Created with Sketch.
Susana Pinto

Casamento no Solar de Pancas: Adriana + Constantin

Fechamos a semana com um casamento no Solar de Pancas, em Alenquer. É o mais bonito dos dias da Adriana + Constatin, captado pelo Edgar Félix Videography e com dedinho da equipa Amor e Lima.

Este filme de casamento tem de tudo: patudos de estimação, uma pista de dança animadíssima, muitas lágrimas e outros tantos sorrisos e abraços apertados, gente bonita e muito bem vestida e um belo cenário. É disto – e de muito amor -, que é feito um dia de festa!

 

Quando a resposta foi “sim!”, como é que imaginaram o vosso dia?

Imaginámos um dia inesquecível, rodeados da nossa família e dos nossos amigos. Um dia cheio de amor e alegria!

 

Sentiam-se preparados ou foi um caminho com muitos nervos?

Sentíamo-nos completamente preparados. O casamento era algo que sempre esteve presente nos nossos planos e era algo que queríamos muito os dois.

 

Em que momento da organização do casamento é que sentiram, «é mesmo isto»?

Desde o momento em que fomos os dois escolher a igreja e o local! Foi um momento muito importante para nós.

 

O resultado é fiel às ideias iniciais ou muito diferente? Contaram com alguma ajuda?

O resultado foi totalmente o que nós idealizámos. Contámos com a ajuda da nossa família.

 

O que era fundamental para vocês? E sem importância?

O que era fundamental era que tudo no nosso casamento fosse autêntico e que espelhasse a nossa personalidade e a nossa relação. Mesmo com imprevistos, que sempre acontecem, foi tudo incrível! Temos memórias muito especiais e sentimos que aproveitámos tudo ao máximo e que todos estavam muito felizes e divertidos!

 

O que foi mais fácil? E o que foi mais difícil?

Foi fácil escolher a igreja e o local! O mais difícil, foi fazer a lista de convidados, pois era importante que fosse um casamento íntimo, com as pessoas mais importantes para nós.

 

Qual foi o pico sentimental do vosso dia?

Todos os momentos foram incríveis, porque vivemos com muita intensidade todo o nosso dia! Tudo superou as nossas expectativas!

 

E o pico de diversão?

Se há uma coisa que nos define enquanto casal, é o facto de nos divertirmos em tudo o que fazemos, por isso todo o casamento para nós teve vários momentos divertidos.

 

Um pormenor especial…

Só um? O nosso casamento foi feito de pormenores especiais, por isso é difícil para nós elegermos apenas um, mas eu diria que um momento especialmente marcante foi a primeira vez que olhámos um para o outro na igreja!

 

Agora que já aconteceu, mudavam alguma coisa?

Não mudávamos nada, acreditamos que tudo acontece como tem que acontecer e, no nosso caso, foi definitivamente o dia mais feliz das nossas vidas!

 

Algumas words of advice para as próximas noivas…

Vivam cada instante ao máximo, desde os preparativos até ao próprio dia, pois todos os momentos vão ser recordados com imensa saudade!

 

 

Os fornecedores envolvidos:

 

convites e materiais gráficos: foi tudo feito por nós;

espaço: Solar de Pancas;

bolo dos noivos: Pátio Velho;

decoração: Amor e Lima;

fato do noivo e acessórios: Mister Man e Under Blue;

vestido de noiva e sapatos: Pronovias e Schutz;

maquilhagem: Kseniia Popkova;

cabelo: Anabela Sousa;

bouquet de noiva: Romeira;

fotografia: Pedro Lopes Photography;

video: Edgar Félix Videography;

Dj: Ricardo Coimbra.

Susana Pinto

Casamento na Quinta de Sonhos: Filipa + Luís

Hoje vamos até Ermesinde, para um festivo casamento na Quinta de Sonhos – é o mais bonito dos dias da Filipa + Luís, filmado pela dupla Edgar Félix Videography.

