Created with Sketch.
Susana Pinto

Dicas para casar: usar o Pinterest para organizar o casamento

Hoje, nas dicas para casar,  falamos sobre o jeitaço que dá ter uma conta no Pinterest para organizar a inspiração para o casamento.

 

Quem aí desse lado adora esta plataforma? Eu, com certeza, ao ponto de ser utilizadora desde a sua versão beta, em 2010, quando a designer Joy Cho, do bonito e muito inspirado blog Oh Joy!, à época uma das primeiras testers oficiais, o apresentou ao mundo.

 

Desde então, eu e o Pinterest temos um caso de amor, com alguns solavancos, como todas as longas paixões e, ainda hoje, é um sítio por onde passo diariamente, onde me inspiro e absorvo a beleza do mundo. Colecciono na minha conta pessoal coisas que me interessam visualmente e na conta do Simplesmente Branco enchemos as várias categorias com inspiração bonita: os meus boards favoritos são Ela (inspiração para a noiva, com vestidos, cabelo, acessórios, makeup e manicure), Quero! (jóias e objectos de desejo), e Perfect match (uma selecção aleatória de imagens com as cores da nossa paleta, apenas porque sim), mas há ainda uma larga selecção de sapatos de noiva, bouquets de noiva, bolos dos noivos, outfits para os mais pequenos e tudo o que vos possa inspirar, se estão de casamento marcado – convido-vos desde já a explorar e coleccionar o que mais gostarem!

 

O Pinterest é, sem dúvida, uma ferramenta extremamente útil para reunir, de forma organizada e sistemática, inspirações e preferências, e funciona como um motor de busca: imaginem-no o Google das noivas!

 

Utilizar o Pinterest para organizar o casamento

A forma ideal de começar é criar meia dúzia de boards agregadores dos principais assuntos para os quais buscam inspiração (vestido de noiva, bouquet de noiva, bolo dos noivos, decoração, convites, etc.) e coleccionar, coleccionar, coleccionar, sem hesitações.

 

Habitualmente, os termos de pesquisa mais usados para arrancar com o processo são coisas genéricas como “vestidos de noiva” e “decorações de casamento”. Os guias de pesquisa podem ajudar-vos bastante a restringir os resultados, afunilando-os de acordo com as características que mais se adequam a vocês. Por exemplo, se escreverem “bouquet”, abre-se uma lista de sugestões que incluirá “bouquet de noiva simples”, “bouquet de noiva romântico”, “bouquet de noiva campestre”, etc.. Ao seleccionarem uma das sugestões, estarão já a filtrar os resultados. Mas, se nada disso corresponde àquilo que procuram, perfeito na mesma: já sabem o que não querem e ficam assim mais perto de encontrar a palavra que poderá rentabilizar a pesquisa. Para os verdadeiros iniciados, que ainda não começaram bem a pensar no assunto, o truque é clicar no termo o mais abrangente possível e deixar as imagens falarem por si mesmas. Quando começarem a guardar pins que vos agradam, começarão a ver surgir padrões que definem o vosso estilo.

A língua principal aqui é o inglês, e por isso, ao fazerem a vossa busca por termos chave, tenham isto em consideração.

 

Se este é o caminho óbvio que gerará resultados óbvios e potencialmente menos interessantes, deixo-vos umas dicas para explorarem o Pinterest e descobrirem imagens possivelmente mais bonitas e inspiradas.

Procurem as contas de Pinterest dos sites, blogs ou profissionais que vos inspiram: dos grandes clássicos Style me Pretty, Martha Stweart Weddings ou Perfect Palette, aos mais novos Green Wedding Shoes ou Junebug Weddings. Para além deste critério, podem ir também para as marcas da especialidade: BHLDN, Bella Belle Shoes ou Twigs and Honey são alguns exemplos. E não se esqueçam dos profissionais que seguem no Instagram, explorem também as suas contas no Pinterest.

 

Todo este tipo de contas é agregador de milhares de imagens, e todas elas são criteriosamente escolhidas (o que significa que têm uma selecção pré-feita e menos aleatória naquilo que buscam).

