Created with Sketch.
Cristiana Simoes

À conversa com a Pajarita… “A diferença está nos pormenores, nomeadamente no estacionário”

Para mim, a atenção ao detalhe é crucial para o sucesso de qualquer evento, onde cada pormenor é estrategicamente pensado e personalizado, tornando assim cada celebração única, ao refletir a personalidade de cada um.

Num casamento, a escolha de um fornecedor é extremamente importante, porque é nele em quem vamos depositar a confiança e o sucesso para o grande dia. Assim, hoje quero falar-vos da sinestesia do estacionário através d’A Pajarita, brilhantemente pensada por Alexandra Barbosa e sua equipa.

Antes de mais, é importante esclareceremos algumas conceitos como “sinestesia”. Sinestesia é “a produção de duas ou mais sensações sob a influência de uma só impressão. Estas sensações podem ser opostas ou simplesmente diferentes, como por exemplo quando um cheiro nos evoca uma memória ou um som gera uma imagem na nossa cabeça – algo evoca outra coisa, de forma distinta.

E para lhe oferecer um exemplo bem concreto do que “sinestesia” é, sentei-me à conversa com a Alexandra para perceber a importância do seu trabalho, recordando um estacionário brilhante que realizou para um casamento.

“Sabe a liberdade, sente-se a fluidez do passar do tempo e ouve-se a vegetação sussurrar com a brisa”

Simplesmente Branco: Como se baseia para a criação de um conceito para o estacionário?

Alexandra: Recentemente realizei um trabalho para o casamento de um casal muito simpático e com muito bom gosto, a Andreia e o Frederico. Reunimo-nos e, em conversa, evidenciaram o gosto pela natureza e tornou-se evidente que era este o caminho a seguir.

SB: Os noivos, para além do conceito, escolheram também os materiais?

A: Quando nos sentámos a discutir ideias, percebi que gostavam do papel manual e, muito importante, estavam abertos a sugestões. Neste processo, proporcionaram-me a liberdade de criar uma imagem que os caracterizasse: um imagem leve e fresca, inspirada na natureza.

Assim, o estacionário de casamento que criei para a Andreia e Frederico remete-me para um passeio primaveril por campos e prados, sentindo uma brisa suave no rosto. Sabe a liberdade, sente-se a fluidez do passar do tempo e ouve-se a vegetação sussurrar com a brisa. É essencialmente um estacionário que desperta os sentidos.

SB: Fale-nos, em particular, dos convites de casamento…

A: Exaltar os sentidos é uma intenção (e ação) muito presente no meu trabalho. Com base nesta premissa, o convite de casamento  ganhou corpo através da combinação de papéis, com o envelope em papel fine art e o convite e cartão de detalhes em papel manual 100% algodão. No anúncio do dia mais bonito das suas vidas, o tato não ficou indiferente a estas texturas e densidades distintas. 

SB: Em que se inspirou para a criação deste estacionário?

A: A imagem que criei é fluida, como uma paisagem campestre que cede e ondula ao sabor do vento, fresca e cheia de movimento. A caligrafia transmite e eleva a personalidade e o espírito leve dos noivos. Fiel ao que define um estacionário de casamento, ou seja, um conjunto de materiais gráficos que obedece à mesma linha gráfica, os convites criados para os padrinhos mantêm também o espírito, cores e conceito.

“Exalta os sentidos é uma intenção (e ação) muito presente no meu trabalho”

“… faz pensar nos primeiros dias de primavera e nos passeios frescos pelo campo…”

SB: Para além do convite, houve cartas certo?

A: Sim. Este casal, num gesto muito doce e emocional, preparou um conjunto de cartas destinadas às pessoas cuja importância é primordial na sua vida. Para estes objetos memoráveis e tão relevantes, escolhi papel manual, com uma certa espessura que lhe deu um corpo físico, individual e pessoal, e folha de ouro a rematar o rebordo. Com esta materialização rica, demos casa às palavras generosamente partilhadas, permitindo assim a sua revisitação. É um bonito gesto de amor e gratidão para quem sempre esteve ao nosso lado, não concordas?

