Created with Sketch.
Susana Pinto

Casamento molhado, casamento abençoado!

“Casamento molhado, casamento abençoado!”

Sempre ouvi este ditado, sobretudo como forma de aligeirar o ambiente, quando o mais bonito dos dias amanhece coberto de nuvens cor de chumbo.

A Patrícia e o João casaram num dia assim, em pleno verão, ninguém iria adivinhar (lembram-se de ontem termos falado na importância de ter um plano B para o vosso espaço?), mas nem por isso deixou de ser um dia glorioso e bonito. Afinal, o amor vence tudo e a sua manifestação palpável, os abraços apertados, os sorrisos, o brilhozinho nos olhos é muito mais do que suficiente para afastar qualquer nuvem e uns chuviscos.

 

A sessão fotográfica que a Diana Nobre, da Little Joy, lhes proporcionou, na praia, voltou a ter um tempo péssimo, mas resilientes e com um sorriso contagiante, a Patrícia e o João entregaram-se ao momento como se do mais belo dia de verão se tratasse! Segundo as palavras da Diana, são um casal incrível, simples e muito doce – e é precisamente isso que vemos nestas imagens captadas numa bonita praia nortenha, em pouco mais de vinte minutos, num dia de vendaval invernoso.

 

O vosso amor é mágico, já cantavam os Expensive Soul, e o que um bom fotógrafo faz, é captá-lo assim, sem artifícios, ao natural, no seu estado mais puro.

E isso é sempre bonito e certo!

 

Fotografia de casamento low cost no Port: Little Joy Photpgraphy Fotografia de casamento low cost no Port: Little Joy Photpgraphy Fotografia de casamento low cost no Port: Little Joy Photpgraphy Fotografia de casamento low cost no Port: Little Joy Photpgraphy Fotografia de casamento low cost no Port: Little Joy Photpgraphy Fotografia de casamento low cost no Port: Little Joy Photpgraphy Fotografia de casamento low cost no Port: Little Joy Photpgraphy Fotografia de casamento low cost no Port: Little Joy Photpgraphy Fotografia de casamento low cost no Port: Little Joy Photpgraphy Fotografia de casamento low cost no Port: Little Joy Photpgraphy

Espreitem o trabalho bonito da Little Joy: há sempre uma energia sorridente e contagiante nas suas fotografias – eu adoro isso!

Falem com a Diana Nobre, através da sua ficha de fornecedor, ela vai gostar de conversar convosco!

Susana Pinto

Casamento no Rio do Prado: Pippa + Josep

É com um animadíssimo casamento no Rio do Prado que fechamos esta semana em que o Outono se instalou.

É o mais bonito dos dias da Pippa + Josep, Portugal e Espanha de mãos dadas, captado por Little Joy e com animada pista de dança a cargo da Jukebox, ambos fornecedores seleccionados Simplesmente Branco.

Estes noivos queriam um dia solto, sem formalismos, muito emotivo e simbólico – conseguiram-no, encontrando o espaço certo, em redor do qual tudo o resto se foi encaixando na perfeição.

Vamos a isto? tenham um óptimo fim-de-semana!

 

Casamento no Rio do Prado, com fotografia de Little Joy Casamento no Rio do Prado, com fotografia de Little Joy Casamento no Rio do Prado, com fotografia de Little Joy Casamento no Rio do Prado, com fotografia de Little Joy

Quando a resposta foi “sim!”, como é que imaginaram o vosso dia?

Acho que o imaginámos como foi, mas não tão tão bom, foi ainda melhor! Rodeado das pessoas que amamos, muito descontraído, bonito, sincero, muito autêntico e natural, com toda a gente na mesma onda, a divertir-se, sem formalismos nem momentos de “tem de ser”. Tudo completamente à vontade, e todos a desfrutarem de momentos óptimos.

 

Sentiam-se preparados ou foi um caminho com muitos nervos?

Mais ou menos. Como a noiva não queria nada parecido com o típico casamento, os nervos foram alguns, mas trabalhámos com os parceiros certos que nos ajudaram muitíssimo ao longo dos preparativos.

