Created with Sketch.
Susana Pinto

Um casamento DIY: Bruna + César

Fechamos o doce Outubro de modo muito especial e igualmente doce: com um casamento DIY, o dia bonito da Bruna + César.

São muitas imagens, mais de meia centena, captadas pela Carina Oliveira, e vou explicar-vos o que é tão bonito nelas.

Começo por vos apresentar a Carina, que foi nossa cliente no projecto S Baby. Tem um trabalho muito delicado e feminino, e um olhar muito atento aos detalhes e aos pequenitos, o que faz dela uma óptima fotógrafa de famílias. Sem nos conhecermos pessoalmente, conhecemo-nos virtualmente há vários anos e temos muitas coisas que nos aproximam e sobre as quais gostamos de conversar. Acompanhar o seu trabalho, vê-lo crescer, chegar a sítios, é um prazer imenso, sempre.

Ora a Carina não foi apenas a fotógrafa de serviço no casamento da Bruna + César: é a irmã do noivo e a mãe do Hugo, o muito divertido menino das alianças. Com tanto amor no ar, não se espantem com a quantidade de fotografias de abraços que vão encontrar nesta selecção.

Este não é um casamento sobre detalhes, e os próprios noivos o afirmam. É um casamento sobre pessoas e o amor palpável, visível, que as une. As fotografias da Carina fazem, genuinamente, justiça ao momento. São feitas de amor, e por isso, são perfeitas.

 

Casamento DIY rústico na Casa da Portela, com fotografia de Carina Oliveira Fotografia

 

Casamento DIY rústico na Casa da Portela, com fotografia de Carina Oliveira Fotografia

 

Casamento DIY rústico na Casa da Portela, com fotografia de Carina Oliveira Fotografia

 

Casamento DIY rústico na Casa da Portela, com fotografia de Carina Oliveira Fotografia

 

Casamento DIY rústico na Casa da Portela, com fotografia de Carina Oliveira Fotografia

 

Casamento DIY rústico na Casa da Portela, com fotografia de Carina Oliveira Fotografia

 

Quando a resposta foi “sim!”, como é que imaginaram o vosso dia?

Imaginámos sempre um dia tranquilo e super relaxado. Um dia em que estivessem presentes os nossos mais íntimos, para que estivéssemos todos rodeados de amor e mais amor. Procurámos, acima de tudo, fugir de um casamento tradicional com demasiada etiqueta e protocolo.

 

Sentiam-se preparados ou foi um caminho com muitos nervos?

Tentámos levar as coisas sempre na maior das calmas. Contudo, acabámos por perceber que estávamos demasiado relaxados! Digamos que começámos a organizar o casamento propriamente dito, no mês anterior. Mas claro, nas semanas antecedentes não poderíamos negar os nervos.

 

Casamento DIY rústico na Casa da Portela, com fotografia de Carina Oliveira Fotografia

 

Casamento DIY rústico na Casa da Portela, com fotografia de Carina Oliveira Fotografia

 

Casamento DIY rústico na Casa da Portela, com fotografia de Carina Oliveira Fotografia

 

Casamento DIY rústico na Casa da Portela, com fotografia de Carina Oliveira Fotografia

 

Casamento DIY rústico na Casa da Portela, com fotografia de Carina Oliveira Fotografia

 

Casamento DIY rústico na Casa da Portela, com fotografia de Carina Oliveira Fotografia

 

Em que momento da organização do casamento é que sentiram, «é mesmo isto»?

Nos dois dias imediatamente antes do grande dia, quando andávamos a colocar a iluminação e a tratar da decoração do espaço.

 

O resultado é fiel às ideias iniciais ou muito diferente? Contaram com alguma ajuda?

Sim, sem dúvida. Ficou tudo como queríamos, graças à ajuda de todos os nossos queridos. Amigos, padrinhos, tios, tias, as senhoras responsáveis da Casa da Portela e claro, as nossas mães que foram uma ajuda fundamental. Tudo feito com muito amor, carinho e dedicação. O resultado só poderia ser mágico.