SB: Como é que a Alexandra criou o missal?

A: A abordagem ao missal, que guia e orienta os presentes pela cerimónia, também seguiu o conceito natural e leve que determinámos para o estacionário de casamento. Mantivemos as cores claras e primaveris, com muitas aguarelas e a encadernação foi feito com uma fita leve de um tom de rosa translúcido, como as nuvens ao nascer do dia. Aqui, as referências à natureza centram-se  nas suas personagens principais – o casal.

SB: E o estacionário presente no momento do copo de água?

A: Mantendo a consistência do estacionário de casamento, através das cores e conceito, criei as restantes peças para o copo-d’água. Esta festa, glamorosa e elegante, pedia um conjunto alargado de peças em papel, complementadas pela decoração floral e o design das mesas e do ambiente. Neste contexto, criei o seating plan, os marcadores de mesa, as ementas e os marcadores de lugar, sempre com a mesma linguagem que estipulámos a partir do convite de casamento: um conceito leve, natural e primaveril, que apela aos sentidos e os agita num frémito, como a brisa que passa pelo campo. Terminado e entregue, este é um trabalho que, a cada vez que o revejo, me inspira e faz pensar nos primeiros dias de primavera e nos passeios frescos pelo campo que desponta..

Eu fico-me por aqui e com esta inspiração, que nos faz desejar a primavera e aquele sentimento de liberdade que tanto a caracteriza. Mas se deseja ver mais trabalhos d’A Pajarita, de Alexandra Barbosa, convido-vos a visitar o seu website ou Instagram oficial.

Um abraço e até breve!

Créditos das fotografias:

Estacionário: A PAJARITAFotografias: The Story TellersEspaço: Aqueduto 

Ana Apolinario

Featured * Ode à Primavera by A Pajarita

Trago-vos hoje uma história. Uma narrativa “de uma simplicidade singela, sem artifícios, resiliente” que, desta vez, não é minha. Porque se, geralmente, são minhas as palavras e “enredos” que enquadram o que de belo e inspirador aqui recebemos para depois publicarmos, após ler a Ode à Primavera escrita a quatro mãos pela Diretora Criativa d’A Pajarita, Alexandra Barbosa e a nossa querida Susana Esteves Pinto… que mais poderei eu acrescentar? É que é tão isto que nos sugere esta sessão de inspiração planeada pela A Pajarita, (estacionário, flores e styling), com fotografia de Hugo Esteves Photography e vídeo de André Alves Films: “o desejo de viver uma história na sua essência, focada no cerne de uma relação, no amor”, que emerge da ansia por uma normalidade, “que tarda, mas que nos remete para a essência do mundo, para o que realmente tem valor e importância”.

 

Convido-vos, por isso, a “ouvirem” com atenção esta bonita história, “que não é habitada” e que “alimenta e desperta os sentidos, encorajando a vontade de sonhar”, aproveitando a capacidade que a leitura nos oferece de adentrar noutros mundos e deixando-se impregnar pelo magnetismo das imagens que a descrevem.

 

casamento a pajarita

Na esperança dos dias bonitos

“Tomado pelo passar do tempo, onde o silêncio é apenas interrompido pelos sons da natureza e pelo compasso humano, assinalado pelas badaladas do sino da torre”, o Albergue dos Peregrinos, no Mosteiro de Vairão foi o espaço escolhido para o arranque desta história, incitada pelo “desejo quase secreto dos dias felizes e livres” e preparada cuidadosamente, “num processo criativo conduzido pela emoção, pela cor e pela esperança, em busca do belo no seu estado mais puro: um imaginário onde tudo brilha em plena liberdade”.

Aqui nasce a história suspensa no tempo, pronta para ser acordada de um longo e sereno sono.

