Inspiração Arquivos - Página 3 de 273 -  Simplesmente Branco 

0 Comentários

Um elopement em Nova York

Gosto sempre do trabalho da fotógrafa australiana Samm Blake. Há uma energia magnética que atravessa as imagens que é quase palpável, e o amor entre os visados, seja um casamento a dois no registo ou uma festa épica com uma centena de convidados é algo presente em todas as fotografias.

Para mim, um casamento é sobre isso: o que nos une e como celebramos essa vontade, decisão e alegria incomparável, a dois ou com as nossas pessoas.

Para ilustrar o que acabei de escrever, fiquem com este casamento civil em Nova York: épico, relevante, intemporal!

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Que estilaço!

 

 

0 Comentários

Vai uma bebida?

Há pouco falámos sobre cocktails de casamento, agora falamos do bar e de como comunicamos esse luxo festivo que é ter uma  (ou mais) bebida adulta a glamorosa – sim, porque se foi feito o esforço de pensar e criar algo tão especial para surpreender os vossos convidados, há que mostrá-lo, de forma claríssima e vistosa!

Ora espreitem:

 

 

 

 

 

 

 

Bonito e cumpre o propósito: informar, gerar conversa e facilitar o serviço de bar.

Fiquem a saber que tanto a Love Stories como a In Love Unique Weddings, dois dos nossos fornecedores seleccionados, são capazes de fazer umas placas assim de bonitas e estilosas para o vosso serviço de bar, só têm de escolher os cocktails de casamento com que vão surpreender os vossos convidados!

 

Imagens via Green wedding shoes, Mulberry Market Design, (uma loja Etsy), Paper Tangent (outra loja Etsy), Almost makes perfect (um DIY), Rocky Mountain Bride e Whimsical Wonderland Weddings.

 

0 Comentários

Cocktails para casamento: tchim tchim!

Depois do assomo de primavera da semana passada (e diz que regressa no próximo fim-de-semana!), apeteceu-me falar de cocktails para casamento, alcoólicos ou não, mas totalmente modernos na sua apresentação e muito apetecíveis. A ideia de um – ou dois, dele e dela – signature cocktail representa, para mim, todo um universo de sofisticação que se pode somar à festa, e também uma forma de personalizar e tornar singular o vosso casamento.

Já há uns meses que construímos, todos os dias um bocadinho, o nosso board no Pinterest, dedicado a este assunto, cheio de bebidas bonitas, inspiradas, umas com álcool e outras sem.

Chama-se, muito adequadamente, Tchim tchim! e é brinde ao amor, à celebração, à família e aos amigos, aos românticos deste mundo que fazem dele um lugar mais bonito.

 

Cocktails para casamento com gin

 

Cocktails para casamento com fruta

 

Cocktails para casamento com sumo de frutas

 

Eu sou fã de sabores cítricos e ligeiramente ásperos, como toranja, lima, gengibre, pepino, se forem bebidas claramente frescas, porque são sabores que primeiro se estranham, e depois se entranham, o que levará a que sejam consumidas mais devagar (o que é um factor positivo!). Acho sempre que doçura e álcool é uma má combinação e um rápido caminho para o desalinho, sem sequer nos apercebermos!

E se falamos em sabores e aromas, imaginem estes para cocktails de casamento: toranja e erva-princípe, com rum e basílico… ou shrub de ameixa (uma versão ligeiramente avinagrada do sumo, com um sabor mais espevitado) com água com gás e fruta fresca – eu já experimentei uma versão de maçã, e era bem interessante -, ou infusão de hibisco, com sumo de ananás, tomilho e rum, para uma versão moderna de um Mai Tai… já estão virtualmente em modo festa ou à beira da piscina?

De cima para baixo, via Swooned, (com receita incluída); via Now, forager (com receita incluída) e via With food & love (com receita incluída).

Se ficaram a pensar neste assunto, sigam esta pista: #DRINKTHESUMMER

 

0 Comentários

Menos é mais: quando um casamento urbano é cheio de emoção

Trago-vos um casamento urbano. Menos pode mesmo ser mais, de forma poderosa, desde que tudo faça sentido entre as partes envolvidas, esta podia ser a legenda do emocionante casamento de Eden+Joel, em Venice Beach.

São cool e são casual – e assim foi o dia que prepararam. Muito amor, lágrimas, e good vibes foi o que aconteceu, porque foi nisso que investiram.

Voltamos a confirmar: o casamento perfeito é aquele que é a vossa cara, e o orçamento certo é qualquer um que sirva esse propósito: pode ser generoso ou pode ser frugal, não é isso que guia o coração do dia. A escolha de profissionais impecáveis, sejam os estrictamente fundamentais ou uma equipa mais alargada, é um factor de sucesso – e leveza! – para o dia perfeito!