Fechamos esta semana mais curta, em modo igualmente telegráfico, porque para ver festas doces, cheias de amor e emoção, não é preciso empatar. Vamos a isto?
Bom fim-de-semana!

 

Quando a resposta foi “sim!”, como é que imaginaram o vosso dia?
Imaginámos um dia soalheiro, em que tudo estivesse organizado ao mais ínfimo pormenor. Que pudéssemos aproveitar o máximo com todos os convidados e que estes se divertissem muito. A festa é nossa, mas organizada para eles. Queríamos que fosse um dia inesquecível.

Sentiam-se preparados ou foi um caminho com muitos nervos?
Na realidade, sentíamo-nos preparados porque tudo foi bem organizado com o devido tempo. Contudo, foi um percurso com bastantes curvas e contracurvas. O anel de noivado foi perdido (pelo ourives a quem mandámos arranjar), a uma semana do casamento a noiva ainda não tinha sapatos, na noite anterior ao casamento o decorador enganou-se e entregou os ramos da lapela com flores totalmente diferentes do que tínhamos pedido, entre outras coisas.

Em que momento da organização do casamento é que sentiram, «é mesmo isto»?
Sentimos que era mesmo o que queríamos desde o momento do “sim”.

O resultado é fiel às ideias iniciais ou muito diferente? Contaram com alguma ajuda?
É fiel ao que idealizámos, com alguns imprevistos de última hora, que existem sempre, mas tivemos capacidade de os superar. E no final, correu tudo como tínhamos previsto.

O que era fundamental para vocês? E sem importância?
Divertirmo-nos, aproveitar o dia ao máximo, convidados animados, uma cerimónia bonita. Tudo é importante no dia.

O que foi mais fácil? E o que foi mais difícil?
O mais fácil foi escolher fotógrafos, videógrafos. O mais difícil: diminuir a lista de convidados, é sempre um dilema.

Qual foi o pico sentimental do vosso dia?
A entrada da noiva, ouvir as músicas excepcionalmente cantadas pela Luísa, e o “sim”.

E o pico de diversão?
Aperitivos e pista de dança

Um pormenor especial…

Só um? As fotografias dos nossos avós que já faleceram nas prateleiras de entrada na quinta.

Agora que já aconteceu, mudavam alguma coisa?
Casávamos duas horas mais cedo, para aproveitar mais o dia.

Algumas words of advice para as próximas noivas…
Não hesitem a escolher os videógrafos, e reservem no dia em que ficam noivos! Trabalho simplesmente fantástico, muito discretos, sem ninguém dar pela presença deles!
De resto, o tempo é o melhor amigo sendo diretamente proporcional à felicidade e despreocupação que têm no dia D.

 

Os fornecedores envolvidos:

convites e materiais gráficos: feitos pelos noivos;

espaço: Quinta de Sonhos;

bolo dos noivos: Maria José Pinho Catering;

fato do noivo e acessórios: Hugo Boss;

vestido de noiva e sapatos: desenhado pela noiva e confecionado pela costureira Aurora; sapatos Juv’ss Sapataria;

maquilhagem: Trina MakeUp;

cabelo: André Dias Hairstylist;

bouquet de noiva e decoração: Ruizinho Decorador;

fotografia: Estúdio D (Frederico Neves + Sérgio Nogueira);

video: Edgar Félix Videos;

Dj: Pedro by Vibracto Eventos;

banda: Tiago Nacarato.

Susana Pinto

Casamento no Monte do Ramalho: Joana + Pedro

Fechamos esta semana vagamente primaveril com um belo casamento no Monte do Ramalho: é o mais bonito dos dias da Joana + Pedro, junto dos seus.

Esta festaça foi filmada pelo Edgar Félix e a decoração e bouquet da noiva ficaram nas mãos da Maria João Soares, da Design Events, a nossa expert em casamentos nas planícies alentejanas. Que trio de fornecedores seleccionados, este!

