Created with Sketch.
Susana Pinto

The W Experience – é ja este fim-de-semana!

Estamos em contagem decrescente para o evento do ano: The W Experience.

Se estão noivos, a nossa dica para casar desta semana é claríssima: façam uma visita a este evento para noivos, pensado e executado por quem é profissional do mercado de casamentos, quem trabalha diariamente convosco, quem concretiza o mais bonito dos vossos dias.

 

 

Durante o fim-de-semana, para além da bela lista de expositores seleccionados, entre eles a Design Events Wedding, a Molde Design Weddings, A Pajarita, a Amor e Lima, a Feel Creations, a I Go Travel, haverá desfiles de vestidos de noiva da Pureza Mello Breyner e da Rita Costumista, muita música com live acts e concertos, e experiências várias, patrocinadas pelas marcas presentes e pelos expositores. É um programa recheado de coisas giras e trabalho bonito, por isso garantimos que será um fim-de-semana muito bem passado!

 

Os profissionais não foram esquecidos e há toda uma programação para eles também: uma mesa redonda sobre longevidade e excelência, com os Branco Prata, Pureza Mello Breyner e Lucyana Sposito, moderada pelo João Pedro Correia, uma talk sobre storytelling com o Martim Mariano e dois workshops, um sobre fotografia mobile, com a Filipa Simões Freitas e outro de design floral, com o atelier Flowers by Bornay.

 

Vemo-nos lá?

Susana Pinto

Casar e passear pelo Alentejo? Claro que sim!

Escolher Portugal para casar e o Alentejo em particular, é escolher a autenticidade de uma região mágica e feita de contrastes.

A Luxury Services, o braço da I Go Travel que se dedica a planear belos roteiros e experiências locais, convida-nos a passear por esta belíssima região.

 

Pensem no litoral, com praias belíssimas e ainda um pouco selvagens que agradam aos que procuram águas calmas e areais dourados, mas também aos amantes do surf e windsurf. Comporta, Carvalhal, Melides, São Torpes, Porto Covo, Zambujeira do Mar ou Almograve são algumas das praias mais bonitas e entre elas há outras tantas, escondidas e secretas, e igualmente mágicas.

Invertendo a marcha em direcção ao interior, o Alentejo é rico em tradição, cultura e gastronomia, feito de pequenas aldeias brancas que nascem na paisagem deserta: Marvão, Monsaraz, Castelo de Vide, Mértola e Arraiolos fazem-nos suspirar. O património arquitetónico impressiona, o calor sobe do chão e pede uma pausa demorada à sombra fresca de um café na praça.

 

“A cerca de hora e meia de distância de Lisboa, o Alentejo convida a dias de descanso por entre cores, cheiros e sabores que tornam toda a experiência desta visita inesquecível, ou não fosse o Alentejo terra de gastronomia ímpar e de vinhos que figuram entre os melhores do mundo. Dedicar algum tempo a conhecer o seu processo de produção, aprender mais sobre eles e degustá-los deve fazer parte do roteiro dos que escolhem o Alentejo para casar ou, simplesmente, passear e namorar.”

 

Manter a tradição, o ambiente natural, simples e rústico destas paragens é também o objectivo de quem se dedica a receber quem por ali chega. O Monte do Ramalho, perto de Avis, respira o compasso lento destas paragens, inspirando-se na natureza, nos cheiros e cores das estações do ano. Com um olival a perder de vista, uma piscina natural, burros felpudos, cães e outros bichos do campo, é um sítio perfeito para casar, à sombra de uma figueira centenária. Quem ali chega, só tem de usufruir do espaço, do silêncio e do céu estrelado alentejano.

 

Bem perto, em Évora, há ainda quem, com vasta experiência na hotelaria, prepare cuidadosamente eventos à medida para concretizar dias de sonho. Inspirados nas origens alentejanas e mantendo sempre a filosofia bem acolher e receber, os Hotéis M’AR De AR combinam tradição e modernidade na perfeição. Quer procurem uma celebração mais tradicional ou algo mais moderno, um ambiente sofisticado ou rústico, intimista ou para um grande número de convidados, ali têm a garantia de que tudo é pensado ao pormenor para corresponder às vossas expectativas.

