Created with Sketch.
Susana Pinto

À conversa com: Feel Creations – fotografia e video de casamento

Hoje conversamos com o trio Feel Creations, que faz fotografia e video de casamento a partir do Porto, para todo o país.

Falamos com a Marta e o Bruno sobre o seu percurso até aqui, de onde vem este ponto de vista e toda esta qualidade atenta, doce e meiga que o seu trabalho transmite.

Vibramos com todo o tipo de casamentos! Se são emotivos, a Marta quase chora, se são festas de arromba, só falta mesmo sermos os “reis da pista”, se são grandes temos mais gente para registar e para trocar dois dedos de conversa, se são pequeninos recebem-nos como se fôssemos familiares. Por isso, não temos qualquer tipo de preferência. Acreditamos que quem faz a festa são as pessoas e, além disso, são essas mesmas pessoas que nos fazerem querer continuar a fotografar e filmar casamentos.

Contem-nos um pouco da vossa viagem profissional até aqui, à fotografia e vídeo de casamento.

Esta viagem tem sido bastante gratificante.

Estudámos juntos na faculdade. A Marta e o Bruno, ao longo da vida académica, já tinham uma pseudo-empresa a partir da qual faziam alguns trabalhos na área do design e, de vez em quando, de vídeo. Após a licenciatura quisemos tornar a situação mais real e séria. O nosso objectivo sempre foi trabalhar na área da fotografia e do vídeo. Tentámos direccionar todo o projecto para essa vertente e, após algum tempo e insistência, conseguimos. E conseguimos até hoje! Cada vez melhores, mais ambiciosos e sempre com fome de aprender mais e melhor.

 

 

Há quanto tempo captam imagens? E porquê casamentos?

Em Março a Feel Creations faz cinco anos de existência. Não foi um percurso muito fácil, mas cá estamos com toda a força e vontade.
Entrámos no mundo dos casamentos muito por culpa de um casal amigo. Na recta final do nosso estágio de faculdade, estes nossos amigos iam casar e queriam que fossemos nós a fotografar e a filmar no casamento deles. Inicialmente recusámos, pois não era esse o percurso que queríamos fazer e, além disso, não percebíamos rigorosamente nada de casamentos.

Insistiram bastante até que acabámos por aceitar o desafio. E ainda bem que o fizemos, pois adorámos a experiência! Compreendemos que o registo de um casamento não teria de ser feito obrigatoriamente de uma forma tradicional. Podíamos criar a nosso própria visão dos acontecimentos e não fazer acontecer, parecendo artificial. Afinal, podíamos ser criativos!

A partir desse momento arriscámos tudo. Começámos a repensar e a direccionar o nosso projecto para a área dos casamentos onde poderíamos ser livres na criação e aplicar a nossa própria visão. E aqui estamos! Prontos para novos desafios e ansiosos por cada casamento!

 

Nestes tempos globais, em que as imagens circulam a uma velocidade vertiginosa e todos temos acesso a tudo, a qualquer hora, onde vão buscar inspiração?

Com o acesso bastante facilitado a diferentes tipos de conteúdos, sejam eles ao nível da imagem e do áudio, acaba por ser algo muito importante para nós na hora de ir buscar inspiração.

Acabamos sempre por encontrá-la naqueles dias que ficamos por casa a devorar filmes e muitas séries, e, sem dúvida nenhuma, na música, nas viagens que fazemos e, claro, no trabalho de outros fotógrafos e videógrafos que admiramos!

 

 

Como construíram a vossa assinatura, como a definem?

Sempre defendemos que temos de captar o que vemos e não o que os outros gostariam de ver.

Fazemos questão de ser discretos e deixar os momentos acontecerem, sem ter qualquer tipo de intervenção, pois achamos que o que é realmente bonito são aqueles sorrisos espontâneos ou aquele abraço sentido depois da cerimónia. E isso, como é óbvio, não se pede.

Tudo isto aliado à nossa forma de ser e fazer, com um olhar sempre atento aos pormenores e gestos e aos nossos gostos, acabam por dar o nosso estilo e estética da Feel Creations.

 

Quando precisam de fazer reset, para onde olham, o que fazem?

Viajar é o melhor “botão” para fazer alguns resets. Sair por uns tempos da nossa zona de conforto, conhecer novas culturas e ter experiências completamente diferentes das a que estamos habituados a ter. Pensamos que é a melhor forma de renovar energias e inspiração. Claro que nem sempre dá para o fazer, mas aí tentamos fazer de uma outra forma. Viajar dentro do nosso país, que tem paisagens absolutamente incríveis.

