Created with Sketch.
Susana Pinto

Bolo dos noivos, sapatos de noiva e um belo bouquet: um trio perfeito!

O trio de sapatos de noiva, bolo dos noivos e bouquet de noiva é feito de tons cremosos e linhas clássicas – uma combinação irrepreensível que nunca falha e que é muito apropriada para as noivas que procuram um look intemporal e muito romântico.

As sandálias de veludo, com tacão largo, têm um tom pérola mesmo bonito e o laço grande dá-lhes um ar divertido, ligeiramente over the top, mas sem perder a noção de elegância. Perfeitos, portanto!

Juntei este belíssimo bolo dos noivos com três andares, ligeiramente folhado com um delicado toque de ouro nos remates, e pequenas flores espalhadas de forma subtil. Se um naked cake não cumpre os vossos requisitos, este bolo dos noivos clássico é a escolha certa. Bonito, fotogénico e com o seu quê de inesperado.

Completamos o trio de hoje com um bouquet de noiva com peónias, rosas e astilbe. Cremoso, delicado, romântico…

 

Bolo dos noivos decorado com textura e camadas

 

Sapatos d enoiva em veludo pérola

 

Bouquet de noiva com peónias em tom nude

 

Elegância clássica em tons cremosos e delicados – não é uma combinação óptima?

 

De cima para baixo, bolo dos noivos com três andares, decorado com pasta de açúcar em forma de folhos ligeiros, de Frost it Cakerie, via Style Me Pretty; sapatos de noiva em veludo, com tacão e laço, da Asos, por 46,99 euros; bouquet de noiva orgânico com peónias, astilbe e rosas, via Pinterest.

 

Para acompanhar estes nossos trios perfeitos que publicamos todos os domingos, basta que sigam as nossas etiquetas (a partir da homepage) ou aqui no topo do artigo: sapatos e sunday shoes; cake! e bolo; bouquet e um belo bouquet.

Bom domingo!

 

Marta Ramos

Já conhecem o novo site Sweet Stylist?

A Sweet Stylist começou o ano de 2018 com uma série de novidades, todas indicadoras de expansão. Cresceu a equipa, que passou a ser formada por Maria Silva e Susana Pinto; cresceu a oferta de serviço; e chegou também um novo site, que hoje vos apresentamos.

Para ilustrar o seu trabalho na área dos casamentos, a Sweet Stylist escolheu para o site uma imagem de uma sessão muito bonita e inspiradora, orquestrada pela InLove | unique weddings na Quinta dos Machados e fotografada por BárbarAraújo Photography.

 

 

 

 

 

Maria Silva e Susana Pinto são as mentes (e as mãos) responsáveis pela Sweet Stylist

Para as duas profissionais de pastelaria criativa, o objectivo do seu trabalho é levar aos seus clientes emoções em forma de bolos. Cada bolo Sweet Stylist é único, cada projecto pensado ao detalhe, e toda a execução é tradicional, artesanal, respeitando os ingredientes e a sazonalidade dos produtos que a natureza nos oferece.
A decoração dos bolos é toda uma outra arte, e pode assumir diferentes formas – no entanto, esta casa é especialmente célebre pela delicadeza e perfeição das suas flores em pasta de açúcar. Tudo lindo e delicioso, para criar memórias muito saborosas.

Escolheram trabalhar na área dos casamentos porque adoram levar aos seus clientes felicidade em forma de bolo. Orgulham-se muito de tratar o cliente de forma individualizada – porque cada cliente é único, cada bolo deve sê-lo também. Trabalham o bolo, detalhe a detalhe, mantendo sempre o binómio qualidade/imagem. Vão procurar inspiração a tudo o que as rodeia, desde a natureza às texturas e à arte. E quando olham para o futuro, vêem-se com uma equipa maior e com uma oferta mais alargada de serviços. «Mas a trabalhar sempre de modo artesanal, quase como um “fato feito à medida”. Industrializar… não, muito obrigada!»

Não deixem de consultar a ficha de fornecedor seleccionado Seet Stylist para ficarem a conhecer melhor a sua oferta. E falem com a Susana e a Maria, elas têm ideias doces para o vosso dia.

Marta Ramos

Wise words: o bolo dos noivos

Começamos a semana em modo doce, com um artigo dedicado ao bolo dos noivos. Para vos explicar tudo sobre o processo e vos ajudar a tomar as melhores decisões, temos connosco a Cláudia Almeida, a cake designer por detrás do nosso fornecedor seleccionado Pitada d’Amor, apaixonada pela doçaria mas com um fraquinho especial pelos casamentos – provavelmente por ser uma romântica incurável!

