Created with Sketch.
Marta Ramos

Amanhecer em Gaia, por Diana Nobre

O Pedro e a Joana têm casamento marcado para o próximo mês de Junho. A avaliar pelas decisões que tomaram acerca da e-session, estou bastante curiosa para ver como será o grande dia.

Moram em Lisboa mas têm um fraquinho pelo Norte e desafiaram a Diana Nobre para se lhes juntar num aventureiro passeio ao longo da margem do Douro, em Gaia, às 6h30 da manhã de um dia que se adivinhava claro.

A Diana, que nunca recusa um bom desafio, juntou-se a eles e o resultado é uma sucessão de imagens poderosas e genuínas, à média luz, com uma aura algo misteriosa e com um encantamento que me remete para o cinema de Clint Eastwood.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Vejam aqui outros trabalhos da Diana Nobre já publicados por nós e falem com ela. Qualquer que seja o desafio, já sabem que ela está convosco.

 

Marta Ramos

Um amor com sotaque, por R2Arte

A Rita Silva e o Ricardo Alves da R2Arte gostam sempre de fazer as e-sessions em locais que sejam especiais para os noivos, pois acham que dessa forma conseguem um resultado mais genuíno.

No caso da Patrícia (Lisboeta) e do Francisco (Madeirense) a escolha recaiu sobre a Ericeira, que é personagem de destaque na sua história de amor. Foi ali que tantas vezes saíram à noite e passaram Carnavais e férias de verão.

Mas isso foi depois. Tudo começou com a entrada da Patrícia num famoso bar de Lisboa, onde o Francisco trabalhava. Ele, mal a viu chegar, soube que tinha de conquistá-la; ela, mal o ouviu falar, derreteu-se com o sotaque madeirense dele…

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Hoje já fomos à neve e agora levamos-vos até à praia. Que bela máquina de viajar! Viajem também por outros posts acerca do trabalho dos R2Arte.

 

 

Marta Ramos

Ciência, romance e chocolates, por Momento Cativo

Tal como a nossa Lagoa das Sete Cidades, em São Miguel, também o Blausee, na Suíça, inspira lendas de amores perdidos e lágrimas choradas por olhos de cores pouco usuais para justificar a sua peculiaridade. Mas a verdade é que este lago, de pequenas dimensões mas imensa fama, assume um azul turqueza hipnotizante porque a transparência cristalina das suas águas apenas reflecte o azul de entre todas as cores da luz solar. E quem disse que a ciência não pode ser romântica?

A Maria João e o Marcos partiram à aventura para a terra do chocolate e da neve e começaram as suas vidas do zero na Suíça. Hoje têm um carinho especial pelo país onde vivem e escolheram este magnífico cenário para a e-session. E, para utilizar as palavras da Vanessa Ferreira, «foi simplesmente mágico!»

As fotos, assinadas pela dupla Momento Cativo, não a desmentem nem um bocadinho.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Acompanhem aqui os posts que vamos publicando com o trabalho dos fotógrafos Momento Cativo.

 

 

Marta Ramos

Reencontro, por Momento Cativo

Um dia como este está mesmo a pedir uma ode à Primavera. E nós temo-la aqui mesmo à mão, assinada por Momento Cativo – ainda por cima sob a forma de uma e-session carregadinha de romantismo.

Isto porque a Verónica e o Joaquim são obrigados, por imperativos profissionais, a passar temporadas longas afastados um do outro. Esta é, aliás, uma realidade cada vez mais comum entre os casais que por aqui passam: um deles ou ambos estão fora do país, mas sempre com o coração do lado de cá da fronteira.

Bem, no caso destes dois, um dos reencontros após muito tempo de ausência e de saudade deu-se precisamente no dia da sessão fotográfica agendada com os Momento Cativo. Nas palavras da Vanessa, o momento «não podia ser mais contagiante e emotivo, o amor e a cumplicidade sentem-se a cada imagem.»

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Ah, o amor e a Primavera são mesmo almas gémeas! Esperamos que a Verónica e o Joaquim já tenham conseguido reorganizar as suas vidas profissionais porque Tom Jobim estava carregadinho de razão quando cantava “não quero mais esse negócio de você longe de mim”.

 

Marta Ramos

A Primavera a chegar à serra da Lousã, por Momento Cativo

A  Andreia e o João são de Lisboa e escolheram os Momento Cativo para fotografar esta bonita fase que estão a viver. Sendo os fotógrafos do Porto, decidiram marcar a e-session para um ponto do mapa sensivelmente a meio caminho entre todos: a serra da Lousã, mais concretamente a aldeia do xisto do Talasnal. Recentemente recuperada, esta pequena aldeia num alto da serra revelou-se um cenário absolutamente romântico, com as suas casas de xisto a sobressair por entre a verdejante vegetação.

