Created with Sketch.
Susana Pinto

Bolo dos noivos, sapatos de noiva e um belo bouquet: um trio perfeito!

Para o nosso trio de bolo dos noivos, bouquet de noiva e sapatos de noiva de hoje, volto a escolher o dourado como ponto de partida, desta vem combinado com duas cores pastel: pêssego e amarelo pálido.

 

Encontrei estes sapatos de noiva dourados muito fofos e não lhes resisti: o salto baixinho e fino, as tiras que dão um nó à frente e a delicadeza do detalhe no calcanhar! è factual, podemos todas concordar, que não darão grande apoio ao pé (e sobretudo ao tornozelo) durante um baile muito animado, mas umas boas palmilhas de gel, mais aderentes, poderão ajudar.

Se lhes juntarem um verniz de cor de rebuçado, um coral ou um rosa, ficam ainda mais giros. Quanto ao modelo de vestido, diria que vão com quase todos, deixando de lado apenas as opções muito clássicas e de tecidos mais pesados. De resto, seja um casamento de praia, cidade ou campo, parecem-me mais do que perfeitos!

 

Seguimos para o bolo dos noivos: dois andares de brancura de neve, com um remate dourado na aresta! Adoro esta simplicidade que nos pisca o olho para prestarmos atenção mais deperto – e ao fazê-lo, somos supreendidas com aquela linha dourada e rica, tão inesperada. Não fica tão elegante?

As fitinhas de seda esvoaçantes, atadas com um nó simples, rematam o figurino e fazem deste bolo que se apresenta tão simples, um show stopper em nome próprio! Imaginem-no ao ar livre, como convém por estes dias, com as longas fitas a esvoaçar com a brisa: não é tão feliz e perfeita esta imagem?

 

Terminamos com um fantástico e luxuriante bouquet de noiva com tons de pêssego e amarelo: ranúnculos, rosas, papilas da califórnia, tulipas eustomas, q8uase um pouco de tudo, nestes tons tão bonitos e gulosos. Este bouquet é uma festa nas mãos, não temos dúvida nenhuma!

 

Bolo dos noivos com detalhe dourado e decorado com fitas de seda Sapatos de noiva dourados Sapatos de noiva dourados Bouquet de noiva com flores em tons de pêssego e amarelo

Esta paleta de cores é sempre infalível e muito de verão: pêssego e amarelo claro, com muito branco-nata à mistura!

 

De cima para baixo, bolo dos noivos com dois andares e remate dourado, decorado com fitas de seda, de My Baking Chick; sapatos de noiva dourados, com salto fino e tirinhas, na H&M, por 17.99 euros (em saldos!); bouquet de noiva com flores brancas, pêssego e amarelas, de Love Sparrows.

 

Para acompanhar estes nossos trios perfeitos que publicamos todos os domingos, basta que sigam as nossas etiquetas (a partir da homepage) ou aqui no topo do artigo: sapatos e sunday shoes; cake! e bolo; bouquet e um belo bouquet.

Bom domingo!

Susana Pinto

Dicas para casar: o bolo dos noivos

Começamos a semana em modo doce, com um artigo dedicado ao bolo dos noivos.

Para vos explicar tudo sobre o processo e vos ajudar a tomar as melhores decisões, conversamos com a Cláudia Almeida, a cake designer por detrás da Pitada d’Amor, apaixonada pela doçaria mas com um fraquinho especial pelos casamentos – provavelmente por ser uma romântica incurável!

 

Comecemos: quando devem os noivos começar a pensar no bolo para o casamento? Segunda a Cláudia, logo que tenham marcado a data e definido o espaço onde irão celebrar o vosso dia. É frequente que este assunto seja um pouco descurado, mas a verdade é que um bom cake designer costuma ter a agenda bastante preenchida: no caso da Pitada d’Amor, há marcações feitas com um ano de antecedência – o que significa que a agenda está sempre bem composta.

