Created with Sketch.
Marta Ramos

Signed, sealed, delivered: por Molde Design Weddings

Hoje desvendamos mais um detalhe bonito e delicado da Molde Design Weddings, que consiste no modo como fecham o envelope dos vossos convites de casamento. Há sempre espaço para personalizar o vosso dia e tudo começa na forma como o comunicam àqueles que escolheram para o passarem convosco.

Lembram-se dos selos de lacre de antigamente? A Joana Duarte recupera essa tradição romântica e aplica-a aos convites que cria, dando-lhe inúmeros formatos. Podem ser corações, vieiras ou outros objectos que vos digam algo; podem ser selos de lacre com um sinete a imprimir-lhes uma imagem que queiram associar à vossa união; ou, tal como nos tempos das cartas escritas com pena e tinta, um lacre com sinete personalizado (com o vosso monograma, por exemplo). A imaginação é o limite. Vejam os exemplos que reunimos nas imagens abaixo e depois discutam as vossas ideias com a Joana, que terá todo o prazer em criar um selo à vossa imagem.

 

A Molde Design Weddings é, sobretudo, vossa conhecida por criar convites de casamento muito especiais. Elegantes, com a mistura perfeita entre design e sofisticação, são o resultado da flexibilidade e dedicação da Joana Duarte, que acredita em resultados únicos, dedicados, feitos à sua medida: “Basta que nos digam, nós fazemos o resto!”
Mas contem também com a criatividade desta marca para os livros de honra, peças decorativas, cake toppers, acessórios e muitas outras coisas que, sempre que surgem, nos surpreendem.
Não deixem de acompanhar os nossos posts acerca do trabalho Molde e falem com a Joana, que está à vossa espera para criar detalhes bonitos – a condizer convosco.

Marta Ramos

To love and to hold, por Molde Design Weddings

Hoje desvendamos mais uma das criações sempre bonitas e delicadas da Molde Design Weddings: um porta-alianças que, para além de ser muito fotogénico, ficará igualmente bem na vossa casa – uma recordação do vosso dia feliz que poderão utilizar todos os dias.

Trata-se de uma taça gravada que poderão personalizar como desejarem. Um monograma, as vossas iniciais, a data do casamento, uma frase especial para vocês os dois ou qualquer outro elemento gráfico que faça parte da imagem do vosso casamento.

Sendo uma peça sofisticada, poderá integrar-se perfeitamente num casamento mais rústico. Uma sugestão da Joana Duarte é o uso de musgo no interior da taça. O contraste do verde escuro com o branco é sempre eficaz. E, a rematar, as alianças sobre o musgo.

Depois do casamento, esta peça poderá ser levada para vossa casa e utilizada, por exemplo, para guardar anéis.

 

 

 

 

 

A Molde Design Weddings é, sobretudo, vossa conhecida por criar convites de casamento muito especiais. Elegantes, com a mistura perfeita entre design e sofisticação, são o resultado da flexibilidade e dedicação da Joana Duarte, que acredita em resultados únicos, dedicados, feitos à sua medida: “Basta que nos digam, nós fazemos o resto!”
Mas contem também com a criatividade desta marca para os livros de honra, peças decorativas, cake toppers, acessórios e muitas outras coisas que, sempre que surgem, nos surpreendem.
Não deixem de acompanhar os nossos posts acerca do trabalho Molde e falem com a Joana, que está à vossa espera para criar detalhes bonitos – a condizer convosco.

Marta Ramos

Peónias: um convite Molde Design Weddings

A Molde Design Weddings cria convites de casamento muito especiais. Elegantes, com a mistura perfeita entre design e sofisticação, são o resultado da flexibilidade e dedicação da Joana Duarte, que acredita em resultados únicos, dedicados, feitos à vossa medida: “Basta que nos digam, nós fazemos o resto!”

«As pessoas já pediam coisas diferentes e nós estávamos cheias de vontade de dar asas à imaginação. Começámos assim e mantivemo-nos assim, sempre com vontade de apresentar peças novas, personalizadas, que tenham a ver connosco mas acima de tudo que façam os nossos casais muito felizes.»

