Created with Sketch.
Susana Pinto

Raquel + Craig: brinde aos noivos, com sabor a Porto e Whiskey

O casamento de Raquel+ Craig é uma história de amor entre dois continentes e dois países: Portugal e Estados Unidos.

A festa, que aconteceu a Norte, foi fotografada pela dupla Menino conhece Menina e teve de tudo, em muito: emoção até às lágrimas na leitura dos votos, uma noite de verão e ar livre, brindes duplos com vinho do Porto e whiskey, pista animadíssima e fim de festa com guarda-roupa alternativo e muito divertido.

A Raquel deixa um conselho muito certeiro:

No fundo, tudo é importante mas nada tem de estar perfeito, ajudou-nos imenso não ter estas expectativas de perfeição e saber claramente o que era importante para nós, para o nosso dia e a nossa festa.

Não díriamos melhor! Fechada a semana, fiquem com esta festa deliciosa e muito animada!

 

Menino conhece Menina - fotografia de casamento no Mosteiro de Landim

 

Menino conhece Menina - fotografia de casamento no Mosteiro de Landim

 

Quando a resposta foi “sim!”, como é que imaginaram o vosso dia?

Imaginámos uma celebração com amigos, família e muita diversão! Queríamos realmente divertir-nos com as pessoas que são importantes para nós, sabíamos que queríamos uma cerimónia não religiosa muito pessoal, no Verão, ao ar livre e com muitas flores, e uma festa relaxada e divertida depois do jantar com muito vinho do porto e whiskey, que são as bebidas das origens. Queríamos um casamento com muitos detalhes portugueses e americanos, que fossem a nossa cara enquanto casal.

 

Menino conhece Menina - fotografia de casamento no Mosteiro de Landim

 

Menino conhece Menina - fotografia de casamento no Mosteiro de Landim

 

Menino conhece Menina - fotografia de casamento no Mosteiro de Landim

 

Sentiam-se preparados ou foi um caminho com muitos nervos?

Foi um caminho com muito entusiasmo! Estávamos os dois prontos e ansiosos pelo dia, tínhamos um calendário em casa, que uma das minhas madrinhas me deu, e estávamos sempre a mudar os dias com imenso entusiasmo! Nunca houve muitos nervos, o Craig é calmo por natureza e eu, que sou o oposto, nunca me senti nervosa, só emocionada. Lembro-me das minhas amigas me dizerem que estavam mais nervosas do que eu, no próprio dia!

 

Menino conhece Menina - fotografia de casamento no Mosteiro de Landim

 

Menino conhece Menina - fotografia de casamento no Mosteiro de Landim

 

Menino conhece Menina - fotografia de casamento no Mosteiro de Landim

 

Menino conhece Menina - fotografia de casamento no Mosteiro de Landim

 

Menino conhece Menina - fotografia de casamento no Mosteiro de Landim

 

Em que momento da organização do casamento é que sentiram, «é mesmo isto»?

Para mim, foi ao escolher os pormenores: ver as velas, os talheres, as coisas pequeninas que tínhamos imaginado e que agora eram uma realidade! Para o Craig, foi o dia em que foram ao Mosteiro, umas semanas antes, para ver se os arbustos já tinham florido. Ver o local e imaginar-nos lá com tudo que tínhamos planeado, “just clicked”.

 

Menino conhece Menina - fotografia de casamento no Mosteiro de Landim

 

Menino conhece Menina - fotografia de casamento no Mosteiro de Landim

 

Menino conhece Menina - fotografia de casamento no Mosteiro de Landim

 

Menino conhece Menina - fotografia de casamento no Mosteiro de Landim

 

Menino conhece Menina - fotografia de casamento no Mosteiro de Landim

 

Menino conhece Menina - fotografia de casamento no Mosteiro de Landim

 

Menino conhece Menina - fotografia de casamento no Mosteiro de Landim

 

O resultado é fiel às ideias iniciais ou muito diferente? Contaram com alguma ajuda?

