Created with Sketch.
Marta Ramos

Nova montra Alice Nunes Vicente Photography

As galerias das fichas de fornecedor seleccionado são como montras do trabalho dos profissionais que escolhemos para vos recomendar. Com a remodelação do Simplesmente Branco no ano passado, ficaram ainda mais gloriosas, permitindo-vos folhear e sonhar, enquanto detectam aqueles pormenores especiais que vos fazem querer contactar aquela pessoa.

Hoje destacamos a renovação da montra da fotógrafa Alice Nunes Vicente! Alice tem o dom de deixar as pessoas à vontade perante as câmaras. Talvez seja da sua descontracção, ou do manifesto prazer que sente em fazer o seu trabalho. Gravar os momentos especiais de alguém e transformá-los em algo físico, em provas que serão guardadas para sempre, é o seu objectivo de vida.
Alice privilegia a espontaneidade e a luz natural, para resultados frescos e genuínos. E não consegue evitar esboçar um grande sorriso perante a felicidade dos outros. Talvez por isso sinta que, mais do que uma fotógrafa, é uma pessoa com muita sorte.

Vejam as bonitas fotos e inspirem-se!

 

 

 

 

 

 

 

Alice Nunes Vicente é uma pessoa apaixonada pela vida. Testemunhar a celebração do amor entre duas pessoas é algo que a preenche pessoalmente. Saber que irá deixar aqueles momentos registados para sempre e que será a responsável por criar memórias na história de uma família deixa-a extremamente feliz e orgulhosa. E sente um prazer imenso a fotografar detalhes, paisagem e momentos espontâneos. Qual a melhor forma de juntar todos esses prazeres na mesma ocasião que fotografando um casamento?

Releiam todos os artigos que já publicámos acerca do trabalho de Alice Nunes Vicente Photography e falem com ela, que está à vossa espera para eternizar a vossa história.

Marta Ramos

Damos as boas-vindas: Sweet Stylist!

As boas-vindas de hoje são dadas à Susana Pinto, à Maria Silva e à sua Sweet Stylist!

 

Maria Silva e Susana Pinto são as mentes (e as mãos) responsáveis pela Sweet Stylist. Para as duas profissionais de pastelaria criativa, o objectivo do seu trabalho é levar aos seus clientes emoções em forma de bolos. Cada bolo Sweet Stylist é único, cada projecto pensado ao detalhe, e toda a execução é tradicional, artesanal, respeitando os ingredientes e a sazonalidade dos produtos que a natureza nos oferece.
A decoração dos bolos é toda uma outra arte, e pode assumir diferentes formas – no entanto, esta casa é especialmente célebre pela delicadeza e perfeição das suas flores em pasta de açúcar. Tudo lindo e delicioso, para criar memórias muito saborosas.

Escolheram trabalhar na área dos casamentos porque adoram levar aos seus clientes felicidade em forma de bolo. Orgulham-se muito de tratar o cliente de forma individualizada – porque cada cliente é único, cada bolo deve sê-lo também. Trabalham o bolo, detalhe a detalhe, mantendo sempre o binómio qualidade/imagem. Vão procurar inspiração a tudo o que as rodeia, desde a natureza às texturas e à arte. E quando olham para o futuro, vêem-se com uma equipa maior e com uma oferta mais alargada de serviços. «Mas a trabalhar sempre de modo artesanal, quase como um “fato feito à medida”. Industrializar… não, muito obrigada!»

 

boas-vindas sweet stylist

 

 

 

 

Não deixem de consultar a ficha de fornecedor seleccionado Seet Stylist para ficarem a conhecer melhor a sua oferta. E falem com a Susana e a Maria, elas têm ideias doces à vossa espera!

 

Maria e Susana, bem-vindas ao Simplesmente Branco!

Marta Ramos

Damos as boas-vindas: Pisamonas!

As boas-vindas de hoje são dadas à Pisamonas!

 

Pisamonas é uma prestigiada marca de calçado infantil, que opera a partir da sua loja online para toda a Europa. A pensar nas crianças e no colorido especial que estas dão aos casamentos, sejam meninos das alianças, meninas das flores ou apenas encantadores convidados, a Pisamonas desenhou uma vasta colecção de sapatos de cerimónia, tão elegantes quanto confortáveis.
Independentemente do estilo do casamento, na Pisamonas encontrarão os sapatos perfeitos para as crianças, com uma boa relação preço-qualidade, portes grátis e, em Portugal continental, trocas igualmente grátis. Fazer compras assim é um prazer!

