Created with Sketch.
Susana Pinto

I Go Travel recomenda: lua-de-mel nos Açores!

Parece que nos últimos tempos só falamos nos Açores, o que não deixa de ser, de alguma forma, verdade.

Depois de décadas esquecidos pela malta do continente, os Açores encontraram lugar cativo nos nossos corações e quem já lá foi (e são muitos!), deseja voltar rapidamente.

 

Há dias falámos do plano e prémio de sustentabilidade destas ilhas maravilhosas, como um belo destino para quem quer casar com consciência verde. Hoje sugerimos, com a ajuda da I Go Travel, os Açores como destino perfeito para a lua-de-mel.

 

Lua de mel nos Açores Lua de mel nos Açores Lua de mel nos Açores

Uma lua-de-mel paradisíaca pode ter como destino os Açores. Na imensidão azul do Atlântico, a Mãe natureza criou uma terra repleta de beleza natural e pronta a ser explorada: o arquipélago dos Açores, composto pelas suas nove ilhas que mostram a natureza no seu estado mais puro.

 

Há muitas coisas que podemos dizer sobre este destino e uma delas é claramente esta: é para os amantes da natureza! Se gostam de caminhadas, flora e fauna, observação de golfinhos e baleias, saborear produtos locais, e viver experiências reais onde o tempo passa mais devagar, os Açores são perfeitos para a vossa lua-de-mel.

 

A Oriente, em Santa Maria, as praias são quentes e de areia clara e as encostas cobertas de vinhas ondulantes.

Em São Miguel, a maior ilha, vão descobrir as icónicas Lagoas das Sete Cidades e do Fogo. A natureza telúrica viva da ilha sente-se nos geiseres, nas águas termais quentes e nos lagos vulcânicos, e é convertida sabiamente em forno, com o delicioso Cozido das Furnas, lentamente apurado no interior da terra.

 

No Grupo Central, as Ilhas Terceira, São Jorge, Pico, Faial e Graciosa dispõem-se harmoniosamente no mar azul por onde baleias e golfinhos espreitam fazendo as delícias dos visitantes. A Terceira fala de história em Angra do Heroísmo, classificada Património Mundial, e também nas suas festas. O Faial é o fresco azul das hortênsias, a marina colorida pelas pinturas dos iates que atravessam o mundo nas suas viagens transatlânticas e o vulcão dos Capelinhos, já extinto, lembra uma paisagem lunar. Em frente, o Pico nasce do mar, bordddo com as vinhas verdejantes plantadas nas encostas negras de lava.

Em São Jorge, o destaque vai para as Fajãs e para o famoso queijo, especialidade única e de sabor inconfundível. A Graciosa, de nome e de aparência, tem campos cobertos de verde que contrastam com os seus peculiares moinhos de vento.

 

Já no grupo Ocidental, a Ilha das Flores deslumbra-nos com a beleza das cascatas naturais e de lagoas escavadas por vulcões. O Corvo, a ilha-miniatura, tem no seu centro uma ampla e bela caldeira, e atrai várias espécies de aves vindas não só do continente europeu, mas também do americano.

 

Lua de mel nos Açores Lua de mel nos Açores Lua de mel nos Açores

Tudo isto são os Açores. Nove ilhas, nove pequenos mundos, tão parecidas e tão diferentes, onde a simpatia dos seus habitantes é partilhada por todos.

 

Para ficar, os Açores têm uma ampla oferta de moradias privadas, apartamentos turísticos e hotéis familiares, boutique, luxo e eco, para relaxar e aproveitar a lua-de-mel no melhor conforto.

Com a ajuda especializada da I Go Travel, conseguirão planear a vossa lua-de mel perfeita, à vossa medida e, tal como o vosso casamento, a vossa cara: estadia, transfers, actividades e outras surpresas locais estão na lista de contactos da equipa especializada da I Go Travel!

 

Recomendações finais:

O melhor conselho que a I Go Travel tem para vos dar neste momento, é que comecem a pensar na vossa lua-de-mel com tempo e peçam ajuda profissional para a sua organização. Há muita informação que é actualizada a todo o momento, regras e constrangimentos que mudam, e a segurança e qualidade dos serviços que compram deve estar garantida. Não é de todo um momento para aproveitar pechinchas e mais do que nunca, o barato sai caro.

 

Apostem na qualidade: da viagem, do destino, do alojamento, da ocupação dos tempos livres. Informem-se em detalhe sobre seguros e reembolsos, regras e boas práticas para viajar em segurança e quarentenas.

 

Tal como um wedding planner é mais valioso do que nunca a gerir todos os imprevistos da organização, o vosso agente de viagens – e neste caso, a I Go Travel -, será o vosso braço direito para garantir uma viagem fantástica e cheia de memórias bonitas. Falem com a Andreia Augusto e ela vai planear-vos uma experiência de sonho!

