Created with Sketch.
Susana Pinto

Boas festas, queridos leitores!

Interrompemos as nossas publicações diárias e sintonizamos esta época de festas, família e alguns mimos.

Recolhemos a casa e damos início aos preparativos de Natal.

O nosso, é em nossa casa – e o vosso?

Por estes dias, afino a ementa do jantar: um audacioso carré de borrego, com puré de cheróvias e, se encontrar, ervilhas de quebrar, doces e estaladiças. De sobremesa, ouvi dizer que haverá um prato de Eton Mess, com ginjas em calda.

Quanto a presentes, ao longo das duas semanas que passaram, foram chegando vagarosamente por correio aos seus destinatários (os da família são entregues em mão, depois do jantar). Cerâmica da Patrícia Lobo Ceramics, cadernos, postais, ilustrações e calendários da Beija-Flor, chás da Companhia Portuguesa do Chá (Saudades de Kobe e Chandor), espumante nacional (para celebrar coisas bonitas), sabonetes Tobee, um raspador de citrinos profissional (ora pois!), e vodka e gin Nikka para os meus partners in crime.

Desligo agora o meu computador e deixo-vos inspirados com as imagens das novas sobremesas da querida Doce Maria: uma versão de tronco de chocolate, em formato de bolo, coberto de brigadeiro e frutos vermelhos, fotografado pela Daniela Sousa, com dedo meu no styling (e em cena!).

São imagens gulosas e poéticas, perfeitas para abrandar e comtemplar. Boas festas, queridos leitores, regressamos para a semana!

 

Susana Pinto

Sugestões de Natal

Na semana passada, publicámos o último casamento do ano (outros tantos, bem bonitos já se alinham para o novo ano).

Por esta altura, as cabeças andam ocupadas com outros assuntos e, por isso mesmo, alinhamos-nos com o momento e sintonizamos o Natal.

Deixo-vos três sugestões de presentes que são muito a nossa cara: delicados, femininos e interessantes.

 

A ilustração é da Mariana Simões e chama-se “À flor da pele” – ando de olho nela para a minha parede do atelier, respira Primavera.

Segue-se um cartão de agradecimento da nova colecção da Beija-Flor. O trabalho da Susana Gomes é de uma sofisticação admirável e de uma delicadeza muito singular, têm mesmo de o conhecer e partilhar (e oferecer!).

Fechamos com um livro que acabei de descobrir: The Surprising Life of Constance Spry.

Constance Spry “was deeply unconventional, extremely charming and very determined; Spry’s life took her from the back streets of Victorian Derby to running a hugely successful business as the florist of choice for the highest of high society, organizing the flowers for royal weddings and indeed for the Queen’s coronation. She endured a violent first marriage, had a lesbian affair with a cross-dressing artist and was a pioneer for working women at a time when few women had careers”.

Já está na minha lista!

 

Mariana Simões

 

 

The surprising life of Constance Spry

 

E o que está na vossa lista de Natal?

 

Susana Pinto

Boas festas!

Fechamos hoje a porta devagarinho e vamos sossegar: beber um chá com os amigos, embrulhar os últimos presentes, preparar um suculento jantar e pôr uma bonita mesa, porque estes são dias de festa e de foco no amor e nos laços que no unem.

Regressamos em vésperas de 2018, com os nossos habituais desejos de ano novo, para os partilhar convosco.

Até já.

Boas festas!

 

Marta Ramos

Um Feliz Natal com vin chaud

Estamos quase a recolher-nos junto à lareira para descansar e celebrar a época festiva com a família. Também aí desse lado o cenário será semelhante – e até assuntos tão prementes, como o da organização do casamento, ficarão por uns dias em stand-by, porque a vossa prioridade agora é outra. E isso não tem mal nenhum. A mensagem que eu vos queria deixar hoje é precisamente essa: gozem a pausa da quadra natalícia na sua plenitude e não deixem que as preocupações com o casamento, com o trabalho ou de outra natureza interfiram com os bons momentos que todos nós merecemos.

O Natal vai assumindo diferentes graus de importância e de significado ao longo das diferentes fases da nossa vida, claro. Quando somos miúdos, a emoção centra-se em nós e na alegria dos presentes e da festa; à medida que vamos crescendo, vamos transferindo esse centro de atenção para os outros e descobrindo a alegria que existe em proporcionar alegria. Para quem está de casamento marcado para 2018, este será o último ‘Natal solteiro’ – para o ano, se calhar, vão querer ser os anfitriões da primeira festa natalícia na vossa nova casa.

Seja em que casa for, seja com que tradições forem, saboreiem. Saboreiem as conversas, os abraços, os pequenos detalhes que revelam que alguém pensou muito em vocês, os risos. Saboreiem também a boa comida, claro, que esta época é tipicamente de mesa farta, mas privilegiem a qualidade em vez da quantidade. As mesas de Natal bem recheadas são muito bonitas de se ver – mas infelizmente costumam traduzir-se em desperdício. A Notícias Magazine do passado domingo aborda o assunto pela voz de uma especialista na matéria e traz dicas muito úteis para consumirmos (e desperdiçarmos) menos no Natal. Recomendo vivamente a leitura.

