Created with Sketch.
Susana Pinto

Um casamento sustentável no countryside inglês: uma delícia!

Hoje mostramos o mais bonito dos dias de Steph + Jordan, no countryside inglês.

 

É engraçado que, ao fim de quase dez anos a escolher e publicar real weddings à sexta-feira, sejam notórias as diferenças de geografia.

Explico melhor: os casamentos americanos são os mais sofisticados e os mais certinhos, seguros, expectáveis e muito elegantes.

Os casamentos australianos, são, neste momento, os meus favoritos: os mais fantásticos e modernos vestidos de noiva, uns cenários sempre giros e umas flores fantásticas, meio exóticas e totalmente surpreendentes.

Os franceses são descontraídos quanto baste (talvez os mais parecidos connosco), os espanhóis estão com uma pinta incrível, sempre com um apuradíssimo sentido de moda, fincas fantásticas e uns ambientes rústicos modernos que nos deixam a suspirar…

E os ingleses, como este, têm duas componentes adoráveis: invariavelmente a cerimónia religiosa é numa pequena capela gótica de aldeia, linda, com um ambiente e dimensão muito especiais, e umas flores, à jardim inglês, que são sempre lindas, com o seu ar campestre ligeiramente domesticado.

 

O casamento da Steph + Jordan, ela ilustradora e designer, ele animador, é exactamente isso.

Está cheio de detalhes bonitos e tem uma forte componente sustentável, a propósito do que falámos no início da semana.

Foi um evento pequeno e intimista, para cinquenta convivas, entre família e amigos. Todo o design gráfico, convites, estacionário, sinalética e pequenos detalhes foram criados pela noiva e são uma delícia.

A deslocação da pequena igreja para o local do copo de água foi feita a pé, o vestido de noiva, lindo, foi comprado em segunda mão no E-Bay (e toda a sua história tem muita graça), o espaço do evento fica na localidade onde a noiva cresceu, e o carro pertencia a amigos da família. As flores, todas espécies tradicionais britânicas, foram escolhidas em função do que estava disponível na estação – e que glorioso é o bouquet da Steph!

As alianças, diferentes, foram encomendadas a artesãos independentes e a comida veio do farmer’s market local: tudo escolhas intencionais, especiais e singulares, que definem as memórias deste dia.

 

 

 

“Jordan was waiting at the church, dressed smartly in a deep grey suit from Hugo Boss and rusty bow-tie and leather brogues. Steph entered the church with her dad, as ‘Air à Danser’ by Penguin Café Orchestra played. I love these ‘first glance’ photos; they are so emotional and romantic.”

 

Durante meses a família reuniu frascos e frasquinhos que foram pintados e serviram para colocar as flores no salão, a refeição servida, um fantástico pequeno-almoço e um barbecue, tudo produzido localmente pela própria quinta e a escolha do bolo dos noivos, his (chocolate e caramelo salgado com praliné de frutos secos) and hers (limão e pistachio com recheio de mascarpone), fizeram as delícias do grupo.

 

Não é exactamente assim que imaginam o mais bonito dos dias? Há aqui tantos detalhes bonitos e tanto amor!

 

Imagens de Megan Elle Photography, via Love my Dress.

Susana Pinto

Penteados para noiva – uma boa dose de inspiração!

Vamos falar sobre inspiração?

Um dos meus sítios favoritos para ver coisas bonitas, quer esteja à procura delas ou apenas a relaxar depois do jantar, é, obviamente o Pinterest.

Tenho conta nesta plataforma desde a sua versão Beta, em 2010 (uma década!), e sou fã desde o primeiro momento: é uma excelente ferramenta de trabalho, uma imensa fonte de inspiração e um arquivo sem fim de imagens bonitas.

 

Ora ao longo destes anos temos construído, todos os dias um bocadinho, um belo arquivo de inspiração para casamentos, na nossa conta Simplesmente Branco do Pinterest.

Aproveito desde já para vos convidar a segui-la, porque é aqui que arquivamos todas as imagens bonitas que nos enchem os dias: entre pura inspiração, para suspirar, e trabalho fantástico de fornecedores seleccionados que é possível contratar, temos muito por onde passear!