Não conseguia ter imaginado um dia mais especial, e a isso temos a agradecer ao Miguel e à Teresa, do Parque da Penha, que foram os nossos wedding planners ! As ideias principais mantiveram-se, algumas ideias novas surgiram e outras deixámos cair. Para além desta ajuda profissional, foram essenciais a nossa família e os amigos.

 

Menino conhece Menina - fotografia de casamento no Mosteiro de Landim

 

Menino conhece Menina - fotografia de casamento no Mosteiro de Landim

 

Menino conhece Menina - fotografia de casamento no Mosteiro de Landim

 

Menino conhece Menina - fotografia de casamento no Mosteiro de Landim

 

Menino conhece Menina - fotografia de casamento no Mosteiro de Landim

 

O que era fundamental para vocês? E sem importância?

Era fundamental que fosse um dia sem stress e muito pessoal, com bar aberto, boa comida e ar livre.

No fundo, tudo é importante mas nada tem de estar perfeito, ajudou-nos imenso não ter estas expectativas de perfeição e saber claramente o que era importante para nós, para o nosso dia e a nossa festa.

Ainda assim, no dia, estava tudo perfeito!

 

Menino conhece Menina - fotografia de casamento no Mosteiro de Landim

 

Menino conhece Menina - fotografia de casamento no Mosteiro de Landim

 

Menino conhece Menina - fotografia de casamento no Mosteiro de Landim

 

O que foi mais fácil? E o que foi mais difícil?

O mais fácil foi casar! Mas também foi muito fácil convergir na comida, no local e nas decorações, temos gostos muito parecidos e tínhamos uma visão muito parecida, o que ajudou muito. O mais difícil foi manter as nossas famílias satisfeitas com algumas das nossas decisões menos convencionais…!

 

Menino conhece Menina - fotografia de casamento no Mosteiro de Landim

 

Menino conhece Menina - fotografia de casamento no Mosteiro de Landim

 

Menino conhece Menina - fotografia de casamento no Mosteiro de Landim

 

Menino conhece Menina - fotografia de casamento no Mosteiro de Landim

 

Qual foi o pico sentimental do vosso dia?

Para o Craig foram os nossos votos na cerimónia, escritos por nós e apenas lidos no momento. Ele leu-os com dificuldade, muito emocionado. Para mim foram dois, caminhar até ao altar de braço dado com o meu irmão, ver o Craig a sorrir e as nossas famílias e amigos todos à nossa volta, e o discurso da minha irmã Sofia, que foi lindíssimo.

 

Menino conhece Menina - fotografia de casamento no Mosteiro de Landim

 

Menino conhece Menina - fotografia de casamento no Mosteiro de Landim

 

Menino conhece Menina - fotografia de casamento no Mosteiro de Landim

 

E o pico de diversão?

Dias antes do casamento, encontrei dois fatos insufláveis: uma bailarina e um lutador de sumo. Comprei-os na brincadeira e foram levados para o casamento. Já a noite ia bem longa, eu vesti o de lutador de sumo e o Craig, o de bailarina: dançámos no meio da pista até já não aguentarmos o calor!

 

Menino conhece Menina - fotografia de casamento no Mosteiro de Landim

 

Menino conhece Menina - fotografia de casamento no Mosteiro de Landim

 

Menino conhece Menina - fotografia de casamento no Mosteiro de Landim

 

Menino conhece Menina - fotografia de casamento no Mosteiro de Landim

 

Um pormenor especial…

Houve vários, o fato do Craig tinha bordado no forro a letra da nossa música,  um detalhe muito querido e surpreendente, e a gravata preferida do meu pai em volta do meu bouquet de noiva.

 

Menino conhece Menina - fotografia de casamento no Mosteiro de Landim

 

Menino conhece Menina - fotografia de casamento no Mosteiro de Landim

 

Menino conhece Menina - fotografia de casamento no Mosteiro de Landim

 

Agora que já aconteceu, mudavam alguma coisa?