Sendo especialistas em calçado infantil de qualidade, a Pisamonas não poderia deixar de estar presente num dos dias mais importantes da vida dos seus clientes.

As crianças assumem muitas vezes um papel fundamental nos casamentos, dando alegria e cor a toda a celebração. Sejam meninos das alianças, meninas das flores ou convidados, queremos que brilhem e desfrutem ao máximo neste dia.

Para isso, desenharam uma colecção variada de sapatos de cerimónia, que alia conforto e elegância. Independentemente do estilo do vosso casamento, na Pisamonas encontrarão os sapatos perfeitos para as crianças, com uma boa relação preço-qualidade.

«Vamos procurar inspiração às nossas próprias memórias de infância, desenhando e renovando os sapatos de sempre, mas também às novas tendências de moda infantil, às quais todos os anos estamos atentos. Mas acima de tudo, vamos procurar inspiração às próprias crianças. São elas que, através da sua energia inesgotável e da sua alegria contagiante, nos levam a desenhar um calçado que vai ao encontro das suas preferências e do seu estilo de vida. Sejam sabrinas, mocassins, merceditas ou bluchers, todos os modelos de cerimónia da Pisamonas são desenhados a pensar no bem-estar das crianças e bebés, para que este dia seja também para eles inesquecível.»

 

boas-vindas Pisamonas

 

Pisamonas - sapatos de criança para casamentos

 

Pisamonas - sapatos de criança para casamentos

 

 

Não deixem de consultar a ficha de fornecedor seleccionado Pisamonas para ficarem a conhecer melhor a sua oferta. E falem com a equipa de atendimento ao cliente, que vos ajudará a  esclarecer todas as dúvidas e a completar as vossas compras com tranquilidade. Contem com um atendimento cuidado e personalizado que, inclusivamente, já foi premiado.

 

Pisamonas, bem-vinda ao Simplesmente Branco!

Susana Pinto

À conversa com: Pixel, filmes de casamentos

Hoje sentamo-nos a conversar com os Pixel, que fazem filmes para casamento.

Lembro-me perfeitamente da primeira vez que vi um trabalho deles, num formato que por si só, já era diferenciador à época: 11 minutos de duração.

Rita + Roberto, absolutos desconhecidos e uma festa onde eu queria muito estar. Foi esta narrativa pulsante e irresistível que me cativou no trabalho dos Pixel, e que me fez segui-los, conversar com eles e insistir que esta era a casa perfeita para o seu trabalho ser visto. Tê-los na nossa lista seleccionada é um privilégio e um prazer. O trabalho que fazem reúne tudo aquilo em que acreditamos: um ponto de vista singular e uma qualidade impecável.

Fiquem com as palavras dos Pixel e conheçam com mais detalhe o que os move e de que se alimentam para fazer um trabalho tão especial.

 

Contem-nos um pouco da vossa viagem profissional até aqui, ao video de casamento.

A nossa viagem até aos vídeos de casamento começou, curiosamente, numa viagem. Há uns anos, andámos a viajar pelo Sudoeste Asiático e na altura fizemos um vídeo com as imagens que fomos captando. Estávamos longe (muito longe) de imaginar que esse vídeo mudaria para sempre as nossas vidas. Na altura, um fotógrafo (hoje amigo do coração) viu esse filme por intermédio de uns amigos que tínhamos em comum e convidou-nos a fazer um vídeo de casamento à experiência e… cá estamos!

 

Há quanto tempo filmam? E porquê casamentos?

O primeiro ano foi 2012, mas nesse ano ainda todos tínhamos os nossos respectivos empregos. A partir de 2013 é que nos dedicámos em exclusivo à Pixel. Não existe um porquê em relação aos casamentos… simplesmente aconteceu e adorámos a experiência! Ainda assim temos que confessar que cada mais temos trabalhos fora da área dos casamentos.

 

O vosso trabalho junta os pontos de vista de cada um de vocês. Como convergem? 

Ah, é difícil, muito difícil falar de nós próprios e do nosso trabalho. Ainda assim temos a certeza que o nosso trabalho é definido por tudo aquilo que somos, é muito mais uma forma de expressão do que propriamente um produto pensado ou criado a partir de uma estratégia bem definida.

 

Num casamento, para onde olham, o que vos prende a atenção? O que procuram?

Antes de mais, o que mais procuramos são casais que confiem e se entreguem ao nosso processo de criação… a partir daí tudo se resume a “feeling” e acreditar que não temos que nos render a fórmulas standard! Existem tantas formas de contar, de criar, de emocionar e de chegar àquele cantinho no coração que nos faz estremecer, e é aí que queremos estar!