 

Hoje vou destacar o arquivo de inspiração para penteados de noiva: aqui estão só ideias boas, seja para cabelos compridos ou médios, apanhados ou soltos, louros ou morenos, lisos ou encaracolados, com flores ou com ganchos, clássicos ou arrojados.

 

Apanhado de noiva clássico com madeixa solta Inspiração para noiva com cabelo apanhado Inspiração para noiva com coroa de flores Penteado de noiva apanhado sem estrutura  Noiva com cabelo solto com ondas

Estas imagens são apenas uma pequena amostra – vão encontrar por lá alguns looks mais modernos, muitos ganchos e travessões – os meus acessórios favoritos, e também muito penteado de noiva com um ar natural e confortável, sem deixarem de ser especiais para a ocasião a que se destinam.

 

Naveguem por aqui, piquem imagens para as vossas colecções – se ainda não têm um inspiration board para o vosso penteado de noiva, é uma óptima altura para começarem um belo arquivo. Se procuram alguma ideia em especial, partilhem-na comigo, irei certamente à procura de imagens exemplares para vos inspirar, ou não fosse navegar no Pinterest uma das minhas ocupações favoritas!

 

Estas imagens estão todas no nosso arquivo, juntamente com mais de centena de outras imagens de penteados de noiva, igualmente inspiradoras. Passem por lá e digam-nos quais são as vossas favoritas!

Susana Pinto

À conversa com: Quinta do Hespanhol – espaço para casamentos

Hoje a conversa é com a equipa da Quinta do Hespanhol, um espaço para casamentos nos arredores de Lisboa, em Torres Vedras.

Fiquem a conhecer em detalhe este espaço mágico e muito romântico, onde uma equipa muito empenhada e atenta vos conduz até ao mais bonito dos dias.

Todos os anos conhecemos casais que nos inspiram e que nos marcam. O melhor que posso dizer é que todos eles depositam totalmente a sua confiança em nós, dando-nos liberdade criativa, desafiando-nos a criar coisas novas e, simplesmente, relaxam e aproveitam todas as partes boas deste processo!

Contem-nos um bocadinho do vosso percurso, como vieram parar ao universo dos casamentos?

Começámos a fazer eventos há mais de 30 anos, inicialmente mais corporativos do que sociais, mas com o tempo focámo-nos mais nos casamentos. É difícil atribuir uma só razão, mas ainda bem que assim foi, os casamentos são muito mais pessoais e desafiantes que qualquer outra festa, não só devido às expectativas criadas após anos a sonhar com este dia como o facto de ser um momento único na vida do casal, um dia que querem partilhar com a pessoas de quem mais gostam, sem terem de se preocupar com mais nada, a não ser desfrutar.

 

ESpaço para casamentos com cerimónia civil ao ar livre: Quinta do Hespanhol  ESpaço para casamentos com cerimónia ao ar livre: Quinta do Hespanhol Espaço para casamentos com cerimónia ao ar livre

A imagem de marca da Quinta do Hespanhol é, na minha opinião, um estilo rústico, campestre e muito romântico. Concordam com esta definição?

Descreve muito bem o estilo da Quinta. O campestre devido, claro, ao estar longe da cidade, e a toda a envolvência verde. O rústico devido à essência da Quinta, nós podemos tentar modernizar a decoração mas isso não faz sentido porque não faz parte da sua identidade. E o romântico pela sua história, aliás, por todas as histórias, as da nossa família e as de todos os casais que por cá passaram. A Quinta acaba por ser o “palco” de um dos dias mais especiais da vida dos nossos noivos, não só acredito que marque muitos deles, como também muitos marcaram a Quinta, é isso sem dúvida que influencia a essência de um espaço.

 

Esta assinatura faz parte do ADN do espaço, ou é algo que escolheram como tendência e tema para este ano? Porquê?

