Created with Sketch.
Susana Pinto

Casamento rústico em Penafiel: Ana + Joep

Para hoje, escolhemos um casamento rústico em Penafiel, na Quinta da Eira.

Foi um dia mágico e muito animado (inclui um jogo de futebol e uma entrada da noiva a cantar), que a Ana, portuguesa e o Joep, holandês, festejaram com a presença da pequena Sophie e de um animado grupo de familiares e amigos, de difrentes origens e nacionalidades.

A ajudá-los a concretizar o dia que imaginaram, estiveram quatro amigos especiais e uma selecção cuidada de fornecedores do Simplesmente Branco: as fotografias são dos Feel Creations, o estacionário e detalhes gráficos foram feitos pela dupla In Love Unique Weddings e a organização do casamento ficou a cargo da equipa de wedding planners, Something Borrowed.

 

Casamento rústico em Penafiel, na Quinta da Eira.

 

 

 

 

 

Quando a resposta foi “sim!”, como é que imaginaram o vosso dia?

Exactamente como o concretizámos, um casamento em Portugal, um casamento português e holandês, com os nossos amigos, família e, acima de tudo, com a nossa pequenina Sofie presente!

 

Sentiam-se preparados ou foi um caminho com muitos nervos?

Foi um caminho tranquilo e sem medos, só na semana antes do casamento é que a ansiedade tomou um pouco conta de nós!

 

 

 

 

 

 

 

Em que momento da organização do casamento é que sentiram, «é mesmo isto»?

Quando tivemos uma reunião em casa, com os nossos mestres de cerimónia!

 

O resultado é fiel às ideias iniciais ou muito diferente? Contaram com alguma ajuda?

O resultado foi muito, muito melhor do que estávamos a espera, tivemos um dia fantástico e foi, sem dúvida, o melhor dia das nossas vidas! Tivemos a ajuda dos Mestres de Cerimónia que foram extraordinários (Alice, Leonie, Jens e Robert). Eu e o Joep decidimos escolher dois amigos cada um, para nos ajudarem a preparar o nosso dia. Logisticamente, com cerca de 50 convidados holandeses a chegar, foi imprescindível a ajuda deles! Depois a Quinta da Eira, não poderia estar mais satisfeita com toda a ajuda e empenho para que o casamento corresse às mil maravilhas! E também tivemos a ajuda das wedding planners da Something Borrowed.

 

 

 

 

 

 

 

O que era fundamental para vocês? E sem importância?

Como se diz em holandês, que o dia fosse “gezellig” para toda a gente, como iria ser para nós: que toda a gente gostasse e aproveitasse este dia tanto quanto nós, e que fosse memorável! Não estávamos nada preocupados com horários e timeline.

 

O que foi mais fácil? E o que foi mais difícil?

O mais fácil foi dizer “sim”, e o mais difícil foi o dia seguinte, pensar que tudo aconteceu tão depressa e que já tinha terminado!

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Qual foi o pico sentimental do vosso dia?

O primeiro momento, quando a Ana, acompanhada pelo o pai e damas de honor, entrou a cantar a música “Amor para a vida toda”, da Carolina Deslandes, acho que quase toda gente chorou!

 

Um pormenor especial?

A primeira música ter sido tocada ao vivo pela Estudantina Feminina de Coimbra, grupo de que a Ana fez parte

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Agora que já aconteceu, mudavam alguma coisa?

Nada, foi muito melhor do que alguma vez imaginámos, agora é só recordar e para isso temos as fantásticas fotografias da FeelCreations!

 

Algumas words of advice para as próximas noivas…

Aproveitem ao máximo e deixem que as coisas aconteçam naturalmente, os momentos inesperados são, na maior parte das vezes, aqueles que ficam na memória de cada um!

 

 

 

 

 

 

 

Os fornecedores envolvidos:

 

convites e materiais gráficos: In Love Unique Weddings;

organização: Something Borrowed;

espaço, decoração e bouquet da noiva: Quinta da Eira;

vestido de noiva: Pronovias;

fotografia: Feel Creations;

banda: The Trip Band.

 

 

Marta Ramos

Lendas e histórias de amor, por Feel Creations

O castelo de Santa Maria da Feira é um dos exemplos mais completos de arquitectura medieval portuguesa, tendo assumido um papel primordial em batalhas desde a causa independentista de D. Afonso Henriques até ao século XVI. Hoje, é o centro de actividades culturais e de lazer do concelho – e um ícone romântico por excelência. Reza a lenda que um alcaide mouro de Santa Maria da Feira se disfarçou de mendigo e planeou o sequestro de uma donzela cristã, para depois fingir tê-la salvo dos raptores, lavando a rapariga a apaixonar-se e a aceitar viver com ele no castelo.