 

Quem bem que soa tudo isto, não é? E, em conhecendo o Alentejo, se ficarem com receio de que será difícil concretizar o vosso casamento de sonho, não temam! A Design Events Wedding, da Maria João Soares, tem um pé na capital e outro no coração de Estremoz: pensa em tudo convosco, desde o primeiro momento, e prepara cada detalhe com o máximo carinho para que o resultado seja aquilo com que sonharam – e ainda mais.

 

Precisam de mais motivos para casar no Alentejo e passear? Dou-vos mais um: é no coração do Alentejo que sou feliz, nas tardes quentes e vagarosas, nas noites estreladas, nas manhãs luminosas com pintassilgos a cantar, à mesa no verão com um prato de ameijoas, queijo e pão, no horizonte dourado sem fim. Eu não tenho raízes no Alentejo, mas o Alentejo tem o meu coração.

 

Imagens do Monte do Ramalho, fotografadas por Madalena Tavares.

Susana Pinto

E um presente de aniversário de casamento? Uma viagem, pois claro!

Viajar é, seguramente, um dos grandes prazeres da vida!

E as viagens a dois, feitas de aventura e romance, não se esgotam na lua-de-mel, pois então. Ora, se esta viagem foi particularmente especial na vossa vida, que tal iniciarem uma nova tradição, com uma viagem anual a comemorar cada aniversário de casamento?

 

Celebrem um ou dez anos de casados, estes serão sempre dias para festejar: as conquistas a dois, cada momento de superação e cumplicidade e o caminho que fazem de mãos dadas, todos os dias, de olho no horizonte.

Aproveitem a ocasião para namorar e quebrar a rotina do quotidiano. Façam esta pausa e regressem ao dia do vosso casamento, recordando as emoções fortes e relembrando as razões que vos fizeram dar esse passo e festejem com entusiasmo e muito amor.

 

Para a I go Travel, a melhor forma de festejar este dia é pegar na mal e viajar!. E como há muito mundo por explorar bem perto de casa, nem é preciso partir para um país longínquo para se desconectarem do mundo e passar uns dias de puro romance a dois. Sugerem que se deixem ficar pela Europa e se deleitem com tudo aquilo que este velho continente tem para oferecer.

 

Viagem a Santorini com a I Go Travel Viagem a Santorini com a I Go Travel Viagem a Santorini com a I Go Travel Viagem a Santorini com a I Go Travel Viagem a Santorini com a I Go Travel Viagem a Santorini com a I Go Travel

Uns dias em Paris, com pequenos-almoços demorados e lanches nas melhores pastelarias da cidade (croissants e macarrons, ui!), enquanto descansam de um passeio pelas ruas da cidade são ótimos planos. Além disto, não vai ser difícil ocuparem os dias, pois não faltam locais de interesse naquela que será sempre uma das cidades mais românticas do mundo, recheada de museus icónicos, arquitectura ímpar, gastronomia de primeira classe e, claro, todo o chic parisiense!.

 

De França, voamos até Londres, outro destino europeu incontornável (e uma das minhas cidades favoritas!). Com um voo curto chegam a uma das cidades mais procuradas por quem quer sair da rotina por uns dias. Cosmopolita e clássica ao mesmo tempo, Londres tem a capacidade de encantar pela sua diversidade. Divirtam-se com um passeio em Hyde Park e não percam a vista da cidade do cimo da London Eye. Passeiem pelas fantásticas livrarias, museus e galerias, experimentem gastronomias de todo o mundo e um clássico chá inglês, e, claro, uma visita a Notting Hill e ao mercado de antiguidades de  Portobello, paragem obrigatória para os apaixonados.

 

Viagem a Santorini com a I Go Travel Viagem a Santorini com a I Go Travel Viagem a Santorini com a I Go Travel Viagem a Santorini com a I Go Travel Viagem a Santorini com a I Go Travel

Rumando ao mediterrâneo, onde o mar é quente e de um azul sem fim, apontamos para Itália, mas não vos sugerimos os destinos mais comuns. A I go Travel está prontíssima para vos levar até Portofino, na Riviera Italiana: uma pequena vila que faz as delícias de estrelas de Hollywood pela sua pacatez e belíssimas paisagens.