 

Imagens dos Açores via Unsplash.

Susana Pinto

Conselhos para viajar em tempo de pandemia, com a I Go Travel

Hoje, com a ajuda da I Go Travel, falamos sobre boas práticas para viajar em tempo de pandemia.

Atravessamos tempos muito diferentes daquilo a que nos tínhamos habituado e a ligeireza com que saíamos de casa com uma mala de cabine a caminho de uma escapadinha low cost em qualquer destino europeu terminou.

A própria logística está mais elaborada, o leque de oferta mais reduzido e a nossa perspectiva e vontade também estão diferentes. Ainda assim, viajar é maravilhoso, expande os horizontes, põe-nos em confronto com a diferença e inspira-nos, alimenta-nos.

 

Boas práticas para viajar em tempos de pandemia com a I Go Travel Boas práticas para viajar em tempos de pandemia com a I Go Travel Boas práticas para viajar em tempos de pandemia com a I Go Travel Boas práticas para viajar em tempos de pandemia com a I Go Travel

Continuemos então a viajar, com os cuidados que o momento pede,  e seguindo estes bons conselhos da I Go Travel.

 

O assunto mais fundamental é estarem informados – sobre os destinos, o que cada país exige, procedimentos e protocolos de segurança da viagem, seguros.

 

A Andreia Augusto fala-nos sobre isto:

“A informação que cada passageiro deve ter em sua posse no momento da viagem, pode ser consultada no Portal das Comunidades Portuguesas  ou no site da IATA, a associação que agrega as companhias de aviação, mas atenção que não está actualizada ao minuto. O nosso conselho é que nos contactem para que vos possamos dar informação mais recente, visto que os voos, horários e regras para embarque têm estado a sofrer alterações constantes.

O checkin online ganha mais vantagem do que nunca, mas neste momento pode ser necessário apresentar informação e documentação complementar, como vistos, teste PCR CoVid , declaração de Saúde , etc., para entrar em certos destinos. Essa documentação tem de ser confirmada e apresentada no check in presencial, tal como o cartão de embarque que às vezes não é possível imprimir na versão digital.

 

Neste momento é muito importante que contabilizem mais tempo para o processo de embarque, porque entre novos protocolos, que incluem uso obrigatório de máscara e circuitos de deslocação, medidas de segurança adicionais, distanciamento e higienização individual, todos teremos que ser mais pacientes, cumpridores e disponíveis.

Alinhadas com o momento, algumas companhias aéreas passaram a disponibilizar packs de embarque que contém máscaras, luvas, gel e toalhitas desinfectantes.”

 

Boas práticas para viajar em tempos de pandemia com a I Go Travel Boas práticas para viajar em tempos de pandemia com a I Go Travel Boas práticas para viajar em tempos de pandemia com a I Go Travel Boas práticas para viajar em tempos de pandemia com a I Go Travel

Ora se este é o processo que podemos esperar a partir do momento em que chegamos ao aeroporto, prontos para o embarque, como nos podemos precaver perante a incerteza e os imprevistos? A evolução do número de casos tem implicado uma gestão, mudança e implementação de novas regras de forma quase semanal e é possível (ainda que esperemos que não), que uma determinada premissa com a qual iniciámos a nossa viagem se altere a meio – podemos ficar doentes, as fronteiras podem fechar, os voos podem ser cancelados, há de facto um cenário de probabilidades menos remotas.

 

Pedimos conselho à Andreia sobre esta questão e a resposta é clara: fazer um seguro é muito importante!

“Para que os passageiros estejam protegidos na eventualidade de terem um problema antes ou durante a viagem, o nosso conselho é que contratem um seguro de viagem que tenha a Cobertura Co-Vid. Desta forma salvaguardam o montante investido na viagem.

Esta cobertura prevê o reembolso caso o teste PCR Co-Vid dê positivo antes do embarque e o pagamento em destino de “eventual” quarentena dos custos de alojamento por teste PCR Co-Vid positivo.

Na I Gotravel, o nosso seguro contempla também um serviço de assistência telefónica  24h para todos os clientes em viagem, para que possamos ajudar em qualquer eventualidade ou dúvida que possa surgir.”