Albergue dos Peregrinos, Mosteiro de Vairão Albergue dos Peregrinos, Mosteiro de Vairão Albergue dos Peregrinos, Mosteiro de Vairão Albergue dos Peregrinos, Mosteiro de Vairão

Sintam-se convidados

Neste história que queremos que vos sirva de inspiração para a celebração do vosso casamento, não podia faltar o convite, ora não estivéssemos a partilhar uma criação d’A Pajarita, neste caso “cheio de referências pessoais e simbólicas”, privilegiando o tempo e “o saber fazer manual”. Um trabalho artístico  pintado a aguarela, sobre papel feito à mão, muito orgânico, com textura e imperfeições. Porque neste mundo de imperfeições, também o amor é perfeito na sua imperfeição.

 

convite de casamento a pajarita convite de casamento a pajarita convite de casamento a pajarita

Flores que “primaveram”

Nesta inspiração as flores sazonais misturam-se com espécies secas, frutas e folhas de alface e brócolos, de forma orgânica, construindo uma paleta cromática natural e viva. “Como se tudo fosse colhido aleatoriamente do quintal da família, pela sua beleza intrínseca”.

 

arranjo floral bouquet de flores

ramos de flores

À mesa

E à mesa regressam as tradições da família. “Sobre uma toalha feita de memórias, os pratos e os copos da Mãe misturam-se com talheres e guardanapos mais contemporâneos. As frutas, vegetais e flores combinam as suas formas, texturas e cores numa estranha e segura beleza, cheia de significado e memórias dos que estão sempre presentes em nós”.

 

à mesa ode à primavera flores à mesa ode à primavera à mesa ode à primavera à mesa ode à primavera à mesa ode à primavera

«Só pra dizer que te Amo»

A narrativa termina na grande promessa. Nas palavras de amor, que às vezes de tão fáceis, são tão difíceis de dizer, e que nesta sessão de inspiração são simbolicamente interpretadas e pintadas, “unindo a essência de duas pessoas e preservando a sua individualidade”.

 Unos, somos dois.

Albergue dos Peregrinos, Mosteiro de Vairão

votos de casamento a pajarita votos de casamento a pajarita

Espero que tenham gostado tanto como nós desta narrativa e inspiração, que mais do que vos guiar no caminho do vosso sonho pretende ser um incentivo à esperança. Uma ode ao “regresso aos dias bonitos” e, sobretudo, livres, que permitam traduzir em realidade tudo aquilo que vocês mais desejam.

 

 

Até breve!

Ana Apolinario

«O que queres, então, de mim? Porque, sim, eu dou-te!»

Não estamos em típica época de balanços, no fim ou início de algum período, mas o inesperado também faz parte da vida e, hoje, apeteceu-me ser imprevisível. Porque escrever é também reescrever, avançar e recuar, e, sobretudo, observar, para a partir daí podermos inspirar os outros, no melhor que sabemos e ao lado, também, de quem mais sabe. E se há algo que eu gosto e não prescindo de fazer é analisar o que vocês, aí desse lado, leem e preferem. E faço-o regularmente, especialmente neste enorme mundo de inspiração que é o Simplesmente Branco, projeto que, como vocês sabem, é herdado, e que sempre acompanhei, mas que constitui, ainda hoje, uma descoberta boa, apesar de viver nele há alguns meses.

 

Ora bem, então onde quero chegar? Hoje apeteceu-me partilhar o resultado desta minha atenção às vossas preferências, reunindo neste post os 5 artigos de inspiração do Simplesmente Branco mais lidos desde janeiro de 2020 e lançando, simultaneamente, o desafio de me dizerem o que gostariam de ver abordado de futuro. Porque são métricas as quais me falam e que hoje aqui espelho, mas são as palavras que inspiram e que melhor acertam. Sobretudo, as vossas.