 

Casamento no Rio do Prado, com fotografia de Little Joy Casamento no Rio do Prado, com fotografia de Little Joy Casamento no Rio do Prado, com fotografia de Little Joy Casamento no Rio do Prado, com fotografia de Little Joy Casamento no Rio do Prado, com fotografia de Little Joy Casamento no Rio do Prado, com fotografia de Little Joy Casamento no Rio do Prado, com fotografia de Little Joy Casamento no Rio do Prado, com fotografia de Little Joy

Em que momento da organização do casamento é que sentiram, «é mesmo isto»?

Encontrar o sítio ideal que fosse a nossa cara, para organizar a festa, já foi um primeiro momento de tranquilidade. Isso aconteceu assim que conheci o Telmo, do Rio do Prado. O conceito deles estava perfeitamente alinhado com o que pretendíamos.

 

O resultado é fiel às ideias iniciais ou muito diferente? Contaram com alguma ajuda?

Completamente fiel, apesar de muito ter sido criado e decidido ao longo dos preparativos. Mas o resultado foi muito além e precisamente alinhado com o que tínhamos imaginado.

 

Casamento no Rio do Prado, com fotografia de Little Joy Casamento no Rio do Prado, com fotografia de Little Joy Casamento no Rio do Prado, com fotografia de Little Joy Casamento no Rio do Prado, com fotografia de Little Joy Casamento no Rio do Prado, com fotografia de Little Joy Casamento no Rio do Prado, com fotografia de Little Joy

O que era fundamental para vocês? E sem importância?

Fundamental era ser descontraído, natural, sem exageros, com qualidade mas sem formalismos. Respeitar o meio ambiente o mais possível num cenário de natureza sem estragar nada, comida de boa qualidade, portuguesa com um twist, ingredientes de grande qualidade e tanto quanto possível de proveniência local, ou pelo menos com um significado que fizesse sentido (vinho dos pais da noiva, outro vinho de produção de amigos da Catalunha, presunto da terra do noivo).

Também na fotografia era fundamental que fosse natural, tudo autêntico tal como é, nada forçado, enfoque nos detalhes, pois muita coisa foi pensada ao pormenor para reflectir bem a nossa história (fotos penduradas de pessoas queridas que não puderam estar presentes, gifts de oliveirinhas-bebé colocadas junto a uma oliveira, mesas com nomes específicos e escritos a mão, tabuletas a contar a história dos vinhos e do presunto). Para nós não era importante enaltecer o nosso protagonismo (parece um comentário sem importância, mas normalmente nos casamentos a realidade é outra), não ter grande decoração e deixar tudo ao natural (o sitio em si já era lindo, acentuá-lo mais só iria causar o efeito oposto), não era também importante ter fotografias com toda a gente e toda a família, etc.

Optámos por deixar as coisas acontecerem e, por isso, preferimos ter tudo ao natural ainda que possam faltar registos fotográficos de algumas pessoas, do que despender muito tempo com filas e fotos posadas sem fim…

 

Casamento no Rio do Prado, com fotografia de Little Joy Casamento no Rio do Prado, com fotografia de Little Joy Casamento no Rio do Prado, com fotografia de Little Joy Casamento no Rio do Prado, com fotografia de Little Joy

O que foi mais fácil? E o que foi mais difícil?

Foi fácil o setup da festa excepto a cerimónia. Foi fácil escolher os fotógrafos e o DJ. Foi fácil também escolher o menu. Foi difícil definir o alinhamento da cerimónia pois queríamos realmente algo diferente, informal, com significado (o circulo, we are one, a conectividade sem hierarquias nem partidos). Foi difícil saber como iria ser o vestido da noiva. Foi difícil achar uma solução para o momento do bolo, pois a noiva não queria nada que lembrasse o típico casamento e é difícil fazer algo totalmente diferente em relação ao bolo que tantas pessoas valorizam… E foi muito trabalhoso decidir as mesas, exactamente onde sentar toda a gente. Mas no final este esforço foi reconhecido por muitos convidados, o que nos deixa radiantes.

 

Qual foi o pico sentimental do vosso dia?