Bom fim-de-semana!

 

Quando a resposta foi “sim!”, como é que imaginaram o vosso dia?
O pedido de casamento foi feito em 2016 numa escapadinha que fizémos a Paris. A nossa ideia, desde o início, sempre foi um casamento religioso acompanhado por uma festa descontraída, no meio da natureza.

Sentiam-se preparados ou foi um caminho com muitos nervos?
Estávamos inexperientemente preparados, sem nervos.

Em que momento da organização do casamento é que sentiram, «é mesmo isto»?
Tudo se começou a compor à nossa imagem de forma gradual. Não sentimos nunca qualquer pressão com timings, o que nos permitiu organizar todo o casamento da forma como idealizámos.

O resultado é fiel às ideias iniciais ou muito diferente? Contaram com alguma ajuda?
O resultado final excedeu as nossas expectativas! Fomos uns noivos que colocámos muita dedicação em tudo que íamos fazendo e decidindo, foi tudo muito ponderado.
Fizemos tudo praticamente sózinhos, no entanto íamos envolvendo a família e os amigos nas nossas escolhas, queríamos que fizessem parte deste dia.

O que era fundamental para vocês? E sem importância?
Fundamental era guardarmos nas nossas memórias um dia de sonho, reunir todas as pessoas que são importantes nas nossas vidas e proporcionarmos um dia feliz, divertido e confortável a todos os nossos familiares e amigos.
Sabemos que os imprevistos acontecem, mas que o propósito que nos reunia ali era de tal grandeza que decidimos relativizar qualquer falha de natureza técnica ou de catering que pudesse a acontecer (e felizmente não aconteceu).

O que foi mais fácil? E o que foi mais difícil?
O mais difícil foi de facto a escolha do local, sabíamos muito bem o que queríamos, mas não encontrávamos alternativas. A partir do momento em que o encontrámos, marcámos a data, e tudo se tornou tão fácil de organizar.

Qual foi o pico sentimental do vosso dia?
Ainda não conseguimos descrever o que sentimos na cerimónia campal, foi de cortar a respiração! A envolvência, o coro, as palavras do Padre, os olhares de felicidade dos convidados que testemunhavam a nossa união, os versos lidos pelos sobrinhos do Pedro, foi mágico!

E o pico de diversão?
Após o jantar, quando aquele pequeno nervosismo nos deixa descontrair e aproveitar ao máximo.

Um pormenor especial…
Só um?
Foi um dia de acontecimentos tão especiais!
Fomos surpreendidos por uma grande amiga que subiu ao palco e cantou-nos duas músicas. Sabíamos que cantava bem, mas não tínhamos noção do vozeirão que ouvimos naquela noite. Foi épico!

Agora que já aconteceu, mudavam alguma coisa?
Não mudávamos nada. Foi tudo tão perfeito e como idealizámos.
Foi um dia tão nosso, emocionante, melhor que nos sonhos.

Algumas words of advice para as próximas noivas…
Vivam cada momento com calma e com muito alma. Aproveitem os preparativos ao máximo, é um dia muito giro de organizar, pois tudo é feito à vossa medida e como sempre sonharam, façam-no de forma divertida e envolvam os vossas amigos e familiares, eles vão gostar de fazer parte do grande dia.
Quando chegar o grande dia, aí não há mais com o que preocupar, e deixem-se envolver pelo momento, desfrutem do dia. Aproveitem cada momento, pois será um dos dias mais felizes das vossas vidas, cheio de emoções.

