Simplesmente Branco 

0 Comentários

We are The Destination

Quem nos acompanha no Facebook, já se deve ter apercebido da última novidade: andamos a congeminar uma nova revista.

Desta vez, ambicionámos mais e com um propósito claro, estamos a promover o nosso outro projecto, o bonito The Destination, onde mostramos para fora, o melhor que se faz cá dentro.

A melhor forma de o fazermos (e a que fazemos melhor), foi criar 2 revistas digitais, em português do Brasil e em inglês. Temos conteúdos distintos e outros em comum, paginámos mais de 500 páginas e largas centenas de imagens maravilhosas. São 11 artigos no total, entre real weddings, styled shoots e e-sessions, e ainda incluímos uma entrevista à doce e muito talentosa Sílvia Pontes.

 

Deixo-vos as duas bonitas capas: a edição inglesa foi fotografada pela dupla Um dia de Sonho, com styling e flores da Pinga Amor e makeup da Jenny Makeup Land. A brasileira, tem fotografia da dupla Adoro, com os seus noivos Ana+Ricardo.

 

 

 

Mas não são só as capas que são bonitas, fiquem também com um preview do que aí vem. Como sempre, foi a a talentosa Carmen Dias que a desenhou.

 


Segunda feira, mostramos tudo!

Até lá, um óptimo fim de semana!

 

0 Comentários

Tradições e emoções, por Happy Together

A Judith, alemã, e o Greig, australiano com raízes em Goa, conheceram-se em Inglaterra; vieram casar a Portugal porque ela é apaixonada pelo nosso país e pela ascendência portuguesa dele. A dupla Happy Together partilha hoje connosco o vídeo dos highlights deste feliz encontro.

 

Conta-nos a Raquel: «A Judith e o Greig estão bem juntinho ao nosso coração. Sentimos com estes dois aquele conforto que se sente com amigos de longa data. Quando os conhecemos, a reunião, aparentemente formal, transformou-se numa saída à noite por Lisboa, com petiscos e fado.

O dia do casamento foi uma mistura entre costumes australianos, indianos, alemães e ingleses. Destacamos uma tradição germânica muito engraçada, a Polterabend. Os convidados trazem peças de loiça e partem-nas junto aos noivos, que depois têm que limpar o espaço simbolizando a união e a força para ultrapassar os obstáculos que a vida lhes reserva enquanto casal.
Temos a certeza que a Judith e o Greig formam um casal unido e muito apaixonado. Qualquer obstáculo que lhes surja, irão ultrapassá-lo!»

 

 

Créditos:

 

​vestido noiva: Jesús Peiró
sapatos noiva: Jimmy ​C​hoo
fato noivo: Ted Baker
sapatos noivo: Charles Tyrhitt
igreja: São Pedro de Penaferrim, em Sintra
polterabend: Café Saudade, em Sintra
transporte: Travel with Lolita
copo d’água: Palácio da Pena
fotografia: Gloria Aguiam Fotógrafas
vídeo: Happy Together

 

0 Comentários

Medieval chic, por Inspirarte

A Susana Abreu, da Inspirarte, mostra-nos hoje um casamento magnífico, num cenário de sonho, com pormenores cheios de requinte e delicadeza. O espaço escolhido combinava a frescura característica da natureza minhota, feita de verde e de água, com a imponência de uma construção dos finais do séc. XV, classificada como Monumento Nacional.

 

«Adoro fazer casamentos com jantar ao livre!», conta-nos a Susana. «Uma bebida fresca recebia os convidados antes da cerimónia. Havia fardos de palha com almofadas para que pudessem aguardar sob a sombra das oliveiras. A cerimónia – uma missa campal – foi realizada junto à margem do rio. Os noivos dirigiram-se para a cerimónia numa lancha linda toda em madeira. Seguiram-se os aperitivos juntos à zona das oliveiras, o jantar no pátio interior e a restante festa e dança no salão.»

 

 

 

 

 

 

«Uma curiosidade – o vestido da noiva foi pintado por ela e pela mãe. Tinha uma barra no fundo nos tons da decoração.»

 

 

«O ambiente criado teria de ter um pouco de campestre, vintage, provençal… As cores teriam de estar em tons neutros – crus, brancos, dourados e apontamentos em tons de rosa, que foram dados nas flores e em alguns elementos decorativos, como as almofadas.»

 

 

 

 

 

 

«Junto a um dos tanques de pedra foi criado um ambiente lounge vintage, com base nas cores utilizadas e toda a decoração do casamento.
Um outro requisito da noiva era a utilização de ervas aromáticas – alecrim, hortelã, tomilho…»

 

 

 

 

 

 

 

 

 

«Uma das vontades da noiva era que houvesse muitas velas. E assim foi, porque o espaço assim o determina, com aquele enquadramento medieval só podia ter muitas velas.»