Honestamente, talvez o meu vestido tenha sido mais princesa do que eu, Raquel, realmente sou,  mas no dia adorei usá-lo! De resto, absolutamente nada, foi o dia mais especial das nossas vidas!

 

Menino conhece Menina - fotografia de casamento no Mosteiro de Landim

 

Menino conhece Menina - fotografia de casamento no Mosteiro de Landim

 

Algumas words of advice para as próximas noivas…

Relaxem e divirtam se! Não estejam preocupados com perfeição e no dia, não se preocupem com nada! Se alguma coisa correr mal, deixem lá, correu, não vai estragar nada. Passa tudo tão rapido, aproveitem!

Ah, e comam a comida!

 

 

 

Os fornecedores envolvidos:

 

convites e materiais gráficos: Minted

local, decoração, bouquet, catering, bolo, luzes, som e DJ: Parque da Penha

fato do noivo e acessórios: fato UOY e sapatos Johnston and Murphy

vestido de noiva e acessórios: vestido Pronovias e botas de cowboy handmade in Tennessee

cabelos: Hairstudio

fotografia: Menino conhece Menina

 

Sempre bonitas, as fotografias da dupla Menino conhece Menina. Muito peculiares, com um ponto de vista único e uma narrativa muito própria.

Se ficaram curiosos, vejam o dia da Diana + Vitor ou as suas fotografias premiadas na The Wedding Photojournalist Association. Tudo muito bom!

 

Save

Susana Pinto

Diana + Vitor: este foi o mais bonito dos dias!

Publicamos hoje o último casamento com este cenário de fundo amarelinho: na próxima semana, mudamo-nos de armas e bagagens para a nova casa, mais ambiciosa, com outra paleta de cores e com muito espaço para assuntos variados.

E não podíamos fechar esta porta de melhor forma…! É para lá de bonito o casamento que trazemos hoje, fotografado epicamente pela dupla Menino conhece Menina, em grande forma.

Toda a energia da Diana+Vitor pulsa nestas imagens maravilhosas: este não é um artigo sobre bouquets, detalhes, ou sobre o vestido – isso são assuntos menores na grande ordem mágica do dia. É, sim, um conjunto de momentos preciosamente observados, seleccionados e transformados em memórias únicas e imensas. Fomos assim felizes neste dia!

O cenário lindo é a Casa Grande do Fontão, sob a alçada da Histórias com alma: a decoração é sempre discretamente sofisticada, já que esta equipa é exímia no estilo rústico contemporâneo.

Tudo em bom, como diria uma amiga minha! Não acham que é melhor forma de darmos por encerrado este ciclo?

 

 

 

 

 

 

Quando a resposta foi “sim!”, como é que imaginaram o vosso dia?

Imaginámos um dia romântico e descontraído, na companhia de familiares e amigos onde reinasse a Alegria, a Amizade e o Amor.

 

Sentiam-se preparados ou foi um caminho com muitos nervos?

Digamos que a vida a dois já acontecia há algum tempo, daí que tomar o próximo passo foi uma questão de concretizar um sonho. Fácil!

 

 

 

 

 

 

Em que momento da organização do casamento é que sentiram, «é mesmo isto»?

Quando visitámos a Casa Grande do Fontão. O espaço materializou e tornou possível a imaginação.

 

O resultado é fiel às ideias iniciais ou muito diferente? Contaram com alguma ajuda?

Conseguimos concretizar algo muito semelhante ao que idealizámos, aliás, o resultado superou as nossas expectativas. É claro que isso não seria possível sem a ajuda de familiares, amigos e de todas as pessoas envolvidas na organização do dia.

 

 

 

 

 

 

O que era fundamental para vocês? E sem importância?

Era fundamental que o dia fosse à nossa imagem, conseguirmos pormenores com que nos identificássemos, que a cerimónia fosse especial, simples e informal. Conseguimos isso graças ao Padre Avelino e ao quarteto de vozes que completou a cerimónia com músicas especiais da nossa vida. Queríamos ser surpreendidos com a decoração e a empresa Histórias com Alma foi perfeita.

