Created with Sketch.
Susana Pinto

The W Experience: Showcase of Unique and Creative Weddings

É em Fevereiro, o mês do amor, que se estreia The W Experience: Showcase of Unique and Creative Weddings.

Este evento para noivos e profissionais do mercado de casamento acontece nos dias 14, 15 e 16 de Fevereiro, na Lx Factory, em Lisboa, por isso reservem já esta data nas vossas agendas.

 

Pensado e organizado pela dupla Miguel Pintão e Raquel Pintão, da Love Stories Weddings, e com o nosso suporte e entusiasmo desde o primeiro minuto, apresenta-se como um showcase inovador e diferente, direccionado para o mercado dos casamentos em Portugal.

The W Experience é um evento criado para noivos e fornecedores que procuram e produzem casamentos personalizados, exclusivos e criativos. A organização promete um ambiente actual, moderno, cosmopolita, trendy e urbano.

 

Vão ser mostradas as tendências para o mercado dos casamentos 2020, haverá expositores escolhidos a dedo, num conjunto seleccionado e diversificado, e será um espaço de partilha de ideias, conceitos e, sobretudo, experiências para todos (noivos e profissionais). Haverá ainda concertos e workshops para ambos os públicos.

Dos três dias de evento, um (dia 14) é dedicado aos profissionais, com programação própria e muito espaço para networking, e dois (15 e 16) são dedicados integralmente aos noivos.

 

Evento para noivos: The W Experience Evento para noivos: The W Experience Evento para noivos: The W Experience

Este é o evento que todos (fornecedores e noivos) desejamos há muito tempo: moderno, vibrante, fresco.

Dou desde já os parabéns à dupla Love Stories Weddings pela visão e coragem de pôr de pé um evento deste calibre: depois de dez edições do showcase You + Us = Fun!, sei exactamente o que isto significa e o golpe de asa (e trabalho) que representa.

É obrigação nossa, como profissionais do mercado de casamento nacional, dar todo o suporte e apoio a este projecto: participando, visitando, partilhando a comunicação. Porque de facto fazia falta e alguém o está a criar para todos nós.

 

Anotem então na vossa agenda, 14 a 16 de Fevereiro, na Lx Factory, em Lisboa. Para acompanhar as novidades, consultar o programa e conhecer os participantes, visitem o site e acompanhem as contas do Facebook e Instagram.
Os fornecedores seleccionados Simplesmente Branco, Design Events, Molde Design Weddings, A Pajarita, Rituais, Leds4Dance, Amor e Lima e Feel Creations estão já confirmados!

Vemo-nos lá?

Susana Pinto

Dicas para casar: estamos noivos, e agora…?

A pergunta foi feita e a resposta, emocionada, foi dada: sim!

E agora…? Como é que isto se faz? Por onde é que se começa?

 

Ora, não há que temer, e o nosso melhor conselho é este: conhecimento é poder!

Falem connosco, falem com amigos que casaram recentemente, passem os olhos pelo nosso bonito livro e, sobretudo, procurem informação vinda de sítios e pessoas profissionais.

Por aqui, podem seguir a nossa rúbrica semanal dedicada a este assunto, sempre à segunda-feira. Arquivada com a etiqueta Wise Words, reúne dicas para casar, boas sugestões, conselhos úteis, palavras sábias e algumas ideias smart saving (as nossas favoritas) para vos ajudar de facto a pôr de pé, com equilíbrio e com prazer, o mais bonito dos dias.

 

Contamos, para isto, com a ajuda dos nossos fornecedores seleccionados – afinal, quem melhor para vos aconselhar do que os especialistas na matéria?

Respondemos às vossas questões mais comuns e a todas as outras que nos queiram colocar. No Simplesmente Branco reunimos cerca de uma centena de fornecedores de todas as áreas e a soma dos nossos conhecimentos profundos sobre este assunto é vasta e sustentada: aposto que, para qualquer pergunta que possam puxar da cartola, do lado de cá, entre todos, teremos uma bela e certeira resposta!

 

Estes são os ingredientes com os quais cozinharemos fornadas perfeitas de palavras sábias para vos servir aqui, sempre às segundas-feiras. Hoje, para começar pelo princípio, contamos com as wise words de Maria João Soares, da Design Events Weddings, e de Rita Soares-Alves, da Wedwings.

