Created with Sketch.
Susana Pinto

Susana + Tiago, planos e abraços

E retomamos os casamentos bonitos que fora acontecendo este ano. Hoje trazemos a festa da Susana + Tiago em dose dupla, fotografias e vídeo, do sempre simpático Miguel Ribeiro Fernandes: estes abraços são para lá de doces!

Também peço a vossa atenção para o vestido lindo da noiva – gosto deles mesmo assim, tecido espesso, forma definida e design conciso: foi comprado na Vestidus, melhor loja de Lisboa!
Enjoy!

 

 

 

 

Como foi o teu pedido de casamento?

O Tiago fez o pedido no meu aniversário! Passei o dia com as minhas amigas, que tinham tudo combinado com o Tiago… à tarde levaram-me para a praia onde começámos a namorar, com o pretexto de irmos apanhar sol… achei super normal! Quando estávamos já no bar, o Tiago abraça-me por trás e faz o pedido! Gosto sempre de festejar o meu aniversário, mas naquele ano queria fazer uma coisa pequena, só com o Tiago, os meus pais e um pequeno grupo de amigos, quando dou por mim o Tiago convidou a família toda dele, o que fez com que eu também convidasse a minha e tive um jantar com quase 40 pessoas… Basicamente o jantar com toda a família já estava preparado para anunciarmos a novidade!

 

 

 

Como te organizaste? Por onde começaste, com que antecedência?

5 minutos depois do “Sim”, estávamos ainda a comemorar e o Tiago já estava a ligar para o irmão, que tem uma empresa de animação de casamentos, a pedir dicas sobre quintas, quais as que deviamos visitar, com que antecedência, tipos de comida… foi um noivo muito participativo! Começámos a preparar tudo com cerca de um ano de antecedência.

 

 

 

 

 

Que ambiente quiseste criar? Como o fizeste?

Queriamos um ambiente descontraído e divertido, com apontamentos rusticos e romanticos. A Quinta da Bichinha facilitou-nos muito a preparação do casamento, porque em termos de decoração tinham o que gostávamos e executavam tudo tal como imaginávamos!

 

 

 

 

 

A opção “feito por ti” surgiu porquê?

Trabalhamos os dois na área de organização de eventos, por isso era certo que queriamos ser nós a tratar de tudo! O facto de estarmos habituados a lidar com a pressão dos eventos, datas para termos tudo pronto, organização, etc., fez com que todo o processo fosse muito fácil! A verdade é que no nosso caso não se aplicou a típica frase “organizar um casamento dá tanto trabalho!”, felizmente foi tudo fácil e natural. Claro que o facto de ter um noivo que não deixou tudo em cima da noiva, fez toda a diferença!

 

Tiveste ajuda?

Sim! As minhas madrinhas trataram dos cones para as pétalas, um amigo do Tiago tratou de todo o design e a animação do casamento ficou a cargo da empresa dos irmãos do Tiago, por isso foi menos uma preocupação que tivemos!

 

 

 

 

 

O que era o mais importante para ti?

Em primeiro lugar, o mais importante era que tudo fosse como eu e o Tiago queríamos, apesar das opiniões que pudéssemos ouvir. Além disso, queríamos, com todas as nossas escolhas, proporcionar a todos os nossos convidados um dia inesquecivel!

Outro aspecto fundamental foi o fotógrafo! As fotografias e video são os elementos que nos vão permiti reviver sempre o nosso dia, por isso, para nós, era fundamental ter a pessoa certa a captar todos os momentos. O Miguel foi, sem dúvida, a pessoa ideal!

 

 

 

 

 

E secundário?

O tempo! A Quinta da Bichinha fez uma renovação no espaço interior e ficou tão bonito que já nem nos importávamos se a cerimónia civil fosse lá dentro, caso chovesse!

 

Onde gastaste mais dinheiro?

Na quinta.

 

 

 

 

 

Onde gastaste menos?

No material gráfico.

 

O que foi mais fácil?

A escolha do local.

 

 

 

 

 

O que foi mais difícil?

A escolha do fotógrafo, tendo em conta a importância que tinha para nós, foi o que nos tomou mais tempo de pesquisa.