Adoramos fotografia, logo era crucial conseguir imagens “à nossa imagem”, que eternizassem o dia. A dupla Menino conhece Menina foram iguais a si mesmos, conseguiram imagens perfeitas.

O rigor dos protocolos, o pomposo e o luxo não tinham importância no nosso plano.

 

 

 

 

 

 

O que foi mais fácil? E o que foi mais difícil?

Foi mais fácil dizer o Sim!

Foi mais difícil adormecer na noite anterior.

 

Qual foi o pico sentimental do vosso dia?

Definitivamente o momento mais marcante foi a cerimónia na igreja que nos surpreendeu e emocionou em muitos momentos. Desde a entrada da noiva ao som de Yann Tiersen, aos votos do noivo e toda a interacção com os convidados.

 

 

 

 

 

E o pico de diversão?

Os picos da diversão foram proporcionados pelos amigos. Logo à saída da igreja fomos surpreendidos pela dedicatória em forma de cover dos Deolinda “seja agora” pelos amigo do Porto. Já mais tarde, os amigos da Vila conseguiram criar um momento único ao cantar um medley que nos descrevia e caracterizava na perfeição.

 

 

 

 

 

Um pormenor especial…

As andorinhas! Símbolo de fidelidade e união, foram o presente perfeito para oferecer aos nossos convidados. Só foi possível graças ao Sr Joaquim da loja de artesanato de Ponte Lima que produziu dezenas de andorinhas, uma a uma, de forma perfeita.

 

 

 

 

 

 

Agora que já aconteceu, mudavam alguma coisa?

Incluíamos um bar de gin na recepção aos convidados!

 

Algumas words of advice para as próximas noivas…

Sejam fiéis a vocês mesmos, não falha!

 

 

 

 

 

 

 

Os fornecedores envolvidos:

 

convites e materiais gráficos: Patrícia Reina e Catarina Mesquita;

espaço e decoração: Casa Grande do Fontão;

catering e bolo dos noivos: Banquetes A. Duarte;

Fato do noivo e acessórios: fato, botões de punho, meias e sapatos Massimo Dutti; laço Zara; camisa Dielmar;

vestido da noiva e sapatos: vestido de noiva Rosa Clará; sapatos Haity;

maquilhagem: Mellissa Maia Makeup Artist;

cabelos: Claudia Marques Hairdesign;

bouquet: Ana Maria Florista;

ofertas aos convidados: loja de artesanato Ponte de Lima – Sr. Joaquim;

fotografia: Menino Conhece Menina;

luzes, som e Dj: Dj Miguel Vaz.

 

Save

Mónica Aragão

Menino conhece Menina premiado!

Daniel Monteiro e Raquel Pratas, a talentosa dupla de fotógrafos também conhecida como Menino conhece Menina, não podiam ter começado 2017 da melhor forma – viram 6 fotografias de casamento suas premiadas pelo The Wedding Photojournalist Association.

 

Uma mão cheia de distinções em várias categorias e em várias posições, que incluem um 1º lugar na categoria “Getting Ready” e um 4º lugar na categoria “Details”, aos quais se juntam ainda um 10º e um 15º lugar na categoria “Ceremony”, um 11º lugar na categoria “Reflections” e um 15º lugar na categoria “Weather”.

 

Podem espreitar essas bonitas imagens vencedoras do Menino conhece Menina aqui e todas as outras fotografias de casamento premiadas aqui.

 

fotografia de casamento com reflexo da entrada da noiva

 

noiva dentro do carro com o céu nublado

 

vestido de noiva pendurado numa janela e um gato preto a passar por baixo

 

fotografia de casamento tirada de cima aos noivos a sair da igreja

 

fotografia de padre a segurar a folha do registo civil junto do rosto

Parabéns meninos!

 

Menino conhece Menina é fornecedor seleccionado Simplesmente Branco. Pode encontrar mais informação e contactos detalhados na sua ficha de fornecedor, arquivada em Fotografia.

 

Mónica Aragão

Menino conhece Menina, no You + Us = Fun!

