Created with Sketch.
Marta Ramos

A magia do Alentejo, por Design Events Wedding

Nestes dias subitamente primaveris, só nos apetece pensar em passear. Vamos até ao Alentejo? Quem nos convida é Maria João Soares, da Design Events Wedding, que nos traz hoje imagens e memórias de um casamento em Setembro do ano passado, com muito Alentejo, muito calor e muitos sorrisos:

«Há quem vá para longe à procura de destinos exóticos e excitantes, mas para a Liliana e o Pedro, casal apaixonado, aventureiro e com uma vida citadina do mais exigente, o Alentejo profundo foi o seu paraíso de eleição. Assentaram arraiais na Herdade do Vau, no meio do montado e debruçada sobre a fronteira. Casaram na pequena Igreja da vila mais próxima. E tiveram uma festa de arromba, no Setembro mais quente de que nos lembramos.
Sem plano B, este casamento foi uma prova de grau de dificuldade máxima, mas os sorrisos atestam que foi o melhor dia das suas vidas. Pelo meio ficou a excitação da chegada difícil ao local, de alguns que se perderam pelo caminho, duma estrada longa e intransitável e dum pequeno paraíso onde se produz um vinho maravilhoso e que dá pelo nome, muito apropriado, de RISO, que foi o que mais vimos nas caras destes dois. Como bem sabemos, o caminho para o paraíso não é fácil, mas vale a pena tentar.»

Diz o ditado que dum casamento sai outro, e se calhar é mesmo verdade: quando chegarem à última imagem, vão certamente pensar, como nós, que aquele casal será o próximo a não resistir à magia do Alentejo!

Vamos então a isto? Que bom seria estarmos, de facto, a passear nestas paisagens. Mas, à falta disso, que bom que é termos a possibilidade de o fazer através das imagens assinadas por P2F Atelier.

 

Design Events - organização de casamentos- casamento rústico na Herdade do Vau, Alentejo

 

Design Events - organização de casamentos- casamento rústico na Herdade do Vau, Alentejo

 

Design Events - organização de casamentos- casamento rústico na Herdade do Vau, Alentejo

 

Design Events - organização de casamentos- casamento rústico na Herdade do Vau, Alentejo

 

Design Events - organização de casamentos- casamento rústico na Herdade do Vau, Alentejo

 

Design Events - organização de casamentos- casamento rústico na Herdade do Vau, Alentejo

 

Design Events - organização de casamentos- casamento rústico na Herdade do Vau, Alentejo

 

Design Events - organização de casamentos- casamento rústico na Herdade do Vau, Alentejo

 

Design Events - organização de casamentos- casamento rústico na Herdade do Vau, Alentejo

 

Design Events - organização de casamentos- casamento rústico na Herdade do Vau, Alentejo

 

Design Events - organização de casamentos- casamento rústico na Herdade do Vau, Alentejo

 

Design Events - organização de casamentos- casamento rústico na Herdade do Vau, Alentejo

 

Design Events - organização de casamentos- casamento rústico na Herdade do Vau, Alentejo

 

Design Events - organização de casamentos- casamento rústico na Herdade do Vau, Alentejo

 

Design Events - organização de casamentos- casamento rústico na Herdade do Vau, Alentejo

 

Design Events - organização de casamentos- casamento rústico na Herdade do Vau, Alentejo

 

Design Events - organização de casamentos- casamento rústico na Herdade do Vau, Alentejo

 

Design Events - organização de casamentos- casamento rústico na Herdade do Vau, Alentejo

 

Design Events - organização de casamentos- casamento rústico na Herdade do Vau, Alentejo

 

Design Events - organização de casamentos- casamento rústico na Herdade do Vau, Alentejo

 

Design Events - organização de casamentos- casamento rústico na Herdade do Vau, Alentejo

 

Design Events - organização de casamentos- casamento rústico na Herdade do Vau, Alentejo

 

Design Events - organização de casamentos- casamento rústico na Herdade do Vau, Alentejo

 

Design Events - organização de casamentos- casamento rústico na Herdade do Vau, Alentejo

 

Design Events - organização de casamentos- casamento rústico na Herdade do Vau, Alentejo

 

Design Events - organização de casamentos- casamento rústico na Herdade do Vau, Alentejo

 

Créditos:

 

organização, styling e flores: Design Events Wedding

espaço: Herdade do Vau

animação: Banda Oh My Dog

fotografia: P2F Atelier

Marta Ramos

Um casamento hindu no Alentejo, por Design Events Wedding

Continuamos no nosso périplo anti-cinzentismo (com sorte, as nuvens vão-se mesmo embora!): agora, é Maria João Soares, da Design Events Wedding, que nos leva até ao Alentejo, para testemunharmos uma festa resplandecente de cor e de encanto.