Hoje partilhamos convosco um trabalho muito recente da Molde: «A Rita e o João, quando reuniram connosco, não vinham com um layout definido mas sabiam que queriam algo que tivesse a ver com a decoração floral da quinta. A noiva gostava muito de peónias com tons creme e rosa muito clarinhos.»
A partir destes dados, a Joana deu asas à sua criatividade e o resultado aparece radioso, como um ramo de peónias em formato de cartão. Que maneira bonita de se convidar as pessoas mais queridas para um dia tão especial!

 

 

 

 

Dizem as regras que os convites deverão ser feitos e enviados com uma antecedência de 6 a 3 meses em relação ao dia do casamento, mas outros intervalos serão ainda bastante aceitáveis. O importante é que tenham em conta a logística (o espaço e o catering), e os números finais, em tempo útil: quanto mais convidados tiverem, maior deverá ser o prazo que separa a confirmação da resposta em relação à data do evento, para que tudo se organize da melhor forma. Para mais detalhes sobre como gerir esta questão eficazmente, leiam o nosso artigo de wise words dedicado ao assunto.

Não deixem de acompanhar os nossos posts acerca do trabalho Molde e falem com a Joana, que está à vossa espera para criar detalhes bonitos – a condizer convosco.

Marta Ramos

On the road, por Molde Design Weddings

A Molde Design Weddings vai fazer uma pequena pausa durante a próxima semana, para recarregar as baterias criativas e regressar em pleno cheia de coisas bonitas para o vosso casamento. Uma das minhas peças preferidas da Molde são os convites passaporte, e hoje trago-vos mais um exemplar fresquinho, criado para o casamento da Ana e do Manuel, no passado mês de Maio: «As pessoas já pediam coisas diferentes e nós estávamos cheias de vontade de dar asas à imaginação. Começámos assim e mantivemo-nos assim, sempre com vontade de apresentar peças novas, personalizadas, que tenham a ver connosco mas acima de tudo que façam os nossos casais muito felizes. »

 

Mensagem Molde Design Weddings

 

Convite Passaporte Molde Design Weddings

 

Convite Passaporte Molde Design Weddings

 

Convite Passaporte Molde Design Weddings

 

Convite Passaporte Molde Design Weddings

 

A Molde Design Weddings cria convites de casamento muito especiais. Elegantes, com a mistura perfeita entre design e sofisticação, são o resultado da flexibilidade e dedicação da Joana, que acredita em resultados únicos, dedicados, feitos à vossa medida: “Basta que nos digam, nós fazemos o resto!” Contem com a criatividade desta menina igualmente para os livros de honra, peças decorativas, cake toppers, acessórios… A Molde é viciante!

Nesta viagem até aos dias de hoje, orgulho-me da imagem que construímos, das peças que criámos e das pessoas que fomos conhecendo pelo caminho. Sem elas, nada disto hoje seria possível. É uma benção ter tanta gente que desde o início acreditou no nosso trabalho.

Acompanhem os nossos posts acerca do trabalho Molde e falem com a Joana, que está à vossa espera para criar detalhes bonitos a condizer convosco.

Susana Pinto

Casamento rústico em Alenquer: Alexandra + Francisco

A Alexandra + Francisco casaram em Alenquer em Setembro, esse mês da luz mágica e dourada.  Parceiros deste casamento bonito, foram uma boa meia dúzia de fornecedores seleccionados Simplesmente Branco: a fotografia e vídeo são do Miguel Ribeiro Fernandes, os convites e materiais gráficos são das meninas Amor e Lima  (assim como o bouquet de noiva) e da Molde Design Weddings, a maquilhagem ficou por conta da Kabuki Makeup by Rita Amorim, a decoração e catering são do Páteo Velho e a pista animada é da Jukebox.

O resultado é, claro, muito bonito. Da energia sorridente e muito contagiante da Alexandra, aos inúmeros abraços apertados, passado pelo segundo vestido (o da mãe!) e os belos pastéis à saída da igreja, com o topo de bolo da Senhor de si, há aqui muitos detalhes para vos deliciar e inspirar.

Bom fim-de-semana!

 

Casamento rústico em Alenquer

 

Casamento rústico em Alenquer

 

Quando a resposta foi “sim!”, como é que imaginaram o vosso dia?