Seja menino conhece menina ou menina conhece menino, é assim que todas as grandes histórias de amor começam e, como todas as grandes histórias de amor, é preciso alguém que as saiba contar como deve ser. No que toca a captar histórias visuais apaixonantes, onde a paixão é o fio condutor, ninguém melhor do que a dupla Menino conhece Menina – estamos a falar do Daniel Monteiro e da Raquel Pratas que, com um ponto de vista fotográfico muito especial, juntam os fios de cada história, unindo-os para desvendar o melhor dos dois mundos. Ele regista o enredo da festa e a interacção entre as pessoas. Ela encontra e captura os mais subtis detalhes do dia.

 

Menino e Menina não sobrevivem separados e juntos adoram fotografar outros meninos e meninas que também não.

 

fotografia a preto e branco dos noivos na pista de dança

 

fotografia tirada de cima aos noivos a saírem da igreja

 

fotografia a preto e branco da noiva a pôr o véu

 

Marquem encontro com estes meninos já no próximo domingo, 22 de Janeiro, no You+Us=Fun edição Porto… e até lá deliciem-se com algumas das histórias de amor fantásticas da dupla Menino conhece Menina, como esta, esta ou esta!

 

Susana Pinto

Alda + Miguel, 2 continentes e uma festa!

E Dezembro chega devagarinho…

Fechamos a semana com a festa da Alda + Miguel, Portugal e Peru juntos a celebrar!

Organizado à distância com a ajuda da família e amigos, o casamento bonito destes doivos foi fotografado pela dupla Menino conhece Menina, na austera e sempre espectacular Pousada de Santa Maria de Bouro, e contou com alguns pormenores bastante inusitados, mas garantidamente com graça.

Atentem nos bons conselhos da Alda: que tal considerar suporte profissional (como um wedding planner) para a véspera e no proóprio dia? É uma excelente ideia, pensem nisso!

Bom fim-de-semana!

 

 

 

 

 

 

Como foi o teu pedido de casamento?

O Miguel convidou-me para ir passar o fim-de-semana a Paris. Tínhamos andado o dia todo a caminhar pela cidade e estávamos a passear junto à Biblioteca Nacional, eu sentei-me nos degraus da escadaria enquanto ele tirava fotografias. A dado momento ele sentou-se nuns degraus mais abaixo, tirou do bolso uma caixinha, abriu-a e fez o pedido! Foi absolutamente inesperado!

 

 

 

 

Que ambiente quiseste criar? Como o fizeste?

A Pousada de Santa Maria do Bouro, por si só, é um espaço especial. Adicionar alguns pormenores como velas e flores foi o suficiente para criar o ambiente romântico mas descontraído que procurávamos.

 

 

 

 

A opção “feito por ti” surgiu porquê?

Somos os dois um bocadinho perfeccionistas. Tínhamos uma ideia muito clara do que queríamos, o que tornava difícil delegar a responsabilidade a terceiros.

Este processo não foi fácil porque implicou viagens constantes entre Londres e o Porto, e uma enorme coordenação do nosso tempo. Mas ter sido feito por nós e por pessoas que nos são tão queridas, tornou o dia particularmente especial.

 

 

 

 

Tiveste ajuda?

Sim. Os meus pais foram incansáveis. E sem a minha irmã e as minhas primas teria tudo sido muito mais difícil e menos memorável.

 

 

 

 

 

O que era o mais importante para ti?

Que o dia do nosso casamento fosse tudo aquilo que tínhamos imaginado, que nos divertíssemos muito, que a festa só acabasse de manhã. E, sobretudo, que os convidados que vieram dos quatro cantos do mundo para celebrar connosco, tivessem uma experiência inesquecível.

 

 

 

 

 

E secundário?

Nada foi secundário. Pensámos em tudo, com o máximo de pormenor.

 

Onde gastaste mais dinheiro?

No espaço e catering.

 

 

 

 

 

Onde gastaste menos?