«A Neha e o Jacob trocaram um casamento na Itália pelo nosso Alentejo. Era Maio, o tempo ainda não estava muito seguro, mas para eles era a data ideal. Os convidados vieram de várias partes do mundo e dividiram-se por duas pequenas vilas alentejanas, escolhidas a dedo – a pequena mas deliciosa Monforte e a palaciana Vila Viçosa, onde decorreu o casamento católico na mais bela igreja alentejana, o Santuário de Nª Sra. da Conceição. Os dois dias de festa iniciaram-se com a festa do Haldi, seguida do Sangeete e o apogeu das várias cerimónias e ritos, com o casamento hindu. Todo um crescendo em cores, ritmos musicais e a alegria muito própria das famílias. O bolo bonito foi da autoria da mãe do noivo – e, para nós, foi uma surpresa como chegou a Portugal! Pelo meio houve algumas peripécias e alguns nervos, claro; mas para este casal apaixonado tudo teve um significado muito próprio. Foi com um enorme prazer que ajudámos a tornar esta festa uma realidade.»

Houve mais fornecedores seleccionados SB a contribuir para esta maravilhosa celebração: a In Love – unique weddings tratou do estacionário com a especial graça que lhes é característica, e a Jukebox pôs toda a gente a dançar!

 

Design Events - wedding planner - casamento indiano no Alentejo

 

Design Events - wedding planner - casamento indiano no Alentejo

 

Design Events - wedding planner - casamento indiano no Alentejo

 

Design Events - wedding planner - casamento indiano no Alentejo

 

Design Events - wedding planner - casamento indiano no Alentejo

 

Design Events - wedding planner - casamento indiano no Alentejo

 

Design Events - wedding planner - casamento indiano no Alentejo

 

Design Events - wedding planner - casamento indiano no Alentejo

 

Design Events - wedding planner - casamento indiano no Alentejo

 

Design Events - wedding planner - casamento indiano no Alentejo

 

Design Events - wedding planner - casamento indiano no Alentejo

 

Design Events - wedding planner - casamento indiano no Alentejo

 

Design Events - wedding planner - casamento indiano no Alentejo

 

Design Events - wedding planner - casamento indiano no Alentejo

 

Design Events - wedding planner - casamento indiano no Alentejo

 

Design Events - wedding planner - casamento indiano no Alentejo

 

Design Events - wedding planner - casamento indiano no Alentejo

 

Design Events - wedding planner - casamento indiano no Alentejo

 

Design Events - wedding planner - casamento indiano no Alentejo

 

Design Events - wedding planner - casamento indiano no Alentejo

 

Design Events - wedding planner - casamento indiano no Alentejo

 

Design Events - wedding planner - casamento indiano no Alentejo

 

Design Events - wedding planner - casamento indiano no Alentejo

 

Design Events - wedding planner - casamento indiano no Alentejo

 

Design Events - wedding planner - casamento indiano no Alentejo

 

Design Events - wedding planner - casamento indiano no Alentejo

 

1Design Events - wedding planner - casamento indiano no Alentejo

 

Créditos:

 

organização, styling e flores: Design Events Wedding

fotografia: Piteira Photography

animação: Jukebox

vídeo: Make My Day

actuação: Paula Cruz, Fadista – Estremoz

estacionário: In Love – unique weddings

cabelos e maquilhagem: Helena Afonso – Vila Viçosa

pintura hena: Filomena Mehendi

Marta Ramos

Damos as boas-vindas: AVVA-Eventos!

As boas-vindas de hoje são dadas à Sílvia Mota Vasconcelos e à sua AVVA-Eventos!