Por vezes, temos de perceber que trabalhar nesta área não é equiparável a um outro trabalho. Não podemos ficar presos à frente de um computador todos os dias, pois não é essa a nossa fonte de inspiração. Temos de ser criativos e, para isso, temos de cultivar métodos para o fazer/ser. E isso faz toda a diferença no resultado de cada trabalho.

 

Do Porto para o mundo, ou Portugal de lés-a-lés: fotografar e filmar casamentos estrangeiros é diferente de fotografar e filmar casamentos nacionais?

Todas as pessoas são diferentes e cada casamento tem uma história diferente para contar. Tudo depende das personalidades, da entrega dos noivos e do que sonham para o seu grande dia.

Acreditamos que os portugueses gostam de aproveitar tudo até à última. Estes são definitivamente mais longos e muito mais dinâmicos. Um casamento estrangeiro tem tendência a ser mais curto e mais intimista. Felizmente já tivemos a oportunidade de fotografar/filmar alguns e temos essa ideia. Contudo, nada muda na hora de contar a história de um casamento. Sendo o nosso registo documental, o processo acaba por ser idêntico, quer seja um casamento português
ou estrangeiro.

 

 

Qual é o vosso processo de trabalho, como acontece a ligação aos vossos clientes?

Em todos os casos tentamos ter sempre uma ligação muito próxima ao nosso cliente. A nossa abordagem é sempre o mais descontraída possível para quebrar de imediato alguma barreira que possa existir. Achamos que é essencial aproximarmo-nos deles através da sua história e, dessa forma, conhecê-los o melhor possível. Afinal de contas, iremos estar presentes num dos dias mais importantes das suas vidas.

 

Casamentos grandes ou pequeninos, nacionais ou estrangeiros, cerimónias emotivas, festas de arromba – qual é o tipo de festa que mais gostam de registar?

Vibramos com todo o tipo de casamentos! Se são emotivos, a Marta quase chora. Se são festas de arromba, só falta mesmo sermos os “reis da pista”. Se são grandes temos mais gente para registar e para trocar dois dedos de conversa. Se são pequeninos recebem-nos como se fôssemos familiares. Por isso, não temos qualquer tipo de preferência. Acreditamos que quem faz a festa são as pessoas e, além disso, são essas mesmas pessoas que nos fazerem querer continuar a
fotografar e filmar casamentos.

 

Qual é a melhor parte de ser um fotógrafo e videógrafo de casamento? E o mais desafiante e difícil?

A melhor parte é ter a sorte de poder registar e assistir a um momento tão importante da vida de um casal. É do coração. Ficamos sempre muito felizes por ver a felicidade e a emoção dos noivos e das suas famílias.

Fazer o que gostamos e sermos felizes em cada casamento é o que é mais gratificante.

O mais desafiante é conseguir fazer sempre algo diferente e melhor.

O mais difícil é conseguir gerir o cansaço que se vai sentindo ao longo do dia de um casamento.

 

 

Contactem a Feel Creations através da sua ficha de fornecedor. Espreitem a galeria, feita de belas imagens e vídeos, e entrem em contacto directamente através do formulário: é só preencher com os vossos dados e mensagem, e na volta do correio, terão uma resposta simpática deste trio criativo.

 

Aproveitem para espreitar os seus últimos casamentos que publicámos por aqui. O meu favorito é o mais bonito dos dias da Sara + Nuno, que casaram em casa, no coração do Porto: uma doçura só!

 

Acompanhem estas nossas conversas longas com fornecedores seleccionados Simplesmente Branco, sempre à quarta-feira!

 

Susana Pinto

Lua-de-mel sustentável

Sustentabilidade tem sido um assunto premente nos últimos anos e todos os relatórios apontam para a necessidade de uma mudança radical e urgente na forma como consumimos os recursos do planeta.

 

Há muito por onde arregaçar as mangas e está ao alcance de cada um de nós implementar pequenos ou grande hábitos com impacto. Viajar é um deles e o assunto de hoje, com as dicas da I Go Travel, o nosso fornecedor seleccionado especialista em viagens.

 

Vamos conhecer alguns destinos de lua-de-mel (ou simples viagem de férias) que são pensados de forma sustentável, bem como algumas dicas e sugestões para viajar de forma mais consciente e amiga do ambiente.