Através do poder das vossas palavras entendo as vossas vontades e emoções, pois elas são o reflexo do que vocês pensam e desejam

Nº5. Como fazer um missal, com a Pajarita

A organização do casamento exige a atenção aos mais variados detalhes, pormenores e procedimentos, que parecem ter a vossa preocupação, como é natural. Assim, entre os inúmeros preparativos para as cerimónias de casamento religiosas, é necessário pensar nos missais, que contêm o alinhamento da cerimónia e as Leituras, permitindo que todos acompanhem, passo a passo e de forma coletiva, o desenrolar das mesmas. Faz sentido que queiram saber mais sobre este assunto, o que coloca em quinto lugar do “pódio” este artigo, que se debruça sobre o tema. É Alexandra Barbosa, da a pajarita, quem dá os bons conselhos. Para ler aqui.

 

Como fazer um missal, com A Pajarita

Nº4. Destinos seguros para lua-de-mel, em tempos de pandemia

Preocupados com a lua-de-mel? Entendo! «Viajar é trocar a roupa da alma», como dizia o poeta Mário Quintana. E «às vezes nem é o desejo de chegar: é só de ir», sobretudo quando uma pandemia nos obrigou, compulsoriamente, a ficar.  E quem acaba de casar quer viajar em segurança, plenos do seu amor e para viver, por inteiro, a sua felicidade.

 

Porque « há planos que podemos fazer e sonhos que podemos, e devemos ter», Susana Pinto, com a ajuda da Go Travel, fez um apanhado dos destinos seguros aqui.

 

Mais recentemente, tivemos a mesma preocupação – e vamos continuar a ter! – falando com a  B The Travel Brand Experience, que nos aconselhou as Maldivas + Polinésia + Quénia & Tanzânia como destinos seguros e extraordinários para uma inesquecível lua-de-mel.

Lua de mel em Africa quenia tanzania

Nº3. O texto do convite de casamento, por a Pajarita

No terceiro lugar dos mais lidos no decurso de um ano (e mais alguns mesitos) está um artigo sobre o texto do convite de casamento e a importância do tom, que antecipa o tipo de festa que iremos ter, também ele inserido (tal como o dos  missais) na série de bons conselhos oferecidos por  Alexandra Barbosa, da a pajarita. Está, por isso, também anotado o vosso interesse pelos convites de casamento. O artigo é para ler aqui.

 

envelope casamento a pajarita

Nº2. Real Weddings

Fiz aqui algo diferente e não salientei um artigo, mas sim uma categoria porque, de facto, no top 5 do vosso “pódio” estão vários casamentos reais – que, aliás, se destacam enquanto preferência ao longo de todos os mais lidos – o que me leva a crer que vocês são os maiores fãs das histórias dos outros que, no fundo, nos fazem projetar as nossas no futuro, verdade?

 

De destacar, então:

 

A encabeçar a lista dos mais lidos está o casamento no Solar da Levada: Sara + Pedro, e um vestidaço! filmado pela equipa da Feel Creations e fotografado por André Heller Photographer. O “vestidaço” é da Pronovias e tudo o resto podem ver aqui.

 

Real Wedding

Nº1. Vestidos de noiva usados: comprar, vender, doar, tudo por uma boa causa!

Este é o artigo mais lido desde janeiro de 2020. E o que me diz este facto? Que vocês têm um coração enorme e, simultaneamente, um sentido prático na escolha do vosso visual e no pós-casamento, apreciando estarem atualizados sobre o que existe de bom no mundo dos casamentos.

 

Este artigo é sobre uma ideia brilhante e generosa, a Brides Do Good, uma empresa social que vende vestidos de noiva usados – pre-loved, como lhes chamam – e que tem, também, como missão ajudar as Nações Unidas a erradicar o casamento infantil no mundo inteiro. A Susana Pinto explica tudo aqui.

 

Brides Do Good

 

Espero que se tenham revisto nestas leituras que os números elegem como favoritas. Caso contrário, deixem as vossas sugestões nos comentários. Queremos escrever o que vocês querem ler. E, verdadeiramente, inspirar-vos a ter o vosso dia de sonho!

 

Até breve.