Imaginámos um dia simples, descontraído em que conseguíssemos desfrutar tranquilamente de todos os momentos. Queríamos que tudo corresse da melhor forma possível, sem grandes preocupações e ter por perto as pessoas que nos são mais queridas, nunca faltando a boa disposição.

 

Sentiam-se preparados ou foi um caminho com muitos nervos?

Preparadíssimos! Foi um caminho feito com calma, porque já tínhamos algumas ideias em mente, o que tornou tudo um pouco mais fácil. Contudo, há sempre momentos de maior ansiedade mas que conseguimos lidar e superar muito bem.

 

Casamento rústico em Alenquer

 

Casamento rústico em Alenquer

 

Casamento rústico em Alenquer

 

Casamento rústico em Alenquer

 

Em que momento da organização do casamento é que sentiram, «é mesmo isto»?

Fomos sentindo muitas vezes ao longo de todos os meses de preparação (9 meses), sempre que alguma coisa era escolhida definitivamente, ficávamos muito felizes, tendo a certeza que a escolha seria a perfeita. Mas foi no próprio dia do casamento, que ao longo do dia sentimos que tudo estava a acontecer como tínhamos idealizado,  superando até, todas as nossas expectativas.

 

Casamento rústico em Alenquer

 

Casamento rústico em Alenquer

 

Casamento rústico em Alenquer

 

O resultado é fiel às ideias iniciais ou muito diferente? Contaram com alguma ajuda?

Tínhamos uma ideia muito vincada sobre o estilo de casamento, queríamos um casamento simples, elegante e muito descontraído. Ao longo dos meses de preparação foram sempre surgindo novas ideias, algumas fomos nós próprios a concretizar e para outras pedimos ajuda. Todos os pormenores pensados fizeram a diferença, tornado o dia ainda mais nosso. Fizemos uns Santo Antónios para todas as solteiras que não ficaram com o bouquet, as letras da pista, o nosso próprio photobooth. Deu-nos imenso gozo fazer e adoramos a reacção de todos os convidados. Contámos também com a ajuda da Amor e Lima, que tratou de todos os materiais gráficos e da Molde Design Weddings, que fez o livro de honra, o quadro para todos os convidados pintarem a sua impressão digital e a medalhinha que levei no meu bouquet.

 

Casamento rústico em Alenquer

 

Casamento rústico em Alenquer

 

Casamento rústico em Alenquer

 

Casamento rústico em Alenquer

 

O que era fundamental para vocês? E sem importância?

Tudo foi fundamental e importante, queríamos que todos vivessem o dia com a mesma intensidade que nós, que houvesse alegria e boa disposição.

 

O que foi mais fácil? E o que foi mais difícil?

O mais fácil foi aproveitar e desfrutar ao máximo aquele dia maravilhoso, depois de tanta preparação, foi, sem dúvida, o mais fácil e delicioso. O mais difícil foi a escolha da quinta, uma vez que queríamos mesmo casar em Setembro, tornou-se complicado conciliar uma data, mas não podíamos ter escolhido melhor, um lugar lindo e muito acolhedor.

 

Casamento rústico em Alenquer

 

Casamento rústico em Alenquer

 

Casamento rústico em Alenquer

 

Casamento rústico em Alenquer

 

Casamento rústico em Alenquer

 

Casamento rústico em Alenquer

 

Qual foi o pico sentimental do vosso dia?

Foram vários os picos sentimentais sentidos ao longo do dia, mas a cerimónia é, sem dúvida, o momento mais marcante. A escolhermos um, foi o discurso feito pelo noivo no final da missa, que sensibilizou muito os convidados, deixando uma lágrima nos olhos da noiva.

 

Casamento rústico em Alenquer

 

 

Casamento rústico em Alenquer

 

Casamento rústico em Alenquer

 

Casamento rústico em Alenquer

 

Casamento rústico em Alenquer

 

E o pico de diversão?

O dia foi todo vivido em grande diversão, mas a nossa entrada na sala foi muito animada, sem ensaios, saiu na perfeição. Entrámos ao som da música dos Earth, Wind & Fire, September, passando por todas as mesas com um selfie stick conseguimos fazer um vídeo que ainda hoje não nos cansámos de ver. Não esquecendo também que fizemos o corte do bolo à porta da igreja, sempre acompanhados por uma banda de gaiteiros, contagiando todos os convidados pela música e animação.