A Feel Creations foi até lá para registar mais uma história de amor: «A Bárbara e o João são de Santa Maria da Feira e pediram-nos para começarmos a sessão de namorados no castelo. Não poderíamos ter começado melhor, dado que o ambiente rústico e medieval do local se conjugou na perfeição com a cumplicidade do casal. Depois de explorarmos o castelo – as escadas, os interiores e as esquadrias de pedra –  descemos à cidade. A Bárbara e o João são tão curiosos, intensos e aventureiros, que praticamente nos esquecemos do contexto que nos circundava, orientando o nosso registo fotográfico para o casal e para os gestos que iam trocando. Acabámos a sessão junto dos estábulos da Feira Medieval, num cenário idílico que misturou o tom primaveril das camélias com o sol torrado de fim de tarde.»

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Não deixem de consultar as duas fichas de fornecedor seleccionado da Feel Creations para ficarem a conhecer melhor o seu trabalho: a de  fotografia  e também a de vídeo. E acompanhem os artigos que vamos publicando acerca deste talentoso quarteto.

Marta Ramos

A lovely day to be caught in the rain, por Feel Creations

«Isn’t this a lovely day to be caught in the rain?», cantam Ella Fitzgerald e Louis Armstrong num dos seus sublimes duetos. Ver este filme da Feel Creations deixou-me a cantar esta canção ininterruptamente – e só lhes posso agradecer por isso, que melhor banda sonora para um dia feriado e chuvoso como o de hoje?

Escutemos o seu relato deste lovely day: «O dia começou num rebuliço. Quando chegámos a casa da Margarete, a mãe não escondia o nervosismo. Subia e descia as escadas de forma constante, fazendo tremer a casa. Assim que entrámos no quarto da noiva, reparámos na estante, que enchia o ambiente de lombadas coloridas. Revelou ser fã da cultura japonesa. E isso era notório – tanto pelo facto de ter a colecção de Samurai X, como por ter decorado o casamento com figuras origami. O noivo, escapando-se à azáfama, vestiu-se no Hotel Fénix, mesmo no coração do Porto. A família chegou pouco depois, acompanhando o noivo até ao Mosteiro do Pedroso, onde aconteceu a cerimónia. À saída esperavam-nos as tunas da Universidade de Beira Interior que, de surpresa, estenderam as capas no chão para receber os noivos e lhes cantaram as músicas que outrora dançaram. Os noivos, entusiasmados, acompanharam. Foi uma festa. Apesar da chuva ter ameaçado desde cedo, só se manifestou a meio da tarde.»

A Margarete e o Miguel escolheram outros dois fornecedores Simplesmente Branco para dar forma ao seu dia: o design floral esteve a cargo de Isabel Castro Freitas e a maquilhagem foi assinada por Jenny Make-up Land. Só boas escolhas para um resultado muito feliz.

 

 

Créditos:

 

espaço: Quinta do Rio
vestido da noiva: Pronovias
fato do noivo: Miguel Vieira
design floral: Isabel Castro Freitas
maquilhagem: Jenny Make-up Land
design gráfico: Kitschnet

 

Não deixem de consultar as duas fichas de fornecedor seleccionado da Feel Creations para ficarem a conhecer melhor o seu trabalho: a de vídeo e também a de fotografia. E acompanhem os artigos que vamos publicando acerca deste talentoso quarteto.

Marta Ramos

Damos as boas-vindas: Feel Creations – Wedding Photo & Film!

As boas-vindas de hoje são dadas ao Bruno, à Marta, ao Bernardo e ao Luís – e à Feel Creations – Wedding Photo & Film!

 

A Feel Creations é formada por uma equipa de profissionais qualificados em que a principal metodologia resgata os princípios da fotografia e cinema documental, partindo da observação criativa das pessoas e do meio. A abordagem é pontuada por uma especial atenção ao detalhe e às micro-narrativas individuais, colocando as pessoas no centro do seu trabalho, na procura dos gestos e emoções do dia. Garantem um trabalho de qualidade, feito com dedicação e energia.

Escolheram trabalhar na área dos casamentos «pela dinâmica e exigência do dia e por um casamento ser um autêntico laboratório de emoções, onde aplicamos a nossa destreza e sagacidade do olhar. Os casamentos são o contexto ideal para celebrar as pessoas, e nós consideramos que são as peças fundamentais do nosso trabalho. É com elas que trabalhamos e com elas que queremos crescer como profissionais.»
E orgulham-se de fazer dos clientes amigos.

 

boas-vindas Feel Creations

 

 

 

 

Não deixem de consultar as duas fichas de fornecedor seleccionado  da Feel Creations, a de fotografia e a de vídeo, para ficarem a conhecer melhor o seu trabalho.

 

Bruno, Marta, Bernardo e Luís, bem-vindos ao Simplesmente Branco!