 

Dicas para casar: ficámos noivos, e agora?

 

Convite de casamento cortado a laser.

 

Sapatos de noiva compensados.

 

Casar é um projecto a dois.

Lembrem-se de que o vosso dia deve ser o reflexo de ambos e do que são enquanto casal. É este pressuposto que irá garantir a leveza e coerência do dia, o conforto e a a sensação de que está tudo certo, tudo flui e encaixa, sem esforço e sem atrito.

Depois do sim e desses primeiros dias mágicos em que o segredo é só vosso, chega o momento de partilhar a grande novidade.

Quando começarem a espalhar a palavra, o mais certo é que chovam as ideias, os conselhos, as sugestões. Apesar das boas intenções de todas as pessoas que vos querem bem, é provável que se sintam confusos e assoberbados com tanta informação e opinião.

 

A Rita Soares-Alves aconselha os noivos a ouvir e a agradecer gentilmente, mas, mais importante que tudo, a filtrar a informação que chega.

Sentem-se calmamente os dois e desenhem o vosso dia. Afinem a visão que têm para a cerimónia e para a festa, o que querem e o que, definitivamente, não querem, e listem aqueles aspectos fundamentais nos quais não vão querer ceder. Aqui, a nossa recomendação é que não sejam excessivamente intransigentes, tenham a capacidade de separar o que é fundamental e o que é acessório e pode ser negociado: há pequenas cedências que farão algumas pessoas muito felizes e que vendo bem, não são tão relevantes assim. Listem também estes assuntos, ficarão com uma noção mais clara e ponderada das vossas decisões, vistas no seu todo. Só pode ajudar!

 

A Maria João Soares reforça a importância das contas: existem dois números mágicos neste grande orçamento, que são o número de convidados e o tecto do valor disponível para gastar. Sem estas duas balizas, e alguma flexibilidade consciente para encolher ou esticar, não vale a pena começar a fazer escolhas, sob o risco de alguma coisa derrapar e se verem engolidos por contas por pagar, algumas discussões menos boas e muita tensão no ar – não é esta a forma de começar uma vida a dois, garantimos, e o preço a pagar por estas distracções e ingenuidade pode ser bem caro.

 

Dicas para casar: ficámos noivos, e agora?

 

Dicas para casar: ficámos noivos, e agora?

Dicas para casar: ficámos noivos, e agora?

 

Meter as mãos na massa a solo pode parecer divertido e romântico ao início, mas não é de todo o melhor caminho, se querem desfrutar do processo – e do noivado! Se são pessoas muito ocupadas, com profissões exigentes e muito pouco tempo livre, procurem ajuda!

Mesmo com algumas ideias definidas, um bom profissional de organização de casamentos pode ajudar a rentabilizar ainda mais as vossas escolhas, e a Maria João Soares sugere que assumam as rédeas do projecto, que se dediquem a alguns pormenores nos quais poderão imprimir o vosso cunho pessoal, mas que deleguem as ‘dores de cabeça’ a um profissional de organização de casamentos. E, ao contrário do que poderão pensar, esta é uma alínea do vosso orçamento que vos poderá ajudar a encurtar a soma final.

É um custo que se transforma em valor acrescentado, porque é alguém que procura, selecciona, negoceia e, sobretudo, navega pela lista de necessidades que vocês nem sabem que existe (como saberiam, se nunca casaram…?) e gere tensões e solavancos com uma agilidade e conhecimento muito valiosos.

 

Rita Soares-Alves partilha desta opinião, e lembra que os amigos com jeito para algo específico também não são a melhor opção. Poderão ajudar-vos a tomar certas decisões, mas deixem-nos ser vossos convidados no grande dia e evitem tensões desnecessárias. E, já que têm que começar por algum lado, Rita aconselha-vos a contactar em primeiro lugar os potenciais espaços, fotógrafos, videógrafos e profissionais de animação. Se tiverem dúvidas relativamente às respostas que vão obtendo, esclareçam-nas com um telefonema.