Bem, começando pelo início: quando devem os noivos começar a pensar no bolo para o casamento? Segunda a Cláudia, logo que tenham marcado a data e definido o espaço onde irão celebrar o vosso dia. É frequente que este assunto seja um pouco descurado, mas a verdade é que um bom cake designer costuma ter a agenda bastante preenchida: no caso da Pitada d’Amor, há marcações feitas com um ano de antecedência – o que significa que a agenda para 2019 já começa a compor-se.

Lembram-se de vos termos já falado, nesta nossa rubrica de wise words, sobre como escolher os melhores fornecedores para o vosso casamento? Esse é um dos artigos que deverão ter sempre à mão. Também aqui será importante passar os olhos pelas orientações que lá vos deixámos, para que processo de escolha do vosso cake designer seja produtivo – e divertido. A partir do momento em que passarem à fase de contactos e pedidos de orçamentos, tenham presente que, para calcular um valor, é importante saber o número de pessoas que o bolo deve servir, a massa e recheio que preferem, e ainda o tipo de decoração que gostariam de ver no vosso bolo. Todos estes elementos podem fazer o valor variar muito.

Os cake designers não fazem orçamentos por kg (ou, pelo menos, não devem fazer). Estes bolos são obras de arte e o tipo de trabalho, as horas dedicadas, as técnicas aplicadas variam imenso. É possível um bolo para 50 pessoas ser mais caro do que um bolo para 80 pessoas, porque um pode ser todo trabalhado com flores de açúcar, com pintura manual, e o outro ser um simples naked cake. O valor é completamente personalizado e ajustado a cada caso. – Cláudia Almeida, Pitada d’Amor

O tamanho do bolo decide-se em função do número de fatias que deve servir: «Em termos de design, há quem prefira bolos mais altos e mais estreitos, enquanto que outras pessoas escolhem bolos mais baixos e mais largos… o importante é irmos de encontro aos seus gostos», lembra a Cláudia. «Acontece muito pedirem-me bolos de esferovite, em que só andar de cima é verdadeiro.
Em termos de sabores, gosto que os noivos façam prova para ambos concordarem quanto ao que pretendem. Quando querem um sabor mais fresco ou mais requintado eu faço as minhas sugestões, mas prefiro sempre que sejam os clientes a tomar a decisão final. O bolo deve reflectir a personalidade do casal, não só visualmente mas também no seu interior.»

 

 

 

 

Já que falamos de sabores e de preferências, aproveitamos para lembrar uma questão muito importante e que, muitas vezes, é subvalorizada: a adequação dos ingredientes do bolo ao clima. A Pitada d’Amor recebe muitos pedidos de bolos red velvet com recheio de queijo creme e cobertura de pasta de açúcar. Ora, o queijo creme, tal como a fruta fresca, necessita de frio, mas o uso de pasta de açúcar impede que seja conservado no frigorífico, o que torna esta combinação desaconselhada. De qualquer modo, lembrem-se de que se o bolo vai estar ao ar livre (sobretudo em dias de muito sol), o ideal é que seja mantido durante o máximo tempo possível no interior, num local fresco.

Apesar de ser normal que tenham as vossas ideias sobre aquilo que gostariam de ter no bolo do vosso casamento, é importante que ouçam os conselhos dos profissionais. A Cláudia Almeida, por exemplo, prefere não correr riscos com sabores ou ingredientes que não lhe sejam familiares: «Tenho primeiro de ter 100% certeza e confiança que é bom e que resulta. Faço primeiro, provo e os noivos provam também para me darem a sua opinião. Só quando todos concordam é que sigo em frente.»

Isto não quer dizer que os vossos pedidos não sejam tidos em conta: «Lembro-me de uns noivos que me pediram bolo de laranja com curd de laranja e ganache de chocolate branco. Fiquei petrificada, tenho a certeza que foi essa a expressão que fiz! Disse-lhes que tinha de provar primeiro para ter a certeza e fiquei deslumbrada com o sabor. Não era de todo uma combinação que pensasse possível!»

Pode haver especificidades que vos obriguem a estreitar as opções do vosso cake designer – mas não temam, que um bom profissional saberá sempre como obter o melhor resultado possível dentro do universo em que estiver a trabalhar. Um exemplo disso é a alimentação vegan. A Cláudia Almeida costuma fazer pesquisa e testar receitas vegan, para ter a certeza de que estará preparada se alguém lhe pedir um bolo de casamento livre de ingredientes de origem animal.