Como eu e o Tiago somos uns pés de chumbo, na véspera do casamento ainda não tínhamos escolhido a musica para a primeira dança! Felizmente não perdemos muito tempo com isso… a dança só durou 30 segundos e a pista já estava aberta há muito tempo!

 

 

 

 

O que te deu mais prazer criar?

Tudo! Adoro o mundo dos casamentos e foi um prazer estar um ano a preparar o nosso.

 

O casamento que planeaste, é a vossa cara, ou foste fazendo cedências pelo caminho?

De modo natural, deixámos cair algumas ideias que tínhamos inicialmente, mas o nosso dia foi completamente a nossa cara!

 

 

 

Um pormenor especial?

A menina das alianças foi a Avó do Tiago… uma senhora de 91 anos, muito amorosa e animada, que viveu aquele momento da forma mais feliz que se possa imaginar!

 

Agora que já aconteceu, mudavas alguma coisa?

Tinha cortado as fitas do vestido, que serviam para prender no cabide e tinha feito o lançamento do bouquet do modo tradicional! Fora isso, não mudávamos nada!

 

 

 

Algumas words of advice para as próximas noivas?

O dia é vosso, por isso façam tudo o que vos fizer felizes, mesmo que isso não seja o que os outros estão à espera!

 

E terminamos com o vídeo:

 

 

 

Os nossos fornecedores:

 

convites e materiais gráficos: Fábio Santos

local, catering e bolo: Quinta da Bichinha

fato do noivo e acessórios: Sacoor

vestido de noiva e sapatos: vestido da Vestidus e sapatos Aldo

maquilhagem e cabelos: Sara Afonso

flores e lembranças para os convidados: Amor e Lima

fotografia e vídeo: Miguel Ribeiro Fernandes

luzes, som e Dj: MC Eventos

 

Mónica Aragão

Vestidus, um fornecedor Simplesmente Branco

Vestidus abriu ao público em Maio de 2008 e, com o contributo das ideias, sugestões, histórias e sonhos das clientes, cresceu, evoluiu e descobriu qual o seu lugar no mundo da moda nupcial e de cerimónia.

 

O lugar da Vestidus é perto de si. Querem ajudá-la a concretizar o seu sonho e a desfrutar ao máximo de momentos únicos e irrepetíveis. Querem ajudá-la a ultrapassar a ansiedade das escolhas e a gozar o prazer das descobertas. Não existem duas pessoas iguais, duas mulheres iguais, duas noivas iguais. Existe, sim, o seu vestido de noiva, os seus acessórios, o seu estilo.

 

 

 

Consulte a sua ficha de fornecedor e depois visite a Vestidus Atelier e descubra a noiva que há em si!

 

Mónica Aragão

A Vestidus sugere: 6 passos para escolher os sapatos de noiva

O que lhe vem à cabeça quando pensa no seu casamento? O seu vestido lindo, a quinta que escolheu, uma cerimónia perfeita na companhia dos seus convidados, a família e os amigos que mais adora, uma decoração fabulosa, as flores, a vossa primeira dança, a música. E nos sapatos de noiva? Já pensou?

 

Algumas noivas pensam que ninguém vai olhar para os seus sapatos. Podemos assegurar que essa ideia não pode estar mais longe da verdade. As pessoas reparam em todos os detalhes no que diz respeito à noiva, desde o vestido ao que levam calçado, das flores aos acessórios que escolheram para embelezar o penteado. Não vai querer que os sapatos comprometam a grande entrada na cerimónia ou até mesmo algumas das fotografias, pois não?!

 

Quando agendamos a primeira prova do vestido com as noivas, recordamos que deverão trazer os sapatos, para podermos começar a elaborar os ajustes, nomeadamente as bainhas. Sentimos que, na maioria das vezes, a escolha dos sapatos é algo apressada, feita no último minuto, para gastar o mínimo possível. Assim sendo, é muito fácil fazer uma escolha de calçado infeliz para um dia que se quer feliz, da cabeça aos pés!

 

O que deverá então ter em mente quando escolhe os seus sapatos de noiva?