 

Boas práticas para viajar em tempos de pandemia com a I Go Travel Boas práticas para viajar em tempos de pandemia com a I Go Travel Boas práticas para viajar em tempos de pandemia com a I Go Travel Boas práticas para viajar em tempos de pandemia com a I Go Travel

Últimas considerações para quem está de viagem marcada, dentro ou fora de Portugal:

  • todos os passageiros portugueses que viajem para Portugal precisam de apresentar um teste Co-Vid com resultado negativo;
  • se estão a viajar a partir de países que integram a União Europeia, associados ao Espaço Schengen e Reino Unido ou países cuja situação epidemiológica esteja de acordo com as recomendações respeitantes a ligações aéreas com Portugal, como o Canadá, não precisam de teste negativo;
  • estão autorizadas as ligações aéreas entre Portugal e a União Europeia, países associados ao Espaço Schengen (Liechtenstein, Noruega, Islândia e Suíça), Reino Unido e, desde Agosto, com o Canadá, Coreia do Sul, Tunísia, China, Austrália, Nova Zelândia, Ruanda, Uruguai, Geórgia, Japão, Tailândia e Marrocos. Nestes voos não é necessária a apresentação de Teste COVID-19, exceto se os destinos forem os arquipélagos da Madeira ou dos Açores.
  • todos os passageiros, quer sejam cidadãos nacionais ou estrangeiros e que viajem a partir de países não incluídos na UE ou Espaço Schengen deverão apresentar, ao momento da partida, teste Co-Vid negativo, realizado nas últimas 72 horas antes do embarque.

 

Antes de viajar, informem-se sobre possíveis restrições fronteiriças do país de origem, do país em trânsito e do país de destino, como já mencionámos, a informação está em constante mutação, tomar nota dos contactos do Gabinete de Emergência Consular no vosso destino e registar a vossa viagem Portal das Comunidades, através do formulário ou aplicação móvel.

 

Peçam ajuda profissional para a organização da vossa viagem. Há muita informação que é actualizada a todo o momento, regras e constrangimentos que mudam, e a segurança e qualidade dos serviços que compram deve estar garantida. Não é de todo um momento para aproveitar pechinchas e mais do que nunca, o barato sai caro.

Apostem na qualidade: da viagem, do destino, do alojamento, da ocupação dos tempos livres. Informem-se em detalhe sobre seguros e reembolsos, regras e boas práticas para viajar em segurança e quarentenas.

O vosso agente de viagens – e neste caso, a I Go Travel -, será o vosso braço direito para garantir uma viagem sem sobressaltos. Falem com a Andreia Augusto e ela vai guiar-vos por este novo mundo!

 

Imagens de Marrakech, via Entouriste.

Susana Pinto

Destinos seguros para lua-de-mel, em tempos de pandemia

O mundo continua virado de cabeça para baixo e aguarda-nos mais uma temporada de cuidados.

Mas ainda há planos que podemos fazer e sonhos que podemos, e devemos, ter!

 

Viajar é algo que nos abre os horizontes e nos expõe à diferença de hábitos, culturas, vistas, sabores – e isso faz-nos sempre falta.

Por estas razões, hoje, com a ajuda da I Go Travel, vamos falar de destinos seguros para visitar em lua-de-mel neste momento: Açores, Grécia e Maldivas.

 

Destinos seguros para a viajar na lua de mel: Açores, com a I Go Travel

Os Açores

 

Esta semana falámos dos Açores como um destino sustentável para casar, que merece a vossa atenção. Talvez não tenham pensado nestas belíssimas ilhas para a vossa lua-de-mel, mas garantimos que é uma excelente opção, sobretudo para quem gosta do contacto com a natureza, longos passeios e vistas de cortar a respiração.

Existe uma harmonia entre natureza e as pessoas, e cada ilha é distinta na sua paisagem e características, merecendo o vosso tempo e visita – aqui tudo corre com outro compasso.

 

O contacto com a natureza no seu estado puro propicia muitas actividades distintas, para quem gosta de alguma animação. Os programas relacionados com o mar são os que mais predominam e um passeio de barco para avistar cachalotes, baleias e golfinhos é algo a não perder, mas em terra também há muitas opções com graça, entre pousar num fantástico design hotel, com cocktails de fim de tarde, visitas às plantações de ananás e chá (a única da Europa), mergulhos em águas termais e passeios sem destino pelas cidades, descobrindo recantos e gastronomia local.

 

Destinos seguros para a viajar na lua de mel: Grécia, com a I Go Travel

A Grécia

 

Enseadas escondidas, estilo de vida metditerrânico e uma mesa para dois com vista para o mar azul brilhante: lua-de-mel na Grécia será sempre uma memória muito feliz!

Com um mar do mais incrível tom de azul e um permanente toque melódico dos sinos das capelas ortodoxas, imaginem-se a mergulhar na vossa piscina privativa com vista para a famosa caldeira de Santorini ou serpenteando pelos terraços fotogénicos de Mykonos. A Grécia, berço da democracia, é um lugar de sonho para lua-de-mel. Disfrutem a gastronomia fresca e vibrante numa mesa posta para dois, demorem-se até ao entardecer para absorver um pôr-do-sol épico e regressem para a vossa suite caiada com um terraço colorido pelas bunganvílias que vibram no seu contraste com o branco e o azul, ao sabor da brisa do Mar Egeu.

