Created with Sketch.
Marta Ramos

Até ao pôr do sol, por Momento Cativo

Um passeio conduzido pela dupla Momento Cativo leva-nos neste fim de tarde de dia feriado até ao cenário de verde e xisto da aldeia do Piódão, na serra do Açor. Se ainda não conhecem esta aldeia história, marquem já na agenda uma visita. De noite, as casas iluminadas da aldeia surpreendem-nos de repente, nos caminhos serpenteados serra acima, e a imagem do conjunto é a responsável por chamarem ao Piódão ‘aldeia presépio’.

De dia descobrimos as casas tradicionais de xisto, a Igreja e a Capela, as vistas belíssimas sobre a serra, os pequenos cursos de água que ajudam a refrescar o ambiente no pino do Verão e a interessante oferta que tem surgido, mais dirigida aos visitantes. Há onde comer, onde dormir e lembranças bonitas para comprar. Um conselho de amiga: não deixem de provar os variados licores que ali se vendem.

Foi aqui que a Raquel e o Gil escolheram fotografar a sessão pós-casamento. Acompanhados pela Vanessa e pelo Ivo, percorreram as ruas do Piódão até ao pôr do sol.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Créditos:

 

fotografia: Momento Cativo
maquilhagem: Jenny Makeup Land
bouquet e coroa de flores: Rapid Flore Póvoa de Varzim
laboratório: carmencitafilmlab (fotos inteiramente a rolo)

Susana Pinto

Marta + André, um casamento campestre e oh so chic!

Damos as boas vindas a Maio, o nosso mês de festa (festejamos o 7º aniversário online, imaginam…?)! Esta semana fechamos com o casamento campestre e totalmente chique, da Marta + André, em Águeda, com uma passagem pela Curia, cheio de detalhes maravilhosos, capºtados pela lente da dupla Momento Cativo.

A Marta escolheu um colorido vestido da Needle & Thread (é sempre giro encontrarmos alguém com a mesma visão que nós!), que fez acompanhar por umas deliciosas sandálias douradas (yet again, tenho iguais, vermelhas!), tudo numa sintonia simplesmente elegante e festiva. Tudo o resto acompanha, sendo a felicidade geral, o fio condutor.

Que bonito que foi este dia e o caminho até lá!

Bom fim-de-semana!

 

 

 

 

Quando a resposta foi “sim!”, como é que imaginaram o vosso dia?
Pensámos sempre no nosso dia como uma celebração muito natural, rodeados de amigos e família, num espaço descontraído onde todos nos sentíssemos bem.

 

 

 

 

 

 

Sentiam-se preparados ou foi um caminho com muitos nervos?
Claro que ao longo de mais de um ano de preparação houve altos e baixos… momentos em que estávamos entusiasmadíssimos, outros em que percebíamos que não era tão fácil concretizar a nossa visão e que desanimávamos um bocadinho, mas ao longo de todo este tempo estivemos sempre muito calmos, tentámos desfrutar ao máximo desta experiência.

 

 

 

 

 

Em que momento da organização do casamento é que sentiram, «é mesmo isto»?
Soubemos desde sempre que o nosso dia seria 9 de Junho mas só percebemos mesmo que se ia concretizar quando encontrámos um espaço como queríamos e fechámos com a quinta. Até lá, parece sempre que ainda não é bem real, que tanto pode ser naquele dia como em qualquer outro, naquele ano ou no próximo… Escolher o local onde tudo se vai realizar é a materialização de tudo!

 

 

 

 

 

 

O resultado é fiel às ideias iniciais ou muito diferente? Contaram com alguma ajuda?
Quando se fala em casamento, todos temos uma ideia do que gostaríamos de fazer. Achamos sempre que é possível fugir ao convencional e fazer diferente. Sempre quisemos que este fosse um dia de festa, descontraído, sem grandes formalidades. Conseguir receber todos numa casa de família foi logo a primeira opção que rapidamente se revelou impossível dada toda a logística. Depois de sermos chamados à realidade, tivemos apenas que encontrar o melhor local e os fornecedores certos para nos ajudarem na realização deste dia. Se pensarmos apenas no local, não foi fiel às ideias iniciais, mas na verdade foi ao encontro de tudo o que sempre imaginámos. Conseguimos fazer uma cerimónia ao ar livre, intimista, rodeados por uma natureza incrível, num cenário que estávamos longe de imaginar ser possível. Seria também de todo impossível sem o apoio dos nossos pais que desde o primeiro dia puseram literalmente mãos à obra connosco, para conseguirmos materializar tudo da forma personalizada que queríamos. Desde pendurar painéis no tecto, até construir um bar de raiz, as nossas ideias só se tornaram possíveis com a ajuda incansável que nos disponibilizaram!