Nos convites e ofertas aos convidados. Os convites e os puzzles que entregámos de lembrança às crianças foram desenhados por nós, e os saquinhos das ofertas foram feitos pela minha mãe.

 

 

 

 

 

O que foi mais fácil?

A escolha do fotógrafo. Não só porque adoramos o trabalho dos fotógrafos Menino Conhece Menina mas também por serem amigos de longa data, a escolha foi óbvia.

 

 

 

 

 

 

O que foi mais difícil?

O video e o menu. Tal como com o registo fotográfico, tínhamos uma ideia muito clara do estilo de video que queríamos e do resultado que procurávamos. Encontrar uma equipa que estivesse disponível a trabalhar connosco e sair da área de conforto para ir ao encontro do que tínhamos imaginado não foi fácil.

No menu queríamos incluir pratos tradicionais peruanos. Foi um trabalho intenso com a Pousada para encontrarmos os ingredientes correctos (alguns trazidos pelos pais do Miguel directamente do Peru) e acertarmos os sabores para igualarmos em excelência os pratos portugueses. No final o resultado foi fantástico, a julgar pelos comentários dos convidados peruanos.

 

 

 

 

 

O que te deu mais prazer criar?

A peça de teatro. Como a grande maioria dos nossos convidados vinha de fora, queríamos proporcionar-lhes uma experiência única e dar-lhes a conhecer os diferentes espaços maravilhosos da pousada. Convidámos um amigo que tem um companhia de teatro para adaptar uma das peças, e encená-la no nosso casamento. A ideia foi criar uma experiência teatral imersiva, da qual os convidados só se apercebessem no final. Tivemos actores misturados com os convidados, empregados de mesa que levavam convidados em visitas guiadas à pousada e um bombeiro que gerou enorme curiosidade até ao final do jantar, altura em que se deu o último acto que culminou, com a abertura de pista de dança.

As histórias que até hoje vamos ouvindo dos convidados sobre o porquê de termos um bombeiro na cerimónia, ou sobre os trajes estranhos de alguns convidados (actores), são deliciosas.

 

 

 

 

O casamento que planeaste, é a vossa cara, ou foste fazendo cedências pelo caminho?

Naturalmente houve cedências e ideias que se foram sendo abandonadas ao longo do caminho, mas o casamento foi sem dúvida a nossa cara.

 

Um pormenor especial?

Os side-car que nos trouxeram da igreja até à pousada. A ideia surgiu em modo de brincadeira e a minha irmã encontrou uma empresa no Porto que faz passeios pela cidade e que se disponibilizou a fazer a viagem com as motas até ao Bouro, para o casamento.

 

 

 

 

Agora que já aconteceu, mudavas alguma coisa?

Teríamos contratado alguém que fizesse a coordenação/trabalho de bastidores na véspera e dia do casamento, para que não fóssemos nós a preocupar-nos com isso.

 

Algumas words of advice para as próximas noivas?

Se escolherem um local que não se dedica em exclusivo a casamentos ou não os faz habitualmente, certifiquem-se que o coordenador de eventos do espaço vai realmente estar responsável pela coordenação e supervisão dos diversos pormenores no dia do casamento.

 

 

Os nossos fornecedores:

convites e materiais gráficos: conceito e produção pelos noivos, impressão Qualquer Ideia;

local e catering: Pousada de Santa Maria do Bouro;

fato do noivo e acessórios: fato Huntsman Savile Row, sapatos Lotusse, gravata Mrs Bowtie;

vestido de noiva e sapatos: vestido desenho pela noiva e feito numa costureira, sapatos Haity;

anel de noivado: McCaul Goldsmiths;

alianças: MF Ribeiro Jóias;

maquilhagem e cabelos: Nuno Pereira Hair Studio;

flores: Estufas Maia;

fotografia: Menino Conhece Menina;

video: Ctrl N;

luzes, som e Dj: Ricardo Machado Factor Música;

música ao vivo: LatinCuba;

música da igreja: Adlib Quarteto de Cordas;

sidecar: Sideride Tours