 

O nascer do sol traz iates bilionários atracados ao lado dos tradicionais barcos de pesca enquanto o comércio abre as suas portas. Os dias mais preguiçosos podem ser gastos no mar a explorar enseadas escondidas ou a explorar o incrível património histórico e artístico das cidades. As tardes são feitas para as espreguiçadeiras nos terraços ou para divertidos brindes com shots de raki na vossa cabana particular. As dunas de areia vazias de Creta são o sonho final e o pôr-do-sol de Santorini, visto de uma falésia, farol ou restaurante decorado com luzinhas de arraial é um digno vencedor para a vista mais romântica de qualquer viagem.

 

Destinos seguros para a viajar na lua de mel: Maldivas, com a I Go Travel

As Maldivas

Sabem aquelas imagens idílicas de bungallows numa praia de areia branca e água azul cristalina? São as Maldivas, um refúgio natural num arquipélago de luxo.

Entre as ilhas, circula-se de lancha. Abrandamos a velocidade e no horizonte um pequeno ponto ganha nitidez: é uma ilha rodeada por uma lagoa turquesa e a areia mais branca que já viram. Muito mais incríveis que nas fotografias, as Maldivas são onde a cor ganha vida.

 

Se escolherem este destino paradisíaco para a vossa lua-de-mel, esperem perder a noção do tempo e do que se passa no mundo. Mergulhem na piscina privativa da vossa villa que paira sobre a água e respirem esta beleza natural. Aqui, explorar a lista de cocktails artesanais é a tarefa mais extenuante que vão ter pela frente, mas se precisarem de outras ocupações, mergulhar e observar as tartarugas e tubarões-baleia ou escapar para uma ilha desabitada, como  Robinson Crusoe, para uma noite sob as estrelas, são duas belas ideias!

 

 

Que belos destinos, estes e em comum, todo um mar azul que nos enche de boas energias.

O melhor conselho que a I Go Travel tem para vos dar neste momento, é que comecem a pensar na vossa lua-de-mel com tempo e peçam ajuda profissional para a sua organização. Há muita informação que é actualizada a todo o momento, regras e constrangimentos que mudam, e a segurança e qualidade dos serviços que compram deve estar garantida. Não é de todo um momento para aproveitar pechinchas e mais do que nunca, o barato sai caro.

 

Apostem na qualidade: da viagem, do destino, do alojamento, da ocupação dos tempos livres. Informem-se em detalhe sobre seguros e reembolsos, regras e boas práticas para viajar em segurança e quarentenas.

 

Tal como um wedding planner é mais valioso do que nunca a gerir todos os imprevistos da organização, o vosso agente de viagens – e neste caso, a I Go Travel -, será o vosso braço direito para garantir uma viagem fantástica e cheia de memórias bonitas. Falem com a Andreia Augusto e ela vai planear-vos uma experiência de sonho!

 

Imagens via Unsplash.

Susana Pinto

Dicas para casar: Açores, um destino magnífico e eco-friendly

As dicas para casar de hoje deixam uma sugestão imperdível, que junta dois assuntos muito apetecíveis: Açores e sustentabilidade.

 

Nas últimas semanas falámos sobre casamentos eco-friendly, de forma genérica e transversal: como reduzir o desperdício nas escolhas que fazemos, quando estamos a pensar neste dia bonito. Os dois vectores principais e mais óbvios são a decoração floral e o catering, mas os pequenos gestos também somam um impacto valioso.

 

O International Wedding Trend Report de 2019 já apontava a abordagem eco-friendly como uma das grandes tendências para os casamentos, o que claramente veio para ficar, ainda mais alavancada pelo contexto que estamos a atravessar. É óptimo perceber que existem cada vez mais opções, entre serviços, produtos e ideias, e que o que já vamos implementando no nosso quotidiano comum também encontra espelho nos grandes eventos e dias especiais, sem termos que abdicar do que queremos como resultado final. Fazemos concessões, mas temos moeda de troca, todos ganham.

 

Então se já falámos da decoração e do catering como assuntos onde a abordagem sustentável pode ser aplicada com impacto e sucesso, hoje falamos do destino para casar.  Tantas vezes os noivos têm origem em zonas geográficas distintas e precisam de encontrar um destino consensual, bonito e hospitaleiro para recebê-los e aos seus familiares e amigos nesse dia tão especial. Palpita-me que as origens da noiva tenham predominância na escolha, mas hoje abrimos as asas e pormos uma nova opção sobre a mesa!