 

Os fornecedores envolvidos:

convites e materiais gráficos: Margarida Ferreira (amiga da noiva);
espaço: Monte do Ramalho, Avis;
catering e bolo dos noivos: Casca d’ovo;
fato do noivo e acessórios: fato O Alfaite, acessórios Ourivesaria Atlantis;
vestido de noiva e sapatos: vestido Inês Pimentel e sapatos Fátima Alves;
maquilhagem: Diana Cavaco Pereira;
cabelo: Rita Vasconcelos (amiga da noiva);
decoração e bouquet de noiva: Design Events Wedding;
fotografia: Grão a Grão;
vídeo: Edgar Félix;
banda: Two Radio | Upbeat;
coro: Coro Cá da Terra.

 

 

Marta Ramos

Edgar Félix Videography: um fornecedor seleccionado SB

Edgar Félix Videography são o Edgar e a Rita, uma equipa a tempo inteiro, ou seja, tanto no trabalho como na vida – e isso, segundo eles, torna tudo mais fácil! Vivem com o Gaspar – um cão todo bonito. O Edgar adora cozinhar e a Rita, passar os dias em sites de moda. O Edgar conversa sem se cansar e faz disso um desporto; a Rita não sabe rir de olhos abertos e por isso faz da simpatia dela o maior dos seus trunfos.

Escolheram trabalhar nesta área porque se entusiasmam com as pessoas e as suas particularidades. Sentem-se privilegiados por viver o espaço e o tempo de quem sonha casar. E vão buscar inspiração às pessoas e à verdade dos momentos – dos gestos aos gostos: «Viajar bastante faz parte do alimento para a inspiração. Quebrar a rotina permanentemente e saber que permanentemente se pode tornar uma rotina.»

Os casamentos têm muitos traços comuns, mas a única coisa que os distingue totalmente é a história dos seus protagonistas — os noivos. Fazemos um trabalho que vai ao encontro de eternizar um passado que contém os dias que fazem a vossa história.

Oferecem um tipo de videografia que pretende criar uma recordação com valor artístico dos momentos mais importantes da vossa vida até ao dia do casamento. Para eles, é um desafio conhecer as pessoas mais relevantes dos vossos dias e isso faz deste estilo de videografia de casamento um desafio muito mais elevado. As histórias e os  actores são verdadeiros e essas são as principais ferramentas com que trabalham: «A nossa videografia de casamento é tão documental quanto estilística e criativa e procura contar uma história. A vossa história.»

 

 

Não deixem de consultar a ficha de fornecedor seleccionado de Edgar Félix Videography para ficarem a conhecer melhor o Edgar e a Rita e o seu trabalho – e para conversarem com eles sobre o filme das vossas vidas.

Susana Pinto

Casamento elegante na Quinta de Prata: Claudia + Michal

Hoje temos para vos mostrar um casamento elegante na Quinta de Prata: o mais bonito dos dias da Claudia + Michal.

Com eles, uma bela equipa de fornecedores Simplesmente Branco: Edgar Félix, que filmou o belo vídeo que vos mostramos, Dj Nuno Rodrigues, que pôs toda a gente a dançar e a equipa de animação da Sóanimarte.

A leitura é curtinha, o que vos deixa os 5 minutos necessários para se deleitarem com o filme de casamento deste bonito casal.

Bom fim-de-semana!

 

 

Quando a resposta foi “sim!”, como é que imaginaram o vosso dia?

Elegante , sofisticado e romântico.

 

Sentiam-se preparados ou foi um caminho com muitos nervos?

Sempre muito calmos, pensámos em todos os pormenores com muito cuidado. Todas as decisões foram tomadas pelos dois.

 

Em que momento da organização do casamento é que sentiram, «é mesmo isto»?

Quando escolhemos o espaço , tudo começou a fazer sentido , depois a igreja dos nossos sonhos.

 

O resultado é fiel às ideias iniciais ou muito diferente? Contaram com alguma ajuda?

Muito fiel, nós sabíamos exatamente o que queríamos, desde o começo. Não fizémos tudo sozinhos.

 

O que era fundamental para vocês? E sem importância?

O design do casamento e a decoração eram muito importantes. Tudo foi importante.

