Simplesmente Branco  - Menos é mais...! inspiração e os melhores fornecedores para o seu casamento.

0 Comentários

Mimos modernos, por Ducka Design

Pratos para as alianças e vasos para oferecer aos convidados.

Assim a seco, parece nem ter graça, mas as peças bonitas da Ducka são curiosas e especiais. Descobri-as na semana passada, quando fui buscar os meus postais “Feliz é quem diz” (e dar um abracinho bom à querida Susana Almeida), ao Mercado de Natal do Campo Pequeno: dei a minha volta, recolhi alguns cartões de contacto e tomei nota das coisas interessantes que encontrei.

A Ducka foi uma delas, e que graça tem.

Apresenta-se assim: “Ducka é uma pata com muito carisma, e um gosto especial por design. Nasceu com uma vontade enorme de pegar em peças que alguns consideram “lixo” mas que para ela são verdadeiros tesouros! Com uma paixão por tudo o que é artesanal, transformando os com detalhes modernos e um enorme carinho pela tradição, esta pata tem bicho carpinteiro e não consegue estar parada! A Ducka encontrou o seu lugar no mundo do design e está disponível para trabalhos de redesign, de criação de espaços, e de projetos com bom gosto!.”

 

A sua dona é a designer Ana Rita Aguiar e, das várias peças disponíveis, elegemos estas duas que achamos perfeitas para vocês: o Ninho e o Tosco (até os nomes são óptimos!).

 

Pratinho para as alianças

 

Vasinhos de suculentas para oferecer aos convidados

 

Vasinhos de suculentas para oferecer aos convidados

 

O Ninho é um conjunto de duas peças côncavas de forma hexagonal feitas a partir de cimento. Uma é cinzenta, outra é branca e servem como prato para as alianças, durante e após, e também, numa versão menos romântica, como despeja-bolsos!
O Ninho é vendido como um conjunto de 2 peças, e custa 12€.

 

O Tosco, criado a partir de uma paixão por formas geométricas e apreciação por pequenos cactos, é uma peça decorativa com um ser vivo que não necessita de muitos cuidados (óptimo para quem gosta de plantinhas mas não tem exactamente green fingers). Os cactos precisam de pouca água e de pouco espaço, e estes pequenos vasos de cimento assentam em qualquer das suas arestas, de modo tombado (mas firme!), resultando numa peça decorativa e com um toque de cor e verdura muito refrescantes.
O Tosco custa 8 € e está disponível em 5 cores: cinzento (cor natural do cimento), branco, cor-de-rosa, azul e amarelo.

 

Se design minimalista e industrial é a vossa cena, estas duas peças (o Ninho para as alianças e os Toscos para oferecer) são um achado. Podem encomendar suculentas bebés ao Dário Nemésio, da O meu amor é verde e compor a vossa selecção de verdes à medida.

 

0 Comentários

Wow factor, por Pedro Taborda

 

 

 

Um pouco de diversão! É tão saudável não nos levarmos demasiado a sério…

Imagens bem dispostas e cheias de personalidade, captadas pelo Pedro Taborda: consultem a sua ficha de fornecedor detalhada para ver mais do seu trabalho!

 

0 Comentários

Um passeio nas nuvens, por Miguel Ribeiro Fernandes

Hoje vamos passear até à Madeira e caminhar sobre as nuvens. Quem nos convida é o Miguel Ribeiro Fernandes, que foi até lá fotografar a Catarina e o Pedro.

 

“Há qualquer coisa de misterioso em chegar a uma ilha durante a noite, vindo do céu. As luzes das habitações colocam o mundo ao contrário, tornam terra num céu estrelado. Pelo menos para um fotógrafo. Se juntarmos a isso um casal totalmente apaixonado e disponível, temos os ingredientes certos para uma sessão de noivado maravilhosa.”

Este ano tive o prazer de passar uns dias na Madeira com a Catarina e o Pedro, que me acolheram e guiaram pela ilha, terra originária do noivo.

Ficam aqui as imagens, para que todos possamos testemunhar a beleza do amor dos dois na épica paisagem da Madeira.”

