Created with Sketch.
Marta Ramos

Pillow fight! – por Diana Nobre

«Mason and I met and almost immediately fell in love, but the most important thing for me was to know if he would be fun to travel with. Since our first trip to Cambodia in 2013, we have been to twelve countries together and in 2016, we moved from the US to Portugal. Every trip we’ve taken has been full of love, adventure, and silly, crazy fun.»

É assim que Lauren explica a escolha desta sessão fotográfica. Para comemorar a sua união feliz e muito divertida, Lauren e Mason convidaram a Diana Nobre a registar uma luta de almofadas tão enérgica quanto carinhosa. O resultado é doce e ternurento e, claro, bem disposto!

Vamos à luta?

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

A Diana Nobre fotografa para expressar emoções, sentimentos e estados de espírito. Daí que se sinta privilegiada de cada vez que um cada casal que lhe dá a conhecer a sua história. Nessas histórias que capta, o seu objectivo, o seu maior desafio, é chegar a um resultado final que permita reviver todos aqueles sentimentos genuíno, puros, de duas pessoas que se amam e que estão tremendamente felizes.

Acompanhem os nossos artigos acerca do seu trabalho – e falem com ela, contem-lhe as vossas ideias e desafiem-na para concretizar os vossos sonhos. O céu é o limite!

Marta Ramos

Nova montra Sublime Films: emoções fortes!

As galerias das fichas de fornecedor seleccionado são como montras do trabalho dos profissionais que escolhemos para vos recomendar. Hoje destacamos a renovação da montra da Sublime Films, a marca da Marta e do Rui. Eles garantem que, no dia do vosso casamento, tentarão ser o mais discretos possível. Gostam de captar a essência, a espontaneidade do momento. Querem acima de tudo que vivam o vosso dia. E que o trabalho deles reflicta o que de melhor aconteceu no dia em que comemoraram o vosso amor: «Consideramos o nosso estilo irreverente, criativo e cheio emoção. Tentamos que as imagens sejam a representação física daquilo que sentem. Captamos os momentos mais importantes, as emoções mais marcantes e transformamos no filme do vosso casamento.»

Chegaram a esta área profissional sem o terem planeado: «Às vezes até pensamos que foi a profissão que nos escolheu. Sempre filmámos vídeos institucionais, videoclipes, etc. e, um dia, por acaso, um amigo pediu-nos para filmarmos um casamento. E agora… cá estamos!» Orgulham-se muito de conseguir construir uma vida a fazer aquilo de que mais gostam e vão procurar inspiração aos filmes que vêem, às publicidades, às viagens que fazem e às pessoas que conhecem.

 

Seleccionámos algumas das mais recentes imagens da galeria Sublime Films para vos mostrar aqui – mas depois não deixem de ir ver os filmes por detrás destas imagens.

 

 

 

 

 

 

 

Se gostaram desta amostra, mais ainda gostarão de navegar demoradamente pela galeria completa. Aconselhamos, também, que releiam todos os artigos que já publicámos acerca da Sublime Films e que falem com a Marta e o Rui, que estão à vossa espera para captar os momentos mais importantes, as emoções mais marcantes do vosso grande dia e transformá-los no filme do vosso casamento.

Marta Ramos

AVVA-Eventos, um fornecedor seleccionado Simplesmente Branco

Casar na ilha de São Miguel já é, só por si, uma ideia idílica. Com o apoio da equipa wedding planner da AVVA-Eventos, todo o encanto dessa ideia é reflectido nos detalhes do vosso casamento, para um resultado que supera as expectativas mais elevadas. Assumidamente românticos e orgulhosamente autênticos, os profissionais da AVVA-Eventos adoram o que fazem e fazem-no com classe. Inspirados na história de cada casal e nos encantos da ilha de São Miguel, dedicam-se inteiramente a construir cada casamento como se fosse o único. A decoração é um dos seus pontos fortes, assente na personalização completa e no detalhe. Mas a cozinha é outro dos seus trunfos, baseada nos produtos frescos e locais. Seja qual for a vossa ideia (uma festa intima ou gigante, um sítio badalado ou escondidinho), desafiem-nos!

