Created with Sketch.
Marta Ramos

As flores da Primavera, por KCKliKO

Têm nome de papoila (do francês, coquelicot), o que sugere de imediato um misto de delicadeza e força, de natureza selvagem com sofisticação. É uma boa forma de descrever o trabalho da Albane e do Luís, o casal KCKliKO. Inspirados pelas estações do ano, concebem ramos de flores espontâneos e bravios, com ênfase em espécies singulares, valorizando os recursos naturais e locais. Respeitam sempre a sazonalidade das plantas. Gostam de misturar flores grandes com outras mais pequenas, flores de cultivo e silvestres, tanto abertas como em botão e por vezes carregadas das suas sementes, permitindo ao ramo continuar a evoluir. As sementes e algumas das plantas que usam podem ser semeadas ou plantadas mais tarde.

Agora que a Primavera nos dá um ar de sua graça, apesar de estarmos mesmo quase no Verão, fomos saber quais são as flores desta primeira estação do ano:

«A Primavera, com a sua exuberância de flores traz cores e perfumes que nos enchem de alegria. A papoila, de aparência frágil que perde rapidamente as suas pétalas se a colhermos, regala os olhos salpicando do seu carmim os campos!As ervilhas-de-cheiro violáceas, as papoilas-da-califórnia laranjas, o jasmim e os trevos, tal como as anémonas, as frésias e os ranúnculos multicores misturam-se com os milhares de pequenos detalhes verdes das gramíneas. A dramática e fascinante nigella também faz parte da paisagem desta estação. As esplêndidas peónias despertam só durante um mês debaixo de uma chuva de pétalas de rosas cor-de-rosa.»

Inspirem-se nas bonitas fotografias de arranjos primaveris da KCKliKO.

 

 

 

 

 

 

 

Não deixem de consultar a ficha de fornecedor seleccionado da KCKliKO para ficarem a conhecer melhor a Albane, o Luís e o seu trabalho. E falem com eles, aconselhem-se acerca das melhores flores para usar na época do vosso casamento.
Acompanhem também os artigos que vamos publicando acerca do trabalho magnífico da KCKliKO. Só coisas espantosas!

Marta Ramos

Novas lembranças para os convidados Green Pic’k

A Green Pic’k acaba de lançar uma novidade perfumada e saborosa, que vem alargar o seu leque de lembranças para oferecer aos convidados do vosso casamento. Até agora, podiam contar com as bonitas lembranças com suculentas. Graças a uma parceria com a Inspired by Lemon, nasceram também umas embalagens belíssimas de infusões e de condimentos biológicos, que podem personalizar ao vosso gosto. Arrumadas em três sugestivas categorias, com os nomes Equilibrium ayurveda, Aromas do Mundo e Sabores do Mundo, são objectos bonitos e produtos de elevada qualidade, que deixarão uma impressão de cuidado e de bom gosto em quem os receber.

Para mais informações e encomendas, contactem a Green Pic’k pelo email greenpick.order@gmail.com.

 

 

 

 

 

 

 

A Green Pic’k surgiu como «uma forma de expressão, de ir mais além, de acreditar na imaginação.» A Carolina e a Sofia inspiram-se em cada cliente e a tudo o que já viram, sentiram e viveram para dar vida às suas criações. A paixão pelas plantas, pela natureza e a vontade de criar peças originais e ambientes únicos, juntou-as nesta viagem. Contem com o bom gosto e a criatividade desta dupla para acrescentar beleza ao vosso dia: seja na decoração, nos acessórios para os noivos ou nas ofertas para os convidados, tudo é pensado com coerência, originalidade e muito profissionalismo, até ao mais ínfimo detalhe.

Não deixem de ler a entrevista que as arquitectas paisagistas nos deram – bem como os outros artigos que já publicámos acerca do trabalho da Green Pic’k – e falem com a Carolina e a Sofia, que estão à vossa espera para embelezar o vosso dia como se fosse delas.