 

Lua-de-mel nas Maldivas, com a I Go Travel Lua-de-mel nas Maldivas, com a I Go Travel Lua-de-mel nas Maldivas, com a I Go Travel Lua-de-mel nas Maldivas, com a I Go Travel

As Maldivas continuam a estar no topo da lista dos favoritos da I Go Travel, por muitas razões, inclusive a sua sustentabilidade natural e empenho na criação de boas práticas junto das comunidades, factores que este nosso fornecedor procura junto dos seus parceiros locais.

 

Kudadoo Maldives é uma ilha privada que oferece uma experiência totalmente inclusiva. Com dedo do arquitecto japonês Yuji Yamazaki, Kudadoo define um novo padrão de hospitalidade de luxo sustentável. Foi considerado o Melhor Hotel de Luxo do Mundo em 2018, pela Luxury Travel Intelligence, Best Island Resort 2019 por Robb Repport e vencedor do Prestigious 2019 Hospitality Design Award, na categoria “Sustainable Resort”.

 

Soa-me tudo lindamente, verdade?

 

Lua-de-mel no Cambodja, com a I Go Travel Lua-de-mel no Cambodja, com a I Go Travel Lua-de-mel no Cambodja, com a I Go Travel Lua-de-mel no Cambodja, com a I Go Travel

No exótico Cambodja, a aposta vai para um dos primeiros hotéis de luxo em Siem Reap, Belmond la Rèsidence d’ Angkor, com uma localização invejável à beira do rio, a poucos metros dos templos de Angkor Wat.

As suites, com um design tradicional, despontam por entre a flora exuberante do local e a piscina de água salgada pede um mergulho, enquanto o Kong Kea Spa espera por vocês para uns momentos de relax total.

 

Lua-de-mel na Costa Rica, com a I Go Travel Lua-de-mel na Costa Rica, com a I Go Travel Lua-de-mel na Costa Rica, com a I Go Travel Lua-de-mel na Costa Rica, com a I Go Travel

Na Costa Rica, que pede uma abordagem “slow travel“, a natureza manifesta-se em todo o seu esplendor. Os imensos parques naturais, reservas biológicas e zonas protegidas são a grande atracção para quem abraça o eco-turismo.

Por entre florestas, rios e lagos, perfeitos para rafting e kayak, uma viagem pelos canais é uma aventura na selva, com a oportunidade para observar de forma segura crocodilos, preguiças, lontras… No Parque Nacional Torturego as tartarugas marinhas desovam e há canais naturais que abrigam espécies ameaçadas.

 

Para pernoitar, escolhemos o Kura Boutique Hotel, o “resort romântico mais glamouroso da Costa Rica“, segundo a revista Forbes, com apenas 8 suites na propriedade, perfeito para um jovem casal em lua-de-mel.

 

Que destinos, não?

Se ficarmos por cá, Portugal tem também uma belíssima oferta no que toca a turismo sustentável, compatível com o ambiente especial e memorável que se quer de uma lua-de-mel, de norte a sul do país, ilhas incluídas – e já falámos sobre os Açores e a Madeira, por aqui.

 

Sustentabilidade e turismo devem andar de mãos dadas, como um par perfeito. Estas são as dicas I Go Travel que cada um de nós pode pôr em prática nas suas viagens, com impacto ambiental e social:

 

// valorizem o comércio local do destino que visitam e contribuam para a sua economia;

 

// na escolha do hotel, informem-se sobre as suas práticas de sustentabilidade, levem os vossos próprios produtos de higiene (champô, gel, sabonete ), evitando o desperdício;

 

// incluam na mala o já costumeiro saco de pano que vos acompanha nas voltas do quotidiano e dispensem os sacos de plástico nas vossas compras locais;

 

// em destinos seguros, levem a vossa própria garrafa reutilizável, dispensando o plástico descartável;

 

// é comum os hotéis terem uns chuveiros maravilhosos, mas tentem não ceder à tentação de demorar mais do que o essencial no vosso banho, e desliguem as electrónicas quando sairem do quarto;

 

// para passear e conhecer em detalhe o vosso destino, contratem guias locais, sabedores e experientes, que vos proporcionarão uma visita mais autêntica;

 

// sempre que possível, comprem voos directos e procurem destinos menos massificados, o turismo tem uma pegada imensa e devemos fazer escolhas em consciência.

 

 

Precisam de ajuda para pôr de pé a melhor das viagens? Falem com a I Go Travel!

 

Susana Pinto

Já nos seguem no Spotify?

Nestes dias de mais sossego temos deixado aqui a sugestão para que visitem, conheçam e e frequentem as nossas outras casas, onde também somos felizes a partilhar a beleza do quotidiano.