 

Casamento urbano e muito cool em Venice Beach

 

Casamento urbano e muito cool em Venice Beach

 

Casamento urbano e muito cool em Venice Beach

 

Casamento urbano e muito cool em Venice Beach

 

Casamento urbano e muito cool em Venice Beach

 

Casamento urbano e muito cool em Venice Beach

 

Casamento urbano e muito cool em Venice Beach

 

Casamento urbano e muito cool em Venice Beach

 

Casamento urbano e muito cool em Venice Beach

 

Casamento urbano e muito cool em Venice Beach

 

Casamento urbano e muito cool em Venice Beach

 

Casamento urbano e muito cool em Venice Beach

 

Casamento urbano e muito cool em Venice Beach

 

Casamento urbano e muito cool em Venice Beach

 

Casamento urbano e muito cool em Venice Beach

 

Casamento urbano e muito cool em Venice Beach

 

“The most important part of our wedding was to have our family experience something new and be surrounded in a background that represented one of our favorite places to be. Venice Beach embodies all of the botanical goodness I am obsessed with & the beach is where Joel feels is a second home. While living in LA, our apartment was in Koreatown, but one of our favorite escapes was going to the beach

The biggest wedding day surprise was the location of where we shared our nuptials. We were pretty laid back about this. We knew we didn’t want to be on the windy beach & we loved the idea of going to the canals. Our biggest obstacle was it had to be easily accessible for a newborn, a four year old, and my gram & beating the 6pmAbbott Kinney traffic. We ended up doing the ceremony in the alley behind my parent’s rental house. It had these huge rocks for the ground & a wall full of greenery. My step-dad, Nolan, officiated the wedding and his words brought everyone to tears. Joel and I wrote our own vows and we both could barely get the words out. After the ceremony, we looked up and saw an entire family watching from the window clapping & crying too.”

 

Casamento urbano e muito cool em Venice Beach

 

Casamento urbano e muito cool em Venice Beach

 

Casamento urbano e muito cool em Venice Beach

 

Casamento urbano e muito cool em Venice Beach

 

Casamento urbano e muito cool em Venice Beach

 

Casamento urbano e muito cool em Venice Beach

 

Casamento urbano e muito cool em Venice Beach

 

Casamento urbano e muito cool em Venice Beach

 

“Since our wedding was a destination to a place we had already fallen in love with, we knew that it would be special to share that space with our loved ones. What we did not expect was how amazing and personal our officiant Nolan made our ceremony. He picked all of the right words, told our love story to everyone who attended, and made us feel like our decision to get married made the most sense for the next chapter in that story. It was the best part of the ceremony and most memorable part of the day.

At a certain part, everyone watching us started to cry. We could hear the girls just gasping for air like when you cry really hard & we knew we couldn’t look out or we would cry just as hard. This moment of everyone really feeling and sharing our love for each other was our favorite part. That is exactly why we wanted this part of our celebration to be intimate so we could really be involved in the words we shared with each other. The promise that we made to each other to be more than just words.”

 

Casamento urbano e muito cool em Venice Beach

 

Casamento urbano e muito cool em Venice Beach

 

Casamento urbano e muito cool em Venice Beach

 

Casamento urbano e muito cool em Venice Beach

 

“My wedding planning advice would be to make sure that everything you are doing is to make you both happy. Do not spend more than you can afford & do not plan more than you can handle alone. Stick to your budget. A lot of the extras get lost in the magic of the day. Book a responsible wedding planner & an experienced photographer. They will make your day go smoothly & will help take care of some of the things you will not be able to. I am a planner myself and perfectionist. It was difficult to let go, but it was nice to know the workload was shared.”

 

Só bons conselhos…!

Via Junebug Weddings, com fotografia de Yaro Photography.

Passem por aqui para ver as imagens todas, que são tão bonitas!

 

Save

0 Comentários

Vestido de noiva para casamento civil: 6 little white dresses!

Hoje o assunto é: vestido de noiva para casamento civil.

A ideia de um vestido volumoso, caro e maravilhoso que acaba a sua vida num roupeiro obscuro e solitário causa-me alguma tristeza. Talvez por isso seja pouco sensível a tradicionais vestidos de noiva – adoro vê-los, perceber como são feitos, atentar nos detalhes delicados, mas é “só” isso, o final pouco feliz que os espera, quase sem excepção, não me faz sonhar com eles.

Por isso, a sugestão de hoje vai para um vestido de noiva para casamento civil: little white dresses, urbanos, curtos, leves. Sem sair do salto, porque estas são escolhas couture. Significa que o valor perdura, são objectos cujo investimento vem agarrado a uma longa vida, que passam de geração, que podem ser vendidos e que serão sempre peças relevantes.

 

Vestido de noiva para casamento civil boho chic

 

Vestido de noiva para casamento civil moderno

 

Vestido de noiva para casamento civil romântico

 

Este verão fui até Nova York e visitei a incrível exposição Manus X Machina Fashion in an Age of Technology. Foi uma experiência épica, porque ali, a distância de um braço, estavam peças de alta custura tão incríveis, cujas descrições falavam de centenas de horas de trabalho manual, técnicas e tecnologias de ponta misturadas com gestos e saberes artesanais, materiais hi-tech e matérias orgânicas puras… Um deslumbre que equiparava vestidos com décadas de diferença entre si, um Chanel dos anos 20 ao lado de um Alexandre McQueen do século XXI, idênticos na sofisticação e impossíveis de imaginar com tal distância temporal entre si.

É este o poder da alta costura – é mais do que matéria, mais do que futilidade aparente, é História.

E um vestido de noiva para casamento civil pode ser isto tudo também, a somar ao valor emocional que o torna tão único e especial para quem o vestiu: é uma catadupa de emoções que regressam e nos invadem cada vez que olhamos para ele, há uma história a ser contada a cada momento.

 

De cima para baixo, Jonathan Simkhai, por 980 euros; Zimmermann, por 1467 euros; Gianbattista Valli, por 1355 euros; Roland Mouret, por 1689 euros; Valentino, por 3800 euros e Prada, por 4500 euros.