O primeiro pico sentimental da noiva foi um presente oferecido enquanto se arranjava… Eram objectos dos avós paternos que já não não estão vivos. O anel de rubis acabou por ser usado pela noiva durante todo o casamento. Também, claro, a nossa chegada à cerimonia, sendo que os noivos chegaram ao mesmo tempo e acompanhados das três filhas (biologicamente só do noivo, daí também o grande significado de duas delas acompanharem a noiva). Ver a compilação de vídeos que o pai da noiva teve tanto trabalho e dedicação a criar e que gerou um monte de comentários divertidos por parte dos convidados.  A parte em que a noiva cantou foi outro pico sentimental para os dois e o terceiro pico foi quando uma nossa amiga cantou inesperadamente à capela.

 

Casamento no Rio do Prado, com fotografia de Little Joy Casamento no Rio do Prado, com fotografia de Little Joy Casamento no Rio do Prado, com fotografia de Little Joy Casamento no Rio do Prado, com fotografia de Little Joy

E o pico de diversão?

Dançar, entre os noivos, com as nossas filhas, amigos. Conversar, rir, fazer palhaçadas e estar com amigos que não víamos há muito tempo, que vivem do outro lado do mundo. A sessão fotográfica a dois foi também super divertida e uma desculpa para estarmos juntos. E, para a noiva, cantar foi também um pico de diversão.

 

Um pormenor especial…

Termos inesperadamente aparecido no princípio da festa com outra roupa e depois às escondidas trocar de roupa e ir para o meio do pomar sem que o noivo e a noiva se vissem. Os discursos dos nossos três queridos amigos e o partir do copo, parte da tradição judaica da família da noiva.

 

Casamento no Rio do Prado, com fotografia de Little Joy Casamento no Rio do Prado, com fotografia de Little Joy Casamento no Rio do Prado, com fotografia de Little Joy Casamento no Rio do Prado, com fotografia de Little Joy

Agora que já aconteceu, mudavam alguma coisa?

Nem por isso… Podíamos ter treinado a dinâmica da cerimónia, para saber melhor o que acontece e quando, entre a conservadora, os meninos das alianças, as músicas…

 

Algumas words of advice para as próximas noivas…

De um modo geral diria, escolham os parceiros certos, pelo feeling e menos por portefolios que possam ver. Trust your guts!

Encontrar o espaço certo, de acordo com o que imaginaram, é essencial e meio caminho andado para ser o vosso casamento de sonho.

 

Casamento no Rio do Prado, com fotografia de Little Joy Casamento no Rio do Prado, com fotografia de Little Joy Casamento no Rio do Prado, com fotografia de Little Joy Casamento no Rio do Prado, com fotografia de Little Joy

 

Os fornecedores envolvidos:

 

convites e materiais gráficos: tudo handmade pelos noivos, mas muito minimalista e prático;

espaço para casamento, catering, decoração e bolo dos noivos: Rio do Prado;

bolo dos noivos: Teresa de Óbidos;

vestido de noiva e sapatos: By Ana Menezes;

maquilhagem e cabelos: Milen Lopez & Carolina;

ofertas aos convidados: Planfor;

fotografia e vídeo: Little Joy;

música ao vivo: violino e toda a organização foi feita pela Maria da Rocha Gonçalves e a banda “Mary and the Freak Brothers”;

luzes, som e Dj: Jukebox.

Marta Ramos

Felizes, nós e o mar, por Little Joy Photography

A costa de Vila Nova de Gaia já tem sido várias vezes cenário de fotografias mostradas por nós, aqui no SB. É, de facto, uma zona bastante fotogénica, com rochas dramáticas, areais extensos, um mar muito vivo, e peculiaridades, como a capela do Senhor da Pedra, na praia de Miramar, que conferem uma personalidade muito própria às imagens. Diana Nobre tem uma predilecção especial por esta costa, o que, naturalmente, se estende à equipa da Little Joy Photography, um projecto criado por si.