Ana Apolinario

Let SB Inspire You: as cores Pantone 2021 aplicadas aos casamentos

Há mais de 20 anos que a Pantone corre mundo à procura de novas influências de cor e que seleciona, todos os anos, uma cor representativa que influencia o desenvolvimento de produtos em múltiplas indústrias, desde a moda e mobiliário ao design industrial, gráfico, etc., e até ao o mercado dos casamentos, que obviamente não fica de fora. Por isso, e independentemente do que estivermos a planear, de quais são as nossas ideias pré-concebidas ou cores preferidas, se estamos à procura de inspiração é sempre uma boa ideia dar uma vista de olhos nas cores eleitas por esta entidade de renome mundial. Assim, hoje vamos inspirar-nos na cor Pantone 2021 e aplicá-la aos casamentos – “cor” que, na realidade, não é apenas uma, mas duas cores: illuminating yellow & ultimate gray (numa tradução literal «amarelo iluminado» e «cinzento definitivo»).

 

a pajarita pantone 2021 illuminating yellow & ultimate gray

Créditos: a pajarita 

Cores Pantone 2021: otimismo, resiliência & esperança

Se estão a escolher a palete de cores para o vosso casamento, quem sabe o critério da escolha das cores Pantone 2021 não vos empurre para a dupla elegante do cinzento & amarelo. Porque a escolha da cor do ano pela Pantone vai muito mais além da estética, da arte e do design, sendo o resultado de um processo de observação profunda e do trabalho de cerca de 40 especialistas do mundo inteiro, que se baseiam no cinema, na moda e também em movimentos sociais, mudanças políticas e acontecimentos globais, a par de estudos sobre como as pessoas reagem à cor.

 

Ora, no contexto atual, e após no ano difícil de 2020 a Pantone ter escolhido o “azul clássico” – por ter considerado que era necessário ter “confiança e a fé” – a junção dos dois tons em 2021 mostra como elementos independentes e diferentes entre si podem fortalecer-se mutuamente e corporificar um outro significado quando estão juntos, exprimindo resiliência, otimismo, esperança e a positividade que precisamos, conforme redefinimos, renovamos, voltamos a imaginar e reinventamos“, como explicou a a vice-presidente Laurie Pressman, acrescentando que a dupla illuminating yellow & ultimate gray “é uma história de cor que encerra sentimentos profundos de ponderação com a promessa de algo soalheiro e amigável”, simbolizando “uma luz ao fundo do túnel”.

 

cores Pantone 2021 illuminating yellow e ultimate gray

Assim, Laurie Pressman explica que a Pantone escolheu a Ultimate Grey [Pantone 17-5104] por transmitir a segurança de uma fortaleza, sendo a “a cor das rochas e das pedras que existem há milhões de anos e que não vão desaparecer tão cedo”. Além disso, é a cor que mais se encontra em calças de fato de treino, algo que nos habituámos a usar durante os últimos tempos.

 

Por seu turno, à solidez e segurança do cinza, a Pantone juntou a mensagem de esperança da cor viva que é o amarelo, Illuminating Yellow, a cor Pantone 13-0647, pois como diz Pressman “para a maioria das pessoas, amarelo significa esperança, positividade e algo por que ansiar”, acrescentando que estes são sentimentos que os responsáveis pelo instituto consideram fulcrais para enfrentar o ano 2021.

 

cinzento amarelo Pantone 2021

Créditos: Cantiga de Casar

Illuminating yellow & Ultimate gray na decoração do casamento

Após descortinarmos o simbolismo por detrás das cores do ano Pantone 2021, vamos então perceber como é que as podemos incluir na decoração e/ou identidade visual de um casamento.

 

A verdade é que podemos utilizar o amarelo e o cinzento em diversos elementos da decoração, no estacionário e até nos visuais dos noivos, dos pais dos noivos, das madrinhas, padrinhos, damas de honor, meninas das alianças, etc. O segredo está na harmonia e aplicar aquilo que a dupla Ultimate Grey & Illuminating Yellow nos transmite: conjugar elementos independentes, que juntos ganham força, isto é, usar o amarelo sozinho nalguns elementos e o cinzento noutros, vendo o resultado final como um todo.