E se continuarmos por aqui, a Grécia é um destino de cortar a respiração. Com aldeias brancas nas encostas, bunganvílias cor-de-rosa vibrante e um mar azul royal, Santorini continua a ser um destino vencedor. Há poucos sítios com este charme e singularidade mediterrânica, e a gastronomia é de uma frescura e sabor incomparáveis. E não temam que a quantidade de turistas possa prejudicar a vossa paz. A experiência garante-nos que, com os conhecimentos certos, é sempre possível encontrar um recanto perfeito para namorar

 

Regressamos a casa com uma última sugestão: Portugal tem tesouros incríveis por descobrir. Se o vosso budget não comporta grandes viagens, se não vos apetece falar outras línguas ou o tempo disponível não é muito, ponham os olhos nas magníficas ilhas dos Açores.

Natureza no seu estado mais puro, alojamento fantástico e gastronomia deliciosa são um trio vencedor para uns dias de romance.

Feliz aniversário de casamento!

 

 

Imagens de Cinzia Bruschini, via Entouriste.

Susana Pinto

Lua-de-mel na Ásia: vamos viajar?

A lua-de-mel é sinónimo de dias a dois em clima de romance, com certeza, mas pode ser, também, muito mais. A oportunidade de juntar alguns dias de puro lazer é uma bela combinação e escolher entre praia, piscina e um passeio para conhecer novas culturas e lugares parece ser a decisão mais difícil de tomar neste dias relaxados e tão felizes.

 

Nas sugestões que a I Go Travel faz aos seus noivos, a Ásia apresenta-se como o continente ideal para juntar estas duas vertentes – romance e aventura – em perfeita sintonia como se quer numa lua-de-mel. Neste exótico continente não faltam paraísos com areais a perder de vista e águas cristalinas, nem locais repletos de cultura, tradição e modernidade.

Arriscamo-nos mesmo a dizer que a Ásia talvez seja o destino ideal para os casais que ainda se debatem com a escolha do destino da lua-de-mel. Lembram-se de termos falado sobre a importância de definirem que tipo de viajantes são e como isso pode (e deve) influenciar a escolha do destino? Se a Ásia é um dos destinos que estão a considerar, não deixem de fazer esse exercício.

 

E o que há para conhecer na Ásia?

Para os apaixonados pela vida urbana, uma visita a Singapura deve fazer parte dos planos. Este país-cidade do Sudeste Asiático oferece as melhores condições aos visitantes, surpreendendo pela organização, pelos jardins e pelo ambiente cosmopolita. É, também, um ponto de passagem para a Tailândia, para o Sri Lanka ou para o Vietname, pelo que uma viagem longa que passe por alguns destes destinos será, certamente, fantástica!

 

Se a Tailândia é o vosso destino, preparem-se para grandes aventuras com uma dose de espiritualidade. Os templos imponentes que espreitam por entre a vegetação cerrada das paisagens tailandesas pedem uma visita demorada e Bangkok espanta pela sua dualidade, com o seu caos aparentemente sem regras e tradições e hábitos milenares que resistem até hoje. Se viajarem em Novembro, não percam o festival de luzes de Chiang Mai e Railay Beach merece uma visita para uns dias de praia e outras actividades ao ar livre.

 

Continuando a viagem pelo sul da Ásia, em pleno Triângulo Dourado, podem seguir para Myanmar, onde a visita aos templos de Yangon e de Bagan é obrigatória. Deliciem-se com a cordialidade do povo birmanês e a beleza exótica daquele país.