 

Convido-vos, então, para um passeio até à costa de Gaia, pela lente da Little Joy. Vamos acompanhar a Rita e o Catarino, um casal muito tranquilo e despreocupado, que deu o nó no passado mês de Julho e, dois dias antes do casamento, subiu às rochas da beira-mar para registar alguns momentos de felicidade e de partilha. Contam os fotógrafos que foi um bocado muito bem passado, com muita conversa, muita boa disposição, e que o casal mostrou (tanto na e-session como no casamento) estar, sobretudo, descontraído, focado apenas na alegria de viver esta fase das suas vidas, e de poder partilhá-la com as pessoas mais próximas.

Vamos ver o mar?

 

Sessão de noivado à beira-mar, por Little Joy Photography Sessão de noivado à beira-mar, por Little Joy Photography Sessão de noivado à beira-mar, por Little Joy Photography Sessão de noivado à beira-mar, por Little Joy Photography Sessão de noivado à beira-mar, por Little Joy Photography Sessão de noivado à beira-mar, por Little Joy Photography Sessão de noivado à beira-mar, por Little Joy Photography Sessão de noivado à beira-mar, por Little Joy Photography Sessão de noivado à beira-mar, por Little Joy Photography Sessão de noivado à beira-mar, por Little Joy Photography

Little Joy Photography é uma marca da fotógrafa Diana Nobre, que já há bastante tempo nos acompanha com a sua visão muito interessante e muito poética da fotografia. Ao longo de mais de 5 anos, Diana Nobre moldou a sua equipa à sua visão e ensinou-lhes tudo o que, na sua opinião, a fotografia deve expressar: todas as emoções, os sentimentos, os estados de espírito. Agora, e empenhada em fazer chegar a sua visão a cada vez mais casais, criou a marca Little Joy para dar asas à equipa que tão bem formou. Na Little Joy, a Diana não fotografa, mas edita as fotografias no final. Contem com a mesma produção, a mesma visão, a mesma faísca. O objectivo é poder oferecer fotografia com a qualidade e a alma Diana Nobre a valores um pouco mais acessíveis. Digam lá se não é uma excelente notícia?

Acompanhem os nossos posts acerca do trabalho da Little Joy Photography e não deixem de consultar sua ficha de fornecedor seleccionado para ficarem a conhecer melhor o seu trabalho. E falem com a Diana: ela tem toda uma equipa preparadíssima para registar o dia do vosso casamento com a sua visão.

Susana Pinto

Casamento na Quinta do Casal: Cristiana + Nuno

Nesta semana em que celebramos a liberdade, mostramos um casamento singelo mas tão cheio de sorrisos contagiantes.

É o mais bonito dos dias da Cristiana + Nuno, sabiamente captado pela Little Joy – há sempre uma energia muito feliz presente no seu trabalho.

Espreitem este dia bonito, que vos vai deixar com um belo sorriso na cara.

Bom fim-de-semana!

 

Fotógrafo de casamento no Porto: Little Joy Fotógrafo de casamento no Porto: Little Joy Fotógrafo de casamento no Porto: Little Joy Fotógrafo de casamento no Porto: Little Joy Fotógrafo de casamento no Porto: Little Joy

Quando a resposta foi “sim!”, como é que imaginaram o vosso dia?

Um dia tranquilo que iria reunir treze anos de amor e cumplicidade.

 

Sentiam-se preparados ou foi um caminho com muitos nervos?

Sim, bastante preparados!

 

Fotógrafo de casamento no Porto: Little Joy Fotógrafo de casamento no Porto: Little Joy Fotógrafo de casamento no Porto: Little Joy Fotógrafo de casamento no Porto: Little Joy

Em que momento da organização do casamento é que sentiram, «é mesmo isto»?

Quando marcámos a data na igreja.

 

O resultado é fiel às ideias iniciais ou muito diferente? Contaram com alguma ajuda?

O resultado é muito próximo do que imaginámos.
Para isso, contámos com a ajuda preciosa da minha irmã e de uma amiga.

 

Fotógrafo de casamento no Porto: Little Joy Fotógrafo de casamento no Porto: Little Joy Fotógrafo de casamento no Porto: Little Joy Fotógrafo de casamento no Porto: Little Joy Fotógrafo de casamento no Porto: Little Joy Fotógrafo de casamento no Porto: Little Joy Fotógrafo de casamento no Porto: Little Joy Fotógrafo de casamento no Porto: Little Joy

O que era fundamental para vocês? E sem importância?