Sem dúvida que não foi escolhido, acredito que com os anos e as histórias que passaram na Quinta, ela foi ganhando carácter, isto não é algo que seja possível criar da noite para o dia, não é algo que seja possível escolher.

Se impusermos um estilo a um sítio, nunca vai haver ligação, é algo que precisa de ser trabalhado e que tem que fazer sentido.

Há uns tempos  a mãe de uma noiva disse-nos algo que nos marcou: “visitámos muitos espaços, muitos com opções dentro do mesmo estilo e até com objectos de decoração iguais, mas pareciam só “postos lá” de propósito, aqui eles pertencem…”.
A lição é esta: não vale a pena forçar estilos para vender casamentos, devemos ser fiéis a nós mesmos e à identidade e natureza do espaço.

 

espaço para casamentos com cerimónia ao ar livre: Quinta do Hespanhol Espaços para casamento: Quinta do Hespanhol Espaços para casar: Quinta do Hespanhol

As tendências da estação… são um assunto de trabalho ou apenas fait-divers?

Depende, há algumas tendências que são pesquisadas e trabalhadas de modo a convergirem com o nosso estilo, e há outras que simplesmente acontecem…! A maioria dos nossos casais interessa-se muito por decoração, e, felizmente têm muito bom gosto e vão ao encontro do nosso estilo.

Quando um casal nos apresenta ideias novas e estilos diferentes, depois das trabalharmos e pormos em prática, muitas vezes acabam no inspiration board do próximo ano!

 

Ter o controle das decisões é importante? Têm uma perspectiva perfeccionista e específica sobre o resultado e a forma como querem que o vosso espaço e trabalho sejam mostrados e vividos, ou é o prazer discutir ideias, de criar e acompanhar o processo, que vos interessa mais na relação com cada projecto, cada cliente?

O controlo das decisões não é, de todo, um objectivo nosso. Cada casal é diferente, pelo que cada casamento também o deve ser. Com o volume de marcações que temos, há certos aspectos que são difíceis de alterar, mas fazemos de tudo para que noivos sintam que estão a receber os seus convidados em casa e que tudo seja um reflexo da sua personalidade e gostos pessoais!

Recebemos casais que chegam com ideias muito determinadas, com fotografias de outros casamentos para que façamos igual, mas faz parte do nosso processo conhecê-los e, com um bocadinho de liberdade criativa, tornar a festa no “seu” casamento.

Somos perfeccionistas e se houver margem, tempo e meios para melhorar, porque não?

 

Espaços para casamento: Quinta do Hespanhol

Onde buscam inspiração para cada nova temporada de trabalho?

Passamos longas e apreciadas horas no Pinterest e recolhemos ideias que depois trabalhamos até fazerem parte do nosso estilo. Outra grande fonte de inspiração são os nossos casais criativos e dispostos a arriscar.

 

E nos momentos de fadiga criativa, como refrescam a mente e o olhar?

Temos boards de inspiração para cada estilo, e quando estamos menos inspiradas, conversamos entre nós, discutir o processo é a melhor maneira de arranjar novas ideias, e tendo em conta a carga criativa dentro da nossa equipa, é uma óptima solução!

 

Espaço para casamentos com salão rústico: Quinta do Hespanhol

Como é o vosso processo de trabalho, como criam uma ligação aos vossos clientes?

O nosso processo não tem sido tão pessoal como gostaríamos, e para a nova estação queremos organizar as visitas de uma forma mais apelativa: uma primeira visita para conhecer o espaço e os serviços, que é mais impessoal e na companhia de outros clientes, que servirá de filtro para a segunda visita, igualmente colectiva e provavelmente acompanhada pelos pais, e que inclui prova de degustação.

A terceira visita será para a mostra da decoração e aqui a atenção é já mais dedicada, conseguimos conhecer melhor os casais e conversar demoradamente de forma a conhecê-los e perceber o seu estilo, o que os inspira e quais as expectativas que têm para o grande dia.