 

Para Maria João, uma enchente de e-mails gera caos – e há sempre o factor humano, que também conta: falar um pouco de viva voz pode ajudar-vos a medir melhor o grau de empatia com quem está do outro lado. Porque, na hora da decisão final, não é só o valor a pagar que deverão ter em conta, mas também a fiabilidade, o interesse, a disponibilidade. Confiem na vossa intuição e, caso haja algo que vos deixe desconfortáveis, façam por esclarecê-lo. Se ainda assim não estão seguros da escolha, deixem cair e contactem outro fornecedor profissional que transmita a segurança que procuram e merecem.

 

Dicas para casar: ficámos noivos, e agora?

 

Dicas para casar: ficámos noivos, e agora?

 

Dicas para casar: ficámos noivos, e agora?

 

Para rematar, estejam atentos aos sinais: se começarem a sentir-se assoberbados e sem capacidade para tomar decisões claras, parem para respirar fundo. Desliguem durante uns dias, vão namorar e relembrem-se do caminho que vos levou ao “sim!”.

De cabeça fria, voltem a debruçar-se sobre este assunto, vão ver que tudo se começa a encaixar.

 

Para a semana falamos sobre o processo de escolha dos melhores fornecedores: aqueles que cumprem a vossa visão e orçamento. Juntem-se a nós!

 

Acompanhem os nossos bons conselhos e dicas para casar, sempre à segunda-feira, nas Wise Words.
As imagens bonitas são da dupla Um Dia de Sonho.

Susana Pinto

À conversa com: Design Events Wedding – wedding planning

Hoje conversamos com a sábia e bem-humorada Maria João Soares, wedding planner de mão-cheia, que assina como Design Events Wedding.

Conheço a Maria João há mais de uma década, ainda muito antes de mergulhar nestes assuntos de casar. Sempre afinámos na conversa, no humor e nas ideias, mais ou menos amalucadas ou ambiciosas – depende apenas do ponto de vista -, com que nos desafiamos mutuamente e, juntas, escrevemos o bonito “Queres casar comigo? – guia prático para um dia muito feliz”, um livro cheio de bons conselhos e boas práticas, como se fôssemos as fadas madrinhas do vosso casamento.

Achámos que fazia falta informação arrumada, desmistificada e doce, que vos ajudasse a chegar ao mais bonito dos dias sem solavancos de maior, sabedores e, genuínamente, prontos para casar, na posse de todas as ferramentas e boas práticas que possamos partilhar convosco. Foi uma aventura emocionante editá-lo, e ainda hoje é um livro útil, gentil, honesto e valioso.

Hoje vamos perceber em detalhe qual é o papel de uma wedding planner no vosso casamento.

 

O sucesso de uma boa festa é gente que nos ama, boa comida, boa bebida e óptima música. É isso que nos deixa boas memórias para sempre e é nisto que penso para refrescar a mente. Visualizo sempre esta festa, em função das pessoas que tenho à minha frente… O modelo estético? Esse aparece naturalmente depois.

 

Como começou esta aventura de ser wedding planner?

O nosso começo foi muito lá atrás. A nossa formação em gestão de recursos humanos levou-nos à organização de eventos na área corporativa e, mais tarde, saltar para a organização de casamentos foi quase natural: trata-se, de igual forma, de gerir pessoas, vontades e criar consensos.

 

Organizar um casamento é coordenar tarefas mas também também gerir emoções e expectativas. Um destes lados pesa mais, ou no meio está a virtude?

No meio está sempre a virtude! Um casamento vive de uma boa organização de tarefas, meios e de uma apertada disciplina. Mas como não há casamentos iguais, muitas vezes gerir emoções é a tarefa mais dura de um wedding planner. Bom senso, análise e cabeça fria são essenciais!

 

 

Tem uma perspectiva perfeccionista sobre o resultado ou é o prazer de acompanhar o processo que é o factor dominante?

Infelizmente somos ainda dependentes da ideia da perfeição, do resultado espectacular, mas a verdade é que fazer “nascer” um casamento é bastante desafiante. É uma combinação de muitas emoções, criatividade e análise fria sobre o que há para trabalhar. Por vezes é também gerir cenários de crise.

