Created with Sketch.
Susana Pinto

Mimos modernos, por Ducka Design

Pratos para as alianças e vasos para oferecer aos convidados.

Assim a seco, parece nem ter graça, mas as peças bonitas da Ducka são curiosas e especiais. Descobri-as na semana passada, quando fui buscar os meus postais “Feliz é quem diz” (e dar um abracinho bom à querida Susana Almeida), ao Mercado de Natal do Campo Pequeno: dei a minha volta, recolhi alguns cartões de contacto e tomei nota das coisas interessantes que encontrei.

A Ducka foi uma delas, e que graça tem.

Apresenta-se assim: “Ducka é uma pata com muito carisma, e um gosto especial por design. Nasceu com uma vontade enorme de pegar em peças que alguns consideram “lixo” mas que para ela são verdadeiros tesouros! Com uma paixão por tudo o que é artesanal, transformando os com detalhes modernos e um enorme carinho pela tradição, esta pata tem bicho carpinteiro e não consegue estar parada! A Ducka encontrou o seu lugar no mundo do design e está disponível para trabalhos de redesign, de criação de espaços, e de projetos com bom gosto!.”

 

A sua dona é a designer Ana Rita Aguiar e, das várias peças disponíveis, elegemos estas duas que achamos perfeitas para vocês: o Ninho e o Tosco (até os nomes são óptimos!).

 

Pratinho para as alianças

 

Vasinhos de suculentas para oferecer aos convidados

 

Vasinhos de suculentas para oferecer aos convidados

 

O Ninho é um conjunto de duas peças côncavas de forma hexagonal feitas a partir de cimento. Uma é cinzenta, outra é branca e servem como prato para as alianças, durante e após, e também, numa versão menos romântica, como despeja-bolsos!
O Ninho é vendido como um conjunto de 2 peças, e custa 12€.

 

O Tosco, criado a partir de uma paixão por formas geométricas e apreciação por pequenos cactos, é uma peça decorativa com um ser vivo que não necessita de muitos cuidados (óptimo para quem gosta de plantinhas mas não tem exactamente green fingers). Os cactos precisam de pouca água e de pouco espaço, e estes pequenos vasos de cimento assentam em qualquer das suas arestas, de modo tombado (mas firme!), resultando numa peça decorativa e com um toque de cor e verdura muito refrescantes.
O Tosco custa 8 € e está disponível em 5 cores: cinzento (cor natural do cimento), branco, cor-de-rosa, azul e amarelo.

 

Se design minimalista e industrial é a vossa cena, estas duas peças (o Ninho para as alianças e os Toscos para oferecer) são um achado. Podem encomendar suculentas bebés ao Dário Nemésio, da O meu amor é verde e compor a vossa selecção de verdes à medida.

 

Susana Pinto

A arte de bordar, por Jubela: almofada para as alianças

Há alguns anos que acompanho o trabalho bonito da doce Joana Caetano, que assina com o nome de Jubela.

Faz parte desse lote incível de meninas que trabalham com as mãos, pacientemente, e trazem para os dias de hoje, por um caminho totalmente contemporâneo, técnicas e saberes antigos, com um carinho e uma consistência que só torna as suas peças bens preciosos e intemporais.

Já falámos várias vezes do trabalho da Joana por aqui, e os seus bastidores bordados com andorinhas são presença frequente em casamentos, como este, da menina Beija-flor, fotografado pela Marta Marinho, da Beija-me, nossa fornecedora seleccionada (e um dos casamentos mais bonitos que publicámos por aqui recentemente!).

Há dias cruzei-me com estes bastidores que combinam um dos meus (e da Joana) motivos favoritos, as andorinhas, com umas pequeninas flores brancas, sobre uma base de linho cru… São tão delicados e especiais!

Podem ser usados como “almofada das alianças”, para decorar um recanto da nova casa ou para oferecer a alguém de quem se goste muito.