Recomendamos uma quarta visita cerca de três meses antes do evento e uma reunião para percebermos o progresso da organização do casamento. A quinta visita ocorre um mês antes, para fecharmos todos os pormenores da organização do dia. A sexta visita deverá ser na semana anterior, para depositar todo o estacionário e elementos soltos (seating plan, menus, sinalética, lembranças, peças especiais, etc.).

Fechamos o ciclo com a sétima visita, a melhor de todas: o grande dia!

Este é o cenário ideal, mas é claro que nem todos os casais têm esta disponibilidade, por isso, fazendo as visitas indispensáveis, e reuniões via Skype com os nossos casais que vivem fora do país, organizamos tudo!

 

Bolo dos noivos de verão - na QUinta do Hespanhol Espaço para casamentos nos arredores de Lisboa - Quinta do Hespanhol

Qual é a melhor parte de organizar e decorar um casamento? E o mais desafiante e difícil?

A melhor parte é, sem dúvida, quando passamos do papel para realidade, a montagem e depois o resultado final quando corre como idealizámos, é algo extremamente gratificante. O grande desafio é a falta de orçamento para decoração, por parte de alguns dos nossos casais que têm ideias com as quais nos identificamos e que queremos mesmo por em prática- é uma ginástica difícil.

 

Qual foi o casamento em que mais gostaram de trabalhar? Porquê?

Isso é tão difícil de escolher! Todos os anos conhecemos casais que nos inspiram e que nos marcam. O melhor que posso dizer é que todos eles depositam totalmente a sua confiança em nós, dando-nos liberdade criativa, desafiando-nos a criar coisas novas, e simplesmente relaxam e aproveitam todas as partes boas deste processo!

 

Escolham uma imagem favorita do seu portefólio e contem-nos porquê:

Mais uma pergunta difícil… Há certas imagens que ficam guardadas na memória, muitas vezes porque foi uma estreia (de um novo estilo, de uma nova área, etc..), porque são zonas familiares (como as do viveiro), porque é a nossa equipa, ou pelas emoções que transparecem. No dia, com a correria das montagens, apenas a Sílvia (a nossa coordenadora do dia) acompanha os noivos. Quando recebemos as reportagens fotográficas, mesmo com as belas imagens das decorações, as que nos marca mais  são as que captam o “carrocel” de emoções que os noivos atravessaram nesse dia.

 

Quinta do Hespanhol - espaco para casamentos

 

Contactem a Quinta do Hespanhol através da sua ficha de fornecedor. Espreitem a galeria, feita de belas imagens, e contactem o Miguel Fernandes Thomaz directamente através do formulário: é só preencher com os vossos dados e mensagem, e na volta do correio, terão uma resposta simpática.

E não deixem de espreitar o casamento bonito da Filipa + Francisco.

 

Acompanhem estas nossas conversas longas com fornecedores seleccionados Simplesmente Branco, sempre à quarta-feira!

 

Susana Pinto

Lua-de-mel + neve? Oh yeah, baby!

Com o Inverno mesmo quase a bater à porta, a I Go Travel decidiu propor-vos algo diferente: uma lua-de-mel com neve!

 

Estamos habituados a associar a viagem de lua-de-mel a destinos paradisíacos de água azul turquesa e areais a perder de vista, é verdade, mas casar e viajar no inverno também tem o seu encanto e várias vantagens, resultando da mesma forma em memórias inesquecíveis.

 

Já se imaginaram numa cabana no meio da montanha, com um copo de vinho da mão, enroscados junto de uma lareira a crepitar e, lá fora, a neve a cair devagarinho, cobrindo tudo de branco? É isso mesmo!

 

Este é um cenário muito romântico e talvez o ideal para quem gosta de viagens mais curtas, já que em poucas horas está no coração da Europa com vista para as montanhas. E não tenham dúvidas – o conforto nestes países frios é muito superior ao nosso, tudo é aquecido e basta um robusto casaco e calçado apropriado para se desfrutar dentro e fora de portas.

 

Na Europa Central não faltam destinos extraordinários e exclusivos. Os famosos Alpes Suíços escondem ainda tesouros pouco explorados que farão as delícias dos casais que querem aliar a tranquilidade de uns dias a dois à prática de desportos de inverno. Por aqui não faltam paisagens de cortar a respiração e trilhos incríveis que jamais esquecerão.