 

Se desejam combinar natureza, arte e cultura, a I Go Travel sugere o Sri Lanka. Com uma história riquíssima e uma natureza exuberante, é ainda um segredo bem guardado do sudeste asiático. Colombo, a capital, é o principal centro cultural, económico e gastronómico do país, combinando a atmosfera cultural dos povos colonizadores (onde Portugal se inclui) com a herança milenar do budismo e do hinduísmo. Se a história de Portugal, em particular a época dos Descobrimentos, é um assunto que vos agrada explorar, uma visita a Galle, Património Mundial da UNESCO, não desilude.

E estando no Sri Lanka, não há como ignorar as Maldivas, mesmo ali ao lado, para terminar a vossa viagem de forma inesquecível!

 

lua de mel na Ásia

A Ásia é um mundo por explorar e após uma primeira visita, fica a vontade de voltar, claro. Ficam por desvendar destinos como o Vietnam ou o Japão, países tão singulares e especiais, que, só de pensar neles, já ficamos com vontade de ir fazer a mala!

 

Imagens de Aneta Mak, via Entouriste.

Susana Pinto

Dicas para casar: vamos planear a Lua-de-Mel?

Continuamos a nossa série Dicas para Casar e hoje falamos sobre planear a lua-de-mel.

Já reflectimos por aqui porque não devem deixar o vosso plano de lua-de-mel para depois, mas agora queremos ajudar-vos com os preparativos para uma lua-de-mel perfeita, com a ajuda da I Go Travel. O resultado será uma viagem inesquecível, repleta de memórias que guardarão para sempre, seja qual for o destino.

 

O plano ideal é pensar na data para o casamento em simultâneo com o destino da lua-de-mel, por uma razão simples: a sintonia destas duas ideias deve estar alinhada, para que o destino e a época do ano para o desfrutar, coincidam. Ora se vão casar no verão e a vossa viagem de sonho tem como destino uma cabana de madeira numa montanha coberta de neve, terão de esperar uns meses entre o mais bonito dos dias e a grande viagem.

Isto é o plano perfeito para quem é super organizado e muito metódico – não é para todos e não há problema nenhum com isso, relaxem e não acrescentem mais itens à vossa lista de preocupações. Tudo converge!

 

A Andreia Augusto, da I Go Travel aconselha: comecem por fazer uma lista dos vossos destinos de sonho. Os meus, os teus e os nossos. Se há coincidências, então há vencedores. Mas se a lista for completamente diversa, analisem os gostos de cada um e os pontos fortes e fracos que vos levaram a fazer essas escolhas. Que tipo de viajantes são? Gostam mais de natureza e aventura ou são as cidades e a cultura urbana que fazem uma viagem valer a pena? São adeptos de roteiros ou dão tudo por uns dias só de sol e praia?

Pensem no contexto em que vão viajar, logo após um dia tão mágico, que foi precedido de uma carga emocional tão grande, e pensem no que querem para esses dias – essa reflexão vai ser também um factor de decisão para o destino a escolher.

 

Lista feita (não é má ideia ter pelo menos três opções, diversas, de destino), há que fazer contas e perceber qual o orçamento disponível. Não há viagem de sonho se não houver também (alguma) disponibilidade financeira para sonhar. No plano de custos que traçarem, contemplem ainda um montante para gastos extra no local, que podem ser mais ou menos, mediante o plano de viagem que escolherem.

 

Como planear uma viagem de lua de mel com a I Go Travel Como planear uma lua-de-mel exótica, com a I Go Travel  Planear a lua-de-mel com safari, com a I Go Travel

Com três opções de destino alinhavadas e uma noção de custos e orçamento disponível, é altura de fazer algum trabalho de casa. Estas são algumas questões para as quais devem procurar respostas claras:

 

Quanto tempo demorará a viagem?

Considerem um dia de descanso entre o dia do casamento e a data da partida (o mesmo para a viagem de volta, em relação ao regresso ao trabalho ou às rotinas). Evitam nervosismos de maior, pressas malucas, malas feitas a correr, viajar com um imenso cansaço acumulado (e talvez uma certa ressaca…) e ajuda ao ajuste ao jet lag, caso escolham um destino com um fuso horário bastante diferente do vosso.

Viajar milhares de quilómetros durante um dia inteiro só vai valer a pena se, depois, puderem usufruir do destino com tranquilidade e intenção. O tempo de correria e stress acabou no dia anterior ao casamento. Agora, aproveitar cada instante é apalavra de ordem.