 

Casamento rústico em Alenquer

 

Casamento rústico em Alenquer

 

Casamento rústico em Alenquer

 

Casamento rústico em Alenquer

 

Um pormenor especial…

Contratámos um empregado falso, que com o seu ar cómico, desajeitado e descontraído se mistura com os convidados e faz-se passar por um verdadeiro empregado, servindo para além de refeições e cocktails, muito humor. Com ele a festa foi garantida.

Outro pormenor especial, após a nossa primeira dança, troquei o meu vestido pelo vestido de noiva da minha mãe numa versão curta, fez todo o sentido e adorei poder vestir o mesmo vestido dela no dia do nosso casamento.

 

Casamento rústico em Alenquer

 

Casamento rústico em Alenquer

 

Casamento rústico em Alenquer

 

Agora que já aconteceu, mudavam alguma coisa?

Não mudava nada, correu tudo como tínhamos planeado e na perfeição. Passou ftudo tão rapidamente…

 

Casamento rústico em Alenquer

 

Casamento rústico em Alenquer

 

Casamento rústico em Alenquer

 

Casamento rústico em Alenquer

 

Casamento rústico em Alenquer

 

Casamento rústico em Alenquer

 

Casamento rústico em Alenquer

 

Algumas words of advice para as próximas noivas…

Desfrutem todos os momentos, porque passa a voar. Não tenham medo de arriscar em fugir das regras e em ter um dia que seja à vossa imagem. Deleguem tarefas no dia, preocupem-se apenas em aproveitar a companhia daqueles de que mais gostam. É uma fase que deixa muitas saudades, por isso aproveitem tudo ao máximo.

 

E repetimos, agora em movimento, com o vídeo do Miguel Ribeiro Fernandes:

 


Os fornecedores envolvidos:

 

convites e materiais gráficos: Amor e Lima e Molde Design Weddings;

local: Quinta das Rosas;

catering e decoração: Páteo Velho;

bolo dos noivos: pastéis de feijão regionais, da Pastelaria Serra da Vila em Torres Vedras;

fato do noivo e acessórios: Mister Man;

vestido de noiva e sapatos: vestido Pureza de Mello Breyner e sapatos Andiwonder;

maquilhagem: Kabuki make up by Rita Amorim;

cabelos: Lilia Costa;

bouquet: Amor e Lima;

ofertas aos convidados: saquinhos de linho com as inicias AF, feitos por uma costureira local de Torres Vedras com os típicos bolos de casamento da nossa região (bolo ferradura);

fotografia e vídeo: Miguel Ribeiro Fernandes;

luzes, som e Dj: Jukebox.

 

Marta Ramos

O calendário 2018 do Simplesmente Branco já chegou

Quem nos acompanha há mais tempo já sabe é depois do Natal e das celebrações de Ano Novo que nós temos um presente para oferecer. E cá está ele: o calendário 2018 do Simplesmente Branco já chegou e, como sempre, temos 25 exemplares para vos enviar por correio.

Mas antes disso, vamos aos créditos: todos os anos desenvolvemos uma versão fresquinha do nosso calendário, com a colaboração de um designer convidado. A edição 2018 é assinada pela Joana Duarte, da Molde Design Weddings e está perfeita!

Gostamos de trabalhar de mãos dadas, assim como gostamos de calendários bem desenhados e impressos com rigor. São assim uma espécie de bússola para nos orientarmos ao longo do ano – e com a vantagem de nos obrigar a tirar os olhos de todos os ecrãs que nos rodeiam.

Ora bem, deixo-vos então apreciar este belo objecto mais uns instantes – de seguida já vos explico como é que podem receber um.

 

Calendário 2018 Simplesmente Branco

 

As primeiras 25 pessoas que deixarem um comentário neste post receberão um dos nossos calendários 2018 em casa. Só terão que cumprir alguns requisitos: serem seguidores da conta do Simplesmente Branco no Instagram e escreverem no comentário o vosso nome de utilizador do Instagram e o vosso email. Não se preocupem que estes comentários não vão ficar visíveis para os leitores do SB; apenas nós teremos acesso a esses dados. À medida que formos confirmando os felizes contemplados, vamos avisando cada um pelo email que nos indicarem.