  1. Conforto acima de tudo.

Lembre-se, vai usá-los todo o dia, bem cedo (antes de a cerimónia começar), até ao fim da noite. Regra geral, os sapatos de noiva são criados com um apoio extra na planta do pé, para maior suporte e conforto durante o dia do casamento. São diferentes dos modelos habituais que encontramos em qualquer sapataria. Não cometa o erro de comprar sapatos baratos, de qualidade inferior. Sorrir para as fotografias será bem mais difícil se escolher o modelo errado.

 

  1. Deixe a sua personalidade brilhar.

Sapatos na cor do vestido não são obrigatórios. Assim como não é obrigatório levar sapatos de salto alto só porque alguém lhe sugeriu que fica mais elegante. Não há nada menos elegante do que ver alguém a tentar equilibrar-se nuns sapatos com os quais não se identifica e que simplesmente não foram feitos para serem confortáveis. Seja verdadeira consigo mesma e com o seu estilo. Há opções lindas de modelos de sabrinas e sandálias se não se sente bem com saltos altos.

 

  1. Use-os antes do casamento. Sim, antes!

Imagine o dia do seu casamento. Uma cerimónia magnífica, os convidados à sua espera, o noivo ansioso por dizer “Sim, aceito!”. E você? Na verdade, não lhe sai da cabeça apenas um e só um pensamento: “Quando é que eu vou poder tirar estes sapatos desconfortáveis?!”. Por isso, já sabe: use os sapatos de noiva antes do dia, em casa quando estiver no computador ou a ver televisão, no escritório quando estiver sentada à secretária. O importante é que se moldam ao seu pé e percam a resistência natural de um sapato novo. Existem também produtos no mercado que ajudam a amaciar os sapatos e a torná-los mais confortáveis de usar.

 

  1. Veja os sapatos como um investimento. Pode usá-los novamente.

Ao contrário do vestido, pode usar os sapatos de noiva depois do casamento. Encontrar o equilíbrio perfeito entre preço, estilo, conforto e funcionalidade não é fácil mas, como os sapatos podem ser usados novamente, valerá a pena investir um pouco mais de tempo e dinheiro na sua escolha.

 

  1. Traga os sapatos à prova do vestido.

É importante que a bainha do vestido fique alinhada com a altura do sapato, para que não fique demasiado curto (dando a ideia que o vestido não seria o mais indicado para a sua altura) ou demasiado comprido (comprometendo o andar em segurança). A última coisa que vai querer é pisar o vestido enquanto anda. O mesmo aplica-se se está a pensar em trocar de sapatos durante a festa. Certifique-se que o salto do sapato do plano B é da mesma altura do sapato que foi usado para a marcação das bainhas. Se levar um sapato de salto mais baixo, o vestido ficará demasiado comprido e não poderá andar sem o pisar. Por isso, fica a sugestão: esqueça o plano B e invista nuns sapatos que possa usar todo o dia.

 

  1. Não se esqueça dos seus pés.

Mime-se, planeie uma visita ao seu SPA preferido ou faça em casa, mas não deixe de fazer uma pedicure. Para além de cuidar dos calcanhares, de calosidades e outros problemas que poderão comprometer o seu conforto, vai agradecer ter embelezado os seus pés, principalmente se usar sandálias ou outro tipo de calçado mais aberto. Mesmo se escolher um sapato fechado, vai querer ter uns pés perfeitos para a lua-de-mel.

 

Vestidus é fornecedora seleccionada Simplesmente Branco. Podem encontrar mais informação e contactos detalhados na sua ficha de fornecedor, arquivada em Vestidos de Noiva.

 

Mónica Aragão

A Vestidus convida: apresentação da Colecção Noivas 2017 de Eddy K

É já nos próximos dias 7, 8 e 9 de Julho que a Vestidus vai abrir as portas do seu atelier para a apresentação da colecção Noiva 2017 da marca italiana Eddy K. As noivas que quiserem experimentar estes vestidos magníficos em primeiro mão, terão de agendar a sua visita, sendo que as marcações poderão ser efectuadas para qualquer um dos dias, entre as 9h00 e as 17h00. Até lá, têm aqui uma bela amostra daquilo que vos espera!