 

Se são menos desportistas e mais urbanos, a I Go Travel também tem sugestões certeiras. Ignorem o chalet da montanha e escolham a agitação de uma cidade no norte da Europa, como Bergen, na Noruega, que é a porta de entrada para os fiordes e alia uma atmosfera citadina e descontraída à riqueza cultural e natural.

 

Subindo para o interior da Europa, chegam a São Petersburgo, no coração da Rússia, uma cidade misteriosa de grande beleza arquitectónica, com edifícios sumptuosos e uma oferta cultural ímpar.

 

Se quiserem atravessar o Atlântico para uma viagem de lua-de-mel de sonho, há muito mundo por explorar: o Canadá e o Alasca são dois destinos de uma beleza natural incrível, em qualquer estação do ano.

Os Parques Nacionais Banff e Jasper, na província de Alberta, no Canadá, são lugares de referência, bem como os inúmeros lagos que, congelados, se transformam em ringues de patinagem dignos de filme.

Já o Alasca atrai os casais mais aventureiros pela sua beleza peculiar. Desde montanhas que rasgam o céu até à aurora boreal, passando pelos glaciares, o Alasca cumpre o que promete. A biodiversidade alia-se a paisagens impressionantes e o Alasca é ainda um paraíso bem guardado.

 

Rumando ao hemisfério sul, mesmo durante o verão Europeu, vamos encontrar neve e gelo no Chile e na Argentina, dois destinos incríveis, com uma gastronomia e paisagens ímpares, e o mais bonito e doce sotaque espanhol. Estes dois países da América Latina estão repletos de locais mágicos que, definitivamente, merecem a vossa visita.

 

Fazer um passeio de barco até ao Glaciar Perito Moreno, aproveitar para gozar de uma estadia em Buenos Aires (e dançar – ou assistir – a um tango) e usufruir da sua atmosfera cosmopolita ou, então, ficar apenas na região de Bariloche, a praticar desportos de inverno e a namorar – pois se estão em lua-de-mel…! – são algumas das muitas opções que a Argentina vos proporciona.

 

Optando pelo Chile, não há como perder duas das mais belas paisagens do mundo: o Parque Nacional Torres del Paine e o Deserto do Atacama (seguramente a paisagem mais bonita que já vi!). Perto da capital, Santiago, há também várias estâncias de sky, para casais que não dispensam a adrenalina.

 

Começámos este roteiro dentro da Europa,  atravessámos o Atlântico e terminamos na outra ponta do mundo.  Na Nova Zelândia podem usufruir das belíssimas estâncias de sky e mergulhar nas piscinas termais de águas aquecidas naturalmente, por entre montanhas, florestas ou lagos.

 

Como vêem, se calor e praia não é a vossa ideia de uma viagem de lua-de-mel perfeita, há um mundo inteiro por explorar, literalmente, em busca  do vosso sonho.

Com estas sugestões, aposta que concordam com a I Go Travel : lua-de-mel + neve? Oh yeah, baby!

 

As imagens belíssimas são da Shelby + TJ, do blog Pretty in the Pines, em viagem pelo Parque Natural de Banff, em Alberta, passem por lá para saber como foi!

 

Susana Pinto

Sukses Design – convites de casamento artesanais: um fornecedor Simplesmente Branco!

Hoje damos as boas-vindas a um projecto maravilhoso: apresento-vos a Sukses Design – convites de casamento artesanais.

 

A marca é novinha e nasce das mãos, cabeça e coração da Joana Bastos. Aqui tudo é delicado e singular: as cores, as texturas, os acabamentos, a qualidade do desenho gráfico.

Há variações no acabamento final, como os lacres ou a fita de seda desfiada, tingida no mesmo tom – e as cores densas e ricas destes envelopes de papel artesanal, com as arestas esfiapadas como se viessem de outro tempo, são incrivelmente apetecíveis.

