Simplesmente Branco  - Página 2 de 751 - Menos é mais...! inspiração e os melhores fornecedores para o seu casamento.

2 Comentários

O sol a brilhar nos dedos

Eu sei que ainda é cedo, mas estou optimista: parece que hoje o sol voltou à nossa companhia. Um dia perfeito para vos mostrar a nova colecção de alianças Romantis para 2017. Brilha o sol e brilham as imagens destas peças acabadinhas de chegar.

As combinações de diferentes cores de ouro e a cravação perfeita de zircónias brancas e de diamantes permitem um leque variado de escolhas, para que vocês encontrem as alianças que vos definem. E se, por acaso, a jóia dos vossos sonhos não se encontrar entre as propostas pela Romantis, poderão sempre confiar-lhes a criação de peças personalizadas. Únicas. Perfeito, não vos parece?

 

 

 

 

 

 

Visitem também o site Romantis para verem a colecção completa, que inclui ainda outro tipo de jóias, muitas das vezes a complementar as alianças na perfeição.

 

0 Comentários

Rachel + Johnathan: um casamento à prova dos elementos!

O que fazer quando temos uma visão para o nosso grande dia, e o mau tempo choca de frente com o que imaginámos?

O bom senso manda que se tenha um plano B e que o ponhamos em prática, mas no caso da Rachel + Johnathan, a cedência aos elementos, durante a cerimónia ao ar livre, não se deu.

Aguentaram estoicamente – e a chuva abrandou durante alguns momentos, mas o copo-de-água teve de ser forçosamente mudado para um local próximo, à pressa, bastante impessoal e uma incógnita total.

Poderia ser um cenário de horror – tinha tudo para ser, chão de linóleo, ventoinhas no tecto, um cheiro esquisito – , mas quando se tem uma equipa profissional verdadeiramente competente e uma família e amigos generosos e disponíveis, a magia toma forma e o dia de sonho acontece! Talvez não como previsto, ou como sonhado na sua totalidade, mas como esperado, no que toca a emoções e partilha de amor – e isso é o mais importante, sempre!

Comprovem, nas bonitas imagens abaixo, e nos sorrisos contagiantes, que tudo o que acabámos de dizer é a mais pura verdade!

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Este é um casamento judeu, com um protocolo a que estamos menos habituados – e tão bonito. Mas o que gosto mesmo muito, é o grupo dos mais pequenos, que anunciam a chegada da noiva e dos seus pais com balões coloridos, bandeirolas e flores de papel gigantes – que prenúncio de festa, que alegria!

As fotografias são dos americanos One Love Photo.

 

0 Comentários

“Simplesmente Branco é…”

Retrato dos noivos na Quinta das Lágrimas, por Hugo Coelho Fotografia

 

…uma história de príncipes e princesas. Enquadramento perfeito, na fotografia bonita do Hugo Coelho Fotografia.

Boa semana!

 

0 Comentários

Um trio perfeito…

Esta semana decidimos combater esta primavera cinzenta e chuvosa com uma lufada de cores vibrantes!

Escolhemos uns sapatinhos de cetim, dignos de uma princesa, na inesperada (ou talvez não!) cora da estação, rosa fúcsia. Pareceram-nos apropriadíssimos, com o seu saltinho baixo e preço simpático, a espreitar por baixo de um monte de rendas delicadas ou até de um belo e sumptuoso mikado de seda. Para dar consistência à escolha, juntámos um belo bouquet de noiva em tons de rosa (e com umas espectaculares rosas farfalhudas e opulentas) e um bolo dos noivos, branco puro e cremoso, adornado de forma vibrante com rosas, túlipas e ervilhas-de-cheiro.

 

Que alegria!

 

Bolo dos noivos branco com decoração em flores naturais cor-de-rosa

 

Sapatos de noiva em cetim cor-de-rosa fúcsia

 

Sapatos de noiva em cetim cor-de-rosa fúcsia

 

Bouquet de noiva com rosas cor-de-rosa

 

De cima para baixo, um bonito bolo dos noivos, via Chic Vintage Brides, sapatos de noiva em cetim rosa fúcsia na Zara (por 29,95 euros), e bouquet de noiva feito de rosas maravilhosas, via Burnett’s Boards, feito por Sincerely, Ginger Weddings & Events, com fotografia de Brittany and Devin Photo Co..

0 Comentários

Um casamento urbano, intimista e muito doce: Sofia + Vasco

Fechamos a semana em modo doce e aconchegado, duas palavras que definem bem o casamento urbano da Sofia + Vasco, na Casa Independente, mesmo no coração de Lisboa.

Este foi um casamento descomplicado, tranquilo e sobretudo bonito e intimista, e para isso foi essencial a escolha do local, um dos mais especiais e singulares da cidade, e do catering (um belo restaurante italiano, com boa reputação). O registo fotográfico ficou por conta da simpática Susana Gomes Photography, em total sintonia com tudo e todos.

O resultado está à vista… Lindo!

 

Casamento civil e urbano na Casa Independente, em Lisboa

 

Casamento civil e urbano na Casa Independente, em Lisboa

 

Casamento civil e urbano na Casa Independente, em Lisboa

 

Casamento civil e urbano na Casa Independente, em Lisboa

 

Casamento civil e urbano na Casa Independente, em Lisboa

 

Quando a resposta foi “sim!”, como é que imaginaram o vosso dia?

Imaginámos o nosso dia como um dia tranquilo e feliz, juntos dos nossos.

 

Sentiam-se preparados ou foi um caminho com muitos nervos?

Foi um caminho muito tranquilo mesmo quando não nos sentiamos preparados.