O factor dominante para os noivos é a incógnita sobre tudo o que vai acontecer. O que é claro para nós, fruto da experiência, não é facilmente lido por eles. Para nós, profissionais, a chave reside na clareza da transformação das suas ideias em algo tangível. Apaziguar o stress, adequar as ideias e desenhar um dia com que se identifiquem verdadeiramente, criar confiança no outro lado, são factores dominantes, sendo este último o mais difícil de conseguir.

É por isso que aconselhamos sempre os noivos a disfrutarem verdadeiramente deste processo: de cabeça aberta e sem preconceitos. Idealizar um dia tão especial para eles pode e deve ser um motivo de partilha e de grande motivação.

 

Ainda há alguma resistência à figura do wedding planner, que é vista mais como um custo adicional do que um genuíno valor acrescentado. Quais são as claras vantagens em contratá-la?

Não sou super optimista quanto a isto, ainda há muito caminho para andar. O pensamento do “podemos fazer tudo sozinhos” ainda é muito forte. Se é certo que alguns noivos conseguem, sem esforço, organizar-se, para a maior parte não é bem assim, e acabam por fazer este caminho com dificuldades desnecessárias. Não saber valorizar e reconhecer o papel de um profissional ou expert do meio, não é uma atitude que favoreça a chegada a um bom resultado. Por outro lado, sendo uma actividade ainda muito incipiente e pouco transparente, os noivos não a vêem como uma mais-valia a considerar. Creio, no entanto, que o cenário vai mudando, acabando o factor económico por perder importância.

Existem vantagens enormes, mas sublinho as mais importantes : uma óptima gestão de tempos, o quanto e onde gastar de forma inteligente, a certeza de contratar óptimos fornecedores e ideias. Chegado o dia D, o acompanhamento no terreno e o encontrar a melhor solução para problemas inesperados é o que podem esperar de nós.

 

A magia do Alentejo, por Design Events Wedding (26) A magia do Alentejo, por Design Events Wedding (23) A magia do Alentejo, por Design Events Wedding (17)

 

Tem uma assinatura visível no seu trabalho, um estilo próprio e favorito, ou o é a voz do cliente que define a totalidade do resultado?

Para mim é a voz do cliente que define o modelo base, entendo que a nossa assinatura vem depois, nos detalhes, na interpretação geral da imagem do casamento. Claro que todos temos um estilo onde nos sentimos mais à vontade e que é a nossa cara, mas o foco é seguir e executar a vontade do cliente. É o ADN do cliente que deve ditar o caminho, mas é também verdade que o nosso know how pode e deve ajudar a criar o tal conjunto harmonioso.

 

As tendências da estação… são um assunto de trabalho ou apenas fait divers?

Francamente achamos que são fait divers mas podemos usá-los a nosso favor. Se o mundo (ou a Pantone) nos diz que a cor do futuro vai ser o vermelho tomate, podemos sempre pensar nele… mas se os noivos gostam mesmo é de amarelo, pois é o amarelo a tendência do nosso trabalho.

 

Onde busca inspiração para cada nova temporada de trabalho?

Ao fim de tantos anos de trabalho e de avalanches de imagens, cada vez mais olho para o lado. Tento não me influenciar por outros trabalhos e manter uma imagem limpa, fresca e sem obedecer à “moda do momento”. Gosto de interpretar as primeiras palavras dos noivos – o que gostam, o que não gostam, as suas cores e em que ambiente se sentem bem. Para mim essa é a mãe de todas as inspirações!

 

 

E nos momentos de fadiga criativa, como refresca a mente e o olhar?

Pensar fora da caixa! Acho que cada vez mais a festa do casamento vive de muitas outras situações. O ambiente em geral a prevalecer sobre aquela flor que tem de se ter ou uma pista de dança a piscar. O respeito pelo enquadramento da natureza, não querer um palácio de Versalhes no meio do campo, ou querer recrear o campo no meio da cidade. Menos é mais! Não consigo compreender o “circo”, a festa na pista de karting, os noivos a descerem de paraquedas… Este dia é uma experiência emocional muito forte, é um dia irrepetível… O sucesso de uma boa festa é gente que nos ama, boa comida, boa bebida e óptima música. É isso que nos deixa boas memórias para sempre e é nisto que penso para refrescar a mente. Visualizo sempre esta festa, em função das pessoas que tenho à minha frente… O modelo estético? Esse aparece, naturalmente, depois.

