Wise_up Weddings

10 Comentários

Working together is good!

 

“Working together is good” é um dos lemas de trabalho aqui no Simplesmente Branco, e no passado dia 11 tivemos a oportunidade de comprovar este realidade no terreno!

A Lounge Fotografia, Fotografia de Casamentos, Pinga Amor, Design com Texto e Wise_up Weddings estiveram a trabalhar numa produção fotográfica em grande estilo, que vos iremos mostrar ao longo das próximas semanas, por isso, stay tunned, que vale bem a pena!

3 Comentários

Sintonia Perfeita!

 

 

 

 

Álbum feito à mão, pelas mãos da Elisa Arnaud, acompanhado do convite Victorian Delicious, da Wise_up Weddings, fotografado na Design com Texto, em Vila do Conde (onde ambos podem ser encomendados)…

Feitos um para o outro, não vos parece? Eu diria ainda mais, “great minds think alike”, tal a sintonia!

0 Comentários

“Simplesmente Branco é…”

 

…estilo!

 

Arquivo My Vintage Vogue, sugestão da Wise_up Weddings, um fornecedor Simplesmente Branco.

 

0 Comentários

“Simplesmente Branco é…”

 

…doçura!

Uma sugestão da Wise_up Weddings, um fornecedor Simplesmente Branco. Imagem de Stealing Hearts.

0 Comentários

Ofertas para o Outono que está a chegar

O outono começa a instalar-se (porque já chegou…!) e o fresco ao fim da tarde já substitui a brisa morna de há umas semanas atrás…

Inspirada por isso, a sugestão da Wise_up Weddings para a rúbrica Ideias Prontas desta semana são potinhos de compota para aconchegar os convidados no fim da festa.


 

Materiais necessários:

. uma bela compota (um ou vários sabores), de preferência caseira

. frasquinhos pequenos ou, como usámos aqui, copinhos de shots

. tecidos e fitas sortidas

. elásticos e celofane

 

 

Faça um molde redondo em papel e use-o para recortar os círculos de tecido. Certifique-se que sobram uns 3 cm para além do bordo do frasco.

Corte “bolachas” suficientes para os vários frascos, e ainda algumas suplentes, para o caso de se sujarem. Pode usar uma tesoura normal ou uma tesoura de zig-zag.



Encha os seus copinhos de doce. Limpe cuidadosamente o bordo interior e exterior.

Se usar frascos sem tampa, recorte uma rodela de celofane, para que o doce fique bem tapado…!



Coloque o celofane e o tecido e prenda com um elástico.


 

Termine com o acabamento que entender – uma fita de cetim, ou fio de rolinho, com contas na ponta. Basta dar dois nós ou um laço apertado, porque é o elástico que está a prender o tecido.

Não se esqueça de juntar uma etiqueta com palavras doces… é o mais importante!

 

 

Para uma graça adicional, escolha uma receita saborosa de família, ou peça ajuda a uma tia prendada, para uma tarde de frascos, frutas e açúcar, com os sabores que mais gostar.

Escolhi este copinhos de “shots”, pelo seu feitio, mas pode optar por frascos com tampa de rosca ou de cortiça, disponíveis em lojas da especialidade, como o Depósito da Marinha Grande.


Usei um tecido campestre (uma cambraia de algodão) a combinar com o doce de franboesa, mas também sugiro este azul de riscas(tipo camisa) para um ar mais formal, ou um linho branco, que tingi com chá preto, para obter este tom marfim envelhecido…


Brinque com fitas de várias larguras e texturas, cetim, organza, renda, guita ou lã, e que façam contraste ou mantenham o tom.


Para terminar, junte uma etiqueta com palavras doces e, se quiser, uma caixinha com tostas ou bolachinhas de água e sal.


Voilá…! Sucesso garantido!


A Wise_up Weddings é um fornecedor seleccionado (Convites e Álbuns) do Simplesmente Branco.



9 Comentários

Dora e Ricardo, Party time!


Hoje temos para vos mostrar o casamento da Dora (a nossa querida consultora da Blossom, para quem eu fiz o convite e restantes materiais gráficos) com o Ricardo, celebrado em Junho, na Penha Longa.



Como foi o teu pedido de casamento?

Foi um acordo amigável… e um ano e meio antes, ficou a data decidida!


Como te organizaste? Por onde começaste, com que antecedência?

Um ano e meio antes começámos a pensar e decidimos a data. Fizemos uma lista de convidados muito reduzida e pensámos logo que iria ser um fim de semana num monte alentejano com amigos…

Informámos os pais e os amigos com um ano de antecedência.