 

 

 

 

 

O que era fundamental para vocês? E sem importância?
Era fundamental para nós termos a presença dos nossos familiares e amigos mais próximos. Conseguir estar com todos e dar um bocadinho de atenção a cada um deles era uma preocupação. Queríamos que fosse um casamento bonito, com bom tempo para usufruirmos da natureza, com boa comida para que todos saíssem satisfeitos, boa música e, acima de tudo, boa disposição. Sem importância? Talvez tudo tenha tido a sua importância, na verdade… Talvez o vestido de noiva tenha sido mesmo o elemento com menos preocupação no meio de tudo…

 

 

 

 

 

 

O que foi mais fácil? E o que foi mais difícil?
O mais fácil foi decidir a data. Na manhã seguinte ao pedido, acordámos e decidimos que seria a 9 de Junho. Queríamos uma data especial, que não se sobrepusesse a nenhuma das nossas datas já existentes. Foi basicamente uma data a pensar no futuro… Pensámos que casar na véspera de um feriado era a melhor ideia para que todos os anos pudéssemos celebrar a data da melhor forma e não pensámos duas vezes!
O mais difícil foi decidir o local e cumprir com o budget que tínhamos em mente. Fazer um casamento low cost com as exigências que tínhamos foi mesmo uma utopia que nos custou a assumir logo de início. Depois de percebermos que para andar com as coisas tínhamos que ceder em algum ponto, tudo se tornou mais simples…

 

 

 

 

 

 

Qual foi o pico sentimental do vosso dia?
A cerimónia foi sem dúvida o pico sentimental do nosso dia… As leituras dos nossos familiares, os discursos dos nossos padrinhos e, claro, os nossos votos, foram momentos em se tornou quase impossível conter as lágrimas.

 

 

 

 

E o pico de diversão?
O pico de diversão chegou depois do jantar, quando todos estávamos mais descontraídos mas na verdade, também, antes do próprio casamento. Como ficámos alojados com pais, avós e padrinhos num hotel na noite anterior, acordámos todos no mesmo sítio, o que tornou o dia logo animado desde o pequeno-almoço. No quarto da noiva viveram-se momentos absolutamente inesquecíveis, de pés descalços, entre maquilhagens e pregos no pão, comidos a correr. Mas o mais inesperado surgiu mesmo à noite, quando os padrinhos desafiaram o noivo para dançar!

 

 

 

 

 

Um pormenor especial…
O bambi! Este foi provavelmente o pormenor mais especial do nosso casamento e que praticamente só nós nos devemos ter dado conta mas que, na verdade, foi verdadeiramente inesquecível para nós. Este foi um dos motivos, aliás, que nos levou a escolher a quinta Cheiro DʼAlecrim. A quinta assemelha-se muito a um parque natural e numa zona da propriedade tem veados. Poder fotografar com um deles foi inesquecível. Afinal, quem pode dizer que alimentou um veado em pleno casamento?

 

Agora que já aconteceu, mudavam alguma coisa?
Não mudávamos nada. Foi um dia inesquecível, irrepetível e que vamos guardar para sempre como um dos melhores da nossas vida.

 

 

 

 

 

 

 

Algumas words of advice para as próximas noivas…
Desfrutem o momento. Desde a preparação até ao próprio dia, é importante que façam uma celebração a pensar em vocês e que consigam relaxar até lá. Tentar fazer tudo com calma, estabelecer prazos para ter as coisas prontas e respirar fundo depois.

 

 

 

 

 

Os fornecedores envolvidos:

 

convites e materiais gráficos: Dois Igual a Três Lifestyle Agency;

local: Cheiro D’Alecrim;

catering: Francisco Vieira;

bolo: Teresa Pinto Basto;

fato do noivo e acessórios: Hugo Boss;

vestido de noiva e sapatos: vestido Needle and Thread, sapatos Bimba & Lola;

maquilhagem: Inês Mocho;

cabelos: Cristina, Góis Cabeleireiro;

bouquet: Cracha Wedding Agency;

decoração: Dois Igual a Três Lifestyle Agency com o apoio de Cracha Wedding Agency e Pilar Eventos;

fotografia: Momento Cativo;

video: Ctrl + N;

som e Dj: Francisco Aires Pereira.

