Created with Sketch.
Susana Pinto

Vestidos de noiva 2019: Pureza de Mello Breyner

Meninas, continuamos o nosso report sobre as novas colecções de vestidos de noiva para 2019.

Hoje conversamos com a Pureza de Mello Breyner sobre o que andou a planear para as noivas desta estação:

“Foi na década de 70 que a moda se tornou realmente individual, que a roupa serviu verdadeiramente como forma de expressão e afirmação.
E um vestido de noiva exclusivo, feito à medida, completamente personalizado e transformável não é isso mesmo?
A nossa coleção é composta por dez looks que na realidade são vinte. Todos se transformam numa segundoa versão, todos são personalizáveis até ao mais pequeno pormenor. Todos visam ser um espelho da personalidade de quem o veste.”

Vestido de noiva Pureza Mello Breyner: colecção 2019

Vestido de noiva Pureza Mello Breyner: colecção 2019

Vestido de noiva Pureza Mello Breyner: colecção 2019

Vestido de noiva Pureza Mello Breyner: colecção 2019

Vestido de noiva Pureza Mello Breyner: colecção 2019

Vestido de noiva Pureza Mello Breyner: colecção 2019

As linhas gerais da colecção de vestidos de noiva 2019 têm como tema a década de 70.

“Foi depois desta década e depois da revolução sexual dos anos 60, que a moda se tornou realmente individual, que a roupa serviu verdadeiramente como forma de expressão e afirmação, e um vestido de noiva totalmente personalizável e transformável é mesmo isso.
Nesta colecção encontramos muito crepe e chiffon, rendas e bordados, muito flower power e tecidos fluídos, mas a estrela da estação é mesmo a possível transformação que todos os vestidos contemplam: todos têm um peça que sai ou que muda quando o casamento passa da cerimónia para a festa: saem as mangas, sobe a saia, sai o top, tudo é possível!”

Vestido de noiva Pureza Mello Breyner: colecção 2019

Vestido de noiva Pureza Mello Breyner: colecção 2019

Vestido de noiva Pureza Mello Breyner: colecção 2019

Vestido de noiva Pureza Mello Breyner: colecção 2019

Vestido de noiva Pureza Mello Breyner: colecção 2019

Vestido de noiva Pureza Mello Breyner: colecção 2019

Quando falamos sobre inspiração, para a Pureza Mello Breyner tudo conta.

“Todos os anos tenho um momento “aha”, algo que me toca de forma mais profunda e penso: “é isto!! É mesmo isto!!” Neste caso foi no meio de toda a controvérsia do movimento #metoo, em que vi uma fotografia de uma senhora já com idade muito avançada e que segurava um cartaz que dizia “não dá para acreditar que ainda estamos a protestar contra isto”, referindo-se aos direitos das mulheres e ao seu papel na sociedade. Isso levou-me a querer chamar a atenção (ainda mais!) para estas questões e a ler e investigar sobre a moda desta década, e depois uma coisa leva às outras…”

O Atelier Pureza Mello Breyner existe há onze anos, tem crescido muito e de forma consistente e equilibrada nos últimos quatro. Fazem vestidos exclusivos (a especialidade da marca), mas este ano decidiram alargar a colecção e passar a disponibilizar cada modelo a mais do que uma noiva, algo que não era possível até agora.

No início do ano abriram um showroom no Porto, onde também passou a ser possível experimentar os vestidos de noiva da colecção ou encomendar um modelo exclusivo.

 

Façam uma visita ao Atelier Pureza Mello Breyner, deliciem-se com os vestidos e não deixem de espreitar os sapatos… São de suspirar!

 

Susana Pinto

Vestidos de noiva 2019: Stoa

Bom dia meninas! Hoje continuamos a dedicar anossa atenção aos vestidos de noiva para 2019, feitos por criadoras portuguesas.

Fomos conversar com a Catarina e Margarida, criadoras desta fantástica marca de vestidos.

 

“O atelier STOA, para as noivas de 2019, desenvolveu uma coleção de onze vestidos a que dá o nome de Revival. É uma coleção que se inspira na moda , na arte, em momentos e personalidades que foram marcando as várias décadas do século XX.

Premissas estéticas são reinventadas, numa lógica de equilíbrio entre aquilo que já existia e a maneira como o atelier as interpreta, sendo cada vestido uma busca incessante pela inovação mas também pela coerência e identidade.”

 

Os tecidos são fluidos na sua maioria crepes, organzas bordadas, musselines e cetim, as saias são amplas, com roda mas sem volume, as silhuetas são elegantes e femininas. Para os detalhes, texturas e elementos que prendem a atenção: tule plumeti, terminações de renda, entermeios e os botões vistosos.

A colecção é feita de onze vestidos que se desdobram em treze looks, únicos e irrepetíveis.

Há vestidos de noiva extremamente românticos e há vestidos de noiva com linhas clean e singulares. Os tecidos, esses, são exclusivos e de qualidade superior.

 

Vestido de noiva 2019: Stoa

 

Vestido de noiva 2019: Stoa

 

Vestido de noiva 2019: Stoa

 

Vestido de noiva 2019: Stoa

 

Vestido de noiva 2019: Stoa

 

Vestido de noiva 2019: Stoa

 

Quando falamos de inspiração e de ideias, o caminho para a construção de uma marca e fórmula de sucesso, e de uma colecção, a resposta é clara:

“Na altura de criar uma coleção é inevitável sentir-se uma dualidade entre o fazer moda e fazer arte, deixar uma marca, um cunho reconhecível, experimentar, inovar, e a pressão do “negócio” para se fazer aquilo que é o mais certo, o mais seguro, o mais sutentável.

O primeiro passo é encontrar o equilíbrio entre estes dois mundos! A seguir, escolher um tema de inspiração, criar um alinhamento, uma história que guie toda a coleção: um quadro, uma imagem, uma paisagem, uma personalidade marcante, são tudo elementos que servem de inspiração para criar!”

 

Vestido de noiva 2019: Stoa

 

Vestido de noiva 2019: Stoa

 

Vestido de noiva 2019: Stoa

 

Vestido de noiva 2019: Stoa

 

Vestido de noiva 2019: Stoa

 

Vestido de noiva 2019: Stoa

 

E como é que tudo isto acontece? Com uma primeira e demorada conversa, pessoal e próxima.

 

“A primeira visita ao atelier começa com uma conversa com a noiva para percebermos quais os seus gostos e inspirações para o seu vestido. São experimentados vários vestidos que temos em atelier para perceber quais os cortes que mais favorecem o corpo da noiva.

Depois de feita esta análise, apresentamos desenhos com várias hipóteses. Nenhum dos desenhos é fixo, podem sempre ser feitas alterações consoante o que a noiva mais gosta. Muitas vezes o vestido vai sendo transformado à medida que as provas vão avançando, surgem sempre ideias novas para o tornar ainda mais bonito e singular! É também neste momento que são escolhidos os tecidos, rendas e aplicações a acrescentar.
Com o desenho escolhido, a primeira prova é sempre em molde, onde cortamos e definimos todos os detalhes. Aqui  começa a nascer o vestido da noiva.

Seguem-se mais três provas já com os tecidos escolhidos,  et voilá!”

 

Os vestidos da Stoa navegam num intervalo de preços a partir dos 1400 euros. São delicados, feitos à mão e com materiais de muita qualidade. A Catarina e Margarida sugerem que as contactem com nove meses de antecedência para que o caminho seja feito com calma e sem pressas.