, queríamos que tudo estivesse em sintonia.

 

O que era o mais importante para ti?

Demos bastante importância à escolha da quinta, do catering, da decoração e às pessoas que iam eternizar os momentos como o fotógrafo e o videógrafo.

 

 

 

 

E secundário?

Não houve nada secundário.

 

Onde gastaste mais dinheiro?

No catering. Para nós era muito importante garantir que a comida servida seria de alta qualidade. Outro aspecto muito importante, foi o investimento em decoração no que toca aos detalhes e à criação de ambientes agradáveis.

 

 

 

 

Onde gastaste menos?

Os missais, os cones de arroz, os lenços de lágrimas de alegria, as argolas de guardanapos, as caixinhas de higiene que colocámos nas casas-de-banho, tudo foi criado e preparado por nós e por pessoas das nossas famílias, o que nos permitiu dar um toque pessoal e poupar algum dinheiro.

 

O que foi mais fácil?

Escolher a pessoa que nos iria ajudar a concretizar os ambientes que queríamos criar. Os detalhes que vimos no trabalho da Bouquet de Liz e a sua paixão pelo pormenor fez com que não tivéssemos dúvidas de quem queríamos ao nosso lado.

 

 

 

 

 

O que foi mais difícil?

Uma escolha muito difícil foi a quinta. Queríamos uma quinta com alma, com um jardim encantador e uma sala com personalidade. Visitámos cerca de 20 espaços e, por incrível que pareça, escolhemos o primeiro que vimos.

 

O que te deu mais prazer criar?

Como sou designer de interiores, certamente todas a opções que fizemos no que toca à decoração. Foi muito prazeroso definir as decorações na igreja e na quinta. Os convites foi outro ponto que amámos, pois ficaram exatamente como nós queríamos.

 

 

 

 

O casamento que planeaste, é a vossa cara, ou foste fazendo cedências pelo caminho?

É a nossa cara, foi exatamente o que nós queríamos! A única cedência que fizemos, foi na pista de led que realmente tivemos de abdicar, porque tudo o resto foi como sonhámos.

 

Um pormenor especial?

Somos pessoas de detalhes, por isso tivemos muitos pormenores no nosso casamento. Os lenços das lágrimas de alegria que oferecemos na entrada da igreja tinham renda que foi feita pela minha avó. O bouquet tinha duas medalhas com as fotografias dos meus avós. O vinho tinto do casamento e o azeite das lembranças são produção dos avós do Ricardo. Além disso colocámos uma mesa na sala do copo de água com as fotos do casamento dos nossos pais e dos nossos avós.

 

 

 

Agora que já aconteceu, mudavas alguma coisa?

A única coisa mais difícil de coordenar durante o dia, foi a sequência durante o copo de água, tendo algumas coisas sido atrasadas e não realizadas com a ordem que tínhamos pensado. Por isso, e vendo agora, teria sido bastante útil termos contratado uma cerimonialista durante o copo de água, uma vez que durante a cerimónia na igreja tivemos uma pessoa a ajudar-nos.

 

Algumas words of advice para as próximas noivas?

Para os noivos com muitos convidados, como foi no nosso caso, aconselhamos que deixem bastante tempo de intervalo entre as várias etapas do dia do casamento, de forma a conseguirem recuperar eventuais atrasos. Outro ponto importante em casamentos com muitos convidados é terem uma pessoa a ajudar na distribuição das ofertas.

 

 

Os nossos fornecedores:

 

convites, materiais gráficos, flores e decoração: Bouquet de Liz;

local: Quinta da Memória;

catering: Encontrus;

fato do noivo e acessórios: Hugo Boss;

vestido de noiva e sapatos: vestido Rosa Clará, sapatos Unisa;

maquilhagem e cabelos: cabelo: Sónia Pereira; maquilhagem: Catarina Ferreira;

ofertas aos convidados: havaianas, Bia Rasteirinhas; Garrafa de azeite feito pelos noivos e espetadas de gomas, Entresorrisos;

fotografia: José Raposo;

vídeo: 2 Play+;

Dj: Raul Lemos Saxofonista: Gabriel Neves;

animação: EntreSorrisos.

 

Save