 

Hoje deixo um convite para uma visita à conta Simplesmente Branco no Spotify, onde podem encontrar algumas sugestões de música para os vários momentos-chave do mais bonito dos dias, como o início da cerimónia, a entrada na sala, o corte do bolo, mas também aquilo que eu vou ouvindo enquanto escrevo por aqui, o que me preenche o dia, me faz companhia e inspira.

 

Conta Simplesmente Branco no Spotify

Ah, e claro, essa bela hora de música seleccionada pela Jukebox para celebrar os nossos dez anos online.

Aqui não há algoritmos, há pessoas e gostos e preferências reais, mais ou menos datadas, mais ou menos inspiradas, mais ou menos foleiras, mais ou menos cool, mais ou menos dançáveis, mais ou menos audíveis. Acima de tudo, não há fronteiras nem afunilamentos: há espaço e horizonte para irmos à descoberta e, se gostarmos, ficarmos!

 

Conta Simplesmente Branco no Spotify

A música faz as pessoas felizes. Let’s dance?

Juntem-se a nós!

Susana Pinto

Sugestões de Natal Simplesmente Branco

Em vez das habituais dicas para casar, hoje vamos deixar-vos com algumas sugestões de Natal bem simpáticas.

 

As minhas escolhas apoiam os negócios locais, os fornecedores de serviços de casamento que têm os seus projectos em suspenso, e tiram proveito do distanciamento, que é algo que pode ter o seu encanto, se o soubermos explorar – o copo pode, de facto, estar meio cheio, muitas coisas dependem da perspectiva com que olhamos para elas e as queremos interpretar!

 

Sobremesas de Natal Iguarias do Tempo

Se estão – ou têm pessoas queridas – na zona de Leiria, Marinha Grande ou Nazaré, encomendem os vossos doces e ceia de Natal à Iguarias do Tempo. Seja para consumir em casa, para mimar pessoas especiais ou agradecer a importância que a presença de alguém teve na vossa vida, uma fatia gulosa é sempre uma escolha muito certeira.

 

E o mesmo para a zona de Lisboa e Cascais: espreitem a ementa da Doce Maria, encomendem os doces de Natal e façam-nos chegar às mesas das vossas pessoas favoritas – e à vossa também! Menos correrias, um jantar mágico e muitos sorrisos quentinhos!

 

Em Lisboa, podem contratar os serviços da Your Move Box, o novo projecto da Jukebox, que se dedica à logística: mudanças, compras, entregas, com o rigor e qualidade que lhes conhecemos tão bom. Se precisam de um serviço de entrega de ofertas de natalícias aos vossos parceiros, se têm uma doação volumosa para fazer, se não têm disponibilidade para ir fazer aquelas compras, ou se precisam de um Pai Natal para distribuir os vossos presentes, entrem em contacto com a Catarina Pelica, que vos trata de tudo!

 

Para os pequenotes mais cool, espreitem o novo projecto da Filipa Simões Freitas, que criou o nosso logotipo: Tip & Toe, meias giras e muito hipster, com produção 100% nacional. E se falamos na Filipa, que é uma empreendedora de mão cheia, falamos também nos chapéus Pal Portugal, versão de verão, em palhinha, e versão de inverno, em feltro de lã, para miúdos e graúdos.

 

Para escrever mensagens bonitas, a Alexandra Barbosa, de A Pajarita, cria cartões de Natal únicos e personalizados, pintados à mão com aguarela ou criados a partir de uma xilogravura. Podem emparelhá-los com magníficos arranjos florais que saem das suas mãos delicadas e presentear as vossas pessoas mais queridas.

 

Espreitem as páginas dos nossos fotógrafos de eleição, como a Lounge Fotografia, e juntem à vossa lista de compras de Natal um voucher para uma sessão fotográfica em família. O registo das memórias é sempre algo muito especial e, juntando uma moldura catita, é algo muito simples de enviar por correio, e será certamente recebido com o maior dos sorrisos!

 

 

A I Go Travel tem um pacote de experiências para disfrutar em escapadinhas de fim-de-semana, pronto a escolher e oferecer, em forma de voucher. Seja para a cara-metade, para pais e sogros que merecem uns dias de descanso e mimo, ou até para amigos especiais, a I Go Travel convida-nos a escolher entre estes assuntos muito apetecíveis: Relax, Experiências Gastronómicas & Vinhos, Aventura, Romance, Descanso Merecido ou Pausa em Família – haverá aqui escolha para todos, a dois ou em família! Ponham-se à conversa com a Andreia Augusto e escolham um belo presente!