 

 

Almofada para as alianças, com bastidor bordado com andorinhas

 

Conversámos um bocadinho com a Joana e ela explica-nos o que é isto de bordar:

 

A Jubela é uma marca de bordado de autor que nasceu em 2009, depois de frequentar algumas oficinas de bordado tradicional de Guimarães.
O meu trabalho caracteriza-se essencialmente pelo uso de temas e símbolos, que fazem parte do bordado típico de algumas regiões de Portugal, como o caso das andorinhas.
Os pontos de bordar utilizados partem do bordado tradicional, mas os desenhos e as peças finais são projectos da minha autoria. Tanto podem ser acessórios como colares alfinetes e pins, como objectos de decoração, peças onde misturo técnicas, como o caso das ‘andorinhas rendadas’, onde misturo serigrafia com o bordado.
A escolha dos materiais é criteriosa,  bordado é uma técnica demorada e exige experimentação e experiência.

Algumas peças são bordadas em linho artesanal, que compro directamente aos produtores deste material. O meu trabalho está apenas disponível na loja online, faço séries pequenas e a criação em pequena escala não é compatível com a distribuição em várias lojas.

 

Almofada para as alianças, com bastidor de linho, bordado com andorinhas

 

Almofada para as alianças, com bastidor de linho bordado com andorinhas

 

Sobre o processo de trabalho, a Joana também nos explica como é:

 

“Normalmente existe um exemplar de cada peça que vai sendo reproduzido à medida que as peças se vendem.
As peças têm preços fixos, porque são semelhantes na sua génese: as horas de trabalho e materiais. Mas também é possível fazer uma encomenda personalizada, a partir das peças já existentes, onde o preço pode variar um pouco, dependendo da peça final que se está a criar: é criado um desenho próprio e até o esquema de pontos a bordar é ajustado à medida.
No fim, as peças são enviadas pelo correio, ou quando possível, entregues em mão (a quem pode ou quer tomar um cafézinho comigo, pela baixa do Porto).
Embalar é para mim tão importante como o restante processo. Escolho e compro todos os materiais pelo comércio tradicional aqui da cidade do Porto e faço as embalagens manualmente. Os bastidores das andorinhas são envoltos em papel de seda às florzinhas, os envelopes feitos por mim em papel de bacalhau da papelaria Modelo, e tudo é atado com um fio de linho da casa Crocodilo, a fechar a embalagem.”

 

 

 

Mais amor que isto, é difícil!

As peças da Jubela vão estar em exposição e venda em Dezembro, numa Pop UP store que vai juntar artistas de outras áreas como a ilustração, cerâmica e encadernação. Serár no Porto, na Rua do Breiner e a restante informação ainda está no segredo dos deuses para não estragar o efeito surpresa!

 

Para saberem tudo, recomendo que acompanhem as aventuras da Jubela (gata incluída), na sua página do Facebook, site e Instagram. Até lá, façam compras e encomendas na loja online.

E podem sempre mandar um email simpático à Joana Caetano, ela vai gostar de vos conhecer e ouvir!

 

Susana Pinto

O mais bonito par

A Senhor de si é um pequeno projecto de figurinhas em pasta de papel.

Delicadas, pernilongas e doces são palavras que lhes assentam que nem uma luva. Inicialmente eram pequenos móbiles, mas evoluiram para outros poisos e hoje podem ser cake toppers ou porta alianças. São quase sempre acompanhadas de um pequeno texto poético, personalizado, inscrito na base.

 

 

 

 

“Temos caminhado ao longo da vida

entre partilhas e entregas

nas marés altas e baixas

conhecemos a luz da noite

e a intensidade do dia

descobrimos a fragilidade do tempo

e o poder da harmonia

mas é do amor profundo

que mora em nós

que construímos a nossa casa

feita de delicadas emoções”

 

 

 

 

 

Quem os faz é a Cláudia Abafa, e podem contactá-la atraves de email ou na página do Facebook da Senhor de si, para saber como se processam as encomendas personalizadas, o tempo que demoram e o preço.

Para acompanharem o seu trabalho e saberem onde a podem encontrar, falar com ela e ver estas delicadezas ao vivo, acompanhem o blog com o mesmo nome.

 

Susana Pinto

Para as alianças

 

 

 

 

Em porcelana, da Seaurchin, uma loja inglesa no  Etsy.  Lindos, lindos!

Ah, e pormenor giro, a autora, Lisa Stevens, trabalhou como senior model maker para a Aardman Animation (responsável pelos deliciosos Creature Conforts, Chicken Run e Wallace & Gromit, entre outros). Se são fãs como eu, não vão resistir!