 

a pajarita pantone 2021 illuminating yellow & ultimate gray convites casamento

Créditos: a pajarita

 

Assim, podem usar o cinzento como pano de fundo, apostando no amarelo, enquanto cor viva e marcante que é, apenas nos detalhes, unindo as duas cores com harmonia. Optem, por exemplo, pelo amarelo numa gravata ou boutonnier a realçar o fato cinzento do noivo; em vestidos das damas de honor ou nos respetivos bouquets, aqui a sobressair em vestidos cinzentos; nos arranjos florais; mobiliário, etc. São incontáveis os elementos em que pode incluir o amarelo, sem que seja excessivo.

 

Mesa Casamento cores Pantone 2021

illuminating yellow & ultimate gray pantone 2021

Noiva com damas de honor cores Pantone 2021 Foto: April Smith & Co. Photography

cinza e amarelo dama de honor pantone 2021

cinza amarelo Pantone 2021

Pantone-2021_Ultimate-Gray-e-Illuminating

noivos cinzento amarelo HAJLEY PHOTOGRAPHY

unhas cinzentas damas de honor casamento HAJLEY PHOTOGRAPHY

Sugar Ruffles (@sugarruffles)

E que tal? Gostam desta dupla cinzento & amarelo para o vosso casamento? Que outras cores têm em mente? Partilhem tudo connosco.

 

E até breve!

 

Créditos imagens inspiração: Ryan & Alyssa Photography | April Smith & Co. PhotographyLuminous WeddingsHajley Photography | Sugar Ruffles

 

 

 

 

 

Ana Apolinario

Must have… em 2021: open mind!

Hoje lançamos mais uma rubrica mensal, que pretende ser uma diretriz descomplicada para todos os casais que vão casar este ano, refletindo as principais tendências para casamentos 2021. A ideia é desafiar diferentes players  do mercado a enumerarem um – e apenas um! – must have para o grande dia, guiando assim os noivos na escolha dos itens mais trendy para a organização do seu casamento.

 

A palavra de hoje, no entanto, é minha. É nossa. Neste feliz dia 15 de março de 2021, que inaugura um novo desconfinamento que nos acena a tão ansiada retoma do sector nupcial, sabemos que, em breve, vamos voltar a celebrar o amor. Porque já temos traçada a trajetória para o regresso dos casamentos, temos datas e a perspetiva de concretizar dos sonhos até aqui congelados: a partir do dia 19 de abril a celebração de casamentos e batizados com um máximo de 25% da lotação dos espaços, e após 3 de maio, a partir 50%,

 

Assim, no entusiasmo desta enorme esperança, deixamos aqui algumas pistas de alguns daqueles que consideramos “must haves” para 2021. O principal? Uma mente aberta! Porque nada é como antes (e será que irá voltar a ser?).

 

Vamos lá voltar a celebrar!

 

cortina de fumo colorido noivos casamento convidados

#1. Sentido de Humor & Superação em detalhes

Mente aberta é, também, sinónimo de sentido de humor e superação. E se há algo que precisou de ser alimentado em 2020 – e continua a precisar! – é, efetivamente, o sentido de humor dos noivos, aliado à necessidade de flexibilidade e uma enorme capacidade de adaptação e superação. Porque saber tirar partido de algo tão negativo como o que estamos ainda a viver, dando-lhe humor, leveza e significado pode ser, efetivamente o melhor remédio.

 

Assim, se esta pandemia exigiu o adiamento dos sonhos, também veio dar ao amor todo um novo sentido. Se nesta “nova normalidade”  é necessário respeitar a distância, usar uma máscara e desinfetar as mãos com álcool gel, há que conseguir encarar com bom humor estas inevitabilidades. E se, no meio deste que é um dos maiores desafios da Humanidade, conseguirmos refletir tudo isto em detalhes do casamento, isso é… um must have.