 

Casamento DIY rústico na Casa da Portela, com fotografia de Carina Oliveira Fotografia

 

Casamento DIY rústico na Casa da Portela, com fotografia de Carina Oliveira Fotografia

 

Casamento DIY rústico na Casa da Portela, com fotografia de Carina Oliveira Fotografia

 

Casamento DIY rústico na Casa da Portela, com fotografia de Carina Oliveira Fotografia

 

Casamento DIY rústico na Casa da Portela, com fotografia de Carina Oliveira Fotografia

 

Casamento DIY rústico na Casa da Portela, com fotografia de Carina Oliveira Fotografia

 

O que era fundamental para vocês? E sem importância?

Era fundamental que todos os nossos convidados se sentissem confortáveis e que fosse um dia relaxado essencialmente para nós, pois sabemos aquilo que os noivos passam no dia do casamento. Só o queríamos aproveitar ao máximo e não ser ‘marionetas’ do dia.

Tudo o que se aproximasse de um casamento tradicional (nada contra, só não nos identificamos) como carros de luxo, foguetes, danças exóticas, cuspidores de fogo ou qualquer situação que não faz parte da nossa identidade, não era de todo importante.

 

Casamento DIY rústico na Casa da Portela, com fotografia de Carina Oliveira Fotografia

 

Casamento DIY rústico na Casa da Portela, com fotografia de Carina Oliveira Fotografia

 

Casamento DIY rústico na Casa da Portela, com fotografia de Carina Oliveira Fotografia

 

Casamento DIY rústico na Casa da Portela, com fotografia de Carina Oliveira Fotografia

 

Casamento DIY rústico na Casa da Portela, com fotografia de Carina Oliveira Fotografia

 

Casamento DIY rústico na Casa da Portela, com fotografia de Carina Oliveira Fotografia

O que foi mais fácil? E o que foi mais difícil?

O mais fácil foi dizer o “sim” e comunicarmos ao mundo que íamos casar. O mais difícil foi tudo o resto!

 

 

Casamento DIY rústico na Casa da Portela, com fotografia de Carina Oliveira Fotografia

 

Casamento DIY rústico na Casa da Portela, com fotografia de Carina Oliveira Fotografia

 

Casamento DIY rústico na Casa da Portela, com fotografia de Carina Oliveira Fotografia

 

Casamento DIY rústico na Casa da Portela, com fotografia de Carina Oliveira Fotografia

 

Casamento DIY rústico na Casa da Portela, com fotografia de Carina Oliveira Fotografia

 

Casamento DIY rústico na Casa da Portela, com fotografia de Carina Oliveira Fotografia

 

Qual foi o pico sentimental do vosso dia?

Da noiva: a coisa começou a ficar real no momento em que me vestiram o vestido,  puseram a coroa de flores e o pico foi, claro, o momento em que os meus dois irmãos (em representação do meu falecido pai) me abraçaram e levaram até ao altar civil, onde se estava o amor da minha vida à espera.

Do noivo: quando a noiva entra, como não poderia deixar de ser… Uma emoção indescritível.

 

Casamento DIY rústico na Casa da Portela, com fotografia de Carina Oliveira Fotografia

 

Casamento DIY rústico na Casa da Portela, com fotografia de Carina Oliveira Fotografia

 

Casamento DIY rústico na Casa da Portela, com fotografia de Carina Oliveira Fotografia

 

Casamento DIY rústico na Casa da Portela, com fotografia de Carina Oliveira Fotografia

 

Casamento DIY rústico na Casa da Portela, com fotografia de Carina Oliveira Fotografia

 

Casamento DIY rústico na Casa da Portela, com fotografia de Carina Oliveira Fotografia

 

Casamento DIY rústico na Casa da Portela, com fotografia de Carina Oliveira Fotografia

 

E o pico de diversão?

Logo após a cerimónia, quando nos juntámos aos nossos amigos e familiares, até noite dentro.