Era fundamental a cerimónia religiosa na igreja que escolhemos. Para nós, o casamento é a cerimónia.
Era também importante que todos os convidados se sentissem bem e que este dia fosse especial para todos.
O menos importante…? Talvez o tempo!

 

Fotógrafo de casamento no Porto: Little Joy Fotógrafo de casamento no Porto: Little Joy Fotógrafo de casamento no Porto: Little Joy Fotógrafo de casamento no Porto: Little Joy Fotógrafo de casamento no Porto: Little Joy Fotógrafo de casamento no Porto: Little JoyFotógrafo de casamento no Porto: Little Joy Fotógrafo de casamento no Porto: Little Joy Fotógrafo de casamento no Porto: Little Joy

 

O que foi mais fácil? E o que foi mais difícil?

O mais fácil foi marcar a data na igreja e descobrir o vestido de noiva e o fato do noivo. O mais difícil foi arranjar uma quinta que fosse ao encontro do que estávamos à procura.

 

Qual foi o pico sentimental do vosso dia?

Para nós, o corte do bolo, sem dúvida. Fizêmo-lo assim que chegámos à quinta e brindámos com todos.

 

Fotógrafo de casamento no Porto: Little Joy Fotógrafo de casamento no Porto: Little Joy Fotógrafo de casamento no Porto: Little Joy Fotógrafo de casamento no Porto: Little Joy Fotógrafo de casamento no Porto: Little Joy Fotógrafo de casamento no Porto: Little Joy

E o pico de diversão?

A entrada para o salão!

 

Um pormenor especial…

A dança que os meus meninos prepararam para nós.

 

Fotógrafo de casamento no Porto: Little Joy Fotógrafo de casamento no Porto: Little Joy Fotógrafo de casamento no Porto: Little Joy Fotógrafo de casamento no Porto: Little Joy Fotógrafo de casamento no Porto: Little Joy

 

Agora que já aconteceu, mudavam alguma coisa?

Não, nada. Foi um dia pleno e memorável.

 

Algumas words of advice para as próximas noivas…

Encarem o dia com muita calma e desfrutem de cada momento.

 

Os fornecedores envolvidos:

local, decoração, catering e bolo dos noivos: Quinta do Casal;

fato do noivo e acessórios: Lojas Prassa;

vestido de noiva e sapatos: vestido Pronovias e sapatos El Corte Inglês;

maquilhagem: Makeup by Barbara Brandão;

cabelos: Rosa Silva Cabeleireiros;

bouquet de noiva: Terrárea;

ofertas aos convidados: o photobooth;

fotografia e video: Little Joy;

luzes, som e Dj: Em contra tempo.

Susana Pinto

Casamento na Torre Bella: Débora + Rúben

Fechamos esta semana com um casamento na Torre Bella – é o mais bonito dos dias da Débora + Rúben, fotografado pela Little Joy e filmado por The Breeders.

Os sorrisos e toda a energia que paira são contagiantes, e a entourage de madrinhas coloridas e risonhas é deliciosa – quem não quer uma grupeta assim, cheia de graça e pinta?

O primeiro casamento aconteceu só a dois, em Paris, e repetiram a dose, em formato alargado, junto da família e amigos, já por cá. Parece-me uma ideia genial!

Vamos a isto? Tenham um óptimo fim-de-semana!

 

Fotografia de casamento no Porto: Little Joy Fotografia de casamento no Porto: Little Joy Fotografia de casamento no Porto: Little Joy Fotografia de casamento no Porto: Little Joy Fotografia de casamento no Porto: Little Joy

Quando a resposta foi “sim!”, como é que imaginaram o vosso dia?

O “Sim” tão esperado foi em Paris, em 2016. Uma aventura, pois no mesmo dia casámos pelo civil no Consulado Português, na sala Eça de Queirós. Foi um dia cheio de mimos, com uma cidade super romântica só para nós os dois. Depois caberia escolher o grande dia para celebrar com as pessoas que mais amamos. Por surpresa, mas com um intuito muito simbólico, escolhemos o dia em que completava trinta anos. Nada melhor do que entrar nos trinta com as pessoas que mais amamos, no dia mais feliz das nossas vidas!