 

O conceito surgiu após uma partilha de ideias com alguém que procurava inspirações para o seu casamento. Esta conversa despertou o lado romântico  da Joana, que outrora estava adormecido. Com esta ideia a germinar, e através daquilo que é a sua essência, revelou-se aquilo que mais preza e aprecia: os materiais, as texturas, as sensações e os suspiros que são a base deste projecto.

 

Convites de casamento em papel feito à mão

Convites de casamento em papel artesanal - Sukses Design Convites de casamento artesanais - Sukses Design Estacionário para casamento em papel artesanal, da Sukses Design Fitas de seda tingidas à mão para bouquet de noiva

Passou menos de um mês desde que descobri o trabalho da Sukses Design – convites de casamento artesanais. Antevejo-lhe um futuro radioso, cheio de sucesso, e é com um imenso entusiasmo que lhe dou as boas-vindas ao Simplesmente Branco.

Encontrar trabalho assim bonito e mostrá-lo de fora ampliada é a nossa missão e um imenso prazer – como não partilhar as coisas que nos encantam?

Tudo o que aqui está é reflexo da descrição da Joana Alves: faz-me suspirar.  Tenho a certeza de que a vocês também!

 

Convites de casamento, marcadores de mesa, marcadores de lugar, ementas e tudo o que faz parte do estacionário bonito das ocasiões especiais tem lugar cativo aqui. Passem pela ficha de fornecedor da Sukses Design – convites de casamento artesanais, vejam todo o portefólio com a atenção que merece e entrem em contacto com a Joana Bastos, através do formulário. Ela vai gostar muito de conversar convosco!

Susana Pinto

Dicas para casar: pequenos passos para um casamento sustentável

A propósito da recente passagem da jovem Greta Thunberg por Lisboa, e pegando no assunto do momento, juntamos algumas sugestões para pensar um casamento sustentável e mais eco-friendly.

Não alinho em opiniões ortodoxas, em que tudo apenas pode ser  ou preto ou branco. Dessa forma extremada não chegamos a lado nenhum e levamos a vida zangados com tudo e com todos: não é forma de estar, pois não?

 

Cada um de nós tem o poder de iniciar a mudança e ao começarmos de forma consciente e confortável, com aquilo que está na nossa mão, algo bom vai acontecer. Esqueçam os grandes gestos, que não são compatíveis com a vida moderna que queremos ter – não vamos deixar de andar de avião, não vamos deixar de andar de carro, não vamos passar a ser todos vegetarianos, certo? Mas podemos andar a pé ou de transportes públicos quando isso é possível, implementar uma dieta mediterrânica que alterna carne, peixe e proteína vegetal, recusar os sacos de plástico em tantas pequenas coisas que trazemos do supermercado, etc., etc..

 

O mais bonito dos dias é um evento (como todos) com imenso potencial de desperdício – vamos assumi-lo. Da decoração à comida, passando pelo vestido de noiva, muitos dos seus elementos são de uso único.

Mas não vale a pena ficarmos radicais, renegar tudo o que faz este dia ser tão especial e transformarmo-nos em forretas miseráveis que não consomem nada – se assim é, fazer uma festa com este simbolismo não faz sentido, sequer. É outra coisa e não há problema nenhum com isso.

 

Há muitas formas de pensarmos a festa com consciência ecológica e de forma sustentada, que não têm impacto na sua fruição e beleza, e é disso que vamos falar hoje, de forma pontual, nas nossas dicas para casar.

 

Inspiração para casamento sustentável com flores desidratadas no bouquet de noiva. Bouquet de noiva com flores de algodão desidratadas para um casamento mais ecológico.

Começamos pelo óbvio – eliminar o plástico e desperdícios de maior. Aqui, apontamos o dedo aos balões, com e sem led luminoso, e às palhinhas.

 

Dois elementos que não são essenciais, mas que pelo seu consumo às centenas têm um impacto imenso no ambiente.

O efeito visual de uma leva de balões iluminados a subir pelos ares é mágico, sim, mas mesmo os balões em latex, que são biodegradáveis, demoram seis meses a desaparecer e entretanto deixam o rasto impressionante de estragos, sobretudo quando chegam ao mar.