 

Um pormenor especial…

Os presentes que os amigos nos prepararam, nomeadamente o vídeo que nos dedicaram e os alunos da noiva que apareceram de surpresa, após o jantar.

 

Casamento DIY rústico na Casa da Portela, com fotografia de Carina Oliveira Fotografia

 

Casamento DIY rústico na Casa da Portela, com fotografia de Carina Oliveira Fotografia

 

Casamento DIY rústico na Casa da Portela, com fotografia de Carina Oliveira Fotografia

 

Casamento DIY rústico na Casa da Portela, com fotografia de Carina Oliveira Fotografia

 

Casamento DIY rústico na Casa da Portela, com fotografia de Carina Oliveira Fotografia

 

Casamento DIY rústico na Casa da Portela, com fotografia de Carina Oliveira Fotografia

 

Agora que já aconteceu, mudavam alguma coisa?

Tentaríamos que fosse ainda mais relaxado. De resto, há sempre coisas que se podem mudar, mas não nos arrependemos de nada. Foi o casamento que queríamos.

 

Casamento DIY rústico na Casa da Portela, com fotografia de Carina Oliveira Fotografia

 

Casamento DIY rústico na Casa da Portela, com fotografia de Carina Oliveira Fotografia

 

Casamento DIY rústico na Casa da Portela, com fotografia de Carina Oliveira Fotografia

 

Casamento DIY rústico na Casa da Portela, com fotografia de Carina Oliveira Fotografia

 

Casamento DIY rústico na Casa da Portela, com fotografia de Carina Oliveira Fotografia

 

Casamento DIY rústico na Casa da Portela, com fotografia de Carina Oliveira Fotografia

 

Casamento DIY rústico na Casa da Portela, com fotografia de Carina Oliveira Fotografia

 

Casamento DIY rústico na Casa da Portela, com fotografia de Carina Oliveira Fotografia

 

Casamento DIY rústico na Casa da Portela, com fotografia de Carina Oliveira Fotografia

 

Casamento DIY rústico na Casa da Portela, com fotografia de Carina Oliveira Fotografia

 

Algumas words of advice para as próximas noivas…

Mandei fazer o meu vestido e este  passou por um odisseia que iria terminar muito mal. Por isso, caso mandem fazer os vossos vestidos, pesquisem bem sobre quem o vai confeccionar, incluindo historial da pessoa com as clientes.

Aconselho também a relaxar ao máximo, pois só assim conseguirão aproveitar não só todo o processo de organização, como também o próprio dia.

 

Casamento DIY rústico na Casa da Portela, com fotografia de Carina Oliveira Fotografia

Casamento DIY rústico na Casa da Portela, com fotografia de Carina Oliveira Fotografia

 

Casamento DIY rústico na Casa da Portela, com fotografia de Carina Oliveira Fotografia

 

Casamento DIY rústico na Casa da Portela, com fotografia de Carina Oliveira Fotografia

 

Casamento DIY rústico na Casa da Portela, com fotografia de Carina Oliveira Fotografia

 

Vejam a reportagem completa na página da Carina Oliveira Fotografia.

 

 

Os fornecedores envolvidos:

 

convites e materiais gráficos:  o noivo, que é designer gráfico;

local e catering: Casa da Portela Eventos;

bolo: Feito e decorado pela mãe da noiva;

fato do noivo e acessórios: fato e camisa Sacoor, sapatos Massimo Dutti e laço Zara;

vestido de noiva e sapatos: vestido de noiva desenhado pela própria e executado por duas costureiras do Porto,  sapatos Uterque;

maquilhagem e cabelo: Alexandra Castro;

bouquet: Arte Bruna;

decoração: feita por todos nós;

ofertas aos convidados: feitas pelo marido;

fotografia: Carina Oliveira Fotografia;

vídeo: Ricardo Marques e Gonçalo Rodrigues;

luzes, som e Dj: amigos.

 

Comentar