Outro caso é o das intolerâncias alimentares ou alergias. «Esta é uma situação extremamente delicada», salienta a Cláudia. «É importante saber se estamos perante uma leve alergia ou uma intolerância grave. No caso da doença celíaca, por exemplo, o cake designer tem que garantir que o seu espaço está isento da contaminação com glúten. Todos os utensílios terão de ser exclusivos para o manuseamento de produtos sem glúten. O forno deve ser exclusivo também, caso contrário ocorre uma contaminação cruzada. Pode parecer exagero, mas o bem-estar do cliente é o mais importante. A segurança alimentar sempre em primeiro lugar!»

Definidos os sabores, passemos agora à decoração do bolo. Se há casos em que é válida a expressão “os olhos também comem”, certamente que o do bolo dos noivos é um deles!  «Geralmente os noivos trazem muitas ideias, sobretudo coisas de que gostaram num bolo ou noutro. Aviso sempre que nunca copio bolos, dou sempre o meu toque pessoal o que torna cada bolo único. Procuro perceber exactamente o que lhes agrada, conhecer um pouco da sua história, dos seus interesses. E depois tento chegar a um projecto harmonioso.»  

É sempre um bocadinho de mim que está naquele bolo. Dos melhores elogios que já tive foi quando me disseram que olham para um bolo e não precisam de ver a imagem do logótipo para saber que é uma criação minha. Acho que qualquer artista gostaria de ouvir estas palavras. É como se tivesse a minha assinatura e isso deixa-me extremamente feliz. – Cláudia Almeida, Pitada d’Amor

Uma questão com que a Cláudia Almeida se debate constantemente é o uso de flores verdadeiras e não comestíveis nos bolos. Muita gente não saberá, mas em Portugal é proibido usar flores naturais nos bolos, com excepção das certificadas para consumo – todas as outras são tóxicas e tornam o bolo tóxico. «Para mim não há nada como as flores de açúcar que são feitas à mão, pétala a pétala. Revelam imensa arte e, quando bem conservadas, duram muito tempo, servindo de recordação do dia do casamento.»

 

 

 

 

Já aqui dissemos mais de uma vez que é comum os noivos terem algumas ideias acerca do que pretendem para o seu bolo. Mas e se não tiverem nenhuma? Tudo bem na mesma: «Procuro entender aquilo de que o casal gosta, muitas vezes peço para ver os convites, o tipo de decoração que irão ter, qual o espaço, a paleta de cores. Inspiro-me em todos esses pormenores e mostro as minhas ideias. É um processo que demora um pouco, mas o bolo deve ser a caracterização dos noivos, de todo o seu amor e união. Deve reflectir a personalidade e identidade do casal.»

Quando se chega à forma e ao sabor final, está o assunto tratado – pelo menos, até à data do casamento. Porque no grande dia há outra questão muito importante que se levanta: o transporte: «Aviso sempre os noivos de que os bolos de casamento têm de ser montados no local», lembra a Cláudia Almeida. «O transporte é um enorme desafio, e o melhor caminho é transportar o bolo em partes e montá-lo já no espaço onde decorrerá a festa. Muitas vezes, a decoração também só é feita no momento, como é o caso de peças em glacé real.»
Todos os cake designers têm um “kit de emergência” para o caso de ser necessário algum retoque de última hora. Como já aqui referimos, o bolo deve ficar num local fresco e seco até ao momento do corte. Para que tudo corra na perfeição, deverá existir uma boa comunicação entre o cake designer e os elementos do espaço do vosso casamento – por isso, assegurem-se de que fazem as devidas apresentações e de que não há qualquer tipo de mal-entendido. Normalmente, os profissionais de catering sabem como cortar um bolo de casamento, mas a Cláudia Almeida procura sempre mostrar o seu esquema de corte: «Há bolos que são muito altos, com 15cm de altura ou mais, e não se cortam da mesma forma que um bolo com 7cm de altura.» 

Depois de garantido o transporte, o acondicionamento adequado e a melhor técnica para o corte, a missão do cake designer está cumprida.

Tenho consciência que que os bolos de casamento são os que mais gosto de fazer. Já me disseram que o auge do meu trabalho são os bolos de casamento. Gosto que o cake design transmita emoções. É tão bom marcarmos a vida das pessoas desta forma! Se posso fazer os outros um pouco mais felizes, então eu sou, sem dúvida, uma pessoa muito feliz. – Cláudia Almeida, Pitada d’Amor

Esperamos ter-vos despertado o apetite. Agora começa o vosso trabalho de pesquisa. Informem-se bem, contactem os profissionais com que mais se identificarem e sigam os conselhos de quem mais sabe deste assunto. Assim se reúnem os ingredientes para um doce resultado!

Susana Pinto

Bolo dos noivos, sapatos de noiva e um belo bouquet: um trio perfeito!