Eu queria um vestido curto, ele queria uma coisa descontraída também. Oito meses antes decidi ir ver um vestido… só para ter uma ideia. Dois dias depois fui fazer uma prova e o quarto vestido foi o eleito. Não precisei de ir a mais nenhum sítio…


Que ambiente quiseste criar? Como o fizeste?

Com a escolha deste vestido, os planos mudaram. Era um vestido que de campestre não tinha nada e abandonámos a ideia do monte alentejano. Começamos a ver alternativas na zona de Lisboa e assim que fomos à Penha Longa, ficou logo decidido.




Tiveste ajuda?

Contei com a ajuda preciosa da minha mãe para algumas escolhas e foi a única pessoa que me viu com o vestido, antes do dia.


O que era o mais importante para ti?

Que o meu noivo e eu estivéssemos felizes e que a família e os amigos se divertissem… e claro, que fosse inesquecível para todos, mas principalmente para nós!


 


Onde gastaste mais dinheiro?

No local… não porque fosse especialmente caro, mas reunia uma série de condições que outros sítios não tinham e era LINDO!! O serviço foi irrepreensível!


Onde gastaste menos?

Nas ofertas para os convidados! Segui o conselho da Susana e comprámos amêndoas… que a maior parte das pessoas nem viu… mas elas estavam lá, lindas, dentro de umas taças um bocadinho lamechas, em forma de cisne…!


 


O que foi mais fácil?

Deixar que a Penha Longa cuidasse da organização no local e do catering!


O que foi mais difícil?

O que poderia ter sido difícil acabou por não ser. Entregámos os convites, marcámos a data na Penha Longa e, só depois é que fomos ao Registo Civil… Para o dia 5 de Junho já estavam marcados na zona, 3 casamentos! Tivemos a sorte de ter encontrado pessoas muito simpáticas no Registo Civil de Sintra, que não se importaram de “encaixar” o quarto casamento do dia, para o dia que pedimos.


O que te deu mais prazer criar?

A lista de músicas para a festa. Pedimos ajuda aos amigos e quase todos contribuíram.


 


O casamento que planeaste, é a vossa cara, ou foste fazendo cedências pelo caminho?

Foi tudo como nós imaginámos, ou melhor!

A única cedência que fizemos foi trocar o monte no Alentejo pelo mosteiro em Sintra, na Penha Longa… mas teve mesmo que ser… assim ditava o vestido e os saltos de 12 cm que decidi usar! E não podia ter sido uma cedência melhor…


Um pormenor especial?

Quando cheguei ao jardim onde se ia realizar a cerimónia estava um vento terrível, os convidados estavam cheios de frio e não havia penteado que aguentasse… achei que ia chover. Assim que casámos apareceu o sol… é um detalhe, eu sei, e até pode parecer piroso, mas aconteceu e reparámos e, para nós teve muita graça!


 

 


Agora que já aconteceu, mudavas alguma coisa?

A única coisa que nos deixou tristes foi que não tivessem passado mais de 70% da lista de músicas que escolhemos com tanta dedicação!! Também teria engomado a gravata do noivo antes da festa…! Foi um pormenor que me escapou… e pelos vistos a toda a gente! Mas eu vi!!



Algumas words of advice para as próximas noivas?

Aproveitem bem todos os momentos em que estão a planear o vosso casamento! Guardem tudo e tirem muitas fotografias! Comprem um caderno para fazer colagens! Divirtam-se o mais que puderem no dia e contratem os nossos fotógrafos!



Os nossos fornecedores:

Convites e materiais gráficos: Wise_Up Weddings, Lisboa

Local, catering, noite de núpcias: Penha Longa Hotel Spa & Golf Resort, Sintra

Fato do noivo e acessórios: Rosa e Teixeira, Lisboa

Vestido de noiva e sapatos: Rosa Clará, Lisboa

Anel de noivado, alianças e brincos: Joalharia do Carmo, Chiado

Travessa para o cabelo: Nardo Retrosaria na Rua da Conceição, Lisboa

Maquilhagem: Rita Fialho

Cabelos: Susana Bravo – Metro Studio, Chiado

Flores: Martins Alves

Fitas para o bouquet: Luís Fernandes Retroseiros, Rua da Conceição

Lembranças para os convidados: Amêndoas na Garrafeira Manuel Tavares, Praça da Figueira, Lisboa

Decoração extra: Molduras e suportes para as amêndoas (Zara Home)

Fotografia: Ido Photojournalism

Luzes, som e Dj – Damos Música


Eu acho que “Party on” resume bem este dia…! O vestido e os sapatos são gorgeous, o cabelo com a travessa, perfeito, ou não seria a Dora a nossa stylist favorita, e a amiga do cabelo tufado… digam lá se não está absolutamente fantástico…?