 

 

 

 

Querem ver mais? Contactem a Sara Silva da Vestidus através do telefone 964 186 367 ou por email e reservem já o vosso lugar!

 

Mónica Aragão

A Vestidus sugere: 5 acessórios para o dia do casamento

Depois da escolha do vestido, é importante começar a pensar nos pequenos detalhes, aqueles que vão complementar o look da noiva: os acessórios! São essenciais mas atenção, na hora de escolher por entre as várias combinações de acessórios possíveis, menos é mais!

 

  1. Véu

Curto, comprido ou médio, o véu é um acessório com presença, por isso, assegure-se que está bem preso ao cabelo. Para evitar que este se solte logo no primeiro passo de dança, peça ao cabeleireiro que a vai pentear nesse dia para afixar o véu. O protocolo indica que não deve tirar o véu até ao final da refeição, embora ninguém leve a mal se o fizer antes de se sentar à mesa. Se não gostar de se ver de véu, está cada vez mais na moda substituir o véu por uma mantilha. Se, por sorte, a sua família conservar uma antiga, aproveite para a incorporar no seu look! Tenha apenas em conta uma coisa: não irá tapar o rosto com a mantilha, uma vez que este acessório não foi feito para isso.

 

  1. Bouquet

O bouquet deve ser escolhido de acordo com o vestido da noiva – tanto a cor, como o desenho e o tamanho, devem estar em harmonia com o look total. O mesmo aplica-se a acessórios florais para o cabelo, como as populares coroas de flores, por exemplo. Aconselhe-se com os profissionais de cada área, a fim de escolher o bouquet que melhor combina com o vestido e a altura do ano em que vai casar.

 

  1. Lingerie

É essencial que a lingerie escolhida seja provada com o vestido de noiva, para ver como fica e para verificar se é necessário algum ajuste adicional no peito. Se optar por lingerie de renda e o vestido for justo, evite que esta tenha muito relevo. Escolha uma roupa interior cómoda e, no caso de ter armação, certifique-se que se sinta confortável: vai usá-la durante muitas horas! Muitos modelos de vestidos de noiva já têm soutien/corpete incorporado. Nesse caso, levar um soutien adicional não será necessário, para além de se tornar desconfortável. Aconselhe-se junto das assessoras de imagem da loja onde adquiriu o vestido, sobre a lingerie ideal para usar com o modelo que escolheu.

 

  1. Jóias

Pense para além dos brincos. Colares a cair sobre umas costas decotadas ficam lindíssimos, assim como pulseiras leves num vestido fluido de inspiração boho-chique. Deixe as jóias exuberantes e demasiado grandes em casa, uma vez que roubarão protagonismo ao vestido. A máxima que deve guiar a noiva é a da simplicidade e do bom senso: pode levar o anel de noivado, mas esqueça o relógio em casa.

 

 

  1. Sapatos

Podem perfeitamente ser um acessório diferenciador no look da noiva mas, na hora de escolher os sapatos, o objectivo é que sejam o mais cómodos possíveis, porque o dia vai ser longo e movimentado! O ideal é um sapato com um salto médio, sobretudo se tiver pouco habituada a andar de salto alto ou se o noivo é baixinho. Se levar meias, não se esqueça de levar um par extra – noiva prevenida vale por duas!

 

E é precisamente sapatos de noiva e a sua importância no grande dia, o tema que a Vestidus nos vai trazer já na próxima semana!

 

Mónica Aragão

A Vestidus responde: 5 perguntas a fazer antes de escolher o vestido de noiva

Se está noiva e iniciou agora os preparativos para o casamento, parabéns! É, sem dúvida, uma época muito especial, mas passa num ápice com tantas decisões a tomar e detalhes a ultimar. E é normal que surjam dúvidas, uma das quais naturalmente relacionada com a escolha do vestido de noiva. Nesse sentido, e para dar uma ajuda preciosa e assegurar que este momento seja vivido de forma tranquila, a Vestidus responde a 5 das questões mais frequentes colocadas pelas noivas na hora de escolher o seu vestido.