No início da época falámos por aqui sobre como escolher os melhores fornecedores para o vosso casamento. Retomamos essa lista de boas práticas, para que processo de escolha do vosso cake designer seja produtivo e guloso.

 

A partir do momento em que passarem à fase de contactos e pedidos de orçamentos, tenham presente que, para calcular um valor, é importante saber o número de pessoas que o bolo irá servir, a massa e recheio que preferem, e os seus “acabamentos”, ou seja, o exterior, onde estão incluídas o tipo de cobertura (creme ou pasta de açúcar, lisa, texturada ou pintada), a decoração (frutas frescas, flores naturais, flores em pasta de açúcar, folha de ouro, frutos secos, e outras gulodices, como macarrons ou suspiros), e acessórios, como um topo de bolo.

 

Todos estes elementos e as suas infinitas combinações terão um papel no orçamento final, e as contas não se fazem ao quilo. Um bolo para cinquenta convidados pode ser, facilmente, mais caro do que um bolo que serve oitenta porções: basta que o primeiro seja todo trabalhado com flores de açúcar, com pintura manual, e o segundo seja um simples naked cake, decorado com morangos frescos. Mais do que a diferença nos ingredientes e na dimensão, as horas de trabalho aplicadas a um e a outro, na sua finalização, serão a maior diferença, com o respectivo impacto no preço final.

 

Bolo dos noiivos decorado com flores naturais, feito por Pitada D'Amor Bolo dos Noivos com flores naturais Bolo dos noiivos decorado com flores naturais, feito por Pitada D'Amor

O tamanho do bolo decide-se em função do número de fatias que deve servir: «Em termos de design, há quem prefira bolos mais altos e mais estreitos, enquanto que outras pessoas escolhem bolos mais baixos e mais largos… o importante é irmos de encontro aos seus gostos», lembra a Cláudia. «Acontece muito pedirem-me bolos de esferovite, em que só andar de cima é verdadeiro.

Em termos de sabores, gosto que os noivos façam prova para ambos concordarem quanto ao que pretendem. Quando querem um sabor mais fresco ou mais requintado eu faço as minhas sugestões, mas prefiro sempre que sejam os clientes a tomar a decisão final. O bolo deve reflectir a personalidade do casal, não só visualmente mas também no seu interior.»

 

Já que falamos de sabores e de preferências, aproveitamos para lembrar uma questão muito importante e que, muitas vezes, é subvalorizada: a adequação dos ingredientes do bolo ao clima . A Pitada d’Amor recebe muitos pedidos de bolos red velvet com recheio de queijo creme e cobertura de pasta de açúcar. Ora, o queijo creme, tal como a fruta fresca, necessita de frio, mas o uso de pasta de açúcar impede que seja conservado no frigorífico, porque a humidade não combina demasiado com este ingrediente, o que torna esta combinação desaconselhada.  E as regras de segurança alimentar ditam que o bolo dos noivos seja mantido no interior, em local fresco, até à hora de ser servido.

 

Apesar de ser normal que tenham as vossas ideias sobre aquilo que gostariam de ter no bolo do vosso casamento, é importante que ouçam os conselhos dos profissionais. A Cláudia Almeida, por exemplo, prefere não correr riscos com sabores ou ingredientes que não lhe sejam familiares: «Tenho primeiro de ter 100% de certeza e confiança de que é bom e que resulta. Faço primeiro, provo e os noivos provam também para me darem a sua opinião. Só quando todos concordam é que sigo em frente.»

Isto não quer dizer que os vossos pedidos não sejam tidos em conta: «Lembro-me de uns noivos que me pediram bolo de laranja com curd de laranja e ganache de chocolate branco. Fiquei petrificada, tenho a certeza que foi essa a expressão que fiz! Disse-lhes que tinha de provar primeiro para ter a certeza e fiquei deslumbrada com o sabor. Não era de todo uma combinação que pensasse possível!»