 

Marta Ramos

Os audazes, por Momento Cativo

Depois de um fim-de-semana com um tempo tão peculiar, trazemos-vos uma e-session fotografada num dia desses, em que não se percebe se está frio ou calor, se chove ou o sol brilha. Mas foi, ainda assim, um dia de sorte, como nos conta a Vanessa:

«Quem diria que meia hora antes da sessão de solteiros da Inês e do Márcio tinha chovido como se não houvesse amanhã…desanimados e desiludidos com o tempo, lá apareceram os dois, dispostos a arriscar e a alinhar na aventura!
Mal sabíamos que íamos ser premiados com o sol e a beleza daquela luz dourada de final de dia, num passeio encantador num ambiente selvagem e natural.»

A sorte protege mesmo os audazes! Fiquem com as fotos dos Momento Cativo.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Acompanhem aqui os posts que vamos publicando com o trabalho dos fotógrafos Momento Cativo e falem com a Vanessa e o Ivo.

 

 

Marta Ramos

Ciência, romance e chocolates, por Momento Cativo

Tal como a nossa Lagoa das Sete Cidades, em São Miguel, também o Blausee, na Suíça, inspira lendas de amores perdidos e lágrimas choradas por olhos de cores pouco usuais para justificar a sua peculiaridade. Mas a verdade é que este lago, de pequenas dimensões mas imensa fama, assume um azul turqueza hipnotizante porque a transparência cristalina das suas águas apenas reflecte o azul de entre todas as cores da luz solar. E quem disse que a ciência não pode ser romântica?

A Maria João e o Marcos partiram à aventura para a terra do chocolate e da neve e começaram as suas vidas do zero na Suíça. Hoje têm um carinho especial pelo país onde vivem e escolheram este magnífico cenário para a e-session. E, para utilizar as palavras da Vanessa Ferreira, «foi simplesmente mágico!»

As fotos, assinadas pela dupla Momento Cativo, não a desmentem nem um bocadinho.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Acompanhem aqui os posts que vamos publicando com o trabalho dos fotógrafos Momento Cativo.

 

 

Marta Ramos

Reencontro, por Momento Cativo

Um dia como este está mesmo a pedir uma ode à Primavera. E nós temo-la aqui mesmo à mão, assinada por Momento Cativo – ainda por cima sob a forma de uma e-session carregadinha de romantismo.

Isto porque a Verónica e o Joaquim são obrigados, por imperativos profissionais, a passar temporadas longas afastados um do outro. Esta é, aliás, uma realidade cada vez mais comum entre os casais que por aqui passam: um deles ou ambos estão fora do país, mas sempre com o coração do lado de cá da fronteira.

Bem, no caso destes dois, um dos reencontros após muito tempo de ausência e de saudade deu-se precisamente no dia da sessão fotográfica agendada com os Momento Cativo. Nas palavras da Vanessa, o momento «não podia ser mais contagiante e emotivo, o amor e a cumplicidade sentem-se a cada imagem.»

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Ah, o amor e a Primavera são mesmo almas gémeas! Esperamos que a Verónica e o Joaquim já tenham conseguido reorganizar as suas vidas profissionais porque Tom Jobim estava carregadinho de razão quando cantava “não quero mais esse negócio de você longe de mim”.

 

Susana Pinto

Catarina + Ricardo, um casamento romântico e muito inspirado!

A festa desta semana pertence à Catarina + RIcardo, fotografados pela dupla Momento Cativo. Aconteceu em Abril, na maravilhosa Quinta do Hespanhol, e foi um dia cheio de doçura.

A ajuda e disponibilidade da família e amigos foi fundamental e com o amor e talento de todos, o resultado foi um casamento à la Pinterest, como a Catarina imaginou.

Eles contam-nos como foi!

 

Casamento com decoração romântica e elegante na Quinta do Hespanhol

 

Casamento com decoração romântica e elegante na Quinta do Hespanhol

 

Casamento com decoração romântica e elegante na Quinta do Hespanhol

 

Casamento com decoração romântica e elegante na Quinta do Hespanhol

 

Quando a resposta foi “sim!”, como é que imaginaram o vosso dia?

Será demais dizer que o imaginámos tal como foi? Queríamos que fosse um casamento num ambiente descontraído, com muito foco nos pequenos pormenores, e queríamos que fosse num espaço bonito, cheio de flores e com uma decoração ao melhor estilo Pinterest. E conseguimos tudo isso com a ajuda da Quinta do Hespanhol!