 

Fotografia de casamento no Porto: Little Joy Fotografia de casamento no Porto: Little Joy Fotografia de casamento no Porto: Little Joy Fotografia de casamento no Porto: Little Joy Fotografia de casamento no Porto: Little Joy

Sentiam-se preparados ou foi um caminho com muitos nervos?

Estávamos super preparados, ansiávamos que chegasse rapidamente o nosso dia e preparámos tudo com muito amor e carinho.

Quem nos conhece sabe que foi um ano muito agitado e, como moramos fora do país, foram imensas as viagens a Portugal para que tudo estivesse perfeito! Quanto aos nervos, só no dia anterior ao casamento, mas quem não os sente?

 

Fotografia de casamento no Porto: Little Joy Fotografia de casamento no Porto: Little Joy Fotografia de casamento no Porto: Little Joy Fotografia de casamento no Porto: Little JoyFotografia de casamento no Porto: Little Joy

Em que momento da organização do casamento é que sentiram, «é mesmo isto»?

Desde o início que começámos a pensar em todos os pormenores. Desde a escolha da quinta, a Torre Bella, que foi um amor à primeira vista, gira e com uma vista deslumbrante sobre o rio Douro, à igreja, a Torre dos Clérigos, representando o nossa cidade, da nossa querida fotógrafa e especialmente o dia em que escolhi o meu vestido de noiva… acho que esse dia fica na memória de qualquer noiva, é mágico e verdadeiramente especial.

 

Fotografia de casamento no Porto: Little Joy Fotografia de casamento no Porto: Little Joy Fotografia de casamento no Porto: Little Joy Fotografia de casamento no Porto: Little Joy Fotografia de casamento no Porto: Little Joy

O resultado é fiel às ideias iniciais ou muito diferente? Contaram com alguma ajuda?

Suplantou as nossas expectativas, foi tudo lindo e mágico! Como já referimos, foi um ano complicado com imensas escolhas e decisões, sendo que a única ajuda que tivemos foi dos nossos familiares em pequenos pormenores e dos padrinhos, madrinhas e damas de honor, que foram realmente incansáveis!

 

O que era fundamental para vocês? E sem importância?

Fundamental era ter toda família reunida, ter todos os nossos amigos do coração reunidos… seria um dia tão especial que tudo tinha a sua importância.

 

Fotografia de casamento no Porto: Little Joy Fotografia de casamento no Porto: Little Joy Fotografia de casamento no Porto: Little Joy Fotografia de casamento no Porto: Little Joy Fotografia de casamento no Porto: Little Joy

O que foi mais fácil? E o que foi mais difícil?

O mais fácil (que até parece mentira), e sem dúvida a escolha mais rápida de sempre, foi o fato do noivo! Fácil foi também a escolha da igreja Torre dos Clérigos, que sendo um ícone de grande importância da nossa cidade do Porto, é algo que nos simboliza e tem um sabor especial para nós, visto que estamos a viver fora do país.

Difícil, verdadeiramente o mais difícil, foi quando nos demos conta que a festa estava acabar, parecia um sonho do qual não queríamos acordar.

 

Qual foi o pico sentimental do vosso dia?

A resposta foi super rápida pelo Rúben: “a tua entrada na igreja!”. Também tivemos uma pequena surpresa da nossa querida Raquel Couto-Soprano, que cantou para nós à saída da Igreja, Hymn to the Sea (James Horner), uma das mais conhecidas músicas do filme Titanic. Ficámos parados até que acabasse, enquanto toda gente nos esperava no exterior da igreja… foi um momento que nunca mais esqueceremos.

 

Fotografia de casamento no Porto: Little Joy Fotografia de casamento no Porto: Little Joy Fotografia de casamento no Porto: Little Joy Fotografia de casamento no Porto: Little Joy Fotografia de casamento no Porto: Little Joy

E o pico de diversão?