 

Casar na ilha de São Miguel já é, só por si, uma ideia idílica. Com o apoio da equipa wedding planner da AVVA-Eventos, todo o encanto dessa ideia é reflectido nos detalhes do vosso casamento, para um resultado que supera as expectativas mais elevadas. Assumidamente românticos e orgulhosamente autênticos, os profissionais da AVVA-Eventos adoram o que fazem e fazem-no com classe. Inspirados na história de cada casal e nos encantos da ilha de São Miguel, dedicam-se inteiramente a construir cada casamento como se fosse o único. A decoração é um dos seus pontos fortes, assente na personalização completa e no detalhe. Mas a cozinha é outro dos seus trunfos, baseada nos produtos frescos e locais. Seja qual for a vossa ideia (uma festa intima ou gigante, um sítio badalado ou escondidinho), desafiem-nos!

Escolheram ser profissionais de casamento porque são românticos e adoram decoração e todos os detalhes. Orgulham-se muito de serem reconhecidos pelas suas decorações e pela dedicação a cada casal de noivos que os escolhe para organizar o seu dia. Vão procurar inspiração aos noivos que os procuram e à natureza luxuriante da ilha de São Miguel – os seus verdes, a sua luz, o cheiro do mar. E daqui a cinco anos vêem-se a ser os melhores e mais conceituados wedding planners dos Açores.

 

Boas-vindas AVVA Eventos

 

 

 

 

Não deixem de consultar a ficha de fornecedor seleccionado da AVVA-Eventos para ficarem a conhecer melhor o seu trabalho.

 

Sílvia, bem-vinda ao Simplesmente Branco!

Marta Ramos

Nova montra TFY Weddings

As galerias das fichas de fornecedor seleccionado são como montras do trabalho dos profissionais que escolhemos para vos recomendar. Com a remodelação do Simplesmente Branco no ano passado, ficaram ainda mais gloriosas, permitindo-vos folhear e sonhar, enquanto detectam aqueles pormenores especiais que vos fazem querer contactar aquela pessoa.

Hoje destacamos a renovação da montra TFY Weddings! Vejam as bonitas fotos e as boas ideias e inspirem-se!

 

 

 

 

 

«Garantimos que vamos ao encontro de todos os vossos desejos, e que o dia da vossa vida será verdadeiramente memorável. Iremos tomar conta de tudo, de forma diligente e responsável, desde a decoração, fotógrafo, catering, músicos, convites, até todos os aspectos relacionados com o grande dia, alojamento dos convidados e actividades, até à lua-de-mel.»

Na TFY Weddings, especializam-se não só no planeamento de casamentos e todos os serviços completos em Portugal, mas também na criação de memórias únicas. Escolheram trabalhar na área dos casamentos porque fazer parte do dia mais feliz da vida dos casais, e auxiliá-los no que eles precisarem, é a sua maior motivação. Orgulham-se muito de criar momentos únicos, memoráveis e felizes. Vão buscar inspiração a tudo o que os rodeia, desde os detalhes da história de amor de cada casal, às suas culturas, e até ao local escolhido para a celebração. E quando olham para o futuro, vêem-se a inovar e a celebrar casamentos mais personalizados.

Não deixem de consultar a ficha de fornecedor seleccionado da TFY Weddings  para conhecerem melhor o seu trabalho. E falem com eles, eles estão à vossa espera para, juntos, criarem um dia memorável.

Marta Ramos

Casamento à vista: prontos para pôr o plano em marcha?

Ora bem, estamos em Fevereiro, mês curto que nos acelera o calendário e nos faz perceber que temos que meter mãos à obra, se queremos casar em breve. É o vosso caso? Então estão no sítio certo. Não queremos que que vos falte nada e por isso vamos agora dedicar-nos a organizar os nossos conteúdos por tópicos para que fiquem com a vida (ainda mais) facilitada.

Para começar a falar de planear um casamento, é imperativo referir o livro que a nossa editora executiva, a Susana Esteves Pinto, escreveu a meias com a Maria João Soares, wedding planner da Design Events Wedding: Queres casar comigo – guia prático para um dia muito feliz.

Ouvimos a pergunta, respondemos um “sim!” cheio de doçura e lágrimas, contamos a toda a gente (ou guardamos segredo!), respiramos fundo, vamos dormir. Acordamos no dia seguinte, ainda com um belo sorriso, mas já com um nervoso miudinho a instalar-se… por onde é que se começa…?! Comecem por aqui, é a nossa sugestão.