 

Sessão de namoro pela Madeira

 

Sessão de namoro pela Madeira

 

Sessão de namoro pela Madeira

 

Sessão de namoro pela Madeira

 

Sessão de namoro pela Madeira

 

Sessão de namoro pela Madeira

 

Sessão de namoro pela Madeira

 

Sessão de namoro pela Madeira

 

 

Sessão de namoro pela Madeira

 

 

Sessão de namoro pela Madeira

 

Sessão de namoro pela Madeira

 

Sessão de namoro pela Madeira

 

Sessão de namoro pela Madeira

 

Sessão de namoro pela Madeira

 

Sessão de namoro pela Madeira

 

Sessão de namoro pela Madeira

 

Sessão de namoro pela Madeira

 

Sessão de namoro pela Madeira

 

Sessão de namoro pela Madeira

 

Sessão de namoro pela Madeira

 

Sessão de namoro pela Madeira

 

Sessão de namoro pela Madeira

 

Sessão de namoro pela Madeira

 

Sessão de namoro pela Madeira

 

Sessão de namoro pela Madeira

 

Sessão de namoro pela Madeira

 

 

 

 

Eu, que nunca fui à Madeira, fico aqui a suspirar com este chão de nuvens… haverá imagem mais bonita?

 

Passem pela casa do Miguel para ver este passeio na sua totalidade. Vão adorar!

 

Save

0 Comentários

Convites de casamento bonitos, por Molde Design Weddings

Com regularidade e consistência, a Molde Design Weddings prepara a cada ano uma nova colecção de convites bonitos. A colecção de 2017 já está pronta e estamos a estreá-la em primeiríssima mão.

Conta-nos a Joana Sepúlveda:

“Este ano, a inspiração andou essencialmente à volta do mundo floral e das aguarelas. Percebemos que o público frequentemente – e cada vez mais – nos pedia ilustrações que andavam à volta destas temáticas, e por isso achámos que este ano a colecção tinha que girar à volta das mesmas”.

Para além destes novos desenhos, continuam a criar outros modelos de linhas mais sóbrias e geométricas, sempre com os muito fofos BOONI, tão característicos e versáteis, que oferecem diferentes possibilidades a quem quer seguir por outros registos.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Que frescura!

Um segredinho: hoje mostramos parte da colecção, mas fiquem atentos porque há mais convites de casamento bonitos para mostrar!

 

Save

0 Comentários

“É este o meu vestido de noiva”

O artigo que vos trago hoje, sobre o vestido de noiva, é para lá de bonito.

E é bonito porque é sobre pessoas e sobre encontros, experiências e partilhas. É assim que juntamos os pontinhos dispersos e criamos um momento muito especial.

Comecemos pelo início… quando saíu o nosso livro “Queres casar comigo? – guia prático para um dia muito feliz”, fui ao programa do Fernando Alvim, no Canal Q, para uma pequena conversa. Foi lá que conheci a Débora Água-Doce, que ia falar do seu livro “De uma mulher para mulheres que amam demais”, e toda a conversa teve muita graça.

Fomos mantendo um contacto muito singelo e, no início do ano, convidei um grupo de meninas interessantes para divagar sobre o tema “Se eu me casasse…”, numa série de guest posts regulares aqui no Simplesmente Branco. A Débora foi uma delas e as suas escolhas, uma delícia.

 

Mudamos de cenário. Também este ano, a Sara Silva, da Vestidus, a propósito de uma imagem que eu tinha encontrado e partilhado com ela, de uma marca romena (um hábito que temos desde sempre, quando encontramos coisas bonitas), avisa-me que tem na loja os vestidos de noiva absolutamente magníficos de que tínhamos falado. Demorei até ter tempo para a visitar, e quando os vi – e são fabulosos – pensámos logo que tínhamos que lhes dar a devida atenção, fazer alguma sessão especial, porque eram mesmo muito bonitos… Num pequeno brainstorming a ideia imediata foi fazer uma sessão intimista, de preparativos, que permitisse colocar o foco em todos os detalhes destas peças – as rendas, os tules, o corte, o acabamento, as texturas.

Os pontinhos começam a juntar-se – também este ano, a Débora avisa-me que comprou o meu livro, que se vai casar (pausa para um sorriso que começa a esboçar-se).

Ora quando vi os vestidos, pensei  e disse à Sara: “sei da pessoa ideal para fazermos isto”, e falei-lhe da Débora Água-Doce. Quando regressei ao escritório, enviei-lhe os contactos e, à Débora, enviei uma mensagem a contar o que tínhamos em mente. Claro que a decisão era totalmente dela, se não se sentisse à vontade, com certeza, apenas eu achava que aqueles três vestidos eram a cara dela e que a Sara lhe iria proporcionar um momento encantatório.

Houve uma hesitação bem argumentada para aqui, umas dúvidas para ali, mas a curiosidade venceu todas as barreiras e as duas deram início a uma bela conversa.