Escolheram ser profissionais de casamento porque são românticos e adoram decoração e todos os detalhes. Orgulham-se muito de serem reconhecidos pelas suas decorações e pela dedicação a cada casal de noivos que os escolhe para organizar o seu dia. Vão procurar inspiração aos noivos que os procuram e à natureza luxuriante da ilha de São Miguel – os seus verdes, a sua luz, o cheiro do mar. E daqui a cinco anos vêem-se a ser os melhores e mais conceituados wedding planners dos Açores.

 

AVVA - espaços para casamentos

 

AVVA - espaços para casamentos

 

 

AVVA - espaços para casamentos

 

AVVA - espaços para casamentos

 

AVVA - espaços para casamentos

 

AVVA - espaços para casamentos

 

AVVA - espaços para casamentos

 

Não deixem de consultar a ficha de fornecedor seleccionado da AVVA-Eventos para ficarem a conhecer melhor o seu trabalho – e falem com a Sílvia, ela está à vossa espera para tornar o vosso dia verdadeiramente inesquecível!

Susana Pinto

Um doce casamento na Quinta da Costeira: Helena + Rui

Fechamos esta semana com dose dupla de um belo casamento na Quinta da Costeira, em Oliveira de Azeméis, captado pela Daniela Rodrigues, do Meraki Studio, e pela dupla Sublime Films (com quem falámos longamente esta semana).

A aventura de sete meses da Helena + Rui a caminho do mais bonito dos dias, é uma delícia, cheia de alegrias e alguns solavancos – porque é mesmo assim a viagem.

Atentem nos bons conselhos desta querida noiva: são valiosos e muito certeiros!

Sem mais demoras, partilhamos o amor deste dia: é palpável e tão doce…

 

 

 

 

 

Quando a resposta foi “sim!”, como é que imaginaram o vosso dia?

Acima de tudo e em poucas palavras: descontraído e alegre.

Queríamos um dia bem passado junto das pessoas que acreditamos serem as melhores pessoas para estarem ao nosso lado, e por isso partilhar este dia tão único e especial.

 

 

 

 

 

Sentiam-se preparados ou foi um caminho com muitos nervos?

Ahahah! Nunca se está preparado… Como tratamos pessoalmente de muitas das coisas, acabou por ser um caminho feito por um terreno totalmente desconhecido para nós e, por isso, foram-nos apresentados imensos desafios que tivemos de saber ultrapassar.

O caminho foi manifestamente com muitos nervos mas, no final, nem nos lembramos disso. Só para dar uma “luzinha” da velocidade em que tudo acontecia e teve de acontecer, o louco do meu ”ex”-namorado pediu-me em casamento e 7 meses depois estávamos a pisar o altar!

 

 

 

 

 

Em que momento da organização do casamento é que sentiram, «é mesmo isto»?

Houve vários. Aliás, na verdade, acho que tivemos as estrelinhas todas alinhadas e no final podemos dizer que a grande maioria dos nossos serviços foram ao encontro daquilo que procurávamos, considerando o pouco tempo de preparação que tivemos. Mas a ter que realçar, não posso deixar de parte a fotografia da Meraki Studio, o vídeo dos Sublime Films e as flores da Artflor.

A fotografia da Meraki Studio não foi uma surpresa. Já tínhamos tido a oportunidade de conhecer o trabalho da Daniela, que nos encantou pelo seu registo, subtileza e atenção. Conhecê-la só tornou a escolha ainda mais óbvia. Foi por isso a primeira e única fornecedora que contactámos porque tivemos a felicidade de ter a data do nosso “felizes para sempre” disponível. Escolha fácil.

O vídeo dos Sublime Films foi o nosso mais incrível a agradável azar! Estávamos com muita dificuldade em arranjar um fornecedor na área do Porto com data disponível, com um portfólio no registo que pretendíamos, mas em tão pouco tempo e com uma data marcada parecia uma tarefa hercúlea. Já depois de muitíssimas pesquisas e contactos gorados, num belíssimo domingo, descobrimos os Sublime. Enviámos mensagem, a resposta foi rápida e a prestabilidade ainda maior. Marcámos reunião que nos surpreendeu por ser tão descontraída e por evidenciar grande sensibilidade em nos compreenderem tão rapidamente no trabalho que procurávamos.