Este é um livro que resulta de muitas horas de conversa e troca de ideias entre as autoras, com noivos e com fornecedores, para perceber o que fazia falta saber, quais as dúvidas e questões, e até, as ideias feitas que seria bom esclarecer e desmistificar, sugerindo, pelo caminho, algumas boas práticas relevantes. Assim chegaram a uma visão de 360º, bem disposta, serena, aberta e profissional, sobre os vários assuntos de que é feita esta viagem. Facilitar a vossa aventura, partilhando conhecimento valioso e ferramentas práticas para dominar o processo, é o principal propósito. Sem oferecer conselhos rígidos nem fórmulas fechadas, a Maria João e a Susana apontam caminhos, sugerem boas escolhas e boas ideias, e apresentam referências de qualidade no mercado.
Quando chegarem ao fim deste volume, de certeza de que a visão do que pode ser e será o vosso casamento, mudou – para melhor!

 

 

 

 

 

Consultem o site do livro para saberem onde poderão comprá-lo e depois… bem, nunca o larguem. A par desta sugestão de arranque, recordamos alguns dos nossos artigos-chave para vos ajudar a colocar as ideias no lugar. Já conhecem a nossa rubrica semanal wise words. Para começar, sugiro que descubram estas 15 perguntas frequentes sobre a organização do casamento (e respectivas respostas, claro). A pergunta número um é ‘Como escolher a data?’, o que nos remete para outro artigo fundamental, se ainda estão nessa fase, que assinala algumas das vantagens de casar fora de época. Prossigam para a descodificação dos procedimentos legais do casamento e arrumem de uma vez por todas com as burocracias. E depois mergulhem no essencial: Por onde começar a organizar o casamento?
Por hoje, já têm material de trabalho mais do que suficiente. Leiam, reflictam, tomem notas e, sobretudo, sintam-se donos do processo.

Bom trabalho e divirtam-se!

Marta Ramos

Wise words: 15 perguntas frequentes sobre a organização do casamento

Prontos para arrancar com a organização do casamento? Para quem vai agora começar, isto pode parecer intenso. Tanta coisa para decidir, tantas contas para fazer… Mas na verdade, tal como em todas as grandes tarefas com que nos deparamos, tudo se resolve com calma e organização. Nesta nossa rubrica de wise words encontrarão artigos detalhados sobre vários dos mais importantes capítulos da organização do casamento. Têm também o livro Queres casar comigo? – guia prático para um dia muito feliz, que será o vosso melhor amigo durante os próximos meses – foi lá que me inspirei para vos trazer estas perguntas frequentes, acompanhadas de respostas pertinentes. Espero que vos sirva de ponto de partida para começarem a sentir-se menos ‘perdidos’. Em muitas das respostas encontrarão links para poderem aprofundar melhor o assunto.

Ora então, vamos a isto:

 

Como escolher a data?
Um dos critérios será, claro, o de optar por datas que tenham a ver com a vossa história. Se o dia em que se conheceram vai calhar, para o ano, a meio da semana, ou se é num mês dos mais frios, não se atrapalhem. Há muitas vantagens em casar fora de época, só terão que avaliar e decidir. Saibam mais aqui.
No caso de vos faltar um número mágico, ou de este não calhar bem no vosso plano, então podem sempre pedir sugestões à família e aos amigos mais próximos. Evitem aniversários e outras datas relevantes.

 

A quem o devemos anunciar primeiro?
À família. Organizem um jantar com o núcleo mais próximo – pais, avós e irmãos. Leiam as nossas wise words sobre protocolo, está lá tudo.

 

Quais são os procedimentos burocráticos necessários?
Para casamentos civis, tudo começa na Conservatória do Registo Civil da zona onde pretendem casar. Marcam a data e definem o local.
Se também pretendem uma cerimónia católica, escolham a paróquia, marquem reunião com o padre e combinem data e hora. Habitualmente é a igreja que trata das papeladas com a Conservatória. Se não for esse o caso, logo vos informarão de que documentos terão que trazer da Conservatória para a Igreja. O importante é que o casamento civil é celebrado no mesmo dia do matrimónio, mediante umas assinaturas posteriores à cerimónia.