 

 

Os Açores, as nossas ilhas-maravilha, estão cada vez mais próximos do continente, graças à abundância de voos e também de informação; são, indubitavelmente, um dos nossos recantos mais espantosos, o que deixa a fotogenia das imagens totalmente resolvida; são muito hospitaleiros, com uma oferta hoteleira fantástica, sem ser massiva; e, retomando a temática das preocupações com o ambiente e com a sustentabilidade em geral, são “A” bandeira eco-friendly de Portugal. Unidas por laços fraternais, as ilhas açorianas são, no entanto, distintas entre si naquilo que lhes é essencial, logo, “invisível aos olhos”, como nos disse Saint-Exupéry.

Desde Dezembro, os Açores são o primeiro arquipélago do mundo a possuir certificação de turismo sustentável pelo Global Sustainable Tourism Council (GSTC), que tem a chancela das Nações Unidas. Para um destino obter esta certificação tem de cumprir mais de 40 critérios, que são avaliados periodicamente e existem apenas oito países em todo o planeta com este selo de turismo sustentável.

 

Para além disso, o arquipélago dos Açores é uma das duas únicas regiões do mundo (sim, leram bem) que possui todas as classificações atribuídas pela UNESCO (Património Mundial, Reservas da Biosfera, Sítios Ramsar e Geoparques). Poderão saber mais sobre este carácter absolutamente excepcional das nossas ilhas mais ocidentais na edição nº 4 da Revista Raízes, dedicada ao Turismo Sustentável, ou no site Visit Azores.

E se estão preocupados com a pegada de poluição que voar provoca, quando falamos de distâncias superiores a mil quilómetros, o avião continua a ser o meio de transporte mais razoável.

 

Se há uns anos os Açores eram um destino ainda muito pouco explorado no seu potencial quando falamos de casamentos e da infraestrutura necessária, hoje em dia há uma oferta generosa com qualidade equivalente, no que toca à hotelaria, profissionais das várias áreas (fotografia, vídeo, wedding planning, decoração, etc.), animação, entretenimento e actividades paralelas, gastronomia e até logística, com uma oferta variada de voos a partir de Lisboa e Porto.

 

À procura de inspiração?

Sigam as dicas óptimas da I Go Travel para casar nos Açores (viagens, sítios bonitos para dormir e actividades de encher a alma é mesmo a especialidade deles). Espreitem este bonito editorial fotografado na ilha Terceira, ou este destination wedding em São Miguel. Ou o dia da Verónica + Luís, na ilha do Pico e o dia da Laura + David, em São Miguel.

 

Sobram dúvidas? Falem connosco! E não deixem de acompanhar todas as dicas para casar que vamos publicando, sempre à segunda-feira, que vos ajudarão a trilhar este caminho até ao mais bonito dos dias, de forma sabedora e tranquila!

Susana Pinto

Lua-de-mel na República Checa

Continuamos na nossa série de sugestões de viagens de lua-de-mel, com a ajuda da I Go Travel.

Sonhar é essencial à felicidade e redescobrir o mundo, quando tal for tranquilo, vai saber-nos muito bem!

 

Hoje vamos explorar a República Checa, este país bonito que não se esgota na cenográfica Praga.

Lembro-me perfeitamente da viagem que fiz até esta cidade, em 97, o Leste da Europa a abrir-se ao resto, corremos, de comboio, porque era assim que se viajava naquele tempo, Praga, Budapeste, Bratislava, Cracóvia, Auschwitz, Viena. Lembro-me de ter ficado maravilhada com esta cidade cenográfica, cheia de ornamentos em ferro forjado negro como a noite e remates dourados incandescentes. A  globalização estava longe e tudo era diferente de tudo!

 

A pouco mais de três horas de distância de avião, a partir de Lisboa, no coração da Europa, encontramos este pequeno país com pouco mais de 10 milhões de habitantes, que leva os seus visitantes por uma viagem no tempo, aliando romantismo, desportos de inverno, gastronomia típica e uma riqueza cultural e arquitectónica ímpares.

A República Checa deve ser um destino a considerar por quem acabou de casar e procura uns dias a dois cheios de charme e romance, e que não implique viagens longas e jet lag de regresso. Escolhê-la como destino romântico não deve ficar resumido a uma estadia em Praga, já que há muitas outras cidades por descobrir,  resguardadas das multidões de turistas.