 

Macarrons de chocolate branco Pitada d'Amor Bolo dos noivos simples Bolo dos noivos decorado com alecrim e alfazema

Pode haver especificidades que vos obriguem a estreitar as opções do vosso cake designer – mas não temam, que um bom profissional saberá sempre como obter o melhor resultado possível dentro do universo em que estiver a trabalhar. Um exemplo disso é a alimentação vegan. A Cláudia Almeida costuma fazer pesquisa e testar receitas vegan, para ter a certeza de que estará preparada se alguém lhe pedir um bolo de casamento livre de ingredientes de origem animal.

 

Outro caso é o das intolerâncias alimentares ou alergias. «Esta é uma situação extremamente delicada», salienta a Cláudia. «É importante saber se estamos perante uma leve alergia ou uma intolerância grave. No caso da doença celíaca, por exemplo, o cake designer tem que garantir que o seu espaço está isento da contaminação com glúten. Todos os utensílios terão de ser exclusivos para o manuseamento de produtos sem glúten. O forno deve ser exclusivo também, caso contrário ocorre uma contaminação cruzada. Pode parecer exagero, mas o bem-estar do cliente é o mais importante. A segurança alimentar sempre em primeiro lugar!»

 

Definidos os sabores, passemos agora à decoração do bolo. Se há casos em que é válida a expressão “os olhos também comem”, certamente que o bolo dos noivos é um deles!  «Geralmente os noivos trazem muitas ideias, sobretudo coisas de que gostaram num bolo ou noutro. Aviso sempre que nunca copio bolos, dou sempre o meu toque pessoal, o que torna cada bolo único. Procuro perceber exactamente o que lhes agrada, conhecer um pouco da sua história, dos seus interesses. E depois tento chegar a um projecto harmonioso.»  

É sempre um bocadinho de mim que está naquele bolo. Dos melhores elogios que já tive foi quando me disseram que olham para um bolo e não precisam de ver a imagem do logotipo para saber que é uma criação minha. Acho que qualquer artista gostaria de ouvir estas palavras. É como se tivesse a minha assinatura e isso deixa-me extremamente feliz. – Cláudia Almeida

Uma questão com que a Cláudia Almeida se debate constantemente é o uso de flores verdadeiras e não comestíveis nos bolos. Muita gente não saberá, mas em Portugal é proibido usar flores naturais nos bolos, com excepção das certificadas para consumo – todas as outras são tóxicas e tornam o bolo tóxico. «Para mim não há nada como as flores de açúcar que são feitas à mão, pétala a pétala. Revelam imensa arte e, quando bem conservadas, duram muito tempo, servindo de recordação do dia do casamento.»

 

Cupcakes Pitada d'Amor Bolo dos noivos decorado com Aguarela Pitada d'Amor Cake Designer

Já aqui dissemos mais de uma vez que é comum os noivos terem algumas ideias acerca do que pretendem para o seu bolo. Mas e se não tiverem nenhuma? Tudo bem na mesma: «Procuro entender aquilo de que o casal gosta, muitas vezes peço para ver os convites, o tipo de decoração que irão ter, qual o espaço, a paleta de cores. Inspiro-me em todos esses pormenores e mostro as minhas ideias. É um processo que demora um pouco, mas o bolo deve ser a caracterização dos noivos, de todo o seu amor e união. Deve reflectir a personalidade e identidade do casal.»

 

Quando se chega à forma e ao sabor final, está o assunto tratado – pelo menos, até à data do casamento. Porque no grande dia há outra questão muito importante que se levanta: o transporte: «Aviso sempre os noivos de que os bolos de casamento têm de ser montados no local», lembra a Cláudia Almeida. «O transporte é um enorme desafio, e o melhor caminho é transportar o bolo em partes e montá-lo já no espaço onde decorrerá a festa. Muitas vezes, a decoração também só é feita no momento, como é o caso de peças em glacé real.»