 

O que foi mais fácil? E o que foi mais difícil?

O mais difícil foi escolher o fotógrafo e o videógrafo, as nossas expectativas eram enormes e não foi fácil encontrar alguém em quem confiássemos. O mais fácil foi escolher a cor dos vestidos das damas. Cinzento era e sempre foi a cor perfeita.

 

Qual foi o pico sentimental do vosso dia?

Os discursos, muita emoção e muitas lágrimas.

 

E o pico de diversão?

O jogo icebreaker no início do casamento, envolveu toda a gente e o ambiente era perfeito.

 

Um pormenor especial…

Só um ? Para nós todos os pormenores no casamento foram especiais. O tema em si, “momentos”.

 

Agora que já aconteceu, mudavam alguma coisa?

Nada!

 

Algumas words of advice para as próximas noivas…

Cada dia da organização do casamento deve ser uma diversão, porque o dia propriamente dito dura mesmo poucas horas. Ser noiva é uma fase linda, aproveitem!

 

 

Os fornecedores envolvidos:

 

espaço e bolo dos noivos: Quinta de Prata;

decoração: Maria de Lurdes Weddings;

convites e materiais gráficos: todos feitos por nós;

fato do noivo e acessórios: Versace e Ted Baker;

vestido de noiva e sapatos: Rosa Clara;

maquilhagem: Julia Mota;

cabelo: Fátima Castro Cabeleireiro;

fotografia: Pedro Lopes;

video: Edgar Félix;

animação: Sóanimarte;

Dj: Nuno Rodrigues.

 

Susana Pinto

À conversa com: Edgar Félix, filmes de casamento

Hoje converso com o Edgar Félix, que faz filmes de casamento muito bonitos e singulares.

O primeiro trabalho que vi seu – já nem está online -, era delicioso: a história de amor da Susana + Bruno, uns miúdos, ela tímida, ele taciturno, contavam uma cena de engate que metia t-shirts, comiam bolas de berlim, tinham uns cadernos bonitos e recitavam Álvaro de Campos. Uma mistura improvável, desengonçada e envergonhada, mas tão doce e especial. Lembro-me de o enviar para a querida Susana Almeida, do “Feliz é quem diz”, por achar que era mesmo a cara dela.
A resposta foi imediata: “Oh pá! Que delícia, fiquei com uma lagriminha no canto do olho!!! Iluminaste o meu dia com este vídeo, tão bom!”.

Continuei a acompanhar e sem hesitar fizémos o nosso contacto e cativámos o Edgar para estar em nossa casa. Como se não bastasse ter um trabalho tão bonito, quando fizémos as novas fichas de fornecedor que incluem 4 perguntas curtas (para que os fiquem a conhecer melhor), o Edgar escreveu que “não se ama como calha“.

Está tudo dito, não é?

Gargalhadas, choro, pulos, danças ou muitos abraços são dos principais motivos que despertam a atenção no momento de gravar e de editar. Mais do que tudo, procuro o que considero ser importante recordar daqui a uns anos: as pessoas, a festa e a emoção disso em conjunto.

 

Conte-nos um pouco da sua viagem profissional até aqui, ao vídeo de casamento.

Entusiasmo-me desde sempre no momento de conhecer pessoas novas. Posso passar horas a conversar e, se pudesse, no fim de muitas conversas começaria um vídeo. Assim que consegui ter uma câmara não foi possível evitar a crescente paixão de poder gravar histórias. Academicamente estudei, tanto na licenciatura como no mestrado, na área da Comunicação e isso fez que me aproximasse ainda mais de pessoas e, antes de terminar estes estudos, já filmava e editava vídeo. O vídeo de casamento trouxe-me o melhor de vários mundos: pessoas com uma história que as leva a um dia de festa para celebrar tudo o que já viveram juntas. Estavam ali reunidos todos os elementos ideais que me fazem adorar gravar casamentos.

