Created with Sketch.
Susana Pinto

Casamento molhado, casamento abençoado: Marina + Ricardo

Parece que andamos às avessas: contrariamos uma primavera cheia de nuvens e alguma chuva com casamentos cheios de luz dourada e dias longos, esta semana que nos traz um assomo de verão, publicamos um casamento molhado!
No entanto, não pensem que esse pequeno (enorme!) pormenor fez alguma diferença no mais bonito dos dias da Marina + Ricardo, antes pelo contrário, e os noivos assumem isso mesmo – e é um facto, se não podes vencer, junta-te a eles!

O casamento da Marina + Ricardo aconteceu em Abril, num dia acinzentado e indeciso, com um pouco de tudo, e foi uma festa maravilhosa e cheia de emoções – tal como imaginaram e fizeram acontecer. O cuidado na escolha dos fornecedores contribuíu e muito para o sucesso da festa, e para a sua equipa de sonho escolheram dois fornecedores seleccionados Simplesmente Branco: Lounge Fotografia e Aqueduto Eventos.

Este foi um dia luminoso e muito feliz. Venham ver!

 

 

 

 

 

 

 

 

Quando a resposta foi “sim!”, como é que imaginaram o vosso dia?

Bem, confesso que quando disse o “sim” todo o planeamento do casamento já estava feito na minha cabeça. Era um sonho de menina, e todos os detalhes já tinham percorrido os meus pensamentos vezes e vezes sem conta. Queríamos que nada acontecesse ao acaso. Tudo tinha que ter significado, e, acima de tudo, queríamos muita emoção, que não fosse apenas mais um casamento. Queríamos ouvir dos convidados “foi o melhor casamento a que já fui”! Não pela ostentação ou luxo, mas sim pelo sentimento que se respirava. Imaginávamos, como alguém depois disse, “muitos sorrisos, muitas lágrimas e muitos abraços!

 

 

 

 

 

 

Sentiam-se preparados ou foi um caminho com muitos nervos?

Preparadíssimos! Foi um caminho muito tranquilo. Como sabíamos bem o que queríamos, tudo foi planeando com bastante antecedência e serenidade. A parte mais stressante foi mesmo a última semana, em que tudo o que havia para ultimar não podia ter sido feito antes. Mas mesmo assim havia apenas a ansiedade de chegar ao dia, nervosismo não.

 

Em que momento da organização do casamento é que sentiram, «é mesmo isto»?

Desde o início! Como dissemos anteriormente, sabíamos bem o queríamos. Foi mesmo só por em prática todas as nossas ideias.

 

 

 

 

 

 

O resultado é fiel às ideias iniciais ou muito diferente? Contaram com alguma ajuda?

O resultado é exatamente igual às ideias iniciais, em todos os pormenores. Nós podemos dizer que somos uns felizardos, porque estamos rodeados de pessoas que estavam tão ou mais felizes do que nós com o nosso casamento e foram uma ajuda preciosa. Desde a família aos amigos (família do coração). A ajuda começou com a mãe do Ricardo a fazer uma pintura que serviu de base a toda a parte gráfica, passando pelos amigos (Isabel e Helder) que nos ajudaram na composição grafica do convite e afins, e por aí fora… Nós também fizemos questão de fazer com que todas estas pessoas mais próximas se sentissem integradas em todo o processo.

 

 

 

 

 

 

O que era fundamental para vocês? E sem importância?

Era fundamental que estivessem presentes as pessoas mais importantes na nossa vida e que se divertissem ao máximo. Não fizemos convites por conveniência ou porque ficava bem, daí não terem tido importância as opiniões alheias.

 

 

 

 

 

 

 

O que foi mais fácil? E o que foi mais difícil?

A escolha dos fornecedores. Desde o espaço ao fotógrafo, o vídeo, a florista, o Dj… foram todos primeiras escolhas. Difícil???!!!!!! Acho que nada foi difícil no nosso casamento. À excepção da escolha das fotos para elaboração do álbum. Isso sim, foi muito díficil!

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Qual foi o pico sentimental do vosso dia?

A entrada da Marina na Igreja. Ela entrou a cantar e foi surpresa para TODOS. Foi, sem dúvida, um momento inesquecível.

 

E o pico de diversão?

Acho que, sem dúvida, foi a dança do noivo com os restantes homens. Foi hilariante. Nós preparámos, para além da nossa, danças separadas com os homens e com as mulheres, e o resultado só foi revelado no dia. Sem dúvida que eles deram mil a zero ao grupo feminino, no que concerne à diversão.

 

 

 

 

 

 

 

 

Um pormenor especial…

A bicileta em que o Ricardo me ensinou a andar e que o meu pai orgulhosamente restaurou. No dia do casamento esteve à entrada da Igreja, com os cones do arroz, e depois foi para a quinta fazer parte da decoração e da festa. Fez um sucesso, para além de todo o valor sentimental!

 

 

 

 

 

 

 

 

Agora que já aconteceu, mudavam alguma coisa?

Não, nada. Depois do casamento pensámos que mudaríamoss o fato de ter estado a chover durante praticamente todo dia, mas se não fosse isso não podíamos ter usado os guarda-chuvas personalizados que mandámos fazer e não tínhamos as fotos magnificas que temos!

 

 

 

 

 

 

 

Algumas words of advice para as próximas noivas…

APROVEITEM O DIA!!! É um pouco cliché, mas é tão verdade!! Não fiquem presas a pensar que tudo tem de correr milimetricamente como tinham planeado, ou se os convidados estão satisfeitos com as vossas escolhas. Riam muito, chorem muito, dancem muito. Façam o que diz o vosso coração. Há coisas que fogem ao nosso controlo e temos de saber lidar com isso de uma forma positiva, de forma ao nosso dia ser único e inesquecível.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Os fornecedores envolvidos:

 

convites e materiais gráficos: feitos pelos noivos e composição gráfica por amigos dos noivos;

espaço, catering e bolo dos noivos: Aqueduto Eventos;

fato do noivo e acessórios: fatoAvelino Dias, sapatos El Corte Inglês e botões de punho The Cufflinks Store;

vestido de noiva e sapatos: vestido Pronovias e sapatos Menbur;

maquilhagem: Diana Teixeira;

cabelos: Luzia Pires Cabeleiros;

bouquet de noiva: Clívia Arte Floral;

decoração: Marco Morgado; Roseiral; Cristina Macedo – Aqueduto Eventos;

ofertas aos convidados: Suspiros (Tia Lena) e Guarda-Chuvas PontoMarc;

fotografia: Lounge Fotografia;

vídeo: João Vieira Filmes;

luzes, som e Dj: Ricardo Figueiredo.

 

Querem conhecer melhor o trabalho da Lounge Fotografia? Acompanhem aqui as suas bonitas reportagens de casamento.

Comentar

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.