 

Todos os cake designers têm um “kit de emergência” para o caso de ser necessário algum retoque de última hora. Como já aqui referimos, o bolo deve ficar num local fresco e seco até ao momento do corte. Para que tudo corra na perfeição, deverá existir uma boa comunicação entre o cake designer e os elementos do espaço do vosso casamento – por isso, assegurem-se de que fazem as devidas apresentações e de que não há qualquer tipo de mal-entendido.

Normalmente, os profissionais de catering sabem como cortar um bolo de casamento, mas a Cláudia Almeida procura sempre mostrar o seu esquema de corte: «Há bolos que são muito altos, com 15cm de altura ou mais, e não se cortam da mesma forma que um bolo com 7cm de altura.» 

Depois de garantido o transporte, o acondicionamento adequado e a melhor técnica para o corte, a missão do cake designer está cumprida.

Tenho consciência que que os bolos de casamento são os que mais gosto de fazer. Já me disseram que o auge do meu trabalho são os bolos de casamento. Gosto que o cake design transmita emoções. É tão bom marcarmos a vida das pessoas desta forma! Se posso fazer os outros um pouco mais felizes, então eu sou, sem dúvida, uma pessoa muito feliz. – Cláudia Almeida

Esperamos ter-vos despertado o apetite. Agora começa o vosso trabalho de pesquisa. Informem-se bem, contactem os profissionais com que mais se identificarem e sigam os conselhos de quem mais sabe deste assunto. Assim se reúnem os ingredientes para um doce resultado!

 

Sobram dúvidas? Falem connosco! E não deixem de acompanhar todas as dicas para casar que vamos publicando, sempre à segunda-feira, que vos ajudarão a trilhar este caminho até ao mais bonito dos dias, de forma sabedora e tranquila!

Susana Pinto

Bolo dos noivos, sapatos de noiva e um belo bouquet: um trio perfeito!

Para o nosso trio de bolo dos noivos, bouquet de noiva e sapatos de noiva de hoje, repito a paleta de há duas semanas, mas desta vez na sua versão mais delicada e suave: tons de azul claro, muito branco e uma pitada de laranja!

 

Começo por este bolo dos noivos artístico e bastante diferente. Poderíamos dizer que é um pouco austero, mas eu acho-o muito interessante com este jogo de texturas e tons de mar em dia de tempestade: não percebemos se é azul claro, se é lilás ou se é um tom suave de cinza, como as nuvens. Tem qualquer coisa de arquitectónico e moderno, há muito tempo que não víamos um belo bolo dos noivos de forma quadrangular. Acho-o cativante!

 

Daqui, saltamos para os sapatos de noiva, umas belas sandálias douradas, compensadas, inspiradas na década de 70. Adoro!

Gosto muito da vibe quase art déco, com as tirinhas geométricas, e do nó ao centro. São elegantes, divertidas e combinam lindamente com todos aqueles vestidos de noiva fluidos, com um decote bem baixo nas costas e mangas que flutuam!

 

Fechamos o trio de hoje com um bouquet de noiva orgânico e colorido – um dos meus favoritos dos últimos tempos.

Adoro esta combinação de cores, a suavidade das flores brancas e em tons de lilás e pêssego muito claros, que é desafiada pela pitada de cor de laranja daqueles dois pés de coroas imperiais, bem vibrantes. Inesperado, mas tão certeiro!

 

Bolo dos noivos artístico Sapatos de noiva dourados compensados Bouquet de noiva orgãnico com flores brancas, lilás e laranja.

Quem gosta de paletas de cores inesperadas? Eu sou totalmente fã!

 

De cima para baixo, bolo dos noivos quadrangular, com três camadas e decoração com textura de pasta de açúcar, de Jasmine Rae Cakes; sapatos de noiva dourados, com plataforma, da Uterqüe, por 99 euros; bouquet de noiva com flores brancas, lilás, pêssego e cor de laranja, de Moss & Stone Floral Design.