 

 

Como construíram a vossa assinatura? Como é que a definem?

Não construímos, nem tão pouco a conseguimos definir… Como já referimos, nada na Pixel foi ou é exaustivamente pensado, não temos estratégia para o próximo vídeo. Ainda assim, estamos convictos de que as formas de expressão não se criam nem tão pouco se definem… Tudo se resume à nossa forma de ver o mundo ou de recriar um novo mundo através daquilo que escolhemos registar.

 

Nestes tempos globais, em que as imagens circulam a uma velocidade vertiginosa e todos temos acesso a tudo, a qualquer hora, onde vão buscar inspiração?

Inspiração no sentido literal vem sobretudo do cinema, filmes indie e música.

Somos consumidores ávidos do Vimeo (aliás, um de nós consegue passar todo o dia no Vimeo!).

Outro factor que se mistura umbilicalmente com inspiração, são as nossa vivências enquanto pessoas. No limite, o que criamos é um reflexo daquilo que somos!

 

Quando precisam de fazer reset, para onde olham, o que fazem?

Este é um foco de divergência entre nós. Enquanto uns precisam nitidamente de “desligar a ficha” e ir para a praia, outros acabam por não sentir essa necessidade. Mas no fundo, achamos que quem vive nesta área de corpo e alma não se consegue desligar completamente. Em boa verdade, as nossas vidas pessoal e profissional unem-se de uma forma tão harmoniosa que já nem pensamos no que é trabalho ou no que pessoal… é apenas um “lifestyle”. Ainda assim, trabalhamos muito, trabalhamos imenso, não pensem que dormimos toda a manhã e vamos para a praia de tarde, não, de todo, não!

 

De Portugal para o mundo, ou o mundo em Portugal: filmar fora do país é diferente de filmar cá dentro?

De Portugal para o mundo claramente. O casamento em si pode até nem ser tão diferente do que por cá se faz, mas o simples facto de viajar (e nós adoramos viajar), altera completamente os nossos sentidos, aguça-os, sobredimensiona-os e tendencialmente estamos muito mais “ligados” do que quando estamos na nossa zona de conforto a 5, 50 ou 500km de casa. Este é, na nossa opinião, o grande factor diferenciador. Ainda assim, pela experiência que temos dentro e fora do País, achamos que em Portugal os casamentos duram demasiado tempo, só porque sim…

 


 

Qual é o vosso processo de trabalho, como acontece a ligação ao cliente?

Ao receber um contacto, verificamos sempre primeiro a disponibilidade, pedindo a data e local. Depois gostamos de reunir para falamos sobre nós, sobre a forma de trabalhar e sobre o dia em si, ficando a aguardar o feedback do casal.

 

Casamentos grandes ou pequeninos, nacionais ou estrangeiros, cerimónias emotivas, festas de arromba – qual é o tipo de festa que mais gostam de registar?

Todas, desde que sejam festas de pessoas simples, simpáticas e despreconceituosas, estamos de coração quente e com sorriso nos lábios. Depois, cada “tipo” de casamento tem o seu mood especial e nós sentimo-nos confortáveis para criar com qualquer tipo de mood, desde o underground, electro, love, até um casamento em qualquer castelo ou palácio.

 

Qual é a melhor parte de ser videógrafo de casamentos? E o mais desafiante e difícil?

Ser videógrafo (não só de casamentos) permite-nos ter uma qualidade de vida que não imaginávamos há 6 anos atrás… Estamos rodeados de pessoas felizes, fazemos o nosso próprio horário em termos de pós-produção, fazemos o que gostamos.

Não temos um trabalho, temos uma vida!

Cremos que a gestão de expectativas é – secretamente – o que mais nos apoquenta. O resultado final do nosso trabalho não depende unicamente de nós, longe disso. Tentamos sempre explicar aos noivos que o resultado final depende de imensas variáveis, desde o local, a luz, o tempo que temos disponível nas várias fases do dia, etc., e ainda existe o factor subjectivo de o dia ser retratado sempre através dos nossos olhos.

 

Escolham um filme favorito do vosso portfolio e contem-nos porquê:

Este é um pedido bastante difícil. Cada filme é criado do zero e fazêmo-lo com o mood que consideramos adaptar-se àquele casal e festa específicos. Neste sentido, queremos pensar que todos os vídeos são especiais, e quando os terminamos, achamo-los perfeitos, cada um à sua maneira. Ainda assim, todos os trabalhos que já estão feitos, estão no passado, e não queremos estar “reféns” de nenhum registo ou estilo, pelo que o trabalho anterior não deve ser um prenúncio do próximo.