Sem dúvida que todos os momentos da festa foram de pura diversão e todos bastante sentimentais, sendo por isso difícil escolher apenas um. Houve certamente um momento especial, em que ambos ficamos em êxtase… o corte do bolo!  Tínhamos pedido à nossa banda que tocasse ao vivo a música November Rain dos Guns N’Roses, umas das nossas músicas preferidas. Superaram largamente todas as expectativas. Foram incríveis. O momento foi espectacularmente fantástico!

 

Fotografia de casamento no Porto: Little Joy Fotografia de casamento no Porto: Little Joy Fotografia de casamento no Porto: Little Joy Fotografia de casamento no Porto: Little Joy

Um pormenor especial…

As minhas queridas madrinhas, juntamente com as damas de honor, elaboraram uma super coreografia com todas as músicas que costumamos dançar… foi uma surpresa incrível!  Delirámos também com o vídeo elaborado com tanto carinho pelos nossos amigos. E, claro, não podia esquecer o meu aniversário de trinta anos, com uma festa incrível e com toda gente que adoro a cantar-me os parabéns !

Foi memorável!

 

Fotografia de casamento no Porto: Little Joy Fotografia de casamento no Porto: Little Joy Fotografia de casamento no Porto: Little Joy Fotografia de casamento no Porto: Little Joy Fotografia de casamento no Porto: Little Joy Fotografia de casamento no Porto: Little Joy Fotografia de casamento no Porto: Little Joy

Agora que já aconteceu, mudavam alguma coisa?

Nada, tudo foi simplesmente mágico. Pedíamos apenas que o dia fosse mais longo!

 

Algumas words of advice para as próximas noivas…

Simplesmente saboreiem, deixem-se envolver pelo momento, desfrutem cada segundo, será um dia cheio de emoções, será magico!

 

Fotografia de casamento no Porto: Little Joy Fotografia de casamento no Porto: Little Joy Fotografia de casamento no Porto: Little Joy Fotografia de casamento no Porto: Little Joy Fotografia de casamento no Porto: Little Joy Fotografia de casamento no Porto: Little Joy Fotografia de casamento no Porto: Little Joy Fotografia de casamento no Porto: Little Joy

 

Os fornecedores envolvidos:

 

convites e materiais gráficos: feitos pelos noivos;

local e decoração: Torre Bella;

catering e bolo dos noivos: Duplos Gemini RC Eventos;

fato do noivo e acessórios: Prassa Porto;

vestido de noiva e sapatos: vestido e acessórios Pronovias; sapatos My Shoes;

maquilhagem: Maria Luis Makeup;

cabelos: Zé Carlos Taipa Hairstylist;

bouquet: Isabel Castro Freitas;

decoração: Torre Bella;

ofertas aos convidados: Mia Luzia;

fotografia: Little Joy;

vídeo: The Breeders;

luzes, som e Dj: The Ideal Gang, Raquel Couto (igreja).

Marta Ramos

Tanto amor que transborda, por Little Joy Photography

O Rui e a Andreia casaram em Julho de 2018 na Quinta dos Lagos, em Leiria, e convidaram a Little Joy Photography para registar a sua alegria transbordante. A começar logo pelos preparativos dos noivos que, cada um em casa dos respectivos pais, começaram bem cedo a receber convidados. Em casa do Rui, às 9h já havia mesa farta para quem lá aparecesse; em casa da Andreia, à noiva somaram-se 12 damas de honor, todas a arranjarem-se em simultâneo, numa feliz algazarra e sempre em grande cumplicidade: «Houve um momento muito bonito, em que a noiva ofereceu um presente personalizado a cada uma das damas de honor. Quem não se sentiria especial com um gesto assim?»
A festa prosseguiu em grande escala, pois tratava-se de um grupo de cerca de 300 pessoas, com uma grande percentagem de amigos dos noivos – logo, muita juventude a animar o ambiente. Chegados à igreja, com os atrasos da praxe, recebia-os uma carrinha de street food muito convidativa, pelo que ninguém se queixou do tempo de espera: «A entrada da noiva na igreja foi super engraçada, rodeada de amigas a segurar-lhe o vestido, porque estava um vendaval fortíssimo! Foi uma cerimónia linda, casa cheia, sentia-se no ar a cumplicidade de todos os presentes. Todos estavam felizes pelo mesmo. Sem dúvida.»
Quando chegaram à quinta, a festa escalou e não houve um único momento de tédio. Soubemos ainda pelos fotógrafos que o Rui não tirava os olhos da Andreia, não ouvia nada do que lhe diziam, sempre encantado com ela, a pegar-lhe ao colo, a rodopiar, a enchê-la de mimo. Uma doçura!
Vamos ver como foi então esta animadíssima festa?

