DreamCatchers Arquivos -  Simplesmente Branco 

0 Comentários

Joana + Bruno, uma doçura só…

A semana termina com a festa do doce casal Joana + Bruno, e uma mão cheia de fornecedores seleccionados Simplesmente Branco.

As fotografias são do Miguel Ribeiro Fernandes, o catering ficou a cargo da equipa do Páteo Velho, tudo foi filmado pela DreamCatchers e a pista, animadíssima, é dos habituais Jukebox, tudo gente cá de casa, recomendadíssima!

Começamos este post assim, de forma singela e directa, porque assim é este casal: doce, bonito, tranquilo. Não é precisa muita conversa nossa, porque as palavras da Joana são especiais: serenidade feliz é isto mesmo!

Bom fim-de-semana!

 

 

 

 

 

Como foi o teu pedido de casamento?

O meu pedido começou com uma prenda de aniversário: um fim de semana num sítio surpresa. O Bruno levou-me para a Casa das Penhas Douradas, um lugar lindo na Serra da Estrela. Fiquei encantada… com o passeio, a surpresa, o espaço, a paisagem, a lareira, tudo cheio de pormenores pequeninos que eu adoro …! Quando o sol se estava quase a ir embora o Bruno fez-me um simples pedido. Foi a pergunta mais bonita que já me fizeram e só podia ter sido feita por ele!

 

 

 

 

 

Como te organizaste? Por onde começaste, com que antecedência?

Comecámos por escolher o espaço. Hoje em dia existe tanta oferta de espaços e tantos casamentos a acontecer, que queríamos ter a certeza que o sítio que escolhessemos tinha um dia para nós em Setembro. Depois decidimos o fotógrafo e o videógrafo, com cerca de 8 meses de antecedência e o resto foi acontecendo sem grande pressa.

 

 

 

 

 

Que ambiente quiseste criar? Como o fizeste?

Nós queríamos um ambiente simples e acolhedor com pormenores românticos e uma decoração rústica. A nossa festa tinha de ter um bocadinho de Trás-os-Montes e de Lisboa!

 

 

 

 

 

A opção “feito por ti” surgiu porquê?

Quando é “feito por nós”, damos um toque muito pessoal às coisas. Para mim significa que estou a dar um pouco de mim às outras pessoas. Eu adoro os pormenores que fazem a diferença em qualquer situação.

 

Tiveste ajuda?

Sim, sem dúvida! Tivemos ajuda dos nossos pais, manos, cunhados, madrinhas e padrinhos. Todos foram incríveis. Cada um deu o seu contributo para que o dia fosse perfeito.

 

 

 

 

 

O que era o mais importante para ti?

O mais importante era que o dia fosse perfeito para nós e que os nossos convidados se sentissem bem com as nossas escolhas. Queríamos boa comida e uma festa animada. Tudo correu na perfeição.

 

E secundário?

Acho que nada foi secundário.

 

 

 

 

 

 

Onde gastaste mais dinheiro?

No espaço e no catering.

 

Onde gastaste menos?

Nos elementos gráficos (convites, menus, seating plan, ofertas) porque foram feitos por nós com a ajuda da minha madrinha e dos nossos pais.

 

 

 

 

 

O que foi mais fácil?

Foi escolher o espaço e a igreja. Entrámos em ambos os sítios e dissemos, “É aqui!”

 

O que foi mais difícil?

Tivemos alguns contratempos nos dias anteriores ao casamento, mas com calma tudo se resolve. No dia, sabíamos que nada ia correr mal!

 

 

 

 

O que te deu mais prazer criar?

O quadro das mesas que tinha uma fotografia polaroid com os nomes de cada convidado, tudo feito por nós e que era uma lembrança que podiam levar.

 

O casamento que planeaste, é a vossa cara, ou foste fazendo cedências pelo caminho?

Acho que tudo foi planeado para ser a nossa cara. Acho que fiz poucas cedências.

 

 

 

 

Um pormenor especial?

Acho que não posso eleger um pormenor porque existiram vários. Os brincos que usei são muito especiais, são da minha mãe e foram oferecidos pelo meu pai no primeiro Natal de casamento (já lá vão 43 anos!). O gancho feito pela MVG-Craft (Mafalda) que foi ao encontro do que sonhei. O azeite que oferecemos em pequenas garrafas aos nossos convidados, foi preparado por nós desde a apanha da azeitona até à simples etiqueta que desenhei para colocar na garrafa. Tivemos o Coro de Santo Amaro de Oeiras a cantar para nós durante a cerimónia. Amigos e familiares que vieram dos vários cantos do mundo de propósito para o nosso casamento. Por coincidência, casámos no mesmo dia que os pais do Bruno! Pormenores que para nós fizeram a diferença!

 

 

 

Agora que já aconteceu, mudavas alguma coisa?

Não me tinha enganado na dança que preparámos com os nossos amigos e família!!!

 

Algumas words of advice para as próximas noivas?

O dia é vosso!! Vai haver sempre qualquer coisa que nos escapa na preparação mas a verdade é que um casamento nunca corre mal! É um dia em que tudo nos faz sorrir e é uma emoção muito especial!

 

 

 

 

Os nossos fornecedores:

 

convites e materiais gráficos: feitos por nós e pela madrinha Ana Zilhão;

local: Quinta Valle do Riacho;

catering e bolo: Páteo Velho;

fato do noivo e acessórios: fato Hugo Boss, sapatos Rui Branco e botões de punho Maria João Bahia;

vestido de noiva e sapatos: vestido Joana Montez e sapatos Rui Branco

maquilhagem: Raquel Maria Peres

cabelos: Sónia Barrelas, Barrelas Secrets

flores: Decoflorália

ofertas aos convidados: Feitos pelos noivos

fotografia: Miguel Ribeiro Fernandes

vídeo: Dreamcatchers, by Frederico Jesus

luzes, som e Dj: Jukebox

 

Save

0 Comentários

Damos as boas vindas: DreamCatchers!

As boas vindas de hoje são dadas ao Frederico, à Maria, à Diana e à DreamCatchers!

 

A DreamCatchers junta a arte de contar histórias à criatividade de uma equipa energética e profissional. A sua missão é relatar e preservar para sempre nas memória, aquele que é um dos dias mais importantes da vida de um casal.
“A vossa história, contada por nós” é o lema deste grupo que faz com que a autenticidade e a originalidade ganhem força num documentário carregado de emoção e pequenos pormenores.

 

DreamCatchers

 

 

Não deixem de visitar o site da DreamCatchers para conhecerem melhor os seus trabalhos; e de acompanhá-los via Facebook e Vimeo. E para mais detalhes, consultem a ficha de fornecedor.

 

DreamCatchers, bem-vindos ao Simplesmente Branco!