Hoje, que o sol parece querer dar-nos já, de novo, um ar de sua graça, ver estas imagens dá uma vontade enorme de calçar umas sandálias, vestir um vestidinho de alças e ir dar um longo passeio pela serra.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Contaram-nos a Vanessa e o Ivo que a  Andreia é leitora assídua do Simplesmente Branco e encontrou muitos dos fornecedores para o seu casamento aqui na nossa casa. Obrigada pela confiança! Chegou agora a hora de serem vocês, Andreia e João, fonte de inspiração para outros casais.

E que inspiração tão doce e fresquinha!

Felicidades!

 

 

Susana Pinto

Sessão de namoro: alguns bons conselhos e ideias

Em vésperas de São Valentim, que de certa forma dá o pontapé de saída para a saison 2017, decidimos partilhar alguns bons conselhos para quem já agendou a sua sessão de namoro e acumula algum nervoso miudinho…

Nada a temer! Começamos por reforçar a importância de uma sessão de namoro antes do grande dia: é aqui que vão ter consciência do que é ter uma lente apontada aos dois e é a oportunidade de aprender a lidar e ganhar confiança e conforto. É também a melhor forma do vosso fotógrafo seleccionado vos conhecer melhor, ler a vossa linguagem corporal e dar alguns conselhos para que o resultado seja óptimo e flua sem esforço, sem que sequer pensem nisso por um segundo, envoltos na vossa nuvem de felicidade.

 

Quanto a conselhos, aqui ficam algumas sugestões pertinentes da equipa do Artifact Upraising, uma plataforma dedicada à impressão (e exposição) de fotografia nestes tempos digitais (espreitem as sugestões no separador Project Ideia Gallery):

 

Sessão de namoro em Serralves

 

Sessão de namoro em Serralves

 

Sessão de namoro em Serralves

 

Escolham um lugar familiar e confortável: há uma história para ser contada, estão dentro da vossa zona de conforto e há todo o tipo de “muletas” para algum momento mais nervoso;

 

Foquem-se um no outro, sintam-se conectados (e ignorem o simpático fotógrafo) e uma certa calma instalar-se-á;

 

Sessão de namoro em Serralves

 

Sessão de namoro em Serralves

 

Sessão de namoro em Serralves

 

Escolham uma actividade de que gostem e que faça parte da vossa rotina quotidiana: isso traz naturalidade aos gestos e movimentos, e esse lado autêntico vai ser vsível nas imagens;

 

Aceitem a estranheza e o desconforto – é inevitável e natural! Lembrem-se do famoso slogan que Fernando Pessoa escreveru para a Coca-Cola: “primeiro estranha-se, depois entranha-se” e não se deixem engolir pela sensação;

 

Sessão de namoro em Serralves

 

Sessão de namoro em Serralves

 

Sessão de namoro em Serralves

 

Escolham uma hora interessante, os fotógrafos gostam de luz baixinha, mas tirando o sol a pique e demasiado intenso, aproveitem o dia e as nuances do ambiente e do cenário;

 

E terminamos com este conselho, muito importante: falem, a 3, sobre expectativas: o que o fotógrafo espera de vocês, enquanto “assunto” do seu trabalho, o que vocês esperam do vosso fotógrafo, enquanto fornecedor contratado para um momento tão pessoal e único, e o que todos esperam do momento e do resultado, para que haja uma sintonia clara e um propósito comum.

 

Sessão de namoro em Serralves

 

Sessão de namoro em Serralves

 

Sessão de namoro em Serralves

 

Parece mais difícil do que é, e no fim foi mais fácil do que pensavam. Tenho a certeza de que a Marta + Alexandre, fotografados nos jardins de Serralves pela Ana Freitas, da dupla Um dia de sonho, concordariam connosco, mas quando olhamos para o resultado deste sessão de namoro, é doce e perfeito!

 

Susana Pinto

São Miguel, meu amor, por Pixel

Em Outubro, fomos, pausadamente, até aos Açores, através da lente da dupla Menino conhece Menina, e na companhia da Ana + Carlos.

Primeiro, com uma paisagem térrea, depois com vista de mar, e hoje, mostramos novamente estas incríveis paisagens (porque quando as coisas são bonitas, merecem uma vida perene), vistas de outro prisma, igualmente especial: a lente dos Pixel.

 

 

 

São Miguel esplendoroso.

 

Pixel é fornecedor seleccionado Simplesmente Branco. Pode encontrar mais informação e contactos detalhados na sua ficha de fornecedor, arquivada em Vídeo.