 

 

 

 

A festa foi animada pela Jukebox, outro fornecedor SB, e entrou pela madrugada! Quem fotografou este belíssimo trabalho Inspirarte foi, como não podia deixar de ser, o João Cardoso Pereira. O espaço é a Quinta da Torre e o catering esteve a cargo de Maria José Pinho.

 

0 Comentários

Diz Que Sim, em Coimbra

No próximo fim-de-semana, o Hotel Tryp Coimbra será o palco da exposição Diz Que Sim, um evento que promove diversas soluções para ajudar quem anda a pensar em casar.

A organização está a cargo de dois fornecedores SB, a Event Pleasures e a Ambientes Perfeitos, e ainda da Lusalar.

 

dizquesim

 

Podem dar lá um salto para ver coisas bonitas no sábado, dia 23, das 14h00 às 19h00, e no domingo, dia 24, das 10h00 às 18h00. E acompanhem o evento no Facebook para estarem a par de todas as novidades.

 

0 Comentários

Say yes to the dress!

Não é exactamente um guilty pleasure, é mais uma observação científica sobre um assunto sobre o qual não tenho grande ligação, mas manifesto interesse. Ora estou a falar do Say yes to the dress, que passa no TLC, e cuja estrela é o sempre sorridente Randy Fenoli.

Ora aqui fica um diagrama muito bem explicado, de como se deve ir às compras de um bonito vestido de noiva.

 

 

Agora, já sabem mais!

 

0 Comentários

Wow factor, por Hello Twiggs

 

 

 

Um instante só deles, captado pela Cláudia Casal, da Hello Twiggs.

 

16 Comentários

Da seriedade ou um 5º aniversário

 

Em 2010, por esta altura, estava em Verona, colada ao meu portátil, à espera do email que confirmasse que estávamos online.

5 anos depois, a viagem continua e parece-me apropriado fazer algum balanço.

Atravessamos a maior crise de sempre, neste ano de 2015 – contra todas as expectativas, que apontariam para que já nos tivéssemos, todos (fornecedores e clientes), ajustado a esta realidade mais frugal, mais contida e de menos abundância, demonstrou-se o contrário: o mercado encolheu subitamente, há muito menos trabalho, há menos consumo e precisamos de repensar o negócio, o preço, o formato, a atitude. Precisamos, todos, de olhar com mais perspectiva, com mais generosidade, com mais profissionalismo (e seriedade), com mais amplitude, de fora, e a longo prazo, se é disto que queremos fazer a nossa vida profissional, por muitos e bons anos.

Parece injusto este solavanco: neste curto intervalo de tempo o mercado floresceu, de forma muito positiva, apareceram muitos e bons talentos, gente criativa, curiosa, irrequieta, competente, projectos com graça e com uma visão positiva e contemporânea, posso dizer com tranquilidade que estamos em pé de igualdade com qualquer parte do mundo (e o Simplesmente Branco tem uma imensa quota parte na abertura deste espaço para que outros pudessem emergir e crescer)… mas fomos de algum modo batidos por uma certa arrogância e vaidade próprias (não foi apenas a crise que nos trouxe até aqui) e teremos que trabalhar muito e bem, para recuperar esse prestígio discreto que deve estar associado a todas estas profissões.

Temos muito em que pensar, diria eu.

 

Mas também temos de celebrar: 5 anos…! Imaginam? Começou com uma ideia e uma boa dose de fé partilhada com 19 clientes (o abraço maior de hoje vai para a Molde Design Weddings, a Sílvia Pontes, a Pinga Amor, a Design Events e a Lounge Fotografia, que acreditaram e se juntaram a nós, quando não havia nada para mostrar, apenas convicção e um site bonitinho), hoje temos cerca de 100, damos trabalho a 4 pessoas e somos a referência no mercado, em termos de gosto, qualidade, postura séria e generosidade. Quase 4 mil posts escritos diariamente (3859, mais exactamente), sem interrupções, mais de 20 mil visitas por mês, uma página do Facebook com mais de 16 mil fãs, 5 revistas digitais relevantes (e mais duas a caminho!) e uma empresa séria, que dá pelo bonito nome (e da qual me orgulho imensamente) de Wise_up Sociedade Unipessoal, Lda., como na música da Amee Mann.

Ufa!

 

Neste momento, escrevo ao som de Ludovico Einaudi, “Reverie”, a música que me leva sempre para sítios felizes e de forma concentrada, mesmo em altura difíceis (e se esta viagem teve disso…!). O melhor do meu dia será sempre um email que chega, de alguém que não conheço, e me diz “obrigado por estar aí” (e tenho recebido alguns, muito, muito bons).

 

É a minha vez, a meio desta ultra-maratona, de vos dizer: “obrigado por estarem aí!”

Tchim tchim!