Quanto às palhinhas, até a Bacardi já as baniu dos seus eventos em 2016! Existem opções, como a marca Sorbos, versões em bambu ou, simplesmente, podemos eliminá-las da lista, porque não são essenciais para saborear um fantástico e delicioso cocktail.

 

Passamos a outro grande assunto: o transporte.

Todas as deslocações de carro que possam ser evitadas, devem mesmo sê-lo. Não só cortam nas emissões de CO2 para a atmosfera, como trazem conforto acrescido aos vossos convidados. A solução ideal para este simpático compromisso é celebrar a cerimónia e a festa no mesmo local. No caso de casamento civil, isso é mais fácil. Se falamos de casamento pela Igreja, será certamente mais desafiante, mas não é, de todo, impossível – há vários espaços para casamento com capela própria ou muito próximos de igrejas. Falem com o vosso pároco atempadamente e avaliem as possibilidades.

Se a deslocação for inevitável, há sempre a hipótese de proporcionar transporte colectivo aos convidados e, se possível, eléctrico!

 

Inspiração para casamento com flores de algodão desidratadas. Inspiração para casamento com flores de algodão desidratadas. Decoração de casamento sustentável com flores desidratadas.

Passamos à decoração e agarramos na tendência da estação com entusiasmo: já pensaram em flores desidratadas?

Ultimamente temos sido inundados de imagens maravilhosas e muito inspiradoras dos novos bouquets e centros de mesa que mistura flores naturais com flores desidratadas. Tudo começou com a chegada repentina da erva-das-pampas há cerca de dois verões e na sua companhia vieram as restantes espécies. Hoje co-habitam alegremente com as espécies frescas e os resultados são maravilhosos.

 

As flores desidratadas consomem menos recursos à posteriori e a sua duração é longa, tanto em stock e armazém como no próprio evento, podendo ser reaproveitadas de muitas formas. Se a maior parte da inspiração que vemos por aqui e por ali continua a ser estrangeira, tomem nota que em Portugal temos óptimos profissionais que já exploram esta tendência com resultados muito, muito bonito – espreitem o trabalho da Isabel Castro Freitas, de O Bosque ou da KcKliko.

 

Decoração de casamento sustentável com flores desidratadas. Decoração de casamento sustentável com flores desidratadas. Decoração de casamento sustentável com centro de mesa feito com flores desidratadas.

E fechamos com o mote essencial – pensar global, agir local.

Manifestem aos vossos fornecedores a preocupação com a origem dos produtos a usar – novamente, com as flores frescas, mas também com a comida. Reforcem a ideia de sazonalidade, do consumo de produtos locais e regionais e de toda uma selecção de menu mais simples na sua confecção mas igualmente deliciosa. Menos quantidade, muita qualidade e tudo muito saboroso. Isso fará a diferença entre uma festa normal e um casamento sustentável.

Confirmem com o vosso serviço de catering o destino das sobras – se não há (o que, felizmente, já é raro hoje em dia), façam o vosso trabalho de casa e proponham algumas opções como a ReFood ou uma associação  local próxima.

 

E rematem com chave de ouro, agradecendo a presença dos vossos convidados no vosso dia com uma oferta solidária. Já falámos nisto muitas vezes por aqui. Seleccionámos um conjunto de instituições cujo trabalho admiramos e que vos recomendamos para que transformem as lembranças para os convidados do casamento em contribuições para o bem-estar das pessoas que os nossos parceiros apoiam.

Acabam com a pegada ecológica, facilitam alguma logística, ajudam quem precisa, na medida da vossa generosidade, sensibilizam os vossos convidados e amigos e podem, com isso, gerar toda uma cadeia de partilha de conhecimento e valor para com a instituição que escolheram, de forma pública, informada e, com uma dose de optimismo, viral (e que bonito que isso pode ser…!).  Esta pequena lista parte de escolhas pessoais porque conhecemos pessoas envolvidas de ambos os lados (quem lá trabalha e quem foi ajudado), e de contactos profissionais que vamos tendo –  estes projectos são valiosos e muito importantes nas comunidades que servem, e revemo-nos neles.  Vocês terão os vossos, os que vos são próximos do coração – não há argumento melhor do que esse quando é altura de escolher quem ajudar!

