Created with Sketch.
Marta Ramos

Um casamento muito feliz em Amares, por Um Dia de Sonho

A Carolina e o Ricardo casaram na magnífica Pousada de Amares em Junho de 2017 e escolheram a dupla Um Dia de Sonho para registar o seu dia. Só boas escolhas! O casal parece flutuar na igreja, na festa, suspenso numa bolha de felicidade que não pode senão provocar sorrisos à sua passagem. Conta-nos a Ana:
«A Carolina foi madrinha de casamento de uma história que nós contámos na um dia de sonho. Um ano mais tarde, chega então a vez de serem ela e o Ricardo os protagonistas de um dia de emoções incrível. Depositaram em nós a confiança total de registarmos todos os momentos, pautados por uma ligação familiar muito forte e por uma conexão fantástica entre todos num dia onde o calor de Junho se fez notar desde os primeiros raios de sol até de madrugada.»

Atentem nos pormenores, que são muitos – eu destaco três: a escolha das bolhas de sabão para receber os noivos à saída da igreja (já aqui vos falámos de como pequenas escolhas podem tornar o vosso casamento mais sustentável, lembram-se?); o belíssimo ‘cão de honra’ (como não adorar um Pastor Alemão?) e a conversa permanente que a Carolina e o Ricardo mantêm entre si durante todo o dia. É muito bonito de ver.

Bem, também há a elegância irrepreensível do casal, claro, mas isso dificilmente poderia ser chamado de pormenor: é o que dá o tom a todo o conjunto. Ora vejam:

 

 

Ficaram com vontade de ver mais? Não se preocupem, eu sei de fonte segura que em breve teremos também um Real Wedding com as fotos do casamento da Carolina e do Ricardo para vos mostrar, acompanhadas, claro, das palavras do casal sobre o dia.

Até lá, se querem ver mais coisas bonitas, podem começar por folhear os artigos que já publicámos com trabalhos