 

Casamento civil e urbano na Casa Independente, em Lisboa

 

Casamento civil e urbano na Casa Independente, em Lisboa

 

Casamento civil e urbano na Casa Independente, em Lisboa

 

Casamento civil e urbano na Casa Independente, em Lisboa

 

Casamento civil e urbano na Casa Independente, em Lisboa

 

Em que momento da organização do casamento é que sentiram, «é mesmo isto»?

Quando conseguimos assegurar o espaço. A Casa Independente foi o único sítio que visitámos e não equacionávamos outro espaço para o nosso dia.

 

O resultado é fiel às ideias iniciais ou muito diferente? Contaram com alguma ajuda?

O resultado é exactamente aquilo que fomos sonhando ao longo de todo o processo de preparação. A ajuda da Patrícia, da Casa Independente, foi fundamental para que tudo se desenrolasse exactamente como tinhamos em mente.

 

Casamento civil e urbano na Casa Independente, em Lisboa

 

Casamento civil e urbano na Casa Independente, em Lisboa

 

Casamento civil e urbano na Casa Independente, em Lisboa

 

Casamento civil e urbano na Casa Independente, em Lisboa

 

Casamento civil e urbano na Casa Independente, em Lisboa

 

Casamento civil e urbano na Casa Independente, em Lisboa

 

O que era fundamental para vocês? E sem importância?

A autenticidade era fundamental. Sabíamos bem o que não queríamos e daí partimos sem grandes dúvidas para a construção de um dia feliz.

 

O que foi mais fácil? E o que foi mais difícil?

Foi tudo muito tranquilo. A ideia era mesmo uma celebração com um feeling muito caseiro e de grande tranquilidade e assim foi.

 

Casamento civil e urbano na Casa Independente, em Lisboa

 

Casamento civil e urbano na Casa Independente, em Lisboa

 

Casamento civil e urbano na Casa Independente, em Lisboa

 

Casamento civil e urbano na Casa Independente, em Lisboa

 

Casamento civil e urbano na Casa Independente, em Lisboa

 

Qual foi o pico sentimental do vosso dia?

A cerimónia do casamento em si superou qualquer expectativa que tivéssemos em relação ao quão emotivo e sentimental este dia seria.

 

E o pico de diversão?

Todos os momentos de partilha, emoção e alegria com as “nossas” pessoas.

 

Casamento civil e urbano na Casa Independente, em Lisboa

 

Casamento civil e urbano na Casa Independente, em Lisboa

 

Casamento civil e urbano na Casa Independente, em Lisboa

 

Casamento civil e urbano na Casa Independente, em Lisboa

 

Casamento civil e urbano na Casa Independente, em Lisboa

 

Um pormenor especial…

As toalhas de renda de mães e avós que serviram de tema para uma mesa de almoço de domingo em família.

 

Agora que já aconteceu, mudavam alguma coisa?

Nada. O dia foi tão ou mais feliz do que o imaginávamos.

 

Casamento civil e urbano na Casa Independente, em Lisboa

 

Casamento civil e urbano na Casa Independente, em Lisboa

 

Casamento civil e urbano na Casa Independente, em Lisboa

 

Casamento civil e urbano na Casa Independente, em Lisboa

 

Algumas words of advice para as próximas noivas…

Quanto mais próximo do vosso coração, e da vossa essência enquanto casal, pensarem no vosso dia, mais feliz e completo ele será.

 

Casamento civil e urbano na Casa Independente, em Lisboa

 

Casamento civil e urbano na Casa Independente, em Lisboa

 

Casamento civil e urbano na Casa Independente, em Lisboa

 

Casamento civil e urbano na Casa Independente, em Lisboa

 

Casamento civil e urbano na Casa Independente, em Lisboa

 

Casamento civil e urbano na Casa Independente, em Lisboa

 

Casamento civil e urbano na Casa Independente, em Lisboa

 

 

Os fornecedores envolvidos:

 

convites, materiais gráficos e ofertas aos convidados: feitos pelos noivos

local: Casa Independente

catering: Cantina Baldracca

bolo: Migalha Doce

fato do noivo e acessórios: El Ganso

vestido de noiva e sapatos: Etxart & Panno

maquilhagem e cabelos: Djanira Cruz

bouquet: Dona Alice, no Mercado 31 de Janeiro

decoração: noivos e Patrícia, da Casa Independente

fotografia: Susana Gomes

Save

Save

Save

Save

Save

0 Comentários

Let’s dance! Vem aí a Jukebox Extreme Takeover 2017

É já no dia 1 de Abril a super festa da Jukebox – e estamos todos convidados!

Esta é uma forma muito divertida e eficaz que a empresa encontrou para dar a conhecer aos seus potenciais clientes o seu trabalho. Conta-nos o João Marques: «Estando consciente da dificuldade que os clientes têm em escolher os profissionais certos para a sua festa sem ter a possibilidade de os ver em acção, a Jukebox tem procurado contornar essa condicionante através da criação de oportunidades como esta.. Embora não seja um evento com os contornos de uma festa de casamento, permitir-lhes ter uma boa ideia dos serviços e do profissionalismo dos membros que compõem a equipa. No entanto, sendo realizado em formato de uma festa, assume uma dimensão muito maior: é em última análise uma oportunidade de convívio, experiência musical e de entretenimento tendo como destinatários os nossos amigos, parceiros e clientes, que por sua vez poderão levar os seus próprios convidados.»

 

Acreditem quando vos dizemos que vale mesmo a pena ir. As entradas (pulseiras) custam 12,5 euros até dia 31 de Março, e 20 euros no dia 1 de Abril. Como já vem sendo hábito, no âmbito do programa de responsabilidade social de Jukebox, a verba angariada destina-se a contribuir para o projecto Música nos Hospitais.

 

 

Na próxima semana desvendaremos mais detalhes acerca do programa da festa. Até lá, acompanhem as novidades via Facebook.