 

Qual é a melhor parte de organizar um casamento? E o mais desafiante e difícil?

“Ler” os noivos, criar o elo de confiança, fazê-los descobrir as possibilidades. No fundo, “pensar” no seu casamento como um guião escrito a três e viver aquele tempo em que ainda tudo é uma novidade.

O mais desafiante é manter as ideias, torná-las realidade e ajudá-los a vencer os medos.

 

Design Events - wedding planner, decoração de casamentos e aluguer Design Events - wedding planner, decoração de casamentos e aluguer Design Events Wedding, um fornecedor seleccionado SImplesmente Branco (2)

Qual foi o casamento em que mais gostou de trabalhar? Porquê?

Não conto troféus, sei que já fiz muitos casamentos, alguns foram fantásticos e outros mais difíceis, mas não consigo eleger um em especial. Mas gosto, especialmente e em particular, dos casamentos em que vi os noivos relaxados, felizes e cheios de vontade de se divertirem, a esses reservo-me o direito de pensar que contribui, fazendo um trabalho bem feito.

 

Escolha uma imagem favorita do seu portfolio e conte-nos porquê:

Esta noiva foi levada ao altar pela mão da mãe e vieram de muito longe (da longínqua América Latina), para elas o importante foi a cerimónia, e sentirem-se cómodas e seguras num dia tão emotivo. Foi um casamento muito íntimo e pessoal, tal como gostamos.

 

Design Events Wedding - wedding planner e organização de casamentos

 

Os contactos detalhados da Design Events Wedding estão na sua ficha de fornecedor. Espreitem a galeria, com o seu trabalho mais recente e contactem directamente a Maria João Soares através do formulário: é só preencher com os vossos dados e mensagem, e na volta do correio, terão uma resposta simpática.

Acompanhem estas nossas conversas longas com fornecedores seleccionados Simplesmente Branco, sempre à quarta-feira!

Susana Pinto

Casamento no Monte do Ramalho: Joana + Pedro

Fechamos esta semana vagamente primaveril com um belo casamento no Monte do Ramalho: é o mais bonito dos dias da Joana + Pedro, junto dos seus.

Esta festaça foi filmada pelo Edgar Félix e a decoração e bouquet da noiva ficaram nas mãos da Maria João Soares, da Design Events, a nossa expert em casamentos nas planícies alentejanas. Que trio de fornecedores seleccionados, este!

Bom fim-de-semana!

 

Quando a resposta foi “sim!”, como é que imaginaram o vosso dia?
O pedido de casamento foi feito em 2016 numa escapadinha que fizémos a Paris. A nossa ideia, desde o início, sempre foi um casamento religioso acompanhado por uma festa descontraída, no meio da natureza.

Sentiam-se preparados ou foi um caminho com muitos nervos?
Estávamos inexperientemente preparados, sem nervos.

Em que momento da organização do casamento é que sentiram, «é mesmo isto»?
Tudo se começou a compor à nossa imagem de forma gradual. Não sentimos nunca qualquer pressão com timings, o que nos permitiu organizar todo o casamento da forma como idealizámos.

O resultado é fiel às ideias iniciais ou muito diferente? Contaram com alguma ajuda?
O resultado final excedeu as nossas expectativas! Fomos uns noivos que colocámos muita dedicação em tudo que íamos fazendo e decidindo, foi tudo muito ponderado.
Fizemos tudo praticamente sózinhos, no entanto íamos envolvendo a família e os amigos nas nossas escolhas, queríamos que fizessem parte deste dia.

O que era fundamental para vocês? E sem importância?
Fundamental era guardarmos nas nossas memórias um dia de sonho, reunir todas as pessoas que são importantes nas nossas vidas e proporcionarmos um dia feliz, divertido e confortável a todos os nossos familiares e amigos.
Sabemos que os imprevistos acontecem, mas que o propósito que nos reunia ali era de tal grandeza que decidimos relativizar qualquer falha de natureza técnica ou de catering que pudesse a acontecer (e felizmente não aconteceu).