Estamos combinados? Então, até já.

Susana Pinto

Casamento no Funchal: Cristina + Tiago, o amor é partilhado

Fechamos mais um ano de publicações de casamentos bonitos, próximos, emotivos, pessoais e que são o espelho de cada casal que celebra desta forma o mais bonito dos dias. Publicamos quase meia centena de histórias de amor e de partilha, cheias de abraços apertados, algumas lágrimas, sorrisos que não terminam e muitas emoções.
As nossas sextas-feiras são sempre mais ricas, mais especiais, somos também convidados dos nossos queridos noivos e esta partilha colectiva de informação, conhecimento e memórias é um acto de generosidade. Agradecemos de coração cheio, com a responsabilidade e a honra que merece.

O último casamento que publicamos em 2017,  chega-nos do clima tropical do Funchal, é a festa da Cristina + Tiago, pensada com tanto carinho e entusiasmo, a duas cabeças, para que o dia fosse, dizem eles, “a nossa cara, simples, descontraído, natural e genuinamente carregado de bons sentimentos.”

De Coimbra para o Funchal, com dedinho da Molde Design Weddings, da In Love Unique Weddings e toucado da Cata Vassalo, fechamos 2017 com a mesma convicção: “é mesmo isto!”.

 

 

 

 

 

 

 

 

Quando a resposta foi “sim!”, como é que imaginaram o vosso dia?

Imaginámos um dia que fosse a nossa cara, simples, descontraído, natural e genuinamente carregado de bons sentimentos. Queríamos que tudo fluísse naturalmente, sem grandes imposições, nem preocupações em cumprir protocolos. Acima de tudo, imaginámos um dia com muita energia positiva com as pessoas que nos são mais queridas, presentes.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Sentiam-se preparados ou foi um caminho com muitos nervos?

Foi, acima de tudo, um caminho muito divertido. Adorámos cada fase do planeamento do casamento e vivemos esses meses (foi quase um ano!) em clima de grande entusiasmo. Idealizámos todos os pormenores e preparámos tudo com muito carinho e dedicação. Claro que também foi um caminho com algum stress. Principalmente porque tivemos de organizar tudo à distância (vivemos em Coimbra e o casamento foi no Funchal, terra natal da noiva).

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Em que momento da organização do casamento é que sentiram, «é mesmo isto»?

Acho que sentimos isso muitas vezes. Sempre que sentíamos o entusiasmo das pessoas à nossa volta com o nosso casamento. Sempre que tínhamos alguma ideia e a concretizávamos… Mas o autêntico “é mesmo isto”, fomos sentindo verdadeiramente ao longo do próprio dia do casamento, em que vimos tudo o que idealizámos a acontecer e a conseguir até superar as nossas melhores expectativas.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

O resultado é fiel às ideias iniciais ou muito diferente? Contaram com alguma ajuda?

Sabíamos bem qual o estilo de casamento que queríamos e tinha que combinar connosco. Queríamos algo descontraído, emotivo, intimista e intenso.

O maior problema foi mesmo surgirem muitas ideias e ter um noivo que embarcava em todas as loucuras, sem nunca colocar um travão. Todos os pormenores foram pensados por nós e deu-nos um gozo tremendo executar algumas coisas, como os rótulos das garrafas de cerveja que tínhamos para o primeiro brinde, os missais, os livrinhos para as crianças e parte do estacionário. Também contámos com a ajuda das meninas da Molde Design Weddings que conseguiram captar muito bem o nosso estilo e desenvolveram peças lindas. O nosso cunhado Maligno também se revelou uma preciosa ajuda ao executar diversas peças em madeira que idealizámos. O resultado final não nos podia ter deixados mais felizes, e os elogios e sorrisos genuínos das pessoas não nos podiam ter deixado mais orgulhosos.

 

 

 

 

 

 

 

 

O que era fundamental para vocês? E sem importância?