 

Na Livraria Almedina, os livros estão com 20% de desconto e oferta de portes – podem encontrar por lá o Queres casar comigo? – guia prático para um dia muito feliz e muitas outras escolhas bestiais para os leitores mais exigentes!

 

As minhas compras de Natal foram feitas à Amor de Chocolate, à Beija-flor, à Zélia Évora e à Lídia Paulo.

 

Mas ainda não terminei e estou de olho nas coroas de Natal do Gustavo Camacho, do Bosque, nas peças da Eliana Tomaz, da Tomaz Design e nas porcelanas da Paula Valentim, da Otchipotchi.

 

saco Tomaz design

Coroa de natal Bosque decoração de natal em porcelana Otchipotchi

Atrás de cada marca está um artesão, uma pessoa, uma família (ou várias!). O espírito do Natal, muito além do  consumo, vive nos momentos em que prestamos atenção, deixamos palavras de alento e celebramos os laços que nos unem. Juntos, somos uma rede de vasos comunicantes que dá e recebe, e faz bater um coração vivo. A distância física que nos separa não tem qualquer importância!

 

Boas festas e boas compras!

Susana Pinto

Mónica + Diogo, por Stories & Rita

Quase a terminar os casamentos bonitos deste ano tão estranho!

Hoje trago-vos o dia da Mónica + Diogo, no coração do Algarve, fotografados pela Rita Neves Dias, da Stories & Rita.

 

Tudo nesta publicação de hoje é muito especial: a Rita Neves Dias foi uma das nossas noivas, há vários anos. Foi com o seu belíssimo casamento que descobri os Lapela Photography, foi com ela que falei sobre o mercado de casamentos algarvio, ainda tão longe do que é hoje na sua oferta qualitativa, e é ela que nos traz o mais bonito dos dias da Mónica + Diogo, que se casaram num dia de sol dourado em Outubro.

 

Muitos imprevistos e muitas inquietações fizeram parte do caminho deste casal tão doce, mas no fim, como em todas as histórias de amor, está tudo certo. Que dia bonito este, mesmo com a distância das pessoas queridas, que sorrisos, que miudagem mais fofa e que cumplicidade entre os dois. E viva a tecnologia, que nos liga e aproxima na maior das distâncias físicas!

 

Fotografia de casamento no Algarve, com Stories by Rita Fotografia de casamento no Algarve, com Stories by Rita Fotografia de casamento no Algarve, com Stories by Rita Fotografia de casamento no Algarve, com Stories by Rita Fotografia de casamento no Algarve, com Stories by Rita Fotografia de casamento no Algarve, com Stories by Rita Fotografia de casamento no Algarve, com Stories by Rita Fotografia de casamento no Algarve, com Stories by Rita

Quando a resposta foi “sim!”, como é que imaginaram o vosso dia? 

Imaginámos sempre um dia muito feliz e partilhado com aqueles que nos são especiais, e que desde sempre acompanharam a nossa relação.

 

Sentiam-se preparados ou foi um caminho com muitos nervos? 

Muito preparados, aproveitámos cada momento dos preparativos, tínhamos tudo pensado e escrito na nossa agenda de noiva até que veio a pandemia e ponderámos adiar. O tempo foi passando e num dia qualquer o meu marido disse-me: “vamos manter a data e viver o nosso dia”.

Eu nem pensei duas vezes e retomámos a ideia de que iríamos casar na data que escolhemos. Fomos a Cabo Verde receber a bênção dos meus pais, que infelizmente não puderam estar presentes, para que pudéssemos viver esse dia como merece ser vivido.

 

Fotografia de casamento no Algarve, com Stories by Rita Fotografia de casamento no Algarve, com Stories by Rita Fotografia de casamento no Algarve, com Stories by Rita

Fotografia de casamento no Algarve, com Stories by Rita Fotografia de casamento no Algarve, com Stories by Rita Fotografia de casamento no Algarve, com Stories by Rita Fotografia de casamento no Algarve, com Stories by Rita Fotografia de casamento no Algarve, com Stories by Rita Fotografia de casamento no Algarve, com Stories by Rita

Perante a mudança de cenário, em que momento começaram a repensar o plano? 

Tínhamos tudo detalhadamente pensado, o espaço, a comida, a redução da lista de convidados, as mesas, o menu impresso,  a decoração, tudo pronto para o grande dia. Mas três dias antes da data, ligaram-me do espaço com a informação de que um dos colaboradores estava positivo e teriam de o encerrar.

De repente, apercebi-me que tínhamos apenas esses três dias para re-organizar o casamento. Liguei ao meu marido que estava a jantar num restaurante com uns amigos, que acabou por falar com proprietário do restaurante, sugerindo que fizéssemos aí o nosso casamento.