 

topo bolo de casamento o amor vence sempre

spread love not germes alcool gel

 

#2 . Vestidos de noiva de duas peças

Alternativos e elegantes, os vestidos de noiva de duas peças têm vindo a ganhar cada vez maior destaque entre noivas de todo o mundo que procuram um modelo único e impactante para o dia do seu casamento. A diferença é que estes vestidos, geralmente compostos por um crop top e uma saia (embora façam conjunto com calça), são hoje um dos must have para quem procura um toque distinto e inovador, nomeadamente dentro da crescente tendência dos casamentos minimalistas e naturais, muito associados aos casamentos ao ar livre e à liberdade de movimentos para um dia aproveitado ao máximo.

 

vestido de noiva duas peças gio rodrigues crop top renda vestido de noiva gio rodrigues

#3. Uma palete de neutros monocromáticos

Tons chiques e neutros fazem parte de uma palete de tons must have para 2021. Para o grande dia, abuse de camadas de bege, latte, café com leite e mocha, para um cenário paradisíaco. Incorpore tons românticos em tudo, desde nos arranjos florais, até os looks do seu noivo ou padrinho de casamento.

 

decor wedding neutral casamento ao ar livre

Até breve!

Artigo ilustrado com imagens de: Aguiam Wedding Photography | a pajarita | Gio Rodrigues 
Ana Apolinario

Featured * A magia do simples & imprevisível, com hora marcada

Uma ruína não será, seguramente, a opção mais esperada para um casamento. Mas se o amor é imprevisível, o local para o oficializar e comemorar também o pode ser. E a verdade é que, depois de mergulharmos neste apaixonante editorial, é seguro dizer que uma ruína tem um potencial absolutamente mágico! Sobretudo no caso de uma celebração mais íntima, destinada a casais focados em criar uma experiência inesquecível, num ambiente repleto de genuína beleza e regado pela felicidade.

 

Foi numa ruína envolta num horizonte desimpedido que se conceptualizou este quadro de casamento ao ar livre que mais parece um pedaço de céu e que tem por base uma inspiração moderna, aqui em duo com o clássico intemporal, plenamente sustentada pela simplicidade e a elegância.

 

É lindo! Estou rendida a este cenário peculiar, pulverizado pela suavidade sedutora das cores escolhidas para o decor, dos arranjos florais que nos embriagam os sentidos, da beleza dos detalhes… de todo o conjunto que emoldura a singularidade do look da noiva e o donaire do noivo!

 

Mais palavras para quê? Inspirem-se e deleitem-se com as imagens, pois nunca um cliché fez tanto sentido: valem mesmo mais do que mil palavras!

 

editorial ruinas editorial ruinas editorial ruinas editorial ruinas editorial ruinas editorial ruinas editorial ruinas editorial ruinas editorial ruinas editorial ruinas

editorial ruinas

editorial ruinas

editorial ruinas editorial ruinas

editorial ruinas

editorial ruinas

editorial ruinas editorial ruinas

editorial ruinas

editorial ruinas

editorial ruinas

editorial ruinas

 editorial ruinas

   editorial ruinas

editorial ruinas

editorial ruinas

editorial ruinas

editorial ruinas

editorial ruinas

editorial ruinas

Rendidos? Comentem. Do que gostaram mais? Dos incríveis arranjos florais? Do requinte do serviço de mesa? Da graciosidade do bolo? Ou daquelas inacreditáveis costas do top do vestido de noiva? Contem-nos tudo!

 

E para o próximo mês voltamos com mais uma Featured sessão de inspiração.

Créditos

Creative Director, Styling & Planning: Sublime Luxury Weddings | Floral Design: Liz Garden Events⠀| Photography: Side by Side | Videography: Luis Silva⠀ | Beauty: Marina Guerreiro Makeup | Bride & Groom’s Attire: Gio Rodrigues Atelier | Jewelry: Dara Jewels | Cufflinks: Montblanc Portugal | Wedding Cake: Sucre & Cacao| Stationery: a pajarita | Mise en place: Vista Alegre| Rentals: Festas e Sonhos

Susana Pinto

Sugestões de Natal Simplesmente Branco, parte II

Na recta final para a semana mais festiva, aponto as nossas dicas de hoje para uma segunda lista de sugestões de Natal. Esta semana falamos sobre ofertas solidárias.