Fundamental era conseguirmos estar com as pessoas e vivermos tudo com grande intensidade. Demos importância a tudo o que fazia sentido para nós.

 

O que foi mais fácil? E o que foi mais difícil?

O mais fácil foi desfrutar em pleno aquele maravilhoso dia. Para o noivo o mais difícil foi encontrar o “pantone” certo da gravata. Para a noiva foi encontrar os brincos. Para ambos, foi pagar a conta no final!

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Qual foi o pico sentimental do vosso dia?

Tivemos vários picos sentimentais durante o dia. Mas se só pudessemos escolher um, escolheríamos o momento na cerimónia onde lemos um texto escrito por nós e que relatava metaforicamente a nossa história e onde demos graças pelo sentimento que estávamos a viver. Tivemos a sorte de ser o Padre Tolentino Mendonça a fazer a nossa celebração e foi um momento verdadeiramente emotivo, do início até ao fim. Desde as palavras sabiamente escolhidas, a toda a serenidade e sensibilidade que só ele nos consegue transmitir. É algo que vamos guardar para sempre como um momento mágico e único!

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

E o pico de diversão?

A festa foi para nós tão divertida, que toda ela foi um longo pico, dando a sensação que estávamos nas nuvens. Mas a escolher um momento, escolhemos a loucura da nossa entrada na sala de jantar ao som da música “I was born to love you” dos Queen. Nada foi planeado, mas chegámos lá e foi como se disséssemos um ao outro “Isto é tudo nosso!”. Foi engraçado porque, tendo sido o casamento num hotel, vários turistas assistiram à nossa entrada, e deixaram-se também contagiar pela música e animação, fotografando e filmando o momento.

Mas tivemos tantos outros momentos. O discurso do noivo, num registo cómico-sentimental, deixou toda a gente a rir… A nossa primeira dança, que depois de tantos ensaios à porta fechada, saiu um pouco ao lado. Mas divertimo-nos imenso!

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Um pormenor especial…

A escolha da #bastaquesim logo que começámos a planear o casamento. Trata-se de um regionalismo madeirense, que exprime admiração por algo que aconteceu ou serve para quebrar o silêncio entre conversas. Foi engraçado porque, mesmo antes do casamento, os convidados interiorizaram o conceito e já se referiam ao nosso casamento como o “bastaquesim”.

 

 

 

 

 

 

 

Agora que já aconteceu, mudavam alguma coisa?

Não mudávamos nada. Talvez me tivesse preocupado um pouco menos com as flores e com a decoração e tivesse entrado na igreja um pouco mais devagar!

 

 

 

 

 

 

 

 

Algumas words of advice para as próximas noivas…

Aproveitem e vivam com intensidade a fase de preparação do casamento. Apesar de dar muito trabalho e de a certa altura já não sabermos para onde nos virar, é tão bom sonhar e idealizar cada pormenor. É uma fase que deixa muitas saudades.

Não se deixem influenciar pelas opiniões das outras pessoas. O casamento é vosso e deve espelhar as vossas opções. E acima de tudo, não contem tudo, deixem algumas surpresas para o próprio dia. Ninguém viu o meu vestido e outros pormenores antes do dia do casamento. Foi difícil aguentar, mas valeu a pena!

 

 

Os fornecedores envolvidos:

 

convites e materiais gráficos: Molde Design Weddings, In love Unique Moments e os noivos;

espaço, catering e bolo dos noivos: Pestana Casino Park Hotel;

fato do noivo e acessórios: fato e botões de punho Dielmar; camisa Vicri; sapatos Aldo; gravata HolmesTies

vestido de noiva, sapatos e acessórios: vestido de noiva Inês Pimentel; sapatos Atelier Fátima Alves; brincos Juliana Bezerra Jewellery; toucado Cata Vassalo;

maquilhagem e cabelo: Ricardo Cecílio (Urban Hair Studio);

bouquet de noiva: A Tulipa;

decoração: idealizada e feita por nós, com a preciosa ajuda do nosso cunhado Maligno que executou grande parte dos materiais em madeira;

ofertas aos convidados: feitas por nós: um frasquinho de mel, da produção dos pais do Tiago;

fotografia e video: No Words Productions;

luzes, som e Dj: Xevents.