O seu sentido estético, a edição de vídeo, o bom gosto, a atenção aos detalhes mas acima de tudo a emoção que imprimem em cada um dos seus trabalhos só nos entusiasmou mais. Sentimos a empatia. Daí a um simples “S”, a distância foi muito curta. O resultado: um trabalho magnífico! Não podíamos estar mais felizes por ter sido a Marta e o Rui a “record”ar o nosso dia!

A Artflor Flores da Célia foi óptimo, de tão fácil. A Célia é uma pessoa humilde com um talento nato para as flores e com um bom gosto já difícil de encontrar. Falámos-lhe do nosso gosto menos “requintado” e mais campestre e depositámos a nossa confiança de forma quase cega. Ficou tudo tal e qual imaginámos: simples e bonito. Bouquet, grinaldas, arranjo de lapela do noivo e dos meninos das alianças, pulseiras das madrinhas, arranjos para a “Vespa”… “Menos é mais” era a nossa regra, e não falhou!

 

 

 

 

 

O resultado é fiel às ideias iniciais ou muito diferente? Contaram com alguma ajuda?

É muito difícil e desgastante ter um dia planeado ao milímetro e que tivesse de ser fiel às nossas ideias. Sabíamos disso. Por isso, tivemos de abordar o desafio com o espirito certo: criámos apenas critérios com uma baliza relativamente ampla para que cada um dos fornecedores tivesse margem para efetcuar ajustes sem que nós ficássemos de alguma forma frustrados por estarmos demasiado presos a ideias. O critério mais rígido que tivemos foi o de que os convidados vivessem um dia bonito e que testemunhassem um dia de amor de duas pessoas que se sentiam livres e felizes. No final, o resultado foi totalmente a “nossa cara”.

Obviamente que tivemos ajuda. A parte de design gráfico foi fundamental para criar os detalhes e personalizar de uma forma tão encantadora o nosso casamento.

Mas os ingredientes estavam todos lá: uma mesa grande com a toda a família, um espaço muito campestre e descontraído, uma cerimónia religiosa muito diferente e personalizada com o “nosso” Padre Felix e muita alegria. Estávamos muito felizes!

 

 

 

 

 

 

 

 

 

O que era fundamental para vocês? E sem importância?

Fundamental!? A leveza do dia, descontraído e alegre, sem protocolos e que toda a gente presente disfrutasse de um belo dia.

Sem importância… No sentido contrário do que era fundamental, tenho de dizer que os protocolos não eram de todo importantes. Pelo contrário. O formalismo e magnificência não eram de todo importantes.

 

 

 

 

 

 

O que foi mais fácil? E o que foi mais difícil?

O mais fácil: fotografia e flores. Como definir? Descomplicado.

O mais difícil: o processo religioso de casamento. Não o casamento, mas o processo administrativo, com a envolvência de várias pessoas fundamentais para o tratar, revelou-se “pesado” e de alguma forma stressante.

 

 

 

 

 

 

Qual foi o pico sentimental do vosso dia?

A cerimónia. Foi longa, nós sabemos!! Mas estamos inocentes nesse capítulo… Foi preparada por nós com o apoio do Senhor Padre Felix (celebrante). Conseguimos criar muitos momentos especiais, de cumplicidade e muita intensidade. O melhor momento? Houve vários, mas a troca dos votos além de invulgar foi, para nós, muito emocionante!

 

 

 

 

 

 

E o pico de diversão?

A surpresa que os malandros dos amigos e família prepararam. Uns malucos!

 

Um pormenor especial…

Só um…? Tínhamos bastantes detalhes da nossa vida naquele dia… Aqui acho que foi fundamental o design e o grafismo e isso ficou muito presente em todos os cantinhos como o Livro de Honra, as mesas, a recepção aos convidados, os leques, as ofertas, as máquinas fotográficas… Foram tantos que, de certeza, nos está a escapar alguma coisa.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Agora que já aconteceu, mudavam alguma coisa?

Nada. Nenhuma.