 

A minha parte favorita quando definimos a estrutura do novo Simplesmente Branco, foi criar uma página para os nossos parceiros, as instituições a quem damos o nosso suporte singelo, através da comunicação e divulgação do seu trabalho por aqui, e junto dos noivos.

Abrimos a nossa casa a estas instituições: são projectos relevantes, com os quais nos identificamos e que queremos apoiar. Achamos que são belas opções para as vossas ofertas aos convidados e nesta época também. Agradecer é uma arte e esta é a forma mais bonita de gastar uma pequena porção do vosso orçamento.

 

A nossa lista é pequena, mas feita de escolhas pessoais:

 

//  APPDA Coimbra – Associação Portuguesa para as Perturbações do Desenvolvimento e Autismo de Coimbra, uma Instituição Particular de Solidariedade Social, que nasce em Coimbra, em 1994, e proporciona apoio e intervenção na área do autismo na Região Centro do país;

 

//  Leigos para o Desenvolvimento, uma ONG católica, que trabalha há mais de 30 anos em prol do desenvolvimento integral e integrado em países de expressão portuguesa, com projectos em Angola, Moçambique, Portugal e São Tomé e Príncipe, actuando preferencialmente na área da Formação e Educação, da Dinamização e Organização Comunitária, Empreendedorismo e Empregabilidade, Capacitação de Agentes Locais, Promoção do Voluntariado e Pastoral;

 

// ASBIHP, uma Instituição Particular de Solidariedade Social que apoia pessoas com deficiência (Spina Bífida e/ou Hidrocefalia) e suas famílias na capacitação e procura de estratégias de superação das suas dificuldade junto das suas comunidades de origem;

 

//  ENCONTRAR+SE – Associação Para a Promoção da Saúde Mental, fundada a 10 de Outubro de 2006, tem como  missão contribuir para este importante domínio da saúde, do qual depende a realização do potencial de cada um e a sua capacidade de viver uma vida com qualidade;

 

//  Make-A-Wish Portugal / Fundação Realizar Um Desejo, afiliada portuguesa da Make-A-Wish®Internacional, tem como missão realizar desejos de crianças e jovens entre os 3 e os 18 anos, portadores de uma doença que coloque em risco as suas vidas, de forma a proporcionar-lhes um momento de força, alegria e esperança;

 

//  Operação Nariz Vermelho é uma Instituição Particular de Solidariedade Social que desde 2002 leva alegria à criança hospitalizada, aos seus familiares e profissionais de saúde, através da arte e imagem do Doutor Palhaço promovendo, todas as semanas, visitas às enfermarias pediátricas de vários hospitais do país.

 

postais de Natal Beija-Flor postais de Natal Beija-Flor postais de Natal Beija-Flor

 

Esta é a época para desacelerar, respirar fundo e olhar à nossa volta, com intenção e atenção.

Com a empatia sintonizada no seu grau máximo, muita generosidade e alegria, vamos a isto!

 

Podem encontrar todos os detalhes (contacto, e-mail, telefone e IBAN para donativos) e as razões das nossas escolhas sobre estes parceiros tão especiais na página que dedicamos ao assunto.

Esta é a nossa lista, mas certamente vocês terão as vossas preferências, projectos e causas com que se identificam. A Alexandra Barbosa, de A Pajarita falou sobre isso há dias, também.

 

Se ofertas solidárias forem a vossa decisão, juntem um cartão bonito ou uma mensagem digital – a Make-a-Wish tem uns cartões digitais personalizáveis, e somos também fãs dos origamis da Indigo Paper Lab, e dos postais em papel da Beija-Flor e da Feliz é quem diz.

 

Sintam-se inspirados e generosos, boas festas!