À ideia, juntou-se a Raquel Castro, da Atmosfia, para a concretizar: registar a experiência e o processo em fotografia, do que é este momento em que se experimenta, com foco, com doçura e com intimidade, essa peça mágica que é um vestido de noiva.

A Raquel foi igualmente atenta, focada e gentil no olhar.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

O sorriso da Débora seria suficiente para termos a percepção da experiência, mas gostamos de palavras e descrições emotivas.

A Débora conta-vos como foi:

 

“Tudo começou há uns meses, quando a muito querida Susana Esteves Pinto me desafiou paraa escrever sobre o tema “se eu me casasse”. Não totalmente satisfeita com esse desafio lançou-me outro ainda maior, onde, em colaboração com a Sara Silva, da Vestidus Atelier e a Raquel Castro, da Atmosfia, vivenciaria a experiência de escolher o “Vestido de Princesa”.

De brilho no olhar como quem ainda sonha com esse dia, entrei na Vestidus Atelier com a sensação de borboletas na barriga acentuada, nesse dia, parecia que elas estavam extasiadas!

 

Entrei e… a magia aconteceu!!! É um espaço encantado, tal como eu imaginava que deveria ser uma casa destas, a casa onde vestimos o Amor. Tudo à volta respira Amor, tudo é mágico e encantador. Tudo!!! E a Sara, bem… A Sara é a pessoa perfeita para estar ali a receber os nossos sonhos e a torná-los realidade. De uma sensibilidade incrível, parece que lê o que nos vai no coração e assim, num ápice, descobriu o estilo pelo qual o meu coração mais batia.

 

Vesti os vestidos, sim os vestidos!!! Foram três!!! Todos maravilhosos e fluídos como eu imaginava. As rendas…. Ahhhhhh lindas! Tão românticas.

Que sensação bonita! Sim, bonita, foi assim que me senti!  Bonita. Senti-me como as minhas barbies quando em pequena, as vestia de princesas. É incrível como os anos passam por ti mas os sonhos permanecem com a mesma essência.

 

Fui sozinha, não fui comprar o meu vestido, fui “brincar às noivas”, mas percebi a vantagem de ir sozinha. Este é um momento tão mágico e tão único que deve ser vivenciado apenas pela noiva. A noiva precisa de sentir o vestido, as emoções… Quando vão acompanhas acabam por ceder às opiniões dos outros e por vezes essa experiência pode não ser tão bonita e emotiva, como deve ser.

Neste meu dia mágico, cruzei-me com uma noiva que decidiu ir lá sozinha pois já tinha experimentado imensos vestidos, sempre acompanhada por amigas e família, como não tinha conseguido ser fiel ao seu estilo e gosto pessoal, decidiu ir às escondidas experimentar mais uns. Não sei se acabou por escolher ali na “casa onde vestimos o Amor” o seu vestidinho de princesa, mas sei que, nesse dia, naturalmente teve muito mais em conta o que dizia o seu coração.

 

Senti-me princesa por um dia, senti que há muito mais magia e amor na Vestidus Atelier do que imaginava. Estas casas são mesmo encantadas!

Obrigada Sara, Raquel e Susana por esta experiência! Quem sabe não estarei próxima desse meu momento?”

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Não estive lá neste dia, mas imagino como foi especial.

É um trio de mulheres atentas, doces, focadas, com histórias para contar, conversas para ter, talentos para partilhar. O resultado é a prova como tudo convergiu, como os pontinhos dispersos se ligaram numa linha recta e certeira.

 

Com isto não recomendamos nada que brinquem às noivas, visitando lojas só pela diversão – há um lado sério no trabalho que é feito, no tempo que é investido em cada marcação, na atenção que se dedica, e que deve ser respeitado por quem vai às compras.

Mas quisemos mostrar e proporcionar a experiência deste momento e como achamos que deve ser vivido: com borboletas na barriga e com foco para que se ouça a própria voz – a do coração.

 

Eu avisei que era um artigo para lá de bonito…

 

Save

Save

Save

0 Comentários

“Simplesmente Branco é…”

Noivo a dançar

 

best buddies!”

Os amigos são para as ocasiões, e a dupla Look Imaginary guardou o momento.

Boa semana!

 

Save

0 Comentários

Um belo bouquet…

Cremoso e quase dourado é a definição deste bonito bouquet de noiva.

Flores de Kelly Lenard, com fotografia de Jake Anderson, via Once Wed: passem por lá para ver tudinho!

 

Bouquet de noiva em tons de caramelo e salmão

 

11-bloom-inspiration

 

Estupendo, não?

Bom domingo.