O que foi mais fácil? E o que foi mais difícil?
O mais difícil foi de facto a escolha do local, sabíamos muito bem o que queríamos, mas não encontrávamos alternativas. A partir do momento em que o encontrámos, marcámos a data, e tudo se tornou tão fácil de organizar.

Qual foi o pico sentimental do vosso dia?
Ainda não conseguimos descrever o que sentimos na cerimónia campal, foi de cortar a respiração! A envolvência, o coro, as palavras do Padre, os olhares de felicidade dos convidados que testemunhavam a nossa união, os versos lidos pelos sobrinhos do Pedro, foi mágico!

E o pico de diversão?
Após o jantar, quando aquele pequeno nervosismo nos deixa descontrair e aproveitar ao máximo.

Um pormenor especial…
Só um?
Foi um dia de acontecimentos tão especiais!
Fomos surpreendidos por uma grande amiga que subiu ao palco e cantou-nos duas músicas. Sabíamos que cantava bem, mas não tínhamos noção do vozeirão que ouvimos naquela noite. Foi épico!

Agora que já aconteceu, mudavam alguma coisa?
Não mudávamos nada. Foi tudo tão perfeito e como idealizámos.
Foi um dia tão nosso, emocionante, melhor que nos sonhos.

Algumas words of advice para as próximas noivas…
Vivam cada momento com calma e com muito alma. Aproveitem os preparativos ao máximo, é um dia muito giro de organizar, pois tudo é feito à vossa medida e como sempre sonharam, façam-no de forma divertida e envolvam os vossas amigos e familiares, eles vão gostar de fazer parte do grande dia.
Quando chegar o grande dia, aí não há mais com o que preocupar, e deixem-se envolver pelo momento, desfrutem do dia. Aproveitem cada momento, pois será um dos dias mais felizes das vossas vidas, cheio de emoções.

 

Os fornecedores envolvidos:

convites e materiais gráficos: Margarida Ferreira (amiga da noiva);
espaço: Monte do Ramalho, Avis;
catering e bolo dos noivos: Casca d’ovo;
fato do noivo e acessórios: fato O Alfaite, acessórios Ourivesaria Atlantis;
vestido de noiva e sapatos: vestido Inês Pimentel e sapatos Fátima Alves;
maquilhagem: Diana Cavaco Pereira;
cabelo: Rita Vasconcelos (amiga da noiva);
decoração e bouquet de noiva: Design Events Wedding;
fotografia: Grão a Grão;
vídeo: Edgar Félix;
banda: Two Radio | Upbeat;
coro: Coro Cá da Terra.

 

 

Susana Pinto

Simplesmente Branco & White Wedding Weekend

No próximo sábado, 10 de Novembro, às 16.30h, a convite da White Wedding Weekend, vou estar à conversa convosco, juntamente com a Maria João Soares, da Design Events, e a Susana Abreu, da Inspirarte.

Dito o desejado “sim!”, quando o turbilhão de emoções assenta, marcamos uma data e contamos os meses que faltam. E agora, por onde começar?
É exactamente sobre isto que vamos conversar.

 

Com a ajuda da Maria João Soares, wedding planner, e da Susana Abreu, decoradora, vamos dar-vos algumas ferramentas, esclarecer mitos, sugerir boas práticas e algumas ideias para que a vossa viagem até ao grande dia seja descomplicada, informada e muito feliz.

Se, por timidez, vos faltarem as perguntas, estarei lá eu para as fazer.

Wedding planning e decoração são a mesma coisa ou dois assuntos e actividades totalmente distintas?

Porque é importante marcar uma primeira reunião para falar de orçamentos? Há valor acrescido numa conversa presencial, em vez de um e-mail impessoal? É tempo ganho ou tempo perdido?
Como se constrói um orçamento?

Como se gerem as tensões e as cedências? E a assertividade, quando toda a gente tem uma opinião?

Estas e outras questões – as vossas! – serão respondidas por nós: estão todos convidados para esta bela conversa.

 

DJ Nuno Rodrigues - DJ para acsamento e animação para casamento

 

E já que nos vêm visitar, aproveitem também para conversar e ficar a conhecer melhor o DJ Nuno Rodrigues, fornecedor seleccionado Simplesmente Branco, que também lá vai estar, pronto para vos receber e mostrar a sua arte.