 

Lua de mel em Praga, na República Checa Lua de mel em Praga, na República Checa Lua de mel em Praga, na República Checa Lua de mel em Praga, na República Checa Lua de mel em Praga, na República Checa Lua de mel em Praga, na República Checa

Com boas infraestruturas e uma boa rede de transportes, viajar pelo país de comboio é fácil e permite criar roteiros que passem por diferentes locais e, assim, conhecer um pouco mais de tudo aquilo que a República Checa tem para oferecer.

Praga é, sem dúvida, a porta de entrada no país. Podem demorar-se por lá ou seguir para outras paragens. A I Go Travel leva-nos numa viagem por estas terras de contos de fadas e deixa-nos com vontade de ir já fazer as malas!

 

Comecemos, então, pela capital, Praga, com o seu imponente castelo, o maior castelo medieval do mundo. Imaginem-se a passear de mãos dadas pela Praça Central, o coração da cidade, ou de charrete pela Ponte Carlos. Estão na cidade ideal para viver uma experiência inesquecível com uma ida à ópera ou a um espectáculo de marionetas, artes exímias destes países de Leste. Se viajarem até lá no verão, aproveitem o ar livre, os festivais de rua e a animação típica que se vive nas inúmeras esplanadas.

 

De Praga, com frio, seguimos para cenários de Inverno.

A I Go Travel sugere Liberec ou Lipno,e e como já conversámos por aqui, uma viagem de lua-de-mel com neve é sempre uma opção a considerar e bastante exótico, dentro daquilo que é o nosso clima habitual sempre tão temperado!

Liberec é a estância de sky mais próxima de Praga, mas Lipno tem outros encantos que nos atraem também noutras épocas do ano, como o seu Lago, rodeado de hotéis, resorts e restaurantes. Se no inverno, recomendamos o sky, o snowboard e os spas, no verão as atividades náuticas são as preferidas.

 

Um ambiente propício para o amor e para o romance é algo que não falta na República Checa e Cesky Krumlov é uma das cidades mais românticas da Europa.

Levando-nos numa viagem através do tempo, esta cidade cheia de charme destaca-se pelas suas casas pitorescas, com ruelas medievais e edifícios renascentistas. Sugerimos um passeio pelas margens do rio Vltava, assistir ao pôr-do-sol do alto na torre do castelo com uma vista incrível sobre a cidade, e terminar com um jantar num dos restaurantes charmosos da cidade é um programa romântico que não vão querer deixar de fazer.

 

Lua de mel em Praga, na República Checa Lua de mel em Praga, na República Checa Lua de mel em Praga, na República Checa Lua de mel em Praga, na República Checa Lua de mel em Praga, na República Checa Lua de mel em Praga, na República Checa

A República Checa é sinónimo de artesanato tradicional, como o cristal da boémia ou a porcelana checa, mas os seus sabores típicos também contam muito da história desta região. O famoso goulash ou as kledlík são iguarias a experimentar, sempre acompanhadas pela tradicional cerveja checa.

E se são apreciadores de cerveja, a I Go Travel sugere uma ida a Ceske Budejovice, terra da cerveja Budweiser Budvar, para uma visita à cervejaria tradicional onde esta cerveja é produzida. Além de ficarem a conhecer a história da marca, familiarizam-se com todo o processo de produção e poderão provar as suas variedades. No verão vai saber-vos lindamente!

 

A próxima sugestão de vidita é Olomuc, uma cidade calma e sem enchentes de turistas, que tem na Coluna da Santíssima Trindade o seu monumento mais importante. Os queijos tradicionais, que poderão conhecer melhor com uma visita ao Museu do Queijo também merecem uma prova cuidada. Bem perto de Olomuc, as Montanhas Jeseník convidam ainda a uma caminhada, um passeio de bicicleta ou a cavalo por paisagens de tirar o fôlego.

País de monumentos esplêndidos, uma arquitectura variada e deslumbrante, a República Checa vai conquistar-vos pelo seu ambiente romântico que pede longos passeios. Há música e arte por todo o lado, há parques e jardins em todas as cidades, perfeitos para a prática desportiva, para um piquenique, para ler, para fazer uma declaração de amor ou só para passear.

 

Conseguem resistir a um destino assim?

 

Imagens bonitas de Praga, via Entouriste.

Susana Pinto

E casar nos Açores?

Continuamos a visitar o nosso bonito país, na companhia da I Go Travel, sempre com boas ideias e melhores sugestões.

 

Desta vez, rumamos aos Açores, para casar. Anda alguém aí a pensar nisso?

Em destaque nos últimos anos, a sua natureza verdejante e fotogénica seria mais do que suficiente para nos apetecer visitar.

São nove ilhas repletas de beleza natural no meio do Atlântico que aguardam a visita de quem procura tranquilidade e autenticidade, mas também se prestam à aventura e a momentos com a adrenalina ao máximo.