 

Para acompanhar estes nossos trios perfeitos que publicamos todos os domingos, basta que sigam as nossas etiquetas (a partir da homepage) ou aqui no topo do artigo: sapatos e sunday shoes; cake! e bolo; bouquet e um belo bouquet.

Bom domingo!

Susana Pinto

Bolo dos noivos, sapatos de noiva e um belo bouquet: um trio perfeito!

Para o nosso trio de bolo dos noivos, bouquet de noiva e sapatos de noiva de hoje, as escolhas são um clássico absoluto: branco sobre branco, uma ténue pincelada do mais claro dos azuis e peónias brancas esplendorosas!

 

Começo pelos sapatos de noiva brancos, uma opção que continua a ser tendência da estação: em todo o lado encontramos sapatos, de todas as formas e feitios, nesta cor. Os sapatos de noiva que vos trago hoje são umas sandálias de tacão largo e alto, em branco marfim, com um pormenor bonito na parte da frente: as duas tiras de rolinho dão um nó, ao centro. Vão lindamente a acompanhar uma bainha de renda, ou o mais austero dos mikados de seda – ou até um fantástico macacão de noiva, desde que devidamente acompanhados de um verniz colorido, suave (o meu coral favorito da Chanel ou um tom de rosa, como este Indian Pink, da Tom Ford).

 

Inspirada por estes bonitos sapatos de noiva brancos, escolhi este bolo dos noivos, também ele totalmente clássico e intemporal: uma só camada, coberura cremosa e decoração com flores naturais: rosas, ranúnculos e anémonas, tudo branco sobre branco. Cheio de classe e elegância, parece-me ser uma opção perfeita para um casamento pequenino e requintado, onde a atenção estará ainda mais em todos os detalhes, texturas e sabores. E com menos dispersão na quantidade, podemos concentrar o orçamento na qualidade cuidada de cada um dos pormenores que iremos escolher para celebrar o mais bonito dos dias.

 

Fechamos com o clássico absoluto: um belo bouquet de noiva com peónias brancas, abertas no seu ponto óptimo de maturação e senhoras de um perfume absolutamente maravilhoso! A acrescentar alguma textura visual, ranúnculos imaculados, ervilhas de cheiro e rosas, tudo atado com uma delicada fita de seda num incrível tom de azul – leve, leve!

 

Bolo dos noivos simples Sapatos de noiva brancos Sapatos de noiva brancos Bouquet de noiva com peónias brancas

Escolher clássicos não é sinónimo de dtado ou aborrecido, longe disso: são valores seguros, intemporais e lindos de morrer!

 

De cima para baixo, bolo dos noivos com uma camada, cobertura de creme e decorado com flores naturais, via Style me Pretty; sapatos de noiva brancos, com tacão alto e largo, na Mango, por 29,99 euros; bouquet de noiva com peónias brancas, rosas, ranúnculos e ervilhas de cheiro, via Style me Pretty.

 

Para acompanhar estes nossos trios perfeitos que publicamos todos os domingos, basta que sigam as nossas etiquetas (a partir da homepage) ou aqui no topo do artigo: sapatos e sunday shoes; cake! e bolo; bouquet e um belo bouquet.

Bom domingo!

Susana Pinto

Bolo dos noivos, sapatos de noiva e um belo bouquet: um trio perfeito!

Para o nosso trio de bolo dos noivos, bouquet de noiva e sapatos de noiva de hoje, escolhi uma paleta vibrante e bem animada: azul, laranja e amarelo, devidamente companhados por muito branco cremoso e outros tons claros – e que bonito que fica!