Esta ligação entre casamento civil e religioso (chama-se casamento civil sob a forma religiosa) estende-se também, desde 2007, a outros grupos religiosos radicados em Portugal: Comunidade Judaica de Lisboa, Comunidade Islâmica de Lisboa, Aliança Evangélica Portuguesa, Comunidade Bahá”í, União Adventista, Centro Cristão Vida Abundante e Assembleia de Deus de Viseu. (saibam mais aqui)

 

E se um dos noivos for estrangeiro?

Nesse caso, terá que apresentar na Conservatória uma certidão de nascimento e um certificado de capacidade matrimonial do país de origem, devidamente traduzidos e certificada a sua tradução.

 

Qual o papel dos padrinhos (na Igreja) e das testemunhas (no Registo Civil)?

É literal: testemunham a união. Em ambos os casos, apenas têm que estar presentes no dia marcado, com os respectivos documentos de identificação.

 

 

 

Podemos casar onde quisermos?

No caso do casamento pelo Registo Civil, sim. Basta informar o Conservador da morada onde irá decorrer a cerimónia (e aqui incluímos a vossa própria casa, se for esse o plano). Não se esqueçam que as despesas de deslocação decorrem por vossa conta. Se quiserem casar numa Igreja fora da vossa zona de residência, terão que solicitar autorização ao padre da paróquia onde querem casar.

 

E a organização da festa, por onde devemos começar?
O primeiro passo deverá ser a definição do vosso orçamento. Estabeleçam o valor máximo a gastar e distribuam-no pelas diversas rubricas. E mantenham esse documento actualizado ao cêntimo.
São as opções que têm de adaptar-se ao orçamento e não o orçamento que tem de vergar-se às propostas! Leiam mais detalhes sobre o arranque aqui.

 

Como podemos ter a certeza de que não nos falta nada?
Estabelecer um orçamento e um cronograma é o método mais eficaz para estar em cima dos pormenores. Também podem optar por contratar um wedding planner. Na dúvida, peçam alguns orçamentos e recolham todas as informações que puderem acerca do seu trabalho. Se encontrarem um profissional que venha bem recomendado, com experiência, bom nome na praça e com quem tenham sentido sintonia, então estarão a um passo de poupar muita dor de cabeça, tempo e, muito provavelmente, dinheiro.
Em última instância, não se prendam à ideia de que devem ter o mesmo que os vossos amigos que casaram no verão passado. Só vos faz falta o que tem a ver convosco!

 

Gostávamos de convidar todos os nosso amigos e colegas, mas o orçamento não o permite. O que podemos fazer?
Descarrilar nas contas é que nem pensar, até porque esta é a parcela maior do vosso orçamento. Convidem os mais próximos e para os restantes enviem uma participação (um postalinho que participa o vosso casamento) e convidem-nos para um almoço ou jantar em vossa casa.

 

E se não nos conseguirmos decidir acerca do espaço, por exemplo?
São duas cabeças, pelo menos, e tudo se decide com uma boa lista de prós e contras. Respirem fundo, durmam sobre o assunto, ouçam o vosso instinto. Peçam ajuda a alguém experiente e da vossa confiança. (mais dicas aqui)

 

É obrigatório haver entretenimento na festa?

Depende da festa que planearam, da faixa etária dos vossos convidados, do horário alinhavado, etc. Se houver crianças na lista, não descurem o apoio de um serviço próprio: ficam os miúdos mais felizes e os pais deles também! Pensem nos vossos convidados, na duração prevista da festa, no encadeamento dos acontecimentos (cocktail, fotografias, refeição, corte do bolo, discursos e brindes, etc.). Este exercício dir-vos-á se precisam de completar os intervalos com algo mais especial e atractivo.

 

Os nossos pais é que pagam. Temos mesmo que deixá-los decidir tudo?
As palavras-chave aqui são as do título do clássico de Jane Austen: sensibilidade e bom-senso. Se encontrarem resistência, mostrem alguns exemplos do que será o resultado final, nada como umas belas imagens para explicar uma ideia.
Percebam o que é acessório e o que é fundamental: este equilíbrio será o vosso melhor amigo e pequenas cedências poderão fazer alguém muito feliz. E podem inclusivamente poupar – sempre de modo inteligente. Saibam como aqui.