White Wedding Weekend, na Alfândega do Porto, sábado, 10 de Novembro, às 16.30h.

Vemo-nos lá?

 

Marta Ramos

A magia do Alentejo, por Design Events Wedding

Nestes dias subitamente primaveris, só nos apetece pensar em passear. Vamos até ao Alentejo? Quem nos convida é Maria João Soares, da Design Events Wedding, que nos traz hoje imagens e memórias de um casamento em Setembro do ano passado, com muito Alentejo, muito calor e muitos sorrisos:

«Há quem vá para longe à procura de destinos exóticos e excitantes, mas para a Liliana e o Pedro, casal apaixonado, aventureiro e com uma vida citadina do mais exigente, o Alentejo profundo foi o seu paraíso de eleição. Assentaram arraiais na Herdade do Vau, no meio do montado e debruçada sobre a fronteira. Casaram na pequena Igreja da vila mais próxima. E tiveram uma festa de arromba, no Setembro mais quente de que nos lembramos.
Sem plano B, este casamento foi uma prova de grau de dificuldade máxima, mas os sorrisos atestam que foi o melhor dia das suas vidas. Pelo meio ficou a excitação da chegada difícil ao local, de alguns que se perderam pelo caminho, duma estrada longa e intransitável e dum pequeno paraíso onde se produz um vinho maravilhoso e que dá pelo nome, muito apropriado, de RISO, que foi o que mais vimos nas caras destes dois. Como bem sabemos, o caminho para o paraíso não é fácil, mas vale a pena tentar.»

Diz o ditado que dum casamento sai outro, e se calhar é mesmo verdade: quando chegarem à última imagem, vão certamente pensar, como nós, que aquele casal será o próximo a não resistir à magia do Alentejo!

Vamos então a isto? Que bom seria estarmos, de facto, a passear nestas paisagens. Mas, à falta disso, que bom que é termos a possibilidade de o fazer através das imagens assinadas por P2F Atelier.

 

Design Events - organização de casamentos- casamento rústico na Herdade do Vau, Alentejo

 

Design Events - organização de casamentos- casamento rústico na Herdade do Vau, Alentejo

 

Design Events - organização de casamentos- casamento rústico na Herdade do Vau, Alentejo

 

Design Events - organização de casamentos- casamento rústico na Herdade do Vau, Alentejo

 

Design Events - organização de casamentos- casamento rústico na Herdade do Vau, Alentejo

 

Design Events - organização de casamentos- casamento rústico na Herdade do Vau, Alentejo

 

Design Events - organização de casamentos- casamento rústico na Herdade do Vau, Alentejo

 

Design Events - organização de casamentos- casamento rústico na Herdade do Vau, Alentejo

 

Design Events - organização de casamentos- casamento rústico na Herdade do Vau, Alentejo

 

Design Events - organização de casamentos- casamento rústico na Herdade do Vau, Alentejo

 

Design Events - organização de casamentos- casamento rústico na Herdade do Vau, Alentejo

 

Design Events - organização de casamentos- casamento rústico na Herdade do Vau, Alentejo

 

Design Events - organização de casamentos- casamento rústico na Herdade do Vau, Alentejo

 

Design Events - organização de casamentos- casamento rústico na Herdade do Vau, Alentejo

 

Design Events - organização de casamentos- casamento rústico na Herdade do Vau, Alentejo

 

Design Events - organização de casamentos- casamento rústico na Herdade do Vau, Alentejo

 

Design Events - organização de casamentos- casamento rústico na Herdade do Vau, Alentejo

 

Design Events - organização de casamentos- casamento rústico na Herdade do Vau, Alentejo

 

Design Events - organização de casamentos- casamento rústico na Herdade do Vau, Alentejo

 

Design Events - organização de casamentos- casamento rústico na Herdade do Vau, Alentejo

 

Design Events - organização de casamentos- casamento rústico na Herdade do Vau, Alentejo

 

Design Events - organização de casamentos- casamento rústico na Herdade do Vau, Alentejo

 

Design Events - organização de casamentos- casamento rústico na Herdade do Vau, Alentejo

 