 

Ainda outra forma interessante de fazer busca, é por sugestão. Quando abrem um pin de que gostam, por exemplo um bonito bouquet de noiva com dálias café au lait, abaixo da imagem destacada surge uma selecção de outros pins relacionados: com as mesmas flores, com o mesmo estilo, com as mesmas cores.

 

Estes dois caminhos, são para mim, os mais frutuosos. Outra sugestão que vos deixo é que não façam disto uma tarefa, marcada com horário num calendário. Reservem meia hora no sofá, como quem toma um café, e naveguem sem grandes preocupações, de forma consistente, um bocadinho todos os dias. Vão recolhendo duas ou três coisas de que gostam diariamente, sem pressões e, de vez em quando, façam uma revisão do que andam a coleccionar, para perceberem se estão mais focados num assunto do que noutro e se precisam de afinar agulhas.

 

Utilizar o Pinterest para organizar o casamento

Depois de coleccionar imagens com entusiasmo e as distribuir pelas respectivas pastas, é altura de começar a arrumar. Deixem passar algum tempo sem lhes mexer, e à medida que sentem as ideias a ficarem mais estruturadas, vamos à poda! Depois de coleccionar, vamos editar – apagar tudo o que, num segundo e terceiro olhar, já não nos interessa tanto, já não gostamos ou se afastou do imaginário que se está a definir na nossa cabeça. Ao terminar esta tarefa – que se vai fazendo – vão descobrir um padrão a emergir: já não são peónias brancas, mas rosas de jardim em tom blush, já não é um decor rústico e romântico, mas clássico e elegante com muito verde, já não é um vestido de princesa, mas um vestido leve e esvoaçante, já não é um cabelo apanhado num penteado complexo, mas um simples rabo-de-cavalo com um travessão de família.

 

Essa será então a colecção de imagens de inspiração – e agora uma enorme chamada de atenção – é apenas isso, inspiração -, que irão mostrar aos vossos fornecedores para que eles vos conheçam e vejam a direcção para onde estão a apontar. Nenhum trabalho ou serviço será igual – nem deve ser. Estas imagens são apenas pontos de partida para o desenho do vosso dia e uma forma mais visual de comunicar e interpretar a mensagem.

 

Quem conhece o Pinterest sabe que também nos podemos sentir perdidos por ali, assoberbados com os milhares de imagens a circular, ou frustrados porque não conseguimos encontrar o que procurávamos (e muitas vezes, as imagens mais fracas são as que estão mais optimizadas para a busca, o que pode ser desconcertante).

Como dissemos acima, convém pensar na plataforma como fonte de inspiração e não como catálogo a partir do qual irão escolher exactamente aquilo que querem para o vosso dia, porque isso não é realista e, convenhamos, não tem graça nenhuma. O fundamental é concretizar todo este imaginário no resultado final que seja a cara dos noivos, que tenha a assinatura do profissional que escolheram para a vossa equipa de sonho e que seja alinhado com a vossa realidade (de orçamento, das características do espaço, das espécies florais disponíveis, etc., etc.).

O Pinterest é o meio, o caminho para chegar, não o fim em si!

 

Façam o vosso trabalho de casa e reúnam com os vossos profissionais preferidos, com tempo e disponibilidade. Conversem sobre a festa que esperam ter, o tipo de convidados (e as suas necessidades), o que é fundamental, o que é acessório e ideias que gostariam de pôr em prática, e deixem que o fornecedor inicie o seu processo criativo. Quer tenham uma visão bem definida ou uma ideia vaga, confiem nos profissionais que escolheram. Não o considerem um mero executante, mas um criativo capaz, que trabalha convosco e cujo objectivo é prestar-vos o melhor serviço possível.

 

Sobram dúvidas? Falem connosco! E não deixem de acompanhar todas as dicas para casar que vamos publicando, sempre à segunda-feira.

Comentar

Para saber como tratamos e protegemos os seus dados, leia a nossa política de privacidade