 

Casamento com decoração romântica e elegante na Quinta do Hespanhol

 

Casamento com decoração romântica e elegante na Quinta do Hespanhol

 

Casamento com decoração romântica e elegante na Quinta do Hespanhol

 

Casamento com decoração romântica e elegante na Quinta do Hespanhol

 

Sentiam-se preparados ou foi um caminho com muitos nervos?

Sentíamo-nos razoavelmente preparados. Há sempre partes do percurso que nos deixam mais nervosos, especialmente em relação aos timings e à ida da Catarina para o Japão, cuja chegada seria apenas um mês e meio antes do grande dia. Assim sendo, tivemos de decidir algumas das coisas muito mais cedo do que a maior parte dos noivos, para garantir que a Catarina ainda estaria disponível para visitar os espaços, experimentar os vestidos e decidir outras coisas importantes. Quando a data se começou a aproximar, os nervos começaram a ficar mais à flor da pele, mas foi um caminho percorrido sem percalços e que nos deu imenso gozo!

 

Casamento com decoração romântica e elegante na Quinta do Hespanhol

 

Casamento com decoração romântica e elegante na Quinta do Hespanhol

 

Casamento com decoração romântica e elegante na Quinta do Hespanhol

 

Casamento com decoração romântica e elegante na Quinta do Hespanhol

 

Em que momento da organização do casamento é que sentiram, «é mesmo isto»?

Quando visitámos o espaço que viria a ser aquele que escolhemos: a Quinta do Hespanhol. Depois de falarmos com a Ana Thomaz e começarmos a perceber que todas as ideias que estavam apenas na nossa imaginação poderiam ser uma realidade, ficámos incrivelmente felizes – e muito mais tranquilos – e sentimos verdadeiramente ‘É mesmo isto!’.

 

Casamento com decoração romântica e elegante na Quinta do Hespanhol

 

Casamento com decoração romântica e elegante na Quinta do Hespanhol

 

Casamento com decoração romântica e elegante na Quinta do Hespanhol

 

O resultado é fiel às ideias iniciais ou muito diferente? Contaram com alguma ajuda?

É muito fiel às nossas ideias! Contámos com a ajuda a maravilhosa dos profissionais que trabalharam connosco, que foram incansáveis e que nos fizeram sempre sentir à vontade para fazermos as nossas perguntas e sugestões e com a ajuda de alguns familiares, em particular da prima da Catarina, a Solange, que foi a responsável por toda a parte do casamento (convites, menus, marcadores de livros, etc.) e das nossas mães! A mãe do Ricardo foi a responsável por fazer o laço lindo que ele usou no casamento e a da Catarina responsável pela montagem dos envelopes dos convites, pela almofada das alianças e pelos lenços que iriam servir para enxugar as lágrimas no dia D. Claro que há muitas coisas que não se viram no dia final, mas para as quais os nossos pais contribuíram muito e tudo isso ajudou a que o caminho percorrido fosse muito mais descomplicado.

 

Casamento com decoração romântica e elegante na Quinta do Hespanhol

 

Casamento com decoração romântica e elegante na Quinta do Hespanhol

 

Casamento com decoração romântica e elegante na Quinta do Hespanhol

 

Casamento com decoração romântica e elegante na Quinta do Hespanhol

 

O que era fundamental para vocês? E sem importância?

Fundamental, para nós, era que estivessem presentes todas as pessoas que convidámos, o que, infelizmente, não foi possível. Porque essas eram as pessoas que sentíamos que queríamos que partilhassem connosco aquele dia que foi tão feliz!

 

O que foi mais fácil? E o que foi mais difícil?

O mais fácil foi, sem dúvida, decidir o espaço! O mais difícil foi o Ricardo finalmente se decidir a comprar o fato!

 

Casamento com decoração romântica e elegante na Quinta do Hespanhol

 

Casamento com decoração romântica e elegante na Quinta do Hespanhol

 

Casamento com decoração romântica e elegante na Quinta do Hespanhol

 

Casamento com decoração romântica e elegante na Quinta do Hespanhol

 

Casamento com decoração romântica e elegante na Quinta do Hespanhol

 

Qual foi o pico sentimental do vosso dia?