Design Events - organização de casamentos- casamento rústico na Herdade do Vau, Alentejo

 

Design Events - organização de casamentos- casamento rústico na Herdade do Vau, Alentejo

 

Design Events - organização de casamentos- casamento rústico na Herdade do Vau, Alentejo

 

Créditos:

 

organização, styling e flores: Design Events Wedding

espaço: Herdade do Vau

animação: Banda Oh My Dog

fotografia: P2F Atelier

Marta Ramos

Um casamento hindu no Alentejo, por Design Events Wedding

Continuamos no nosso périplo anti-cinzentismo (com sorte, as nuvens vão-se mesmo embora!): agora, é Maria João Soares, da Design Events Wedding, que nos leva até ao Alentejo, para testemunharmos uma festa resplandecente de cor e de encanto.

«A Neha e o Jacob trocaram um casamento na Itália pelo nosso Alentejo. Era Maio, o tempo ainda não estava muito seguro, mas para eles era a data ideal. Os convidados vieram de várias partes do mundo e dividiram-se por duas pequenas vilas alentejanas, escolhidas a dedo – a pequena mas deliciosa Monforte e a palaciana Vila Viçosa, onde decorreu o casamento católico na mais bela igreja alentejana, o Santuário de Nª Sra. da Conceição. Os dois dias de festa iniciaram-se com a festa do Haldi, seguida do Sangeete e o apogeu das várias cerimónias e ritos, com o casamento hindu. Todo um crescendo em cores, ritmos musicais e a alegria muito própria das famílias. O bolo bonito foi da autoria da mãe do noivo – e, para nós, foi uma surpresa como chegou a Portugal! Pelo meio houve algumas peripécias e alguns nervos, claro; mas para este casal apaixonado tudo teve um significado muito próprio. Foi com um enorme prazer que ajudámos a tornar esta festa uma realidade.»

Houve mais fornecedores seleccionados SB a contribuir para esta maravilhosa celebração: a In Love – unique weddings tratou do estacionário com a especial graça que lhes é característica, e a Jukebox pôs toda a gente a dançar!

 

Design Events - wedding planner - casamento indiano no Alentejo

 

Design Events - wedding planner - casamento indiano no Alentejo

 

Design Events - wedding planner - casamento indiano no Alentejo

 

Design Events - wedding planner - casamento indiano no Alentejo

 

Design Events - wedding planner - casamento indiano no Alentejo

 

Design Events - wedding planner - casamento indiano no Alentejo

 

Design Events - wedding planner - casamento indiano no Alentejo

 

Design Events - wedding planner - casamento indiano no Alentejo

 

Design Events - wedding planner - casamento indiano no Alentejo

 

Design Events - wedding planner - casamento indiano no Alentejo

 

Design Events - wedding planner - casamento indiano no Alentejo

 

Design Events - wedding planner - casamento indiano no Alentejo

 

Design Events - wedding planner - casamento indiano no Alentejo

 

Design Events - wedding planner - casamento indiano no Alentejo

 

Design Events - wedding planner - casamento indiano no Alentejo

 

Design Events - wedding planner - casamento indiano no Alentejo

 

Design Events - wedding planner - casamento indiano no Alentejo

 

Design Events - wedding planner - casamento indiano no Alentejo

 

Design Events - wedding planner - casamento indiano no Alentejo

 

Design Events - wedding planner - casamento indiano no Alentejo

 

Design Events - wedding planner - casamento indiano no Alentejo

 

Design Events - wedding planner - casamento indiano no Alentejo

 

Design Events - wedding planner - casamento indiano no Alentejo

 

Design Events - wedding planner - casamento indiano no Alentejo

 

Design Events - wedding planner - casamento indiano no Alentejo

 

Design Events - wedding planner - casamento indiano no Alentejo

 

1Design Events - wedding planner - casamento indiano no Alentejo

 

Créditos:

 

organização, styling e flores: Design Events Wedding

fotografia: Piteira Photography

animação: Jukebox

vídeo: Make My Day

actuação: Paula Cruz, Fadista – Estremoz

estacionário: In Love – unique weddings

cabelos e maquilhagem: Helena Afonso – Vila Viçosa

pintura hena: Filomena Mehendi