Marta Ramos

Um olhar delicado sobre as anémonas, de Por Magia

A paixão pelas flores, por ouvir histórias e conhecer novas pessoas, levou a Andreia e o Bruno Ribeiro a dedicarem-se a criar dias memoráveis. Juntos interpretam sonhos e reinventam ideias. Desenham todos os detalhes da vossa festa do início ao fim, desde o bouquet à decoração dos centros de mesa ou à total decoração do evento, trabalhando cuidadosamente todas as texturas, cores e tecidos para que o conjunto se reflicta em pormenores elegantes e distintos. Já contamos há algum tempo com a Por Magia entre os nossos fornecedores seleccionados, na área da decoração para casamentos. Recentemente, duplicámos a dose, com a Andreia e o Nuno a estenderem a sua paixão à fotografia. Assim nasceu a Por Magia Photography, que defende uma imagem simples, elegante, intemporal, que nos transporta para dias vividos de uma forma autêntica.

As imagens que vos trazemos hoje são o resultado de um momento de liberdade criativa da Andreia e do Bruno. Depois de um trabalho com anémonas, não resistiram a criar uns quadros inspiradores e a fotografá-los com delicadeza: «Anémonas… São delicadas e com uma natureza selvagem, são enigmáticas e com um toque obscuro! Prendem o olhar e fazem-nos sentir atraídos, transportam-nos para um ambiente etéreo e mágico… São fabulosas aos nossos olhos!»

 

 

 

 

 

 

 

Quanta doçura e quanto carácter!
Não deixem de consultar a ficha de fornecedor seleccionado de Por Magia Photography para ficarem a conhecer melhor o seu trabalho, assim como o seu portefólio de decoração para casamento. E falem com a Andreia e o Bruno sobre as vossas ideias e os vossos sonhos. Eles terão muito prazer em dar-lhes vida.

Marta Ramos

Romance no palacete, por Bouquet de Liz

A Casa do Vinho Verde, sede da Comissão de Viticultura da Região dos Vinhos Verdes desde meados da década de 1940, é um dos mais ricos exemplares arquitectónicos do abastado período dos «brasileiros de torna-viagem» na cidade do Porto. Em meados do séc. XIX era mesmo considerada a casa mais luxuosa da Invicta – na altura, denominada Palacete Silva Monteiro. Hoje é também anfitriã de eventos e a Bouquet de Liz foi convidada a criar um editorial que mostrasse os encantos do espaço.  Conta-nos Maria do Rosário Pinho: «Quando conheci o palacete, apaixonei-me pela arquitectura, pelas cores e pelo intimismo do espaço. Os marsalas das paredes, o dourado dos lustres e dos pormenores incríveis dos tectos e dos frisos, os vermelhos das tapeçarias foram a base para a minha escolha das cores. A selecção das flores passou muito pelo ar mais bucólico e romântico que poderiam imprimir e que contrastasse também com a imponência do espaço.

O jardim, que mantém ainda a maioria das árvores originais e com uma vista maravilhosa para o Douro,  foi sem dúvida também uma inspiração.

As orquídeas, hydrangeas e rosas mini foram as escolhas fundamentais, mas que combinei com flores mais silvestres como a flor de cera e o eucalipto, bem como algumas flores preservadas como as rosas inglesas, que estão quer nas aplicações do vestido, quer no toucado. Para um dos bouquets usei ainda anémonas e ranunculos – que são, possivelmente, as minhas flores favoritas na primavera.»

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Créditos:

 

styling e decoração: Bouquet de Liz – Maria do Rosário Pinho

fotografia: Memorabilia Studio

vídeo: Daniel Sousa

maquilhagem: Noémia Pereira

vestido: by TFNC London, modificado com véu e aplicações florais pela Bouquet de Liz

modelo: Mafalda Tavares

 

Vejam mais trabalhos com este toque apaixonado e elegante da Bouquet de Liz nos artigos que já lhes dedicámos; e consultem a ficha de fornecedor para verem imagens bonitas e recolherem todas as coordenadas de que necessitam para entrar em contacto com a Maria do Rosário e lhe pedir que traduza o vosso sonho em flores.

Marta Ramos

Um passeio primaveril, por Flor de Laranjeira

A Teresa é apaixonada por flores e, a dada altura, descobriu que precisava delas na sua vida. Tendo crescido a brincar com flores, a cada casamento de amigos presenteava a noiva com flores e felicidade de quem as recebia deixava-a de alma cheia. Foi então que decidiu conciliar os seus horários de designer de interiores com o trabalho com flores. A solução passaria por conseguir agendar os trabalhos com antecedência – por isso, os casamentos. Para além de conseguir enquadrá-los na sua agenda, tem tempo para planear e idealizar criativamente, o que resulta em peças únicas, personalizadas, diversas e autênticas, onde a criatividade pode fluir. E é isso que a faz feliz.