São Miguel, a maior ilha do arquipélago, é famosa pelas suas lagoas e guarda cenários românticos e plenos de magia. A força desta terra vem à superfície em forma de geiser e, na Lagoa das Furnas, todos os nossos sentidos despertam para cores, cheiros e sabores únicos.  Podemos passerar por miradouros incríveis sobre o mar e cascatas que podem resultar nos cenários mais deslumbrantes para um dos dias mais bonitos das vossas vidas.

No mesmo grupo, Santa Maria convida a um mergulho nas suas águas quentes e uma tarde passada numa das praias de areia clara. Ou, então, um passeio pelos vinhedos que cobrem as encostas da ilha e convidam para uma prova de vinhos.

Por entre baleias e golfinhos, no meio da imensidão de mar azul, espreitam a Terceira, S. Jorge, Faial, Graciosa e Pico. A história e a arquitectura misturam-se com as cores da natureza e os sabores típicos da região.

A ocidente, Flores e Corvo, onde correm cascatas de água fresca e voam aves migratórias que chegam de diferentes partes do mundo.

 

Casamento nos Açores, em Vila Franca do Campo, com organização de plano A Eventos e fotografia de Golden Days Photography Casamento nos Açores, em Vila Franca do Campo, com organização de plano A Eventos e fotografia de Golden Days Photography Casamento nos Açores, em Vila Franca do Campo, com organização de plano A Eventos e fotografia de Golden Days Photography Casamento nos Açores, em Vila Franca do Campo, com organização de plano A Eventos e fotografia de Golden Days Photography Casamento nos Açores, em Vila Franca do Campo, com organização de plano A Eventos e fotografia de Golden Days Photography Casamento nos Açores, em Vila Franca do Campo, com organização de plano A Eventos e fotografia de Golden Days Photography Casamento nos Açores, em Vila Franca do Campo, com organização de plano A Eventos e fotografia de Golden Days Photography Casamento nos Açores, em Vila Franca do Campo, com organização de plano A Eventos e fotografia de Golden Days Photography Casamento nos Açores, em Vila Franca do Campo, com organização de plano A Eventos e fotografia de Golden Days Photography

Os Açores são um daqueles locais a que se quer sempre regressar e onde, a cada regresso, há mais e mais para descobrir. A natureza viva e luxuriante transforma os espaços e torna-os diferentes, a cada visita. A diversidade entre ilhas pede-nos tempo de visita e muitos retornos.

Integrar a natureza e a sua protecção no vosso casamento pode ser um exercício muito interessante, sobretudo quando o tema das alterações climáticas está tão presente. Fazê-lo nos Açores eleva ainda mais a fasquia da consciência ambiental, e há cada vez mais oferta eco-friendly, qualitativa e interessante.

 

E para quem experimenta esta viagem para casar, recomendamos um plano de actividades para os convivas e, quem sabe, uma lua-de-mel a dois em trânsito pelas ilhas?

Há desportos radicais, como canyoning ou parapente, há passeios pedestres, a cavalo ou de barco, mergulho e surf. Há uma belíssima oferta gastronómica e de hotelaria, o que garante três dias muito bem passados na companhia dos nossos, com possibilidades de desfrute de prazeres variados, mesmo para todos os gostos! A I Go Travel é o vosso parceiro perfeito para desenhar um roteiro de actividades e pausas para celebrar na melhor das companhias!

 

Se ficaram a pensar nesta bela ideia, espreitem todos os detalhes do mais bonito dos dias de Kristin + Nolan, que vieram dos Estados Unidos para casar nos Açores!

 

Os Açores ainda respiram paz e tranquilidade e são, sem dúvida, um lugar mágico para dias especiais.

Vamos descobri-los?

Susana Pinto

I Go Travel sugere: uma lua-de-mel pelas cidades mágicas da Europa

Nos intervalos desta chuva que vai persistindo, fazendo justiça ao velho ditado “Abril, águas mil”, a I Go Travel continua a fazer-nos sonhar com os dias bonitos que virão, apresentando-nos belos destinos de lua-de-mel, escapadinhas de fim-de-semana e viagens mais longas.

 

Hoje temos os olhos postos em cidades improváveis na Europa, destinos laterais, bem escondidos, que escapam à azáfama das grandes cidades mas surpreendem pela sua autenticidade e charme, como todos os segredos bem guardados.

 

Podemos começar pelos castelos medievais em Iseo, na Itália, Bled, na Eslovénia ou no Vale do Loire, em França, que nos transportam para uma época misteriosa e repleta de lendas, como um conto local da Eslovénia, que afirma que quem tocar o sino da igreja da maravilhosa ilha do lago Bled, terá todos os seus sonhos realizados.