 

Qual é o estado do tempo no período em que estarão lá?

O facto de o vosso casamento ser no verão, não significa que no destino da lua-de-mel as temperaturas sejam iguais. Muita atenção também aos alertas metereológicos, aos desastres naturais potenciados pelas natureza das próprias estações (como esta vaga de incêndios em pleno verão australiano) e às épocas de furacões e monções, habituais no sudoeste asiático. Cada vez mais as alterações climáticas têm genuíno impacto no clima e compete-nos estarmos atentos e sermos cuidadosos e conscientes.

 

O que há para ver, conhecer e fazer?

Façam esta pesquisa em conjunto, sobretudo se (ainda) não estiverem alinhados em relação ao destino a escolher. Apresentem, de forma individual, os vossos pros e contras em relação aos respectivos destinos e, certamente, chegarão a bom porto.

 

Qual a situação política e social actual?

Muito importante! Procurem informação fidedigna e certifiquem-se de que tudo está tranquilo, sobretudo se optarem por um destino menos convencional. A vossa segurança e bem-estar estão em primeiro lugar, principalmente numa viagem como a lua-de-mel. Consultem os sites do Governo Português, E-Portugal (o portal do cidadão) e o Portal das Comunidades Portuguesas (do Ministério dos Negócios Estrangeiros) para verificar possíveis alertas e destinos não recomendados ou pouco seguros, e cruzem esta informação com a vossa agência de viagens.

 

Quais as burocracias necessárias?

Recolham informações sobre a validade do passaporte necessária para entrar no país, bem como sobre a necessidade de visto e vacinas específicas, junto das entidades responsáveis. Todos estes procedimentos levam algum tempo e não ter tudo pronto com a devida antecedência pode inviabilizar a vossa viagem. Ninguém quer ficar em terra por causa de burocracia, pois não?

 

Recomendações finais: escolham um destino que tenha a ver convosco, não o que esteja na moda. Como na organização e decisões do vosso casamento, deve ser à vossa medida e reflexo de quem são, enquanto indivíduos e enquanto casal.

Se se estão a planear a lua-de-mel sem ajuda, sejam exaustivos no planeamento, de forma a desfrutarem, de facto, de uma viagem de sonho.

 

A Andreia Augusto partilha a sua sabedoria, como profissional, como noiva que foi e como viajante: a lua-de-mel não é uma viagem qualquer, é “A” viagem. Aquela que celebra o vosso Amor, a vossa união e, até, a vossa perseverança. É o presente que vocês se oferecem, depois de um dos momentos mais importantes (e desafiantes) da vossa vida como casal.

 

Sobram dúvidas? Falem connosco ou passem pela ficha de fornecedor da I Go Travel e enviem-lhes uma mensagem.

E não deixem de acompanhar as nossas dicas para casar, sempre à segunda-feira.

Susana Pinto

Um pedido de casamento em viagem? Claro que Sim!

Que o casamento começa muito antes do grande dia já não é segredo para vocês, e todos os noivos sabem que planear com antecedência traz grandes vantagens à preparação de um verdadeiro dia de sonho.

Ora, vamos ao primeiro capítulo desta viagem – o pedido! É aqui que a magia começa e é com este momento que a fasquia do romantismo é elevada ao máximo. Começámos a semana a falar de anéis de noivado, metais preciosos e diamantes, e validámos a importância do pedido. Vamos então dar-vos algumas ideias com charme para esse momento!

 

Idealizar um casamento e uma vida a dois é também sonhar com aquele momento especial em que a pergunta surge: “Queres casar comigo?”

O sonho e promessa de futuro que estas três palavras mágicas contêm não pode ser deixado ao acaso ou à mercê do improviso, por isso pedimos ajuda à I Go Travel para preparar um pedido de casamento com viagem incluída, a transbordar de romance e surpresa – parece-vos bem?