Casamento fotografado por Little Joy Photography

Casamento fotografado por Little Joy Photography

Casamento fotografado por Little Joy Photography

Casamento fotografado por Little Joy Photography

Casamento fotografado por Little Joy Photography

Casamento fotografado por Little Joy Photography

Casamento fotografado por Little Joy Photography

Casamento fotografado por Little Joy Photography

Casamento fotografado por Little Joy Photography

Casamento fotografado por Little Joy Photography

Casamento fotografado por Little Joy Photography

Casamento fotografado por Little Joy Photography

Casamento fotografado por Little Joy Photography

Casamento fotografado por Little Joy Photography

Casamento fotografado por Little Joy Photography

Casamento fotografado por Little Joy Photography

Casamento fotografado por Little Joy Photography

Casamento fotografado por Little Joy Photography

Casamento fotografado por Little Joy Photography

Casamento fotografado por Little Joy Photography

Casamento fotografado por Little Joy Photography

Acompanhem os nossos posts acerca do trabalho da Little Joy Photography e não deixem de consultar sua ficha de fornecedor seleccionado para ficarem a conhecer melhor o seu trabalho. E falem com a Diana: ela tem uma equipa preparadíssima para registar o dia do vosso casamento com a sua visão.

Marta Ramos

Damos as boas-vindas: Little Joy Photography

As boas-vindas de hoje são dadas à Little Joy Photography!

Este é um projecto criado, orientado e acarinhado pela fotógrafa Diana Nobre, que já há bastante tempo nos acompanha com a sua visão muito interessante e muito poética da fotografia. Ao longo de mais de cinco anos, Diana Nobre moldou a sua equipa à sua visão e ensinou-lhes tudo o que, na sua opinião, a fotografia deve expressar: todas as emoções, os sentimentos, os estados de espírito. Agora, e empenhada em fazer chegar a sua visão a cada vez mais casais, criou a marca Little Joy para dar asas à equipa que tão bem formou. Na Little Joy, a Diana não fotografa, mas edita as fotografias no final. Contem com a mesma produção, a mesma visão, a mesma faísca. O objectivo é poder oferecer fotografia com a qualidade e a alma Diana Nobre a valores um pouco mais acessíveis. Digam lá se não é uma excelente notícia?
A partir de agora, acompanhem também os nossos posts acerca do trabalho da Little Joy Photography.

Little Joy Photography, um fornecedor seleccionado Simplesmente Branco

Little Joy Photography, um fornecedor seleccionado Simplesmente Branco

Little Joy Photography, um fornecedor seleccionado Simplesmente Branco

Little Joy Photography, um fornecedor seleccionado Simplesmente Branco

Little Joy Photography, um fornecedor seleccionado Simplesmente Branco

Little Joy Photography, um fornecedor seleccionado Simplesmente Branco

Little Joy Photography, um fornecedor seleccionado Simplesmente Branco

Little Joy Photography, um fornecedor seleccionado Simplesmente Branco

Little Joy Photography, um fornecedor seleccionado Simplesmente Branco

Little Joy Photography, um fornecedor seleccionado Simplesmente Branco

Little Joy Photography, um fornecedor seleccionado Simplesmente Branco

Little Joy Photography, um fornecedor seleccionado Simplesmente Branco

Little Joy Photography, um fornecedor seleccionado Simplesmente Branco

Não deixem de consultar a ficha de fornecedor seleccionado Little Joy Photography para ficarem a conhecer melhor o seu trabalho. E falem com a Diana: ela tem uma equipa preparadíssima para registar o dia do vosso casamento com a sua visão.

Little Joy, bem-vindos ao Simplesmente Branco!