Created with Sketch.

Escolhi ser profissional de casamento porque...

porque o hobbie se tornou profissão, pela paixão e não pela razão! Pelo desafio constante em fintar o óbvio e evitar o cliché, na procura incessante pelo que vemos de mais genuíno, nos gestos, nos olhares e demais manifestações de afecto. Pela liberdade criativa, que esta área em específico proporciona de forma inerente ao registo documental da reportagem, mas acima de tudo pela vertente humana e ligações que se estabelecem. Recorrentemente ocorre-me pensar que ser fotógrafo é muito mais do que ser alguém com uma câmara na mão!

Orgulho-me muito de...

abraçar o imprevisto e contornar os obstáculos de forma criativa. Do cuidado em compreender e ir ao encontro das preferências dos nossos casais e do trabalho personalizado que sempre fazemos.

Vou procurar inspiração...

o trabalho de fotografia tem como ponto de partida os gostos do casal e as escolhas que fazem em termos de decoração, do espaço, etc.. O resto nasce das referências visuais adquiridas e do estilo de registo fotográfico, que se tornaram imagem de marca da AZULCLARO.

Daqui a 5 anos vejo-me...

para além das reportagens de casamento, vemo-nos a fotografar ainda mais grávidas e os filhos de casais que nos escolheram como fotógrafos dos seus casamentos.

AzulClaro

Na AZULCLARO somos fotógrafos com uma abordagem documental e uma preocupação constante em fintar o óbvio e evitar o cliché. Captamos o que vemos de mais genuíno, nos gestos, nos olhares e nas manifestações de afecto, fixando memórias que perdurarão para as gerações futuras.

 

Acompanhem os nossos posts acerca do trabalho de AZULCLARO.

  • contacto: António Brito

Escolhi ser profissional de casamento porque...

porque o hobbie se tornou profissão, pela paixão e não pela razão! Pelo desafio constante em fintar o óbvio e evitar o cliché, na procura incessante pelo que vemos de mais genuíno, nos gestos, nos olhares e demais manifestações de afecto. Pela liberdade criativa, que esta área em específico proporciona de forma inerente ao registo documental da reportagem, mas acima de tudo pela vertente humana e ligações que se estabelecem. Recorrentemente ocorre-me pensar que ser fotógrafo é muito mais do que ser alguém com uma câmara na mão!

Orgulho-me muito de...

abraçar o imprevisto e contornar os obstáculos de forma criativa. Do cuidado em compreender e ir ao encontro das preferências dos nossos casais e do trabalho personalizado que sempre fazemos.

Vou procurar inspiração...

o trabalho de fotografia tem como ponto de partida os gostos do casal e as escolhas que fazem em termos de decoração, do espaço, etc.. O resto nasce das referências visuais adquiridas e do estilo de registo fotográfico, que se tornaram imagem de marca da AZULCLARO.

Daqui a 5 anos vejo-me...

para além das reportagens de casamento, vemo-nos a fotografar ainda mais grávidas e os filhos de casais que nos escolheram como fotógrafos dos seus casamentos.