Mas respondendo mais objectivamente, o filme que melhor nos espelha neste momento é o “NEON BALLROOM”, apenas porque é o mood e o registo visual em que nos revemos nesta fase.

 

 

Os contactos detalhados da Pixel, estão na sua ficha de fornecedor. Espreitem a galeria, cheia de videos incríveis e contactem a Luísa Coelho directamente através do formulário: é só preencher com os vossos dados e mensagem, e na volta do correio, terão uma resposta simpática.

 

Acompanhem estas nossas conversas longas com fornecedores seleccionados Simplesmente Branco, sempre à quarta-feira!

 

Marta Ramos

Um passeio primaveril, por Flor de Laranjeira

A Teresa é apaixonada por flores e, a dada altura, descobriu que precisava delas na sua vida. Tendo crescido a brincar com flores, a cada casamento de amigos presenteava a noiva com flores e felicidade de quem as recebia deixava-a de alma cheia. Foi então que decidiu conciliar os seus horários de designer de interiores com o trabalho com flores. A solução passaria por conseguir agendar os trabalhos com antecedência – por isso, os casamentos. Para além de conseguir enquadrá-los na sua agenda, tem tempo para planear e idealizar criativamente, o que resulta em peças únicas, personalizadas, diversas e autênticas, onde a criatividade pode fluir. E é isso que a faz feliz.

Hoje, a Teresa e a sua Flor de Laranjeira levam-nos a passear até aos  jardins da Estufa Real, através das bonitas imagens do fotógrafo Hugo Coelho: «Muito discreta e elegante, a Ana pediu-nos flores brancas misturadas com verduras de verde cinza com um ou outro elemento dourado. Optámos apenas por flor nacional e de época, juntámos “um cheirinho a Flor de Laranjeira” com que a natureza nos vai brindando e demos liberdade às formas…»

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Vejam aqui OUTROS TRABALHOS DA FLOR DE LARANJEIRA e FALEM COM A TERESA. Ela terá todo o prazer em ouvir as vossas ideias e conhecer os vossos gostos.

Marta Ramos

Damos as boas-vindas: Bertha Enxoval!

As boas-vindas de hoje são dadas à Joana Figueirôa e à sua Bertha Enxoval!

«Temos saudades dos tempos de antigamente, das toalhas e lençóis bordados à mão com amor e dedicação.»

O que a Bertha Enxoval deseja é que todos possam usufruir do luxo de um enxoval bordado como no tempo dos nossos avós. Daí a recuperação desta tradição, com a oferta de enxovais personalizados, produzidos com têxteis de qualidade superior, feitos para durar uma vida. Com peças de roupa de casa de design exclusivo e um toque especial, a Bertha Enxoval quer ajudar-vos a contar a vossa história.

«Lençóis, camisas de noite em renda e lenços bordados, que encontrámos a remexer baús, foram a inspiração e o ponto de partida para a criação da marca Bertha. O enxoval personalizados está de volta.»

Não são apenas bonitas, estas peças. São macias e duradouras. As roupas de cama, por exemplo, são 100% em algodão tipo egípcio, de fibras longas e finas, muito suave, para noites tranquilas e sonhos felizes.

 

boas-vindas Bertha Enxoval

 

 

 

 

Não deixem de consultar a ficha de fornecedor seleccionado Bertha Enxoval para ficarem a conhecer melhor o seu trabalho. E falem com a Joana, que vos ajudará a dar forma aos projectos à media ou aos bordados especiais que tenham em mente.

 

Joana, bem-vinda ao Simplesmente Branco!

Susana Pinto

Casamento rústico em Alenquer: Neide + David

Hoje trazemos para vocês o casamento rústico em Alenquer, da Neide + David.

Oiço muitas vezes os fornecedores comentarem que têm os melhores noivos, que isto, que aquilo.

Mas na realidade, quem tem os melhores noivos sou eu! Genuínos, felizes, com um maravilhoso sentido de humor, cheios de emoções e envolvidos naquele que é o mais bonito dos dias.

Foi doce e perfeito o dia da Neide + David, e eles contam-vos como o fizeram acontecer. Para além da partilha e da celebração, era para eles fundamental que todo o dia fosse uma sucessão de bons momentos, muito animados, dos mais pequenos aos mais graúdos, e que essa sensação de felicidade fosse contagiante. E foi.