 

  1. Por onde começo?

Boa pergunta! A forma mais simples e acessível de pesquisar vestidos de noiva é na Internet. Na hora de começar a planear o casamento, a maioria das noivas vai para o computador em busca das últimas novidades e tendências em casamentos. Adicionalmente, e para que as noivas possam ficar por dentro do que está em alta no mundo dos casamentos, a Vestidus também sugere a visita a eventos de casamentos e, claro, a consulta de revistas de noivas.

 

 

  1. Com quanto tempo de antecedência devo escolher o meu vestido de noiva?

As colecções de vestidos de noiva saem aproximadamente em Setembro do ano anterior à temporada o que, segundo a Vestidus, é a melhor data para começar a procurar. Os vestidos podem demorar, em média, entre 4 a 6 meses a serem entregues, pelo que a visita para escolher o vestido de noiva deve ser efectuada cerca de 8 a 9 meses antes da data do casamento.

 

  1. Quantas lojas devo visitar?

Não existe um número certo de lojas para visitar. A Vestidus sugere que comece por aquelas que já conhece ou então peça referências às amigas. Marque visitas nas lojas que mais gosta e que realmente lhe interessam. Não invista tempo em lojas onde à partida já sabe que não encontrará o seu vestido de sonho. Lembre-se que os vestidos de noiva são um pouco como os perfumes… se experimentar muitos de uma só vez pode ficar “confusa”, portanto, experimente, tome notas, reflicta e deixe passar algum tempo antes de repetir…

 

 

  1. Quem deve ir comigo às lojas?

A Vestidus recomenda três pessoas no máximo: mãe, irmã, amigas ou até mesmo a sua wedding planner. Mas… tenha cuidado com as opiniões alheias! Lembre-se que quem tem que se apaixonar perdidamente pelo vestido é você! Muitas opiniões poderão servir apenas para confundir. Acima de tudo, o vestido tem que ser a sua cara e, às vezes, o que é bonito para uma amiga pode não ser para si!

 

  1. Como saberei se é o modelo adequado ao meu corpo?

Ouvimos muitas vezes dizer: “Quando vestir o vestido logo saberá se é ou não o seu”. O chamado “clique”. Falso! Algumas noivas vêem um vestido na montra e já sabem que é o seu vestido, outras precisam de o provar mais de cinco vezes para terem a certeza, outras necessitam pensar dois, três ou sete dias para terem clara a decisão. Não existem mulheres iguais, não existem noivas iguais, não existem casamentos iguais. Portanto, confie no seu próprio critério, nos profissionais que escolheu para a acompanhar e escute os conselhos de pessoas experientes.

 

A Vestidus, que dedica a sua vida profissional às noivas, deseja, mais do que ninguém, que a noiva esteja deslumbrante no dia do seu casamento. E, nesse sentido, para a semana há mais, vamos falar de acessórios para o grande dia!

 

Vestidus é fornecedor seleccionado Simplesmente Branco. Podem encontrar mais informação e contactos detalhados na sua ficha de fornecedor, arquivada em Vestidos de Noiva.

 

 

Mónica Aragão

Convite exclusivo, por Vestidus

A Vestidus foi convidada para ter, em exclusivo, no seu atelier de Lisboa, duas das marcas de noiva mais aclamadas internacionalmente: a Maggie Sottero e a Sottero & Midgley. Se, por um lado, os vestidos Maggie Sottero foram pensados para a noiva clássica e romântica, numa fusão de silhuetas intemporais e modernas; por outro, os modelos Sottero & Midgley, mais contemporâneos e sofisticados, foram pensados para uma noiva mais arrojada, que adora moda e procura fugir ao vestido tradicional.

 

E agora é a vez da Vestidus fazer um convite exclusivo: nos próximos dias 25, 26 e 27 de Maio vai decorrer uma apresentação da colecção 2017 destas duas marcas, antes da sua chegada oficial em Setembro próximo, para todas as noivas que queiram conhecer estes vestidos maravilhosos bem de perto.

 

 

 

 

 

 

 

 

A apresentação é por marcação e limitada a um número exclusivo de convidadas, por isso, façam já a reserva do vosso lugar, contactando a Vestidus por email.

 

Um convite exclusivo e imperdível…