 

Vin chaud de Natal

Para mim, o Natal serve-se com vin chaud, uma bebida preparada em casa, lentamente, que aquece até a alma. Deixo-vos com a receita tradicional, a minha preferida; mas há muitas variações, com vinho branco, com cidra, com diferentes especiarias e frutos e até com sumos naturais, para versões sem álcool. Uma simples pesquisa dar-vos-á resultados para agradar a todos os gostos.

 

Ingredientes:

. 2 garrafas de um bom vinho tinto, de preferência não muito encorpado ou demasiado tânico (sugestão: um Dão)
. 1 laranja
. 150g de açúcar amarelo (ou o equivalente em mel ou xarope de agave, por exemplo)
. 1 limão
. 2 cravinhos
. 4 estrelas de anis
. 1 pau de canela para o vin chaud (e mais uns quantos para decorar os copos)
. 40 cl de água

Confecção:

Cortar um terço da laranja em cubos pequenos e reservar o que resta do fruto. Colocar os cubinhos e todos os outros ingredientes numa penala e levar a lume baixinho durante 20 minutos, mexendo regularmente. Atenção, não deixem levantar fervura.

Et voilá! Basta deixar arrefecer um pouco, servir em copos bonitos e robustos e decorar com as rodelas de laranja que sobraram e os paus de canela extra.

Com o tempo poderão ir ajustando a receita ao vosso gosto e acabar por criar a vossa signature drink natalícia.

Tchim tchim!

 

PS: Ainda vos falta comprar presentes? Sigam as sugestões dos nossos fornecedores seleccionados e dos nossos parceiros.

Marta Ramos

Chá de Natal com o nosso parceiro Olha-Te

Já conhecem os parceiros Simplesmente Branco, certo? Foi uma das nossas novidades deste ano e é um prazer ver esta iniciativa crescer. Trata-se de uma porta aberta a instituições cujo trabalho admiramos e que vos recomendamos para que transformem as lembranças para os convidados do vosso casamento em contribuições para o bem-estar das pessoas que os nossos parceiros apoiam.

Um dos nossos parceiros é o Olha-Te, uma instituição sediada nas Caldas da Rainha, cujo trabalho consiste em proporcionar ‘injecções de vida’ a doentes oncológicos e aos seus companheiros de luta. A expressão é deles e é a forma como resumem o conjunto de actividades de carácter artístico, lúdico e de desenvolvimento pessoal que oferecem, incansavelmente, desde 2011. Ao longo destes anos, muitas são as pessoas que têm beneficiado do poder reestruturador do Olha-Te e que, através da partilha de experiências e das novas aprendizagens, se têm reencontrado após o abalo da catástrofe pessoal que é a doença. «Olha-Te, redescobre-te, reencontra-te e traça o teu novo caminho, sempre a pensar em ti e no teu bem-estar – e nós estaremos aqui, sempre, para te ajudar». Esta é uma das maneiras de interpretar a mensagem do Olha-Te. Outra poderá ser, por exemplo, passar pelas instalações do projecto, na sede da Associação Recreio Club, no centro das Caldas da Rainha, com as janelas viradas à frescura do Parque D. Carlos I, e perceber na 1ª pessoa porque é que quem lá vai afirma que «aqui está tudo bem.»

 

Associação Olha-te - um parceiro Simplesmente Branco

 

Passar pela sede do Olha-Te é a nossa proposta de hoje. No próximo sábado, dia 16 de Dezembro, o Olha-Te convida todos para um Chá de Natal com venda de presentes de Natal. O motivo é a comemoração do 94º aniversário do RECREIO CLUB, a histórica associação caldense que deu a mão ao Olha-Te, quando este dava ainda os primeiros passos.

Entre as 10h e as 19h, na sede do Olha-Te, haverá muitos presentes de Natal para comprar, café, chá e chocolate quente para aquecer e até uns docinhos para aconchegar. O que nunca falta, claro, é convívio amigo e boa conversa.
Este Chá de Natal conta com o apoio da Delta Cafés – e contará também com o vosso apoio, claro: ao fazerem lá alguma compra estarão a fazer sorrir as vidas das pessoas que todos os dias beneficiam do trabalho do Olha-Te.

 

Saibam mais sobre o Olha-Te e ‘convidem-nos’ a fazer parte do vosso dia, multiplicando a vossa felicidade por muitas mais pessoas. Uma bela maneira de começar um novo capítulo das vossas vidas, não acham?