 

No dia seguinte marcámos uma visita e foi essa a nossa escolha . O restaurante tinha uma vista maravilhosa, de frente para o mar, mas a decoração era completamente diferente de tudo o que eu tinha pensado. Nesse momento subiu-me uma lágrima e pensei, “não será nada como sempre planeei“, mas na verdade acabou por ser muito melhor do que tudo o que imaginei.

 

Fotografia de casamento no Algarve, com Stories by Rita Fotografia de casamento no Algarve, com Stories by Rita Fotografia de casamento no Algarve, com Stories by Rita Fotografia de casamento no Algarve, com Stories by Rita Fotografia de casamento no Algarve, com Stories by Rita Fotografia de casamento no Algarve, com Stories by Rita Fotografia de casamento no Algarve, com Stories by Rita Fotografia de casamento no Algarve, com Stories by Rita Fotografia de casamento no Algarve, com Stories by Rita Fotografia de casamento no Algarve, com Stories by Rita Fotografia de casamento no Algarve, com Stories by Rita Fotografia de casamento no Algarve, com Stories by Rita

Como geriram esse processo e tomada de decisão? Foi mais difícil o processo logístico ou a decisão pessoal? 

No dia seguinte entrei em contacto com a florista e decoradora, que rapidamente arranjou uma solução. Decidimos novamente o menu, as mesas, e tudo se encaminhou um dia antes do casamento. Funcionou tudo a nosso favor. Tínhamos uma vista maravilhosa, a praia para as fotografias como planeámos, o espaço ao ar livre, e, para completar o dia, o tempo estava maravilhoso. Fomos muito abençoados, foi um dia inesquecível.

 

O resultado é fiel às ideias iniciais ou a experiência acaba por ser muito diferente? 

O resultado foi tal e qual o que planeámos. Vivemos um dia tranquilo, ao lado das pessoas que amamos, podemos estar com todos os convidados, cada minuto foi mágico. Desde a preparação, à cerimónia na igreja, a todos os fornecedores fantásticos, muito atenciosos, aos convidados que se portaram lindamente. Foi um dia muito feliz e cada vez que o relembro, sinto todas as emoções à flor da pele.

 

Fotografia de casamento no Algarve, com Stories by Rita Fotografia de casamento no Algarve, com Stories by Rita Fotografia de casamento no Algarve, com Stories by Rita Fotografia de casamento no Algarve, com Stories by Rita Fotografia de casamento no Algarve, com Stories by Rita Fotografia de casamento no Algarve, com Stories by Rita Fotografia de casamento no Algarve, com Stories by Rita Fotografia de casamento no Algarve, com Stories by Rita Fotografia de casamento no Algarve, com Stories by Rita Fotografia de casamento no Algarve, com Stories by Rita Fotografia de casamento no Algarve, com Stories by Rita

Fotografia de casamento no Algarve, com Stories by Rita Fotografia de casamento no Algarve, com Stories by Rita Fotografia de casamento no Algarve, com Stories by Rita

Para vocês, o que era fundamental? E sem importância? 

Para nós o fundamental era que pudéssemos viver o dia de forma intensa, sem stress, e que pudéssemos estar com cada um dos convidados, pois eram todos muito especiais para nós, tivemos que escolher detalhadamente cada um deles para viver esse dia connosco. Tudo o que vivemos foi importante. Cada detalhe. Não houve nada que não fosse importante, ou fundamental.

 

O que foi mais fácil? E o que foi mais difícil? 

O mais difícil foi, sem dúvida, não ter os meus pais presentes. Fazia parte do meu sonho, mas conseguimos de alguma forma preencher esse espaço estando sempre on-line com eles.

 

Fotografia de casamento no Algarve, com Stories by Rita Fotografia de casamento no Algarve, com Stories by Rita Fotografia de casamento no Algarve, com Stories by Rita Fotografia de casamento no Algarve, com Stories by Rita Fotografia de casamento no Algarve, com Stories by Rita Fotografia de casamento no Algarve, com Stories by Rita Fotografia de casamento no Algarve, com Stories by Rita Fotografia de casamento no Algarve, com Stories by Rita Fotografia de casamento no Algarve, com Stories by Rita Fotografia de casamento no Algarve, com Stories by Rita Fotografia de casamento no Algarve, com Stories by Rita Fotografia de casamento no Algarve, com Stories by Rita

Qual foi o pico sentimental do vosso dia? 