 

O ponto de partida é, como sempre, o par de sapatos de noiva. Desta vez, parei nestes sapatos de pele azul vibrante, sem calcanhar. A cor é magnífica, muito festiva (e estamos todos a precisar disso, verdade?), e o facto de não terem calcanhar e o salto ser médio, torna-os muito adequados para qualquer estação do ano e várias horas de baile. Além disso, são um par de sapatos clássicos, garantia de que os vão poder usar muitas e muitas vezes, em dias especiais e ocasiões importantes: isto é uma verdadeira lição de smart saving!

 

Deste bonito par de sapatos de noiva azuis, fomos em busca de um belo bolo dos noivos. Encontrei este, com três andares, com cobertura cremosa em tons suaves (os tais que equilibram a paleta de cor dominante e mais intensa), e decorado com figos frescos, dos azuis, os meus favoritos, e flores naturais – rosas e dálias, mais uns perfumados pés de alecrim, em tons de laranja e branco marfim. É bem bonito e grita verão!

 

Fechamos com um fantástico bouquet colorido com flores azuis, laranja e amarelas, com um certa ar de anos 70, talvez pela paleta de cores e ar campestre. É mesmo festivo e deixa-nos bem dispostos, só de olhar para ele. Papoilas da Califórnia, pequenas flores de camomila, anémonas e delphiniuns em doses generosas – que bonito que é este bouquet de noiva! E não deixem de reparar na fita que o remata: um tom nude, muito neutro, que apazigua a intensidade natural das flores e da sua combinação. É genial!

 

Bolo dos noivos decorado com flores frescas e figos Sapatos de noiva azuis Sapatos de noiva azuis Bouquet de noiva colorido com flores azuis, amarelas e cor de laranja Bouquet de noiva colorido com flores azuis, amarelas e cor de laranja

Grande lição a de hoje: combinar tons fortes e vibrantes da paleta de cores principal, com outra paleta secundária, feita de tons neutros e cremosos. Nesta caso, azul, laranja e amarelo, com azul claro, nude e marfim. Perfect match!

 

De cima para baixo, bolo dos noivos com três andares, cobertura cremosa e decorado com figos frescos e flores naturais de Henny B Cakes; sapatos de noiva azuis, sem calcanhar e salto médio, na Uterqüe, por 62,30 euros (com 30% desonto); bouquet de noiva com papoilas da califórnia, delphiniuns, anémonas e camomila, de Eden Florals.

 

Para acompanhar estes nossos trios perfeitos que publicamos todos os domingos, basta que sigam as nossas etiquetas (a partir da homepage) ou aqui no topo do artigo: sapatos e sunday shoes; cake! e bolo; bouquet e um belo bouquet.

Bom domingo!

Susana Pinto

Bolo dos noivos, sapatos de noiva e um belo bouquet: um trio perfeito!

Para o nosso trio de bolo dos noivos, bouquet de noiva e sapatos de noiva de hoje, escolhi tons de rosa suave, tão românticos e delicados.

 

Começo pelos sapatos de noiva cor de rosa. Encotrei estes sapatinhos em camurça, no mais bonito tom de rosa, sem calcanhar e com salto médio. A cor é maravilhosa, fica perfeita com rendas, tecidos fluidos, um denso mikado, ou o que lhe quiserem juntar. O facto de serem de pele acrescenta valor e longevidade e estou a imaginá-los a festejar muitos outros dias bonitos.

 

Daqui seguimos para um belíssimo bolo dos noivos: branco, com dois andares, e decorado com um delicado desenho floral a traço e felpudas perpétuas roxas no mais delicado tom de rosa. É bonito, singelo e elegantíssimo, totalmnte à altura da ocasião: ser um ponto focal, num momento especial da noite, onde todos nos juntamos e brindamos aos noivos!

 

Fechamos com um belo bouquet de noiva, que mistura dois tons, como se fosse um clássico gelado de nata com molho de frutos vermelhos. Este bouquet é feito de ranúnculos, anémonas, peónias e heleborus, e nesta combinação de pólos opostos, está o equilíbrio perfeito e clássico, tal como num gelado de nata e frutos vermelhos, suave e intenso, doce e ácido, cremoso e refrescante.