O trio de sapatos de noiva, bolo dos noivos e bouquet de noiva de hoje começa com um par de sapatos de arraso!

Estes sapatos de noiva em cetim nude acabaram de chegar às lojas (são da Zara) e são impossíveis: não se aguenta tanto estilo nem tanta altura!

Têm tudo: um ar clássico, com este laço recto; uma cor gloriosa, este tom blush coral; um material perfeito, o cetim, que acrescenta brilho sem textura a um fantástico vestido de noiva de renda; e um salto fino, escultural, vertiginoso e übber sexy. Meninas, se saltos altos são “peanuts” para vocês, estes são os vossos sapatos de noiva!

Vamos deixá-los ser as estrelas do trio.

O bolo dos noivos que escolhi para os acompanhar é de linhas limpas, 2 andares, um bocadinho de textura, a mesma paleta de cores com um pouquinho de dourado para o brilho, e uma imponente flor de açúcar, porque tem de estar à altura da ocasião (e dos sapatos!). Bonito, não?

Fechamos com um bouquet de noiva vagamente desarrumado, que não nos podemos levar excessivamente a sério, nem neste dia nem na vida em geral! Um bouquet de noiva orgânico e clássico: peónias, astilbe, anémonas e rosinhas, tudo em tons neutros, nude e blush. Delicado, romântico, livre.

 

Bolo dos noivos em tom nude

 

Sapatos de noiva em cetim nude.

 

Sapatos de noiva em cetim nude.

 

 

Bouquet de noiva orgânico com peónias, astilbe, anémonas e rosas

 

Este é capaz de ser o meu trio de sapatos de noiva, bolo dos noivos e bouquet de noiva preferido!

 

De cima para baixo, bolo dos noivos com dois andares decoração com textura e flor de açúcar, de De La Crème Studio; sapatos de noiva em cetim blush, com laço, da Zara, por 29,95 euros (falamos tantas vezes em smart saving, aqui está um exemplo perfeito); bouquet de noiva orgânico com peónias, astilbe, anémonas e rosas, via Style me Pretty.

 

Para acompanhar estes nossos trios perfeitos que publicamos todos os domingos, basta que sigam as nossas etiquetas (a partir da homepage) ou aqui no topo do artigo: sapatos e sunday shoes; cake! e bolo; bouquet e um belo bouquet.

Bom domingo!

 

Susana Pinto

Bolo dos noivos, sapatos de noiva e um belo bouquet: um trio perfeito!

O trio de sapatos de noiva, bolo dos noivos e bouquet de noiva de hoje é uma ode às rosas (flores) e ao rosa (tom).

Tudo começou, como de costume, com estes giríssimos sapatos de noiva da Office London (uma das minhas lojas londrinas favoritas, sempre com colecções exclusivas de Converse All Star, Puma, Adidas e Nike e sapatos giros em geral). São polidos, brancos, com um padrão floral na biqueira que desaparece em suave dégradé em direcção ao calcanhar. Super originais, não? Imaginem estas pontinhas a assomar por entre as rendas e tules… uma delícia inesperada!

Daqui, fui em busca do bolo dos noivos parceiro, e encontrei este clássico: três andares, cobertura cremosa em dégradé também e decoração com flores naturais, em tons de rosa. Delicado, despretensioso e elegante, sem deixar de ser apetitoso, um assunto essencial quando falamos de bolos!

Remato o trio de hoje com um bouquet de noiva feito de rosas, de várias espécies, cores e feitios. Só de imaginar o aroma, que delícia e que sofisticação. É festivo e vibrante, e esta abundância de rosas traz uma riqueza acrescida ao look da noiva.

 

Bolo dos noivos decorado com flores

 

Sapatos de noiva brancos

 

Bouquet de noiva com rosas

 

Que vos parece? Uma loucura de rosas ou uma elegância clássica? Eu gosto muito!

De cima para baixo, bolo dos noivos com três andares e cobertura de creme em dégradé cor-de-rosa, decorado com flores naturais, de Taart je Taart, via Rock my Wedding; sapatos de noiva branco com padrão floral, da Office London, por 82 euros; bouquet de noiva orgânico com rosas de vários tons e espécies, de: Potter’s Bakery, via Burnett’s Boards.

 

Para acompanhar estes nossos trios perfeitos que publicamos todos os domingos, basta que sigam as nossas etiquetas (a partir da homepage) ou aqui no topo do artigo: sapatos e sunday shoes; cake! e bolo; bouquet e um belo bouquet.

Bom domingo!

 

Susana Pinto

Bolo dos noivos, sapatos de noiva e um belo bouquet: um trio perfeito!