Hoje, a Teresa e a sua Flor de Laranjeira levam-nos a passear até aos  jardins da Estufa Real, através das bonitas imagens do fotógrafo Hugo Coelho: «Muito discreta e elegante, a Ana pediu-nos flores brancas misturadas com verduras de verde cinza com um ou outro elemento dourado. Optámos apenas por flor nacional e de época, juntámos “um cheirinho a Flor de Laranjeira” com que a natureza nos vai brindando e demos liberdade às formas…»

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Vejam aqui OUTROS TRABALHOS DA FLOR DE LARANJEIRA e FALEM COM A TERESA. Ela terá todo o prazer em ouvir as vossas ideias e conhecer os vossos gostos.

Marta Ramos

Amor é love, amore, amour, por Flor de Laranjeira

Hoje, a Teresa e a sua Flor de Laranjeira levam-nos até à Pousada de Palmela, onde foi celebrado o casamento entre a Andre e o Adriano, num feliz diálogo intercalado entre o português, o inglês, o italiano e o francês: «Duas felizes mães, um lindo casal apaixonado e eu, todos juntos à volta do estirador do nosso atelier a analisar cores, formas e flores. Recordo-me perfeitamente desta reunião, muito divertida, com uma grande mistura de línguas e referências mas onde se sentia uma enorme felicidade e entusiasmo a planear o dia de celebração do amor entre a Andre e o Adriano.»

As maravilhosas Rosas David Austin na cor pêssego, acompanhadas por lisianthus, hortenses, rosas e cravinas brancas, com alguns apontamentos cinza das brunias e algumas verduras de verde cinza e verde, foram as escolhas para florir este dia feliz.

As fotos são assinadas por Hugo Coelho Fotografia, outro dos fornecedores seleccionados Simplesmente Branco. Vamos ver então como ficou?

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Vejam aqui OUTROS TRABALHOS DA FLOR DE LARANJEIRA e FALEM COM A TERESA. Ela terá todo o prazer em ouvir as vossas ideias e conhecer os vossos gostos, para depois poder dar asas à criatividade: «Se conseguir florir vidas pelo mundo então a vida será generosa comigo.»

Marta Ramos

Brindar com flores, por Flor de Laranjeira

A Margarida e o Peter não vivem em Portugal mas foi por cá que quiseram celebrar a sua união de amor e cumplicidade. Para encher o seu dia de flores bem coloridas, contaram com a colaboração da Flor de Laranjeira: «A doce Margarida e o simpático Peter subiram ao altar da igreja da terra natal da noiva, na região de Torres Vedras. Uma vila bem catita e portuguesa, onde se sente uma união na comunidade, um gosto pelo cuidar e preservar, uma terra que nos conquista e enche o coração, que nos motiva e nos nos faz valorizar o que é nosso!» Sendo a igreja pequena, e com um altar revestido a talha dourada, a Teresa optou por flores brancas para iluminar aquele espaço.
O local escolhido para a festa foi a AdegaMãe, uma quinta vinícola com uma arquitectura depurada e minimalista e vistas deslumbrantes sobre as grandiosas vinhas. «De um lado as vinhas, do outro a adega moderna e produtiva. Foi a pensar neste espaço que optámos por tons vermelhos e rosa velho, com dálias bordo e rosas piano vermelhas, lisianthus e chrysanthemum, mais algumas flores de época e até algumas uvas. O azul era igualmente uma cor importante e através do eryngium salpicámos os arranjos de azul, cor que usámos também nas velas para dar um brilho e um aconchego extra à festa.»
O resultado ficou, de facto, colorido e caloroso, a pintalgar de alegria as mesas em madeira bem natural. «Foi tão bom florir este dia feliz e ter a sorte de ver as nossas flores através das lentes desta dupla tão simpática e atenciosa, as talentosas Cheias de Graça.»
Vamos nós agora ver o que as fotografias da dupla Cheias de Graça nos contam sobre o dia feliz da Margarida e do Peter:

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Num espaço dedicado ao vinho, até apetece brindar com flores! Vejam aqui OUTROS TRABALHOS DA FLOR DE LARANJEIRA e FALEM COM A TERESA. Ela terá todo o prazer em ouvir as vossas ideias e conhecer os vossos gostos, para depois poder transformá-los num cenário colorido e caloroso.