As fotografias são do Hugo Coelho Fotografia, a decoração ficou a cargo da Amor e Lima para o Páteo Velho e o vídeo é dos Pixel.

 

Casamento rústico em Alenquer, fotografia de Hugo Coelho Photography

 

Casamento rústico em Alenquer, fotografia de Hugo Coelho Photography

 

Casamento rústico em Alenquer, fotografia de Hugo Coelho Photography

 

Quando a resposta foi “sim!”, como é que imaginaram o vosso dia?

Estava tão longe da ideia de casar, que em vez de um “Sim”, a resposta foi “ estás a brincar?!”. O nosso dia tinha de ser rodeado de amigos e família, num espaço cujo ambiente fosse leve, boémio e fresco como uma brisa de final de Verão. Era essa a nossa imagem. E assim foi!

 

Casamento rústico em Alenquer, fotografia de Hugo Coelho Photography

 

Casamento rústico em Alenquer, fotografia de Hugo Coelho Photography

 

Casamento rústico em Alenquer, fotografia de Hugo Coelho Photography

 

Sentiam-se preparados ou foi um caminho com muitos nervos?

Há sempre nervos, claro.  Entre o pedido e o grande dia, tínhamos apenas alguns meses. Os espaços já estavam com agendas preenchidas (e ainda bem para nós), o que nos levou a uma pesquisa mais demorada e ao encontro daquilo com que mais nos identificávamos. Com muita sorte, acabámos por encontrar as pessoas certas para que cada detalhe espelhasse a nossa personalidade.

 

Casamento rústico em Alenquer, fotografia de Hugo Coelho Photography

 

Casamento rústico em Alenquer, fotografia de Hugo Coelho Photography

 

Casamento rústico em Alenquer, fotografia de Hugo Coelho Photography

 

Em que momento da organização do casamento é que sentiram, «é mesmo isto»?

Quando chegámos ao Solar de Pancas! Pela falta de datas disponíveis em todos os espaços que visitávamos, já ponderávamos deixar tudo para 2018. Quando descobrimos o Solar e fomos recebidos pelo Diogo, não foi necessário sequer tempo para pensar. Tinha de ser ali, pelo tons de verde, o jardim, as luzes, a escadaria, o tabuado em madeira das várias salas do solar, o peso leve daqueles 500 anos de história em cada canto… Depois tudo se encaminhou.

 

Casamento rústico em Alenquer, fotografia de Hugo Coelho Photography

 

Casamento rústico em Alenquer, fotografia de Hugo Coelho Photography

 

Casamento rústico em Alenquer, fotografia de Hugo Coelho Photography

 

O resultado é fiel às ideias iniciais ou muito diferente? Contaram com alguma ajuda?

O resultado é superior qualquer ideia inicial! Imaginem-se numa tela de Monet com toda a vossa família e amigos, ao som de Bossa Nova… Perfeito! As decisões foram todas tomadas por nós sem margem para “grandes opiniões externas”. Isso deu-nos muito prazer e divertíamo-nos imenso. Na execução de algumas coisas, contámos com ajuda, nomeadamente para os noivos do topo do bolo, feitos em croché pela mãe do David e a execução do photobooth com a ajuda do pai.

 

Casamento rústico em Alenquer, fotografia de Hugo Coelho Photography

 

Casamento rústico em Alenquer, fotografia de Hugo Coelho Photography

 

Casamento rústico em Alenquer, fotografia de Hugo Coelho Photography

 

Casamento rústico em Alenquer, fotografia de Hugo Coelho Photography

 

O que era fundamental para vocês? E sem importância?

A presença dos convidados e que se lembrassem do nosso dia com um sorriso. É uma sensação única, tentar juntar no mesmo dia, pessoas tão importantes que passaram pelas nossas vidas, em momentos e lugares tão diferentes, que testemunharam o nosso percurso. Por isso, era tão importante para nós que se divertissem, que se envolvessem em cada momento e que sentissem que a sua presença era fundamental. Não há nada sem importância num dia destes.

 

Casamento rústico em Alenquer, fotografia de Hugo Coelho Photography

 

Casamento rústico em Alenquer, fotografia de Hugo Coelho Photography

 

Casamento rústico em Alenquer, fotografia de Hugo Coelho Photography

 

Casamento rústico em Alenquer, fotografia de Hugo Coelho Photography

 

O que foi mais fácil? E o que foi mais difícil?