O trio de sapatos de noiva, bolo dos noivos e bouquet de noiva de hoje começou com estes belos sapatos de noiva azuis de camurça, que encontrei na H&M. Têm um salto médio, um tom azul tempestade (o mais bonito!), que funciona como um neutro, e um preço muito razoável, sendo de camurça por fora e pele por dentro, sinónimos de qualidade e durabilidade.

Por todos estes motivos, estes bonitos sapatos de noiva entram directamente para a categoria de “smart saving”: têm uma excelente relação custo/qualidade, são muito elegantes e, como têm um tom neutro e um design intemporal, poderão ser usados em muitas ocasiões e por muito tempo. Enquanto estiverem com óptimo ar, estarão “on trend”.

Mantendo a ideia de “something blue” como fio condutor muito subtil, fui à procura de um bolo dos noivos que fizesse um magnífico par. Encontrei esta delícia, de criação nacional: três andares de brancura envoltos em folhagem de bosque. Borboletas, ramos e folhinhas, flores delicadas e um toque de ouro, rico.

Fechamos o trio com um bouquet de noiva de ar rústico e tons de outono: azul, coral, amarelo torrado, vermelho rubi e muita folhagem mate. O toque das fitas de seda tingidas ao tom, completa a combinação e acrescenta textura.

 

Bolo dos noivos decorado com flores de açúcar

 

Sapatos de noiva azuis em camurça

 

Bouquet d enoiva rústico com cores de outono

 

Ligeiramente melancólico, mas tão elegante, não vos parece?

De cima para baixo, bolo dos noivos com três andares, decorado com folhas e flores de açúcar, de T Bakes, via Style me Pretty; sapatos de noiva azuis de camurça, da H&M, por 49,99 euros; bouquet de noiva rústico, em tons de outono, de Petals by the Shore, via Junebug Weddings.

 

Para acompanhar estes nossos trios perfeitos que publicamos todos os domingos, basta que sigam as nossas etiquetas (a partir da homepage) ou aqui no topo do artigo: sapatos e sunday shoes; cake! e bolo; bouquet e um belo bouquet.

Bom domingo!

 

Susana Pinto

Bolo dos noivos, sapatos de noiva e um belo bouquet: um trio perfeito!

 

O trio de sapatos de noiva, bolo dos noivos e bouquet de noiva de hoje,  é uma ode ao mediterrâneo, na mais clássica combinação de sempre: branco e ramos de oliveira. Este dueto é infalível, por muitas razões: do Alentejo ao Douro, passando por Trás-os-Montes, as oliveiras fazem parte da nossa herança, das nossas famílias, do nosso quotidiano, do nosso horizonte. São árvores magnífícas, centenárias e fonte de alimento. Têm uma dignidade poderosa e singela que combina maravilhosamente com as mais sofisticadas peónias, da mesma forma que se ligam a simples rosas brancas, frésias ou túlipas.

Hoje escolhi um bolo dos noivos branco, de três andares e cobertura cremosa: clássico, simples, elegante e certamente delicioso, um factor que nunca deve ser subestimado ou mascarado por uma elaborada aparência. A decoração é feita apenas de folhas de oliveira, em coroa, à volta de cada um dos andares. O resultado é simples, fresco e muito elegante – um clássico!

Os sapatos de noiva são de veludo verde esmeralda. Este material regressou às tendências no inverno de 2016 e tem-se mantido firme e apropriado às várias estações do ano, até agora. E muito bem, diria eu, porque o acabamento e as cores, em todas as versões de sandálias que temos visto, são sempre fantásticos, elegantes e com um enorme grau de sofisticação.

Fechamos com um belo bouquet, desarrumado, orgânico e muito mediterrânico: oliveira e rosas brancas. Perfeito, não?

 

Bolo dos noivos deocardo com folhas de oliveira

 

Sapatos d enoiva verde esmeralda em veludo

 

Bouquet de noiva com peónias e ramos de oliveira
Clássico e orgânico, de mão dada. Uma combinação perfeita, local, intemporal. Que bonito que isso é…

De cima para baixo, bolo dos noivos com três andares, cobertura cremosa e decorado com ramos de oliveira, via Pinterest; sapatos de noiva em veludo verde esmeralda, de Lulu’s, via Style me Pretty; bouquet de noiva orgânico ramos de oliveira e rosas brancas, via Bare Root Flora.

 

Para acompanhar estes nossos trios perfeitos que publicamos todos os domingos, basta que sigam as nossas etiquetas (a partir da homepage) ou aqui no topo do artigo: sapatos e sunday shoes; cake! e bolo; bouquet e um belo bouquet.

Bom domingo!