Faz parte da nossa história e é assim que a queremos contar e recordar. Nada é perfeito e por isso esta imperfeição tem tanto de “Belo” que por mais “Piqueno” que pareça ter sido o dia, foi o que de melhor tivemos para oferecer aos nossos convidados e amigos. Nós adorámos e ficámos muito agradecidos a todos os que nele participaram.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Algumas words of advice para as próximas noivas…

E noivos também… Na verdade o que sentimos, mais do que o “sim” ao “aceitas casar comigo?” meses antes do casamento, é que tem de haver uma grande partilha e entreajuda em todos os momentos e decisões. Acreditem que tudo parece mais leve e fácil. Vão existir momentos em que as decisões vão passar por cedências de um de nós em prol do outro, mas a verdade é que este processo só vos vai ajudar a fortalecer aquilo que de bonito já existe. Por isso “fujam” do mais fácil: ela escolhe e ele diz que sim!

Outro conselho importante: criem empatia com os vossos fornecedores. Eles é que vão tornar o vosso dia mais “vosso”.

Chegado o grande momento, relaxem e divirtam-se!!!

 

 

 

 

 

 

E agora a segunda dose, em movimento. Bom fim-de-semana!

 

 

 

Os fornecedores envolvidos:

 

convites, materiais gráficos e ofertas aos convidados: Riska| Design Comunicação – Ana Tavares e Sara Figueiredo;

local, catering e bolo dos noivos: Quinta da Costeira, em Carregosa, Oliveira de Azeméis;

fato do noivo e acessórios: fato Augusto Saldanha, camisa Atelier da Camisa, ambos feito à medida, gravata Wickett Jones;

grooming do noivo: Barbas Shop

vestido de noiva e sapatos: Jesus Peiro Porto;

maquilhagem e cabelo: Jani Cardoso Hair & MakeUp;

bouquet de noiva: Artflor – Flores da Célia;

decoração: elementos dos noivos e da Quinta da Costeira;

fotografia: Meraki Studio;

vídeo: Sublime Films;

luzes, som e Dj: MusicBox.

 

 

Marta Ramos

Como num sonho, por The Breeders

Já conhecemos a Bárbara e o Fábio, um casal com mais de uma dúzia de anos de namoro, que decidiu comemorar a sua união num dia especial, num cenário muito cinematográfico – e escolheu uma mão cheia de profissionais de topo para garantir que tudo corria como desejaram e que o dia ficaria imortalizado nas mais belas imagens.

Apesar das condições difíceis em que este dia decorreu, debaixo de 47 graus e com vários percalços pelo caminho, conseguiram exactamente aquilo que queriam. Hoje mostramos-vos o vídeo filmado por The Breeders – não deixem de ir espreitar também as fotos da Diana Nobre, que publicámos há dias.

 

 

Vítor Barros trabalha como fotógrafo e videógrafo desde 2008, tendo desde então acumulado diferentes experiências e construído, com essas aprendizagens e com a sua própria intuição e percepção estética, uma abordagem pessoal aos casamentos. 2018 foi o ano de dar um grande passo e criar a sua marca, The Breeders, para poder pôr em prática a sua visão daquilo que devem ser as memórias em filme de um dia tão especial como o do vosso casamento: «Para mim, o mais importante é conseguir transmitir a felicidade que os noivos vivem, sendo o mais discreto possível. Sempre fiel à minha estética, mas adaptando-me a cada casal.»

Consultem a ficha de fornecedor seleccionado The Breeders para verem mais vídeos e saberem um pouco mais sobre este nosso fornecedor seleccionado. E falem com o Vítor, ele está à espera de vos conhecer e de contar a vossa história.

 

Créditos:

 

fotografia: Diana Nobre
planeamento e decoração:  T A L E S | Weddings in Portugal

vídeo: The Breeders

cabelo: Good Hair Day by Lília Costa

maquilhagem: Sara Castro Make Up

vestido de noiva: Immaclé

jóias: H&M

fato: Zara Men
camisa: Gio Rodrigues
flores: Florista O Desejo

Marta Ramos

Damos as boas-vindas: Mr. Morgan

As boas-vindas de hoje são dadas à Melissa Vaz e ao Mr. Morgan!