O mais fácil: Por incrível que pareça, o vestido de noiva – Obrigada, Joana! O mais difícil: encontrar o fotógrafo! Não há muitos “Coelhos” por aí…

 

Qual foi o pico sentimental do vosso dia?

A entrada na igreja, ver o David comovido no altar, ouvir a Ave Maria de Schubert na voz da Susana Duarte ao som do órgão com o Daniel Oliveira e a luz no interior da Basílica. Mágico.

 

Casamento rústico em Alenquer, fotografia de Hugo Coelho Photography

 

Casamento rústico em Alenquer, fotografia de Hugo Coelho Photography

 

Casamento rústico em Alenquer, fotografia de Hugo Coelho Photography

 

Casamento rústico em Alenquer, fotografia de Hugo Coelho Photography

 

Casamento rústico em Alenquer, fotografia de Hugo Coelho Photography

 

E o pico de diversão?

A saída da igreja, tão colorida e emotiva, é um momento de descompressão e euforia ao mesmo tempo. Ah! e o momento de dança, durante a festa, treinado com as amigas. Inesquecível!

 

Casamento rústico em Alenquer, fotografia de Hugo Coelho Photography

 

Casamento rústico em Alenquer, fotografia de Hugo Coelho Photography

 

Casamento rústico em Alenquer, fotografia de Hugo Coelho Photography

 

Casamento rústico em Alenquer, fotografia de Hugo Coelho Photography

 

Um pormenor especial…

É difícil de eleger um, quando tentámos que o nosso dia fosse repleto de pormenores, tanto para nós como para os nossos convidados. Talvez o carrinho de gelados artesanais da Nutwood com sabores do Oeste que refrescaram os convidados à saída da igreja, o Photobooth Home Made, a mesa de mensagens em Origami, o Palhaço Batatolas (Pedro Almeida) que deixou os pais descansado por largas horas, a maravilhosa voz em estilo Bossa Nova, da Madalena Botelho, a nossa entrada no jantar ao som do Super Mario… Ui… É difícil escolher um!

 

Casamento rústico em Alenquer, fotografia de Hugo Coelho Photography

 

Casamento rústico em Alenquer, fotografia de Hugo Coelho Photography

 

Casamento rústico em Alenquer, fotografia de Hugo Coelho Photography

 

Casamento rústico em Alenquer, fotografia de Hugo Coelho Photography

 

Agora que já aconteceu, mudavam alguma coisa?

Nada! Só comprávamos menos sacos de gomas (entusiasmámo-nos e comprámos uns 13 kg!)

 

Casamento rústico em Alenquer, fotografia de Hugo Coelho Photography

 

Casamento rústico em Alenquer, fotografia de Hugo Coelho Photography

 

Casamento rústico em Alenquer, fotografia de Hugo Coelho Photography

 

Casamento rústico em Alenquer, fotografia de Hugo Coelho Photography

 

Algumas words of advice para as próximas noivas…

Tirem prazer dos preparativos a dois e aproveitem o dia ao máximo. Criem momentos únicos para os vossos convidados, eles estão lá por nós. Não há detalhes menos importantes quando se trata de nós!

 

Casamento rústico em Alenquer, fotografia de Hugo Coelho Photography

 

Casamento rústico em Alenquer, fotografia de Hugo Coelho Photography

 

Casamento rústico em Alenquer, fotografia de Hugo Coelho Photography

 

Casamento rústico em Alenquer, fotografia de Hugo Coelho Photography

 

 

Os fornecedores envolvidos:

 

convites: convites e missais feitos pelos noivos;

local: Solar de Pancas;

catering e bolo dos noivos: Páteo Velho;

gelados artesanais: Nutwood, Torres Vedras;

fato do noivo e acessórios: Ted Baker;

vestido de noiva e sapatos: vestido de noiva Joana Montez, sapatos Nero Giardini;

maquilhagem: Tânia Neves Makeup;

cabelos: Susy Cabeleireiros, Torres Vedras;

bouquet: Flores e Cores Florista, Torres Vedras;

decoração e materiais gráficos: Amor e Lima;

lembranças para os convidados: doces da Pêras e Companhia, Lourinhã;

fotografia: Hugo Coelho Fotografia;

vídeo: Pixel;

animação infantil: Batatolas – Pedro Almeida;

música da cerimónia: Susana Duarte (voz) e Daniel Oliveira (orgão);

música do cocktail: Madalena Botelho de Sousa;

luzes, som e Dj: Dj Rui Franjas