Matilde Alçada Arquivos - Página 3 de 5 -  Simplesmente Branco 

0 Comentários

Amor ao natural, por Matilde Alçada Photography

Foi na bonita Quinta do Serpa que Cátia e André foram captados pela maravilhosa lente da Matilde Alçada… no meio da natureza e ao natural, com muito amor e emoções à mistura, é impossível as fotografias do dia do casamento não eternizarem tudo isso… e mais.

 

A Matilde sabe o que diz: “Há uma frase que nunca me podem dizer – eu não fico bem em fotografia. Não sabem o desafio que se torna para mim provar o contrário. Sou perfeccionista por natureza e enquanto eu puder provar que toda a gente pode ficar bem, deixa-me mesmo muito feliz. O importante é eu perceber a vossa essência. E quando a encontro, existe algo para além do ficar bem. Vocês ficam maravilhosamente bem. Obrigada por passarem a acreditar nisso.”

 

Nós também acreditamos Matilde!

 

4 Comentários

“Girls just wanna have fun”, por Matilde Alçada Photography

Já há algum tempo que atribuímos às despedidas de solteira uma categoria própria, e bem merecida: são sempre horas passadas junto das melhores amigas, momentos doces e felizes, instantes de parvoeira saudável e memorável.

Hoje partilhamos um desses encontros felizes, pela lente da Matilde Alçada:

 

“Fotografar uma despedida de solteira é sempre um desafio. Somos muitas meninas juntas, cada uma sugere uma ideia diferente, preocupadas com o melhor ângulo, com o cabelo, com o que vestir, com a noiva, tantas coisas! Mas como sabem, da mesma forma que é um desafio, quando se junta um monte de meninas, a alegria, o disparate e os ataques de risos são contagiantes. Chegamos a uma altura, não demos pelas horas a passar, temos vontade de ficar, de conversar com cada uma delas, de beber um gin e de celebrar a vida a ver o pôr de sol. Obrigada. A cada uma de vocês. Foi mesmo uma tarde entre amigas de entre as quais, por acaso eu era a fotógrafa.”

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

A Cyndi Lauper bem sabia!

 

0 Comentários

Vanessa+David, uma festa feita de luz e elegância

Fechamos o verão de S. Martinho e damos as boas vindas ao inverno que se instala no fim de semana. Para que não haja sequer um relance de desconsolo, trazemos hoje a festa da Vanessa + David, fotografada gloriosamente pela Matilde Alçada.

Foi em Coimbra, no Palácio de São Marcos e estreamos a presença de um novo fornecedor, a talentosa equipa Bouquet de Liz.

Ora venham comnnosco!

 

 

 

 

VD-143

 

Como foi o teu pedido de casamento?

Não houve um pedido oficial de casamento. O David e eu namoramos desde os 18 anos e após algumas conversas onde refletimos sobre a possibilidade de casar, tomámos essa decisão durante uma viagem a Nova Iorque, em Setembro de 2014. O anel de noivado surgiu 2 meses depois.

A decisão de casar foi muito bem recebida por todos.

 

 

 

 

Como te organizaste? Por onde começaste, com que antecedência?

Começámos a organizar o casamento com cerca de 10 meses de antecedência.

Tentámos definir primeiro o local e depois daí os restantes fornecedores.

Pensámos no Palácio de São Marcos, que fica a cerca e 20 minutos de Coimbra e marcámos uma visita. Ficou logo decidido nesse dia.

Durante a preparação do casamento fizemos uma webpage de apoio aos convidados e íamos tratando da lua de mel para desanuviar. Frequentámos eventos para casamentos e íamos vendo ideias para o nosso casamento por toda a web. Apenas a decoração e o vídeo ficaram para o último mês. Correram ambas muito bem, mas desaconselhamos totalmente deixar estas questões para tão perto do grande dia, pois a ansiedade tende a aumentar.

 

 

 

 

 

Que ambiente quiseste criar? Como o fizeste?

Tendo em conta o local e o nosso gosto, quisemos criar um ambiente simples, delicado e com um toque clássico. Para além de termos uma ideia em traços gerais do que queríamos, acima de tudo sabíamos muito bem o que não queríamos. Por exemplo, não quisemos ter um tema específico para o casamento, mas tivemos um monograma desenhado pela Tia Isabel com uma guitarra de fado de Coimbra, que simboliza a serenata que o David me fez quando começámos a namorar, há 10 anos. Este monograma esteve presente em quase todos os detalhes que criámos.

 

VD-351

 

 

 

 

A opção “feito por ti” surgiu porquê?

Quisemos dar um toque pessoal à nossa festa, e inovar e apresentar surpresas aos nossos convidados ao longo do dia. Por conseguinte, houve muito trabalho manual.

Fizemos muitas compras no eBay e quase tudo foi personalizado por nós. Desde os leques para as senhoras, as bolinhas de sabão à saída da igreja, os cones para as pétalas, os acessórios de photobooth, os chinelos de dança…

Foram muito dias a fazer recortes, lacinhos, carimbos…

Os convites, missais, ementas e cartões de agradecimento foram todos idealizados por nós, com a ajuda da Tia Isabel.

 

Tiveste ajuda?
Muita e foi fundamental. As damas de honor, em especial as minhas primas, as tias e os pais foram incansáveis. Ajudaram não só na tomada de algumas decisões, como a tornar realidade diversos conceitos que idealizámos para o nosso dia.

 

 

 

 

O que era o mais importante para ti?

Ter as pessoas mais significativas comigo e proporcionar-lhes um dia fantástico.

 

E secundário?

Os presentes para os convidados.