Continuando pelo centro da Europa, vamos até Hallstät, na Áustria, Património Mundial da Humanidade: esta pequena cidade convida a passeios pedestres, com tempo para contemplar as suas igrejas do século XII ou para jantar restaurante acolhedor.

 

E se falamos em restaurantes, um jantar à luz das velas é um programa que não pode faltar entre casais apaixonados, certo? Geiranger, na Noruega, tem excelentes restaurantes. Um plano B com todo o charme inclui visitas a uma das muitas lojas de charcutaria fina e chocolates para uma ceia romântica e intimista no quarto do hotel. Pela fresca, apanhem um barco e façam um passeio pelos fiordes e deslumbrem-se com esta paisagem de costa com as suas cascatas e escarpas.

 

Gostam desta ideia de passeio de barco? Então vamos passar ao lado das clássicas Veneza e Amsterdão, com os seus maravilhosos canais, e navegar por outras alternativas igualmente interessantes e por explorar, com pontes de madeira centenárias que compõem cenários perfeitos para as vossas melhores fotografias ou até, quem sabe, para um pedido de casamento em viagem bem romântico.

Annecy (que tem um fantástico festival de cinema de animação, o mais relevante na Europa, caso este assunto vos seja caro), em França, e Giethoorn, na Holanda, são duas belas opções a considerar.

 

Viagem de lua-de-mel a Annecy, em França, com a I Go Travel Viagem de lua-de-mel a Annecy, em França, com a I Go Travel Viagem de lua-de-mel a Annecy, em França, com a I Go Travel Viagem de lua-de-mel a Annecy, em França, com a I Go Travel Viagem de lua-de-mel a Annecy, em França, com a I Go Travel Viagem de lua-de-mel a Annecy, em França, com a I Go Travel Viagem de lua-de-mel a Annecy, em França, com a I Go Travel Viagem de lua-de-mel a Annecy, em França, com a I Go Travel Viagem de lua-de-mel a Annecy, em França, com a I Go Travel Viagem de lua-de-mel a Annecy, em França, com a I Go Travel Viagem de lua-de-mel a Annecy, em França, com a I Go Travel Viagem de lua-de-mel a Annecy, em França, com a I Go Travel

Outra opção belíssima, para os casais que adorem mergulhar na natureza, podem ser as paisagens naturais, montanhas cobertas de neve e lagos de águas profundas. Benasque, em Espanha, é um local propício a caminhadas com vista para a cordilheira dos Pirenéus e em Soglio, na Suíça, respira-se a serenidade que nos chega com o ar da montanha, todos cenários perfeitos para um passeio de mãos dadas cheio de romance.

 

Para quem prefere a vida urbana e riqueza e diversidade cultural, Lucerna, na Suíça, é uma óptima opção, tal como Estrasburgo, Património Mundial da Humanidade, com o seu charme e ambiente encantador, com muitos espaços verdes que nos convidam a piquenicar. Se formos até à Alemanha, e para os aficcionados de literatura, destacamos Heidelberg, fonte de inspiração para Goethe e Mark Twain, considerada por muitos como a cidade mais encantadora deste país.

 

As cidades mais pequenas são, naturalmente, mais hospitaleiras. A proximidade com as comunidades locais permite uma experiência diferente e mais rica do ponto de vista social, e o tudo tem mais vagar. Viajar é também isso, deixarmo-nos envolver pelo quotidiano local, frequentarmos espaços menos turísticos e observarmos e experimentarmos costumes e rotinas próprios de cada comunidade.

Cesky Krumlov, na República Checa, é uma cidade que se presta exactamente a isto. As suas casas pitorescas e fachadas renascentistas fazem desta cidade medieval um local místico, onde é possível deixarmo-nos levar pela tranquilidade dos habitantes locais e ficarmos a saborear a atmosfera, fazendo de conta que estamos em casa.

 

Nestas cidades mais pequenas e menos apressadas, passeios de bicicleta ou a pé pelos parques e bosques, um piquenique, um passeio de barco ao entardecer, um jantar romântico num restaurante acolhedor com vista ou desfrutar de um copo enquanto o sol se põe, são, quanto a nós, programas bastante apetecíveis quando se procura um destino para namorar com vagar.

Há muito desfrutar em cidades assim. E, sobretudo, há calma para o fazer. Para a I Go Travel estes são destinos perfeitos para namorar e, até, para uma lua-de-mel bem relaxada e doce.

 

Nós não podíamos estar mais de acordo e ainda acrescentamos este ponto de vista: estas bonitas cidades não parecem perfeitas para uma viagem de outono? Fechem os olhos e pensem nisso!

 

Imagens bonitas de Annecy, captadas por Em Scott, via Entouriste.