O pico sentimental do dia foi a nossa dança, pois conseguimos transbordar toda a nossa história. Foi muito especial, eu, o meu marido e os nossos filhos. Foi mágico.

 

Um pormenor especial…

Vou falar do meu pedido de casamento. Como já tínhamos tudo planeado, não esperava um pedido de casamento formal, mas aconteceu e de forma mais inesperada. Visitámos os meus pais em Setembro, um mês antes, e o meu marido já tinha planeado pedir-me em casamento aos meus pais, pelos motivos que me levaram a Cabo Verde, não imaginei que ele tivesse tudo planeado sem que eu fizesse a mínima ideia. Num jantar tranquilo em família, sem mais nem menos, ajoelhou-se e fez o tão sonhado pedido em frente aos meus pais. Foi, sem dúvida um pormenor muito especial que contribuiu para o dia muito especial.

 

Fotografia de casamento no Algarve, com Stories by Rita Fotografia de casamento no Algarve, com Stories by Rita Fotografia de casamento no Algarve, com Stories by Rita Fotografia de casamento no Algarve, com Stories by Rita Fotografia de casamento no Algarve, com Stories by Rita Fotografia de casamento no Algarve, com Stories by Rita Fotografia de casamento no Algarve, com Stories by Rita Fotografia de casamento no Algarve, com Stories by Rita Fotografia de casamento no Algarve, com Stories by Rita Fotografia de casamento no Algarve, com Stories by Rita Fotografia de casamento no Algarve, com Stories by Rita Fotografia de casamento no Algarve, com Stories by Rita

Algumas words of advice para as próximas noivas… 

Aproveitem cada minuto do vosso dia, não se preocupem com nada, desfrutem. Vai correr tudo bem e vai sempre haver pessoas maravilhosas a garantir que vai correr tudo bem. Dancem, cantem, ria, vivam esse dia como se fosse único, porque é dia mais especial da vossa vida.

 

 

Os fornecedores envolvidos:

 

convites, materiais gráficos e fotografia: Stories & Rita;

local e catering: restaurante Cantina Del Lobo, em Vale do Lobo;

bolo: Tenoca Doce Panorâmica;

fato do noivo e acessórios: Beautiful Wife, Hugo Boss;

vestido de noiva e sapatos: Beautiful Wife, Aldo, Swarovski;

maquilhagem: Cor de Canela;

cabelos: Salão de Beleza Maria;

bouquet de noiva e decoração: Cidália Sousa e Liliana Ramos;

ofertas aos convidados: Mónica Monteiro;

luzes, som e Dj: DJ Westvil.

Susana Pinto

Inspiração de outono com alianças de casamento Romantis

O outono está já no seu remate final mas ainda temos sido brindados com uns gloriosos dias de sol, com temperaturas amenas durante a tarde.

Apetece recolher a casa, beber um chá quentinho e aconchegar confortavelmente, na companhia das nossas pessoas especiais.

 

Pegando neste tema, a Romantis mostra-nos mais um bocadinho da sua colecção de alianças de casamento em ouro amarelo com cravação manual.

Podem espreitar a oferta completa desta colecção tradicional com um toque moderno no site da marca, e estudar as diferenças e detalhes.

 

As alianças de casamento são objectos sem tempo que contam uma história de amor e transportam essa união de duas famílias para o futuro. A beleza emocional e história que estas pequenas peças espelham é muito mágica, e se calhar raramente pensamos nisso, vemo-las mais como um objecto utilitário, que representa a assinatura do processo civil do que manifestações poéticas e emocionais do coração.

 

Convite de casamento A Pajarita Suporte para as alianças Golden Bird Ceramics Alianças de ouro Romantis Alianças de ouro Romantis Anel de noivado Romantis Anel de noivado Romantis Anel de noivado Romantis Anel de noivado Romantis Anel de noivado Romantis

A acompanhar esta colecção de alianças de casamento em ouro, incluímos estacionário feito à mão pela Joana Duarte, da Molde Design Weddings, e um bonito prato para as alianças da Golden Bird Ceramics, que cria peças personalizadas absolutamente maravilhosas – não deixem de espreitar e, quem sabe, fazer algumas compras de natal muito especiais.

 

Todas as jóias Romantis com diamantes são serializadas e acompanhadas de um certificado de autenticidade, que atesta a genuinidade e qualidade da peça. Passem pelo site e descubram mais opções de anéis de noivado, alianças de casamento em ouro tradicionais e outras mais modernas e poderão encontrar alguns presentes de natal mais especiais.