 

Mr. Morgan é um automóvel clássico, perfeito para o dia do vosso casamento. E sabem qual é a cereja no topo deste bolo? A motorista!
O Morgan 4 seater de cor creme é deslumbrante e requintadíssimo, perfeito para vos transportar no dia em são vocês os reis! O serviço de aluguer da viatura pode incluir motorista ou não, de acordo com a vossa preferência. Pode transportar até quatro passageiros, estando equipada com capota para os imprevistos climatéricos. O trajecto normal contratado inclui o transporte da noiva para a cerimónia civil ou igreja, e o transporte posterior dos noivos para local da festa – podendo ser personalizado de acordo com as vossas necessidades.

A empresa está situada em Santa Maria da Feira e aceita deslocações por toda a região e arredores. Se gostaram do automóvel clássico de que a Mr. Morgan dispõe para aluguer, enviem-lhes uma mensagem com o vosso pedido de orçamento personalizado e de todas as informações que necessitem.

 

A partir de agora, acompanhem também os nossos posts acerca do trabalho do Mr. Morgan.

 

 

Mr. Morgan - aluguer de viaturas para casamentos

 

Mr. Morgan - aluguer de viaturas para casamentos

 

Mr. Morgan - aluguer de viaturas para casamentos

 

Não deixem de consultar a ficha de fornecedor seleccionado Mr. Morgan para ficarem a conhecer melhor o seu trabalho. E falem com a Melissa – ela está à vossa espera para conduzir a vossa história de amor até a um magnífico final feliz!

 

Melissa, bem-vinda ao Simplesmente Branco!

Susana Pinto

À conversa com: Sublime Films – filmes de casamento

Hoje conversamos com a Marta e Rui, a dupla que assina como Sublime Films – filmes de casamento.

Falamos sobre desafios, o que é importante e fundamental e como se cria empatia com o casal que se senta à nossa frente.

Estreamos três novos filmes, do seu trabalho desta estação. Venham conhecê-los!

 

Cada casamento é um casamento e, apesar de muita gente achar que “são todos iguais”, a verdade é que as coisas não são bem assim. Todos os casais têm expectativas, famílias e formas de expressão diferentes. Tudo isso é um desafio! A isto temos de somar o facto de ser tudo momentâneo e irrepetível, o que faz com que o foco e sensibilidade tenham de funcionar em conjunto.

 

Contem-nos um pouco da vossa viagem profissional até aqui, ao vídeo de casamento.

O nosso percurso é muito pouco linear e apesar de já trabalharmos com marca própria desde 2014, muitas coisas mudaram e se alteraram ao longo dos últimos 4 anos.

Ambos tirámos o curso de Ciências da Comunicação. No segundo ano de licenciatura propuseram-nos escrever, realizar, filmar e editar um programa de televisão e nós aceitamos o desafio. A Marta era uma das apresentadoras do programa e o Rui, além de apresentador, também editava e filmava. Podemos dizer que foi aí que começou o gosto pela edição e captação de imagem.

Depois de editar vários vídeos para o curso e para alguma empresas, o Rui recebeu uma proposta para filmar um casamento e aí percebeu que este era um mercado cheio de potencial e resolveu começar a pensar na própria marca.

Algum tempo depois convidou a Marta para embarcar no projeto e ela aceitou! A Marta sempre adorou casamentos e edição de vídeo (que fazia na altura como jornalista), e como não se sentia realizada profissionalmente, resolveu arriscar!

 

Há quanto tempo filmam? E porquê casamentos?

O Rui filma desde 2012 e a Marta desde 2014. Na verdade nem sabemos bem explicar o porquê. Os casamentos entraram na nossa vida por acaso e, quando reparámos, já estávamos envolvidos neste mundo e apaixonados por filmar alguns dos momentos mais felizes da vida das pessoas. Além disso, é um desafio constante, e o facto de lidarmos com tantas pessoas diferentes fez-nos crescer muito, não só a nível profissional como pessoal!

 

Como construíram a vossa assinatura, o vosso ponto de vista? Como é que o definem?

Acreditamos que ainda estamos a construir a nossa assinatura e achamos que assim vamos continuar (pelo menos nos próximos anos). Estamos constantemente a evoluir e sentimos esse crescimento de ano para ano. Conforme vamos fazendo casamentos, vamos tentando evoluir e melhorar sempre. No entanto, nós costumamos dizer que não trabalhamos com “fórmulas”. Achamos que cada casamento é um casamento, as pessoas e a forma como lidam umas com as outras também é o que cria a energia do vídeo e nos inspira!