 

Bolo dos noivos Sapatos de noiva cor-de-rosa Sapatos de noiva cor-de-rosa bouquet de noiva com flores brancas

Gosto muito desta paleta de cores, cujo coração é um tom de rosa delicado e cujos companheiros são o branco cremoso, suave, e os vermellhos rubi, vibrantes e intencionais.

 

De cima para baixo, bolo dos noivos em tons de branco com duas camadas, decorado com um desenho floral a traço e flores naturais, de Dream Cakes Portland; sapatos de noiva cor de rosa em pele, sem calcanhar e salto médio, na Mango, por 39,99 euros; bouquet de noiva com ranúnculos, anémonas, peónias e heleborus, via Style me Pretty.

 

Para acompanhar estes nossos trios perfeitos que publicamos todos os domingos, basta que sigam as nossas etiquetas (a partir da homepage) ou aqui no topo do artigo: sapatos e sunday shoes; cake! e bolo; bouquet e um belo bouquet.

Bom domingo!

Susana Pinto

Bolo dos noivos, sapatos de noiva e um belo bouquet: um trio perfeito!

Para o nosso trio de bolo dos noivos, bouquet de noiva e sapatos de noiva de hoje escolho tons de branco! Tudo singelo, delicado e muito feminino. Vamos espreitar?

 

Encontrei estas sandálias de tacão largo e tirinhas de atar no tornozelo, em tons de marfim, perfeitas para fazer a vez de sapatos de noiva e voltarem a ser usadas com frequência.
Este formato (tirinhas e tacão) está por todo o lado e estas são as mais giras que já vi (e também existem em rosa forte, com igual graça).

Gosto de tudo, o tacão médio, bem estável, sem ser demasiado largo e grosseiro, as tiras fininhas em forma de rolinhos, que são mais confortáveis, e a cor, que não é aquele branco papel e as torna mais neutras – estão mesmo a pedir um verniz bem colorido (já vos disse o quanto gosto deste tom da Chanel?). Além disso, ficam a matar com todos os vestidos fluidos e leves, como os da Rembo Styling.

 

Destes sapatinhos, saltamos para o bolo dos noivos, igualmente delicado e feminino: dois andares, cobertura irrepreensível em pasta de açúcar e estas flores meio abstractas, feitas de pétalas com textura e um olhinho dourado – gosto mesmo, mesmo muito, acho-o muito singular e incrivelmente elegante.

 

Fechamos com um bouquet de noiva campestre com peónias e rosas, tudo em tons de branco e marfim, e muitas hastes verdes, o que lhe dá logo um ar fresquíssimo e suave. A fita de seda acrescenta a sofisticação necessária e eleva tudo a outro patamar de riqueza e presença. É bem bonito, não é?

 

Bolo dos noivos branco com flores de açúcar Sapatos de noiva brancos com tacão e tiras Bouquet de noiva campestre com flores brancas

Uma paleta de brancos e marfins, com muito verde, nunca passa de moda: é intemporal, e pode ser aplicada independentemente do tom da vossa festa ser mais formal, mais descontraído, mais romântico ou mais campestre. É uma fórmula ganhadora, de sucesso garantido!

 

De cima para baixo, bolo dos noivosem tons de branco com duas camadas, decorado com flores de açúcar, de Chasing Wang; sapatos de noiva brancos em pele, com tacão largo e tiras de atar no tornozelo, na H&M, por 49,99 euros; bouquet de noiva orgânico com rosas e peónias, via Style me Pretty.

 

Para acompanhar estes nossos trios perfeitos que publicamos todos os domingos, basta que sigam as nossas etiquetas (a partir da homepage) ou aqui no topo do artigo: sapatos e sunday shoes; cake! e bolo; bouquet e um belo bouquet.

Bom domingo!