 

Proposta de casamento em viagem Pedido de casamento em viagem por Lisboa

Pedido de casamento em viagem por Lisboa Pedido de casamento em viagem em Lisboa

Programem uns dias de férias a dois ou uma escapadinha de fim-de-semana pela Europa – algo normal e totalmente insuspeito.

O destino pode ser Paris, a capital do amor, com vista para a Torre Eiffel e um romântico passeio de bateaux mouche pelo Sena. Ou a não menos romântica Itália, onde não faltam cidades perfeitas para celebrar o amor – Florença ou Verona são a escolha óbvia, mas um pedido a bordo de uma gôndola num canal em Veneza, é igualmente mágico.

Se ambicionam um momento mais extraordinário e singular, viajar para um destino paradisíaco ou exótico é uma excelente opção, com um mar turquesa como cenário ou um céu estrelado sem fim.

Para os casais aventureiros, a I Go Travel sugere-nos um passeio de balão de ar quente – na Capadócia, no coração da Turquia – e, lá no alto, façam a tão desejada pergunta. Não se esqueçam de segurar bem o anel para que, no meio de tanta emoção, ele não se escape das mãos!

 

Pedido de casamento em viagem em Lisboa

Se as vossas viagens costumam incluir caminhadas por trilhos com paisagens naturais de cortar a respiração, os Açores são um destino de eleição, mas se quiserem um cenário mais dramático, aproveitando a neve e o frio, rumem aos Alpes!

Se são mais urbanos, que tal Nova Iorque? Um pedido em plena Brooklyn Bridge, no topo do Empire State Building ou um pleno Central Park com as folhas de outono a cair, são cenários de filme!

E para os mais arrojados, Thaiti, Indonésia, Ilha Fernando de Noronha, no Brasil, Costa Rica ou Lanzarote, têm sítios incríveis para a prática de mergulho. Um pedido de casamento no fundo do mar será inesquecível!

 

 

Seja qual for o destino para um pedido de casamento mágico e tão romântico, deixamos alguns bons conselhos, para que o sucesso da aventura seja total.

Contactem um fotógrafo local, detalhem o vosso plano (espreitem, por exemplo, o site Flytographer) ou, no pior cenário, recrutem um cúmplice (um transeunte, alguém do hotel ou café onde estão), façam de conta que estão a pedir indicações e, em vez de fazerem uma pose para a fotografia, agarrem o momento, dobrem o joelho e façam a pergunta.

Acondicionem devidamente o anel de noivado durante a viagem – na bagagem de mão e sem embrulho, não vão os serviços de segurança pedir para abrir um objecto não identificado e lá se vai a surpresa à frente da cara metade e dos outros viajantes.

Esperem pelo momento certo, mas não pelo último dia! E, como em tantas coisas, tenham um plano B, para o caso de alguma coisa não estar a correr como planeado.

 

A cereja no topo do bolo, é quando tudo isto é surpresa, incluíndo a viagem! Se é esta a ideia, a I Go Travel sugere que peçam ajuda a dois ou três cúmplices entre amigos, família e colegas de trabalho, de forma a gerir gostos e logística. A complexidade é maior, mas planeando com a devida antecedência e com a ajuda desta equipa profissional, o resultado será estrondoso!

 

As fotografias que acompanham este artigo são da Cláudia Martins, da I Heart You (e fotógrafa listada no Flytographer), e registam o pedido de casamento do Jamil à Meryem, no primeiro dia do ano, em viagem por Lisboa. Épico e mágico, e com este cenário luminoso da Torre de Belém, só pode ter sido inesquecível.

Passem pelo We are The Destination para saber a história deste pedido de casamento!

 

Susana Pinto

Lua-de-mel + neve? Oh yeah, baby!

Com o Inverno mesmo quase a bater à porta, a I Go Travel decidiu propor-vos algo diferente: uma lua-de-mel com neve!

 

Estamos habituados a associar a viagem de lua-de-mel a destinos paradisíacos de água azul turquesa e areais a perder de vista, é verdade, mas casar e viajar no inverno também tem o seu encanto e várias vantagens, resultando da mesma forma em memórias inesquecíveis.