 

 

Num casamento, para onde olham, o que vos prende a atenção? O que procuram?

Costumamos dizer que os noivos são importantes mas que não são  a única coisa a que devemos dar importância. Ou seja, achamos fundamental captar aquilo que vêem todos os dias mas a que não prestam atenção: desde objetos antigos e com história, até ao andar descalço pela casa por exemplo… Todos esses pormenores nos prendem atenção. Quando escolhemos filmar certas coisas, costumamos pensar se daqui a dez anos aqueles pormenores vão fazer a diferença naquilo que irão sentir, ao relembrar o casamento.

 

Nestes tempos globais, em que as imagens circulam a uma velocidade vertiginosa e todos temos acesso a tudo, a qualquer hora, onde vão buscar inspiração?

Sabemos que é um pouco cliché, mas o que nos inspira são desde os momentos felizes que temos, aos mais dolorosos, a uma comida nova que experimentamos ou filme que vimos. Às vezes a inspiração surge do nada, enquanto conduzimos ou antes de dormir, e às vezes queremos que ela apareça mas achamos que anda perdida por aí!

 

Quando precisam de fazer reset, para onde olham, o que fazem?

Quando queremos mesmo desligar, gostamos de estar com pessoas que em nada estão ligadas a este mundo dos casamentos.  As nossas famílias e alguns amigos ajudam-nos a desligar e a perceber que há outras coisas interessantes para falar. Também gostamos de viajar ou ver séries no sofá e experimentar comidas de países diferentes. O Rui também costuma jogar PS4 e a Marta pratica Yoga!

 

 

Qual é o vosso processo de trabalho, como acontece a ligação ao cliente?

Para nós é importante conversar e a conversa não tem de ser relacionada com o casamento. Achamos importante, acima de tudo, conhecer a pessoa. Muitas vezes começamos por falar do casamento e terminamos a debater as últimas séries que vimos ou as bandas favoritas que temos. Este tipo de conversas ajuda-nos a criar uma “ligação”, tendo em conta os pontos que temos em comum, o que facilita imenso a fluidez do trabalho no dia do casamento.

 

Casamentos grandes ou pequeninos, nacionais ou estrangeiros, cerimónias emotivas, festas de arromba – qual é o tipo de festa que mais gostam de registar?

Sinceramente é difícil escolher. A verdade é que já fizemos casamentos grandes e pequenos, nacionais e internacionais e chegamos conclusão que a diferença que existe entre eles é o que nos motiva neste trabalho. Achamos que se a nossa agenda se resumisse a casamentos pequenos ou a festas de arromba acabaríamos por entrar na monotonia.

 

Qual é a melhor parte de ser videógrafo de casamentos? E o mais desafiante e difícil?

A melhor parte é o facto de conhecermos sítios bonitos enquanto fazemos o que gostamos. Achamos que não há maior privilégio do que esse! O mais desafiante é sem dúvida o “improviso”. Cada casamento é um casamento e apesar de muita gente achar que “são todos iguais”, a verdade é que as coisas não são bem assim. Todos os casais têm expectativas, famílias e formas de se exprimir diferentes. Tudo isso é um desafio! A isto temos de somar o facto de ser tudo momentâneo e irrepetível, o que faz com que o foco e sensibilidade tenham de funcionar em conjunto.

 

 

Escolham um filme favorito do seu portfolio e contem-nos porquê:

Sinceramente, não conseguimos escolher um vídeo favorito. Ao longo deste nosso percurso, percebemos que cada vídeo tem o seu próprio valor. Cada vez que olhamos para o nosso portefólio percebemos que todos os vídeos são diferentes, não só no estilo musical, como nos lugares ou na energia do casamento e isto faz com que seja impossível escolher apenas um.

 

 

Os contactos detalhados da Sublime Films estão na sua ficha de fornecedor. Espreitem a galeria, feita de belas imagens, e contactem a Marta e o Rui directamente através do formulário: é só preencher com os vossos dados e mensagem, e na volta do correio, terão uma resposta simpática.

 

Acompanhem estas nossas conversas longas com fornecedores seleccionados Simplesmente Branco, sempre à quarta-feira!