 

 

 

Não percebo nada de flores. Há algumas que sejam erradas para casamentos? De que tamanho deve ser o bouquet?
Flores são flores e serão sempre bonitas, podem no entanto ser mais ou menos adequadas, tendo em conta a sazonalidade, robustez e outras características pertinentes.
Na dúvida (esta ou outras), trabalhem sempre com profissionais e confiem no seu serviço. Estas preocupações não vos fazem falta! (leiam mais aqui)

 

É de mau tom se os noivos deixarem a festa antes do fim?
Se organizaram a vossa festa de sonho, não vão querer sair antes do fim! Mas se tiverem hora marcada para apanhar um avião ou, simplesmente, se estiverem felizes mas esgotados, é totalmente aceitável que se retirem. Façam-no em grande, despeçam-se com simpatia dos vossos convivas e peçam aos vossos pais e padrinhos que façam as honras da casa para os mais noctívagos. Temos um artigo wise words só sobre o protocolo no dia do casamento – e é simples. Ora leiam.

 

Precisamos mesmo de oferecer alguma coisa aos convidados?
Não, já lhes estão a proporcionar uma festa e pêras, refeição e baile incluídos. No entanto, agradecer a gentileza da presença é sempre simpático e há maneiras bonitas e simples de o fazer: a mais directa ao coração, é escolherem uma instituição e fazerem um donativo em nome dos convidados. Podem mencioná-lo num pequeno cartão que acompanha um bombom, ou na altura do brinde. Conheçam as instituições parceiras do Simplesmente Branco aqui.

 

Ainda se usa o envio de cartões de agradecimento?
A boa educação e a gentileza usam-se sempre. Têm tempo, mas quando regressarem da lua-de-mel ficar-vos-á bem agradecer os presente, a presença dos convidados e a belíssima prestação dos vossos fornecedores, todos em sintonia no vosso dia.
Juntem uma bonita fotografia, relembrem-se de alguns momentos especiais e inspirem-se para umas palavras bonitas. (mais sobre protocolo aqui)

 

As fotos deste artigo são assinadas pelo nosso fornecedor seleccionado João makes photos.
Sobram dúvidas? Falem connosco, têm a caixa dos comentários inteiramente à vossa disposição. Até já!

Marta Ramos

Damos as boas-vindas: Romã Eventos!

As boas-vindas de hoje são dadas à Rute Carvalho e à sua Romã Eventos!

 

Na Romã Eventos reúnem-se designers, arquitectos, fotógrafos, videógrafos, entre outros. Todos contadores de histórias, todos com a mesma vontade: concretizar sonhos. Ao leme, de coração doce e lágrima fácil, encontramos a Rute. Levada sempre pelas emoções, é perita em surpreender todos com os seus detalhes e mimos. Designer gráfica de profissão e com uma vasta experiência na coordenação de projectos e eventos da área, é uma entusiasta defensora da beleza e da harmonia:

«Assim começamos este caminho. Dando ouvidos ao instinto e à voz interior. Dando tempo ao tempo. Sabendo que o caminho certo é o de seguir o sonho.»

Acreditam que, como diz Valter Hugo Mãe, “amar é um trabalho bom”. E trabalhar por amor e com amor não só é um privilégio como também é uma benção. Reunindo várias paixões numa só missão procuram, através do design e inovação, criar experiências extraordinárias, ricas em estilo e requinte. Orgulham-se dar ouvidos à voz interior, dar tempo ao tempo. «Assim é o amor e assim é a Romã: desenhamos cada sonho em conjunto com quem nos procura, desde o projecto e criação do evento ao design e decoração.»

Procuram inspiração onde a inspiração os encontra! Seja numa conversa em família ou numa viagem com amigos, num disco que ouvem ou no pormenor de uma fachada… «A inspiração rodeia-nos e conta-nos uma história. Também nós procuramos contar uma história com o nosso trabalho, deixando transparecer a autenticidade e harmonia.»

E no futuro vêem-se a eternizar ainda mais cerimónias com as sementes da autenticidade, da vida e da união. Ajudar a construir sonhos, criando memórias únicas e inesquecíveis. Sempre de coração cheio.

 

 

 

 

 

Não deixem de consultar a ficha de fornecedor seleccionado da Romã Eventos para ficarem a conhecer melhor a Rute, a sua equipa e o seu trabalho.

 

Rute, bem-vinda ao Simplesmente Branco!