Para além do momento em que a Catarina apareceu totalmente pronta ao pé do pai e o momento em que ambos nos vimos pela primeira vez, enquanto a Catarina caminhava para o altar, talvez o momento mais sentimental tenha sido a altura dos nossos votos feitos ao melhor estilo Love Actually, com os cartazes com uma narrativa que falava um bocadinho da nossa história! Isso e ver a cara de confusão, emoção e expectativa das pessoas quando pensaram que a novidade que íamos partilhar era a vinda de um bebé. Foi hilariante para nós vermos todas as expressões!

 

Casamento com decoração romântica e elegante na Quinta do Hespanhol

 

Casamento com decoração romântica e elegante na Quinta do Hespanhol

 

Casamento com decoração romântica e elegante na Quinta do Hespanhol

 

E o pico de diversão?

A flash mob que fizémos com a primeira dança! Foram duas tardes a ensaiar os passos e, quando chegou a altura, a Catarina estava super nervosa porque não se queria enganar e ela não é muito boa a decorar os passos! Mas correu tudo super bem e foi um momento muito divertido com toda a gente a dançar connosco!

 

Casamento com decoração romântica e elegante na Quinta do Hespanhol

 

Casamento com decoração romântica e elegante na Quinta do Hespanhol

 

Casamento com decoração romântica e elegante na Quinta do Hespanhol

 

Um pormenor especial…

Não é um, são vários! Termos o nosso sobrinho como menino das alianças, os convites que foram feitos pela nossa prima, os brincos que a Catarina usou e eram da avó materna dela e termos presentes dois ursinhos feitos de propósito para a ocasião por uma amiga que a Catarina fez enquanto esteve no Japão.

 

Casamento com decoração romântica e elegante na Quinta do Hespanhol

 

Casamento com decoração romântica e elegante na Quinta do Hespanhol

 

Casamento com decoração romântica e elegante na Quinta do Hespanhol

 

Agora que já aconteceu, mudavam alguma coisa?

Acho que podemos dizer, com segurança, que não mudávamos nada! Só, talvez, ter lá o resto das pessoas que gostávamos mesmo que fossem.

 

Algumas words of advice para as próximas noivas…

Escolham profissionais que tentem sempre compreender-vos, que sejam “descomplicados” e que tenham sempre um conselho ou ideia que melhore alguma que já tenham. O planeamento do casamento e o dia em si são momento stressantes e nada melhor para diminuir os nervos do que ter uma equipa de profissionais que sabe exatamente como as coisas funcionam e permite aos noivos no dia D simplesmente disfrutarem de todos os momentos.

 

Casamento com decoração romântica e elegante na Quinta do Hespanhol

 

Casamento com decoração romântica e elegante na Quinta do Hespanhol

 

Os fornecedores envolvidos:

 

convites e materiais gráficos: Solange Marques;

local, decoração, catering e bolo: Quinta do Hespanhol;

fato do noivo e acessórios: fato e botões de punho Massimo Dutti; sapatos Foreva; laço feito pela mãe do noivo;

vestido de noiva e sapatos: vestido Nova Noiva; sapatos Diana (marca japonesa); brincos da avó materna da noiva;

maquilhagem: Joana Moreira;

cabelos: Alice Trewinnard (Golden Locks);

bouquet: Romeira;

ofertas aos convidados: nariz da Operação Nariz Vermelho;

fotografia: Momento Cativo;

luzes, som e DJ: Gonçalo Portela (Quinta do Hespanhol).

 

Marta Ramos

A Primavera a chegar à serra da Lousã, por Momento Cativo

A  Andreia e o João são de Lisboa e escolheram os Momento Cativo para fotografar esta bonita fase que estão a viver. Sendo os fotógrafos do Porto, decidiram marcar a e-session para um ponto do mapa sensivelmente a meio caminho entre todos: a serra da Lousã, mais concretamente a aldeia do xisto do Talasnal. Recentemente recuperada, esta pequena aldeia num alto da serra revelou-se um cenário absolutamente romântico, com as suas casas de xisto a sobressair por entre a verdejante vegetação.

Hoje, que o sol parece querer dar-nos já, de novo, um ar de sua graça, ver estas imagens dá uma vontade enorme de calçar umas sandálias, vestir um vestidinho de alças e ir dar um longo passeio pela serra.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Contaram-nos a Vanessa e o Ivo que a  Andreia é leitora assídua do Simplesmente Branco e encontrou muitos dos fornecedores para o seu casamento aqui na nossa casa. Obrigada pela confiança! Chegou agora a hora de serem vocês, Andreia e João, fonte de inspiração para outros casais.

E que inspiração tão doce e fresquinha!

Felicidades!