Marta Ramos

Presentes de Natal desenhados à mão, por Caramelo

Como o próprio título deste artigo indica, o tempo é uma questão essencial aqui. Assim sendo, começo desde já por vos alertar para o facto de terem que falar já, já com a Caramelo, se ainda quiserem oferecer no Natal algum dos seus trabalhos.
E que trabalhos são esses? Retratos desenhados a partir de fotografias, por exemplo. Ou caricaturas, continuando no mesmo registo. Mas também podem criar histórias completas em formato BD, de acordo com as vossas indicações. E, para assinalar um momento marcante ou para servir num brinde verdadeiramente especial, nada como uma excelente garrafa de vinho com o rótulo personalizado – e caligrafado.
Não há nada que diga mais alto que nos preocupámos de facto com o presento de alguém que oferecer algo feito à mão. Uma criação única e irrepetível. Tal como a pessoa que a recebe.
Ora espreitem as imagens:

 

 

 

 

 

 

Agora, o processo é bem simples: escolham a forma que querem dar aos vossos presentes desenhados; depois, responderão a algumas questões da Caramelo. Em apenas alguns dias, os vossos presentes serão criados – e após a vossa aprovação final, a peça escolhida será produzida.
Os criadores da Caramelo são contadores de histórias. Através da palavra, das canções, do desenho, da caligrafia, do vídeo, gostam de espelhar o amor, a aventura, a loucura, a insensatez feliz. E orgulham-se, sobretudo, de criar peças únicas, memoráveis, intransmissíveis. Seja um convite, um retrato, uma garrafa de vinho, a assinatura deles é, no fundo, a vossa assinatura. Para se inspirarem, recorrem às coisas do dia, aos detalhes imperfeitos, aos post it que colam nos livros, aos pratos deliciosos da família, aos encontros inesperados. À vida que vivem.
Confiem na Caramelo para se inspirar na vossa história e traduzi-la num objecto bonito e absolutamente original. Falem com eles – e, já sabem, é melhor fazerem-no ontem!

Aproveitem para espreitar os artigos que já publicámos sobre os diversificados trabalhos da Caramelo no contexto dos casamentos e comecem já a pensar nas coisas que lhes vão encomendar para o vosso grande dia.

Boas compras!

Marta Ramos

O Natal em Pedaços de Cacau

A Raquel, a nossa artesã de Pedaços de Cacau deliciosos, assume nesta altura do ano a função de duende da felicidade natalícia. Porque chocolates, há muitos, sobretudo no Natal; mas os Pedaços de Cacau são outro campeonato inteiramente!

Todos os nossos produtos são confeccionados e decorados de forma artesanal, utilizando matéria-prima de alta qualidade, como o chocolate belga proveniente de cacau plantado através de práticas sustentáveis.

Os bombons artesanais de chocolate negro belga, com um mínimo de 54% de cacau, podem ter diversos recheios: desde cacau crocante, a laranja, creme de avelã, frutos silvestres, caramelo, limão, café, praliné, morango, mel, maracujá e vinho do Porto. Acreditem quando vos digo que são mesmo pedaços de felicidade. Em 2016, receberam três prémios: os bombons de limão foram distinguidos pelo Great Taste Awards como O Melhor Sabor com uma estrela; os bombons de mel foram premiados com medalha de ouro no Concurso Nacional de Chocolates Tradicionais; e, no mesmo concurso, os bombons de caramelo receberam medalha de prata.
Há também tabletes artesanais de chocolate com 72% de cacau. Estão disponíveis em dois tamanhos,  pequeno (30g) e grande (100g), e em seis sabores: coco e amêndoa, gengibre e canela, hortelã-pimenta, malagueta e flor de sal, laranja e noz, pimenta-rosa. Todas as tabletes Pedaços de Cacau são vegan, ou seja, isentas de ingredientes de origem animal e não testadas em animais, e o cacau utilizado é proveniente de plantações sustentáveis na África Ocidental.

Os lollipops, as criações originais e os produtos temáticos completam a colecção. Para o Natal, são sugeridas algumas novidades exclusivas da época, como os bombons com Sabor a Natal, as figurinhas, os bombons pinheirinhos e bonecos de neve, os lollipops com desenhos de flocos de neve, os chocolates redondos, tudo com uma apresentação irrepreensível e combinações de sabores que se transformam automaticamente em sorrisos.

Consultem os cabazes sugeridos, com nomes divertidos – como o Mixórdia de Sabores – e façam a vossa encomenda online. Regra geral, todas as encomendas entregues em Portugal Continental demoram cerca de 48 horas, na Europa 5 dias e entre 5 e 7 dias no resto do Mundo.

 

 

 

 

 

 

 

Uma bela visão, encontrar um pacotinho destes debaixo da árvore de Natal!

Acompanhem aqui os posts que vamos publicando acerca das delícias que a Raquel vai apresentando.
Depois de se deslumbrarem com as delícias natalícias da Pedaços de Cacau, falem com ela para acrescentarem este toque doce e sofisticado ao dia do vosso casamento.