Created with Sketch.
Susana Pinto

Um breve balanço

Por estes dias, a maior parte dos sites e plataformas está a partilhar o seu best of, seja de tendências, seja de trabalho realizado, o que é sempre simpático e permite ver por onde se andou, como se cresceu, o que aconteceu, as ideias que atravessaram a blogosfera, etc..

Em jeito de balanço, concluí que o nosso melhor pode ser resumido nas duas revistas que editámos em Junho, sob o auspicioso nome de The Destination: weddings in Portugal / casar em Portugal.

Olho para trás e continuo a achar que são tão bonitas, que estão mesmo bem feitas e que resistem ao tempo, de forma irrepreensível e perfeita – não é isso o nosso melhor?

Pois aqui ficam, para folhear com vagar, ambas!

 

Em inglês:

 

 

 

Em português:

 

 

 

Concordam com a nossa escolha?

 

Mónica Aragão

Auld Lang Syne e um 2016 de mãos dadas

De origem escocesa, a música “Auld Lang Syne” é tradicionalmente cantada na noite de passagem de ano, com as pessoas presentes a formarem um círculo. No início do último verso, cada pessoa cruza os braços sobre o peito, para que a sua mão direita se estenda à pessoa que está do seu lado esquerdo. No final da música, todos se juntam no centro ainda de mãos dadas e ao recuar para formar de novo o círculo, passam por baixo dos seus próprios braços, ficando virados para fora, continuando de mãos dadas.

 

“Auld Lang Syne” significa qualquer coisa como “os dias que passaram” e simboliza precisamente a nostalgia por aquilo que passou, pelo ano que termina… mas também o amor, o carinho, a amizade e a sensação de pertença que vamos levar juntos, de mão dada, para o novo ano que está mesmo a começar.

 

É disto que o futuro, o mundo e a humanidade precisa – mais mãos dadas.

 

 

 

Vamos dar mais as mãos em 2016.

Feliz Ano Novo.

Susana Pinto

Netiqueta? Com certeza!

Hoje vamos falar de etiqueta social digital (soa a música dos velhinhos BAN…!), que bem falta faz: tantas novidades para navegar, quais são as regras a cumprir?

Como em tudo, bom-senso é sempre uma excelente ideia, mas para entrarmos nas especificidades, a simpática Sónia Sapinho, nossa editora no The Destination, criou este impecável e bem humorado vídeo.

O que fazer e o que não fazer com as redes sociais, quando estamos num casamento?

Eis as respostas!

 


 

Susana Pinto

We are The Destination

Quem nos acompanha no Facebook, já se deve ter apercebido da última novidade: andamos a congeminar uma nova revista.

Desta vez, ambicionámos mais e com um propósito claro, estamos a promover o nosso outro projecto, o bonito The Destination, onde mostramos para fora, o melhor que se faz cá dentro.

A melhor forma de o fazermos (e a que fazemos melhor), foi criar 2 revistas digitais, em português do Brasil e em inglês. Temos conteúdos distintos e outros em comum, paginámos mais de 500 páginas e largas centenas de imagens maravilhosas. São 11 artigos no total, entre real weddings, styled shoots e e-sessions, e ainda incluímos uma entrevista à doce e muito talentosa Sílvia Pontes.

 

Deixo-vos as duas bonitas capas: a edição inglesa foi fotografada pela dupla Um dia de Sonho, com styling e flores da Pinga Amor e makeup da Jenny Makeup Land. A brasileira, tem fotografia da dupla Adoro, com os seus noivos Ana+Ricardo.

 

 

 

Mas não são só as capas que são bonitas, fiquem também com um preview do que aí vem. Como sempre, foi a a talentosa Carmen Dias que a desenhou.

 


Segunda feira, mostramos tudo!

Até lá, um óptimo fim de semana!

 

Susana Pinto

Da seriedade ou um 5º aniversário

 

Em 2010, por esta altura, estava em Verona, colada ao meu portátil, à espera do email que confirmasse que estávamos online.

5 anos depois, a viagem continua e parece-me apropriado fazer algum balanço.

Atravessamos a maior crise de sempre, neste ano de 2015 – contra todas as expectativas, que apontariam para que já nos tivéssemos, todos (fornecedores e clientes), ajustado a esta realidade mais frugal, mais contida e de menos abundância, demonstrou-se o contrário: o mercado encolheu subitamente, há muito menos trabalho, há menos consumo e precisamos de repensar o negócio, o preço, o formato, a atitude. Precisamos, todos, de olhar com mais perspectiva, com mais generosidade, com mais profissionalismo (e seriedade), com mais amplitude, de fora, e a longo prazo, se é disto que queremos fazer a nossa vida profissional, por muitos e bons anos.

Parece injusto este solavanco: neste curto intervalo de tempo o mercado floresceu, de forma muito positiva, apareceram muitos e bons talentos, gente criativa, curiosa, irrequieta, competente, projectos com graça e com uma visão positiva e contemporânea, posso dizer com tranquilidade que estamos em pé de igualdade com qualquer parte do mundo (e o Simplesmente Branco tem uma imensa quota parte na abertura deste espaço para que outros pudessem emergir e crescer)… mas fomos de algum modo batidos por uma certa arrogância e vaidade próprias (não foi apenas a crise que nos trouxe até aqui) e teremos que trabalhar muito e bem, para recuperar esse prestígio discreto que deve estar associado a todas estas profissões.

Temos muito em que pensar, diria eu.

 

Mas também temos de celebrar: 5 anos…! Imaginam? Começou com uma ideia e uma boa dose de fé partilhada com 19 clientes (o abraço maior de hoje vai para a Molde Design Weddings, a Sílvia Pontes, a Pinga Amor, a Design Events e a Lounge Fotografia, que acreditaram e se juntaram a nós, quando não havia nada para mostrar, apenas convicção e um site bonitinho), hoje temos cerca de 100, damos trabalho a 4 pessoas e somos a referência no mercado, em termos de gosto, qualidade, postura séria e generosidade. Quase 4 mil posts escritos diariamente (3859, mais exactamente), sem interrupções, mais de 20 mil visitas por mês, uma página do Facebook com mais de 16 mil fãs, 5 revistas digitais relevantes (e mais duas a caminho!) e uma empresa séria, que dá pelo bonito nome (e da qual me orgulho imensamente) de Wise_up Sociedade Unipessoal, Lda., como na música da Amee Mann.

Ufa!

 

Neste momento, escrevo ao som de Ludovico Einaudi, “Reverie”, a música que me leva sempre para sítios felizes e de forma concentrada, mesmo em altura difíceis (e se esta viagem teve disso…!). O melhor do meu dia será sempre um email que chega, de alguém que não conheço, e me diz “obrigado por estar aí” (e tenho recebido alguns, muito, muito bons).

 

É a minha vez, a meio desta ultra-maratona, de vos dizer: “obrigado por estarem aí!”

Tchim tchim!

 

Susana Pinto

You+Us=Fun!: obrigado!

E já foi! No primeiro maravilhoso dia de sol do ano, quente e luminoso, estivemos na Pousada da Cascais com o nosso showcase. Foi um dia longo e bom, cheio de visitas, conversas e contactos frutuosos.

Obrigado a quem ajudou, a quem visitou e a quem participou!

Acompanhem as imagens na nossa página do Facebook e também na página da Pousada de Cascais – Cidadela Historic Hotel & Art District.