Um por cento do vosso orçamento é quanto basta para causar verdadeiro impacto na vida de algumas pessoas. Façam um discurso fofo que explique o vosso gesto, um brinde saboroso e pronto! Sem pegada, é mais um elemento para um casamento sustentável e com muito, muito amor.

 

Falámos de meia dúzia de assuntos e ao de leve. Ainda assim, tudo conta para tornar o vosso casamento sustentável, a soma dos pequenos gestos resulta num impacto considerável. É assim que mudamos o mundo!

 

Imagens bonitas via Magnolia Rouge.

 

Não percam as nossas dicas para casar, sempre à segunda-feira!

Susana Pinto

Bolo dos noivos, sapatos de noiva e um belo bouquet: um trio perfeito!

Para o nosso trio de bolo dos noivos, bouquet de noiva e sapatos de noiva de hoje, apostamos em pares perfeitos: dourado e prateado (quem diria que iam tão bem juntos…?), flores frescas e flores desidratadas.

 

Começamos, como sempre, por um belo par de sapatos de noiva: desta vez, são umas sandálias de tirinhas douradas e prateadas, com salto médio fino e textura de serpente. Parece uma descrição um bocadinho intensa, mas garanto-vos, estas sandálias são lindíssimas e super elegantes. Eu que adoro verniz colorido (manicure francesa não me assiste!), para este par de sapatos de noiva recomendo um tom nude e delicado, já que este modelo faz a festa completa!

Seja a acompanhar um vestido de rendas delicadas, organza de seda ou um robusto mikado ou brocado, são, sem dúvida, o par de sapatos de noiva perfeito!

 

Mantendo o espírito elegante e delicado, escolhemos um bonito bolo dos noivos de uma só camada, em versão semi naked (quando a cobertura cremosa não tapa a totalidade do bolo, mas quase), decorado com flores desidratadas e despigmentadas- claramente, o must da estação!

Esta tendência que se está a instalar devagarinho mas com firmeza tem muita graça – não só porque as opções existentes são realmente bonitas, acrescentam textura e tons interessantes, mas também pela pegada ecológica. As flores desidratadas têm menos desperdício, duram muito tempo e permitem o reaproveitamento.

 

Fechamos com um belo bouquet de noiva artístico, que também mistura flores frescas com flores desidratadas. Caso para dizer, como o Fernando Pessoa, “primeiro estranha-se, depois entranha-se”!

Este bouquet é muito escultural e também incrivelmente cheio de personalidade, sozinho enche a fotografia, por isso, se escolherem algo assim, tudo o que o acompanha deve ser singelo, de linhas simples e super elegante, para que haja um diálogo entre as peças e não uma discussão aos gritos!

 

Bolo dos noivos decorado com flores desidratadas. Sapatos de noiva metalizados com tirinhas. Sapatos de noiva metalizados, com tirinhas. Bouquet de noiva artístico com mistura de flores desidratadas e flores frescas.

Estou cada vez mais fascinada com este foco nas diferentes texturas e formas que acrescentam interesse e nos puxam o olhar, em vez da utilização de paletas de cores fortes e dominantes. O que me dizem vocês?

 

De cima para baixo, bolo dos noivos com uma camada, em versão semi naked, decorado com flores desidratadas, de Flour Press; sapatos de noiva com tiras metalizadas em dourado e prateado, na Üterque, por 99 euros; bouquet de noiva com antúrios frescos e  flores desidratadas, de D’Amour et de Déco.

 

Para acompanhar estes nossos trios perfeitos que publicamos todos os domingos, basta que sigam as nossas etiquetas (a partir da homepage) ou aqui no topo do artigo: sapatos e sunday shoes; cake! e bolo; bouquet e um belo bouquet.

Bom domingo!