 

E se estão a considerar a pergunta mais especial, recomendo o nosso artigo dedicado a esse assunto: como escolher e como comprar um anel de noivado.

 

Fotografia de Lounge Fotografia; estacionário de casamento Molde Design Weddings; suporte para alianças Golden Bird Ceramics;  colecção de alianças em ouro e anéis de noivado com diamantes Romantis.

Susana Pinto

Escapadinhas para uma lua-de-mel adiada

Neste ano de solavancos e imprevistos, é bem provável que alguns de vocês tenham posto a tão desejada viagem de lua-de-mel em suspenso até uma altura mais tranquila para retomar as grandes viagens.

 

Ora enquanto estamos neste compasso de espera, a I Go Travel sugere – e muito bem, um plano de escapadinhas de campo e praia. Uma bela ideia, não vos parece?

Se quiserem passear pelo campo, pelas serras, pelas lezírias, pelas praias ou por uma combinação de tudo isto, Portugal oferece de tudo um pouco e tem sítios muito especiais para vos receber.

 

Se são amantes da natureza e procuram sugestões de passeios ao ar livre,, todas as sugestões apontam para o norte de Portugal, mais especificamente para Ponte de Lima, com o fantástico Carmo’s Boutique Hotel. Intimista e elegante, este alojamento está estrategicamente localizado de forma a que possam partir à descoberta das tradições, do património cultural, da costa Atlântica, e da arquitectura da bela região do Porto e Norte de Portugal.

 

Carmo boutique Hotel Carmo boutique Hotel Carmo boutique Hotel

Rumamos a sul, e vamos até ao Alentejo, para a Herdade do Sobroso, nas margens do Alqueva. Rodeado da mais bonita paisagem alentejana e considerado um verdadeiro “retiro dos vinhos”, este alojamento tem tudo para proporcionar momentos inesquecíveis de prazer e descontracção.

Entre as diversas actividades, o safari fotográfico a dois vai permitir-vos descobrir a fauna e flora desta zona maravilhosa de Portugal. Se preferirem, um passeio a pé ou de bicicleta são também excelentes planos a dois para conhecer a herdade e contemplar as espetaculares paisagens alentejanas. E no Alentejo, come-se e bebe-se. Não percam a gastronomia tradicional e a renovada, das entradas até às sobremesas e partam à descoberta das novas propostas que têm aparecido neste território de que tanto gostamos.

 

Campo é muito bonito e tal, mas praia é que é a vossa cena?

Também temos sugestões: um fim-de-semana no Areias do Seixo, na zona oeste. Um lugar mágico a menos de uma hora de Lisboa, onde tudo foi escolhido de forma singular e com muito conforto. Aqui poderão desfrutar das coisas simples da vida, entre as dunas e a praia, e o aconchego de uma fogueira,.

 

Bem perto, em Santa Cruz, a I Go Travel sugere outro sítio fantástico para uma escapadinha a dois: Noah Surf Farm House, um lugar puro que celebra o mar. Criatividade, conforto, acolhimento e sustentabilidade são palavras de ordem num ambiente familiar e descontraído. É um lugar perfeito para escapar ao reboliço de todos os dias e partilhar momentos únicos e felizes. No restaurante da Noah Surf House cada prato é uma viagem que parte dos sabores mediterrânicos, passa pela Ásia e Médio-Oriente e regressa a Portugal: uma outra interpretação genial sloganvá para fora cá dentro“!

 

São indecisos e gostam mesmo de campo e praia? Também temos sugestões, claro!

Situado no coração do Parque Natural da Arrábida, o Hotel Casa Palmela fica na Quinta do Esteval, uma casa do século XVII. Serra da Arrábida de um lado, praias maravilhosas do outro, esta é uma combinação verdadeiramente ganhadora.

Sugerimos com entusiasmo um passeio pelo Sado para ver os golfinhos, meter a mão na massa e fazer pão de trigo no forno a lenha dos Moinhos Vivos ou simplesmente relaxar ao som das ondas do Portinho da Arrábida!

 

Hotel Casa Palmela Hotel Casa Palmela Praia de galapinhos

A I Go Travel tem ao vosso dispor os melhores alojamentos com as melhores ofertas para uma escapadinha romântica. O Natal está à porta, este pode ser um belo presente para a vossa cara metade ou até para os pais ou sogros, que bem merecem uns dias de descanso com vistas que enchem a alma.

Não deixem para a última da hora, com tempo encontramos as melhores ofertas e este ano devem ser ainda mais especiais!

 

Falem com a Andreia Augusto e ela vai planear-vos um fim-de-semana muito fantástico!