Decidimos ter apenas pequenos pormenores ao longo do dia, como os leques para as senhoras antes de entrarem na igreja, a Polaroid para tirarem fotografias que podiam colocar no nosso álbum e deixar uma mensagem ou levar para casa como recordação. E os chinelos de dança. Eram pequenas coisas, mas não encaradas como uma lembrança no sentido que habitualmente é atribuído.

 

 

 

 

Onde gastaste mais dinheiro?

No espaço e no catering.

 

Onde gastaste menos?

Na maquilhadora porque é uma grande amiga, além de excelente profissional!

 

 

 

 

 

O que foi mais fácil?

Decidir o local, sem dúvida.

 

O que foi mais difícil?

A decoração. Eram muitas opiniões…

Foi escolhida com menos de um mês e não me arrependo absolutamente nada. Estava tudo perfeito!

 

 

 

 

 

O que te deu mais prazer criar?

Os pequenos pormenores. Deram muito trabalho mas, na minha opinião, marcaram a diferença.

 

O casamento que planeaste, é a vossa cara, ou foste fazendo cedências pelo caminho?

O casamento foi a nossa cara. Tivemos o cuidado de estar os dois envolvidos em todas as decisões e a nossa prioridade foi proporcionar uma festa que nos fizesse felizes para recordar este dia para sempre, e ao mesmo tempo agradasse aos nossos convidados. Logicamente, com o apertar do tempo tivemos de fazer cedências. Não só porque inicialmente tínhamos demasiadas ideias para o dia e foi necessário descartar algumas com o tempo, como também tivemos de ceder em algumas questões por influência da família.

 

 

 

 

 

Um pormenor especial?

A dança surpresa com as damas de honor.

Era muito complicado conseguirmo-nos encontrar as 7 ao mesmo tempo, com uma delas a viver em Londres, mas adorei os ensaios e o resultado final!

 

Agora que já aconteceu, mudavas alguma coisa?

Eu queria começar a cerimónia às 15h mas acabou por ser às 16h. Se fosse agora, tendo em conta que foi no final de Setembro, tinha insistido para começar mesmo uma hora mais cedo para termos mais tempo com luz nos fantásticos jardins do Palácio.

 

 

 

 

 

 

Algumas words of advice para as próximas noivas?

São muitas pessoas a quererem dar opinião. Não dá para agradar a todos, por isso não se deixem influenciar. O dia é vosso!

 

Os nossos fornecedores:

 

convites e materiais gráficos: feitos por nós, com a ajuda de uma tia

decoração e bouquet: Bouquet de Liz

local: Palácio de São Marcos

catering e bolo dos noivos: Encontrus

fato do noivo e acessórios: Purificacion Garcia

vestido de noiva e acessórios: vestido Pronovias, sapatos Michael Kors

maquilhagem: FaceStudio Coimbra

cabelos: cabeleireira local, a de sempre

fotografia: Matilde Alçada

video: Freemotion

luzes, som e Dj: DJ Chico

 

0 Comentários

“Eu sei”, por Matilde Alçada

Partilhamos hoje as imagens delicadas e as palavras bonitas da fotógrafa Matilde Alçada, que nos deixa sempre estas parelhas bonitas na caixa de correio… Tão doce!

 

“A Vanessa e o David, chegaram com alguma vergonha para serem fotografados. No entanto, a alegria deles foi mais contagiante do que todos os outros factores. Acabámos a nossa sessão com uma enorme vontade de continuar a conversar e a fotografar. O dia estava lindo. O sol irradiava entre as folhas, os cabelos da Vanessa e o brilho do seu anel. Em tom de brincadeira, disse ao David no final que tinha uma noiva linda. Comovida fiquei quando me respondeu com uma pausa e um generoso sorriso – “eu sei”. Fiquei ansiosa pelo dia deles! E de facto, não podia ter corrido melhor, foi um dia magnífico.”

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Belíssimo! Espreitem com detalhe o bonito trabalho da Matilde!

 

2 Comentários

Generosos sorrisos, por Matilde Alçada Photography

«O nosso país tem história e carisma, tem cheiro e textura, tem serra e mar. Tem tantos sítios únicos.» Num cenário belíssimo, a Inês e o Filipe deram o nó e a Matilde Alçada Photography guardou fragmentos do dia para todo o sempre.

«Conheci a Inês e o Filipe via skype», conta-nos a Matilde. «Antes que tivesse tido tempo de ponderar, já me tinham convencido a ir com eles para Viseu. O Filipe tem uma enorme admiração por fotografia. Fez questão que rapidamente eu dissesse que sim. Senti-me, claro, muito grata. Obrigada!»

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

«Com a Inês e o Filipe aprendi que há pessoas que, quando se aproximam, algo acontece. Como se todas as suas reservas fossem absorvidas por um simples olhar e desse momento um generoso sorriso transparece de corpo e alma.»

Generosos sorrisos para o casal e para a fotógrafa! Já conhecem o renovado site Matilde Alçada Photography?

 

0 Comentários

Matilde Alçada Photography, uma rentrée em grande estilo!

E eis que Setembro nos traz Matilde Alçada Photography com uma imagem renovada, assente no preto e branco com pinceladas de dourado outonal.

Diz-nos a Matilde: «Pretendo fotografar momentos exclusivos, espontâneos cujas interpretações se destaquem e tornem a imagem autêntica. Procuro uma linguagem própria que nos aproxime e nos comova. Que saiba falar por nós. Encontro o registo de emoções de forma discreta, deixando os instantes fluir com naturalidade. Procuro o cuidado na captação dos detalhes pensados com tanta dedicação. Dedico-me inteiramente aos sentimentos e momentos próprios de cada casal e família.

Porque a vida é feita de momentos e este é o vosso.»

 

Matilde1

 

Não deixem de visitar o renovado site da Matilde Alçada Photography; e deixem por lá uma palavra simpática sobre a nova imagem, que será bem merecida!