 

Já se imaginaram numa cabana no meio da montanha, com um copo de vinho da mão, enroscados junto de uma lareira a crepitar e, lá fora, a neve a cair devagarinho, cobrindo tudo de branco? É isso mesmo!

 

Este é um cenário muito romântico e talvez o ideal para quem gosta de viagens mais curtas, já que em poucas horas está no coração da Europa com vista para as montanhas. E não tenham dúvidas – o conforto nestes países frios é muito superior ao nosso, tudo é aquecido e basta um robusto casaco e calçado apropriado para se desfrutar dentro e fora de portas.

 

Na Europa Central não faltam destinos extraordinários e exclusivos. Os famosos Alpes Suíços escondem ainda tesouros pouco explorados que farão as delícias dos casais que querem aliar a tranquilidade de uns dias a dois à prática de desportos de inverno. Por aqui não faltam paisagens de cortar a respiração e trilhos incríveis que jamais esquecerão.

 

Se são menos desportistas e mais urbanos, a I Go Travel também tem sugestões certeiras. Ignorem o chalet da montanha e escolham a agitação de uma cidade no norte da Europa, como Bergen, na Noruega, que é a porta de entrada para os fiordes e alia uma atmosfera citadina e descontraída à riqueza cultural e natural.

 

Subindo para o interior da Europa, chegam a São Petersburgo, no coração da Rússia, uma cidade misteriosa de grande beleza arquitectónica, com edifícios sumptuosos e uma oferta cultural ímpar.

 

Se quiserem atravessar o Atlântico para uma viagem de lua-de-mel de sonho, há muito mundo por explorar: o Canadá e o Alasca são dois destinos de uma beleza natural incrível, em qualquer estação do ano.

Os Parques Nacionais Banff e Jasper, na província de Alberta, no Canadá, são lugares de referência, bem como os inúmeros lagos que, congelados, se transformam em ringues de patinagem dignos de filme.

Já o Alasca atrai os casais mais aventureiros pela sua beleza peculiar. Desde montanhas que rasgam o céu até à aurora boreal, passando pelos glaciares, o Alasca cumpre o que promete. A biodiversidade alia-se a paisagens impressionantes e o Alasca é ainda um paraíso bem guardado.

 

Rumando ao hemisfério sul, mesmo durante o verão Europeu, vamos encontrar neve e gelo no Chile e na Argentina, dois destinos incríveis, com uma gastronomia e paisagens ímpares, e o mais bonito e doce sotaque espanhol. Estes dois países da América Latina estão repletos de locais mágicos que, definitivamente, merecem a vossa visita.

 

Fazer um passeio de barco até ao Glaciar Perito Moreno, aproveitar para gozar de uma estadia em Buenos Aires (e dançar – ou assistir – a um tango) e usufruir da sua atmosfera cosmopolita ou, então, ficar apenas na região de Bariloche, a praticar desportos de inverno e a namorar – pois se estão em lua-de-mel…! – são algumas das muitas opções que a Argentina vos proporciona.

 

Optando pelo Chile, não há como perder duas das mais belas paisagens do mundo: o Parque Nacional Torres del Paine e o Deserto do Atacama (seguramente a paisagem mais bonita que já vi!). Perto da capital, Santiago, há também várias estâncias de sky, para casais que não dispensam a adrenalina.

 

Começámos este roteiro dentro da Europa,  atravessámos o Atlântico e terminamos na outra ponta do mundo.  Na Nova Zelândia podem usufruir das belíssimas estâncias de sky e mergulhar nas piscinas termais de águas aquecidas naturalmente, por entre montanhas, florestas ou lagos.

 

Como vêem, se calor e praia não é a vossa ideia de uma viagem de lua-de-mel perfeita, há um mundo inteiro por explorar, literalmente, em busca  do vosso sonho.

Com estas sugestões, aposta que concordam com a I Go Travel : lua-de-mel + neve? Oh yeah, baby!

 

As imagens belíssimas são da Shelby + TJ, do blog Pretty in the Pines, em viagem pelo Parque Natural de Banff, em Alberta, passem por lá para saber como foi!