 

Há quanto tempo filma? E porquê casamentos?

É um privilégio gravar casamentos. Quando percebi que podia ter acesso a um dia de muitas emoções com uma história para ser gravada, tinha a receita pronta com todos os ingredientes. Nos últimos quatros anos estou dedicado ao vídeo e, desde início, com casamentos. Existe um caminho que é feito com os noivos que torna esta área do vídeo um desafio incrivelmente prazeroso – desde o improviso que o dia de casamento exige à capacidade de anteceder qualquer momento para ser gravado.

 

Como construíu a sua assinatura, o seu ponto de vista? Como é que o define?

Em cada ano que passa sinto que defino melhor o que quero ver representado nos meus vídeos. Registo tudo num casamento, desde as flores, às mesas e a qualquer detalhe, mas são as pessoas que fazem os meus vídeos. Os momentos e a sua genuinidade, são a melhor definição para o meu trabalho.

 

 

Num casamento, para onde olha, o que lhe prende a atenção? O que procura?

Gargalhadas, choro, pulos, danças ou muitos abraços são dos principais motivos que despertam a atenção no momento de gravar e de editar. Mais do que tudo, procuro o que considero ser importante recordar daqui a uns anos: as pessoas, a festa e a emoção disso em conjunto.

 

Nestes tempos globais, em que as imagens circulam a uma velocidade vertiginosa e todos temos acesso a tudo, a qualquer hora, onde vai buscar inspiração?

Gosto de prestar atenção a tudo o que consigo assistir pela internet, quer seja de casamento, quer de outros quaisquer conteúdos. Sei que é importante percebermos o caminho e as tendências que o nosso ofício toma. Ainda assim, a inspiração tantas vezes aparece de onde menos esperamos: de uma música que há muitos anos não ouvimos, de uma série ou filme, de uma aventura entre amigos ou até durante um duche diário. Às vezes, não devemos esquecer o nosso quotidiano, nem de tentarmos conhecer quem somos.

 

Quando precisa de fazer reset, para onde olha, o que faz?

Tantas vezes fazer um reset é tão importante quanto aprender. É necessário parar e distanciarmo-nos do que fazemos todos os dias. É determinante quebrar a rotina e, para isso, viajar torna-se dos melhores remédios para nos pôr em pausa. Conhecemos pessoas novas com hábitos, culturas e tradições diferentes das nossas. Comemos, bebemos e sempre que abrimos os olhos vemos outra realidade diferente da nossa. Não haverá melhor forma de reiniciar o nosso sistema operativo.

 

 

Qual é o seu processo de trabalho, como acontece a ligação ao cliente?

É demasiado importante reconhecer valor à proximidade que tenho com os noivos. Há muito que se procura chegar ao dia do casamento com um à vontade que permite que não sejamos uns estranhos naquele dia importante. Acabou-se o tempo de conhecer os noivos no dia do seu casamento. Há um processo que faz com que já saibamos o que importa para aquelas pessoas, o que as faz rir e o que as descontrai.

 

Casamentos grandes ou pequeninos, nacionais ou estrangeiros, cerimónias emotivas, festas de arromba – qual é o tipo de festa que mais gosta de registar?

 A quantidade de convidados não é determinante para ditar o sucesso de um casamento. Tanto num casamento grande ou pequeno se podem viver momentos prontos a serem gravados. Sinto sempre que o segredo está na união entre noivos e convidados – quando existe um simbiose perfeita entre todos, tudo é vivido com mais energia e isso fica óbvio no vídeo de casamento. Independentemente do formato da festa, importa que isso fique claro no registo que é feito. Grandes ou pequenos, nacionais ou internacionais, é a conexão entre as pessoas que mais gosto de registar.

 

Qual é a melhor parte de ser videógrafo de casamentos? E o mais desafiante e difícil?

Todos os casamentos têm uma percentagem de improviso que torna tudo mais desafiante, mas não necessariamente difícil. É essa aparente dificuldade que dá tanto frenesim sempre que começa um dia de casamento. A melhor parte e também um desafio é anteceder todos os comportamentos de todos os intervenientes de um casamento e conseguir uma melhor gravação de um dia que não é encenado, nem ensaiado.

 

 

Escolha um filme favorito do seu portfólio e conte-nos porquê:

Não é fácil escolher um vídeo favorito, mas algum que tenha como principais protagonistas os noivos e os convidados faz com que sinta que é um vídeo mais próximo do que gostaria de ter para mim. Este vídeo tornou-se muito especial por ter discursos das pessoas mais importantes para os noivos e aí surgirem reacções, lágrimas, gargalhadas que tornaram tudo mais humano e sentido. É também um vídeo que respeita e enaltece a principal vontade dos noivos: viver o casamento de acordo com tudo o que acreditam ser o principal propósito da vida na Terra – celebrar as coisas boas!

 

 

Os contactos detalhados do Edgar Félix estão na sua ficha de fornecedor. Espreitem a galeria, feita de imagens bonitas, e contactem o Edgar Félix directamente através do formulário: é só preencher com os vossos dados e mensagem, e na volta do correio, terão uma resposta simpática.

 

Acompanhem estas nossas conversas longas com fornecedores seleccionados Simplesmente Branco, sempre à quarta-feira!

 

Marta Ramos

Nova montra Edgar Félix Videography

As galerias das fichas de fornecedor seleccionado são como montras do trabalho dos profissionais que escolhemos para vos recomendar. Com a remodelação do Simplesmente Branco no ano passado, ficaram ainda mais gloriosas, permitindo-vos folhear e sonhar, enquanto detectam aqueles pormenores especiais que vos fazem querer contactar aquela pessoa.

Hoje destacamos a renovação da montra Edgar Félix Videography! Ora espreitem (e ouçam!) este vídeo fresquinho, um das novidades que podem apreciar na galeria:

 

 

O Edgar e a Rita são uma equipa a tempo inteiro, ou seja, tanto no trabalho como na vida – e isso, segundo eles, torna tudo mais fácil! Vivem com o Gaspar – um cão todo bonito. O Edgar adora cozinhar e a Rita, passar os dias em sites de moda. O Edgar conversa sem se cansar e faz disso um desporto; a Rita não sabe rir de olhos abertos e por isso faz da simpatia dela o maior dos seus trunfos.

Escolheram trabalhar nesta área porque se entusiasmam com as pessoas e as suas particularidades. Sentem-se privilegiados por viver o espaço e o tempo de quem sonha casar. E vão buscar inspiração às pessoas e à verdade dos momentos – dos gestos aos gostos: «Viajar bastante faz parte do alimento para a inspiração. Quebrar a rotina permanentemente e saber que permanentemente se pode tornar uma rotina.»

Os casamentos têm muitos traços comuns, mas a única coisa que os distingue totalmente é a história dos seus protagonistas — os noivos. Fazemos um trabalho que vai ao encontro de eternizar um passado que contém os dias que fazem a vossa história.

Oferecem um tipo de videografia que pretende criar uma recordação com valor artístico dos momentos mais importantes da vossa vida até ao dia do casamento. Para eles, é um desafio conhecer as pessoas mais relevantes dos vossos dias e isso faz deste estilo de videografia de casamento um desafio muito mais elevado. As histórias e os  actores são verdadeiros e essas são as principais ferramentas com que trabalham: «A nossa videografia de casamento é tão documental quanto estilística e criativa e procura contar uma história. A vossa história.»

Não deixem de consultar a ficha de fornecedor seleccionado de Edgar Félix Videography para ficarem a conhecer melhor o Edgar e a Rita e o seu trabalho. Vale a pena navegar por todos os artigos que já publicámos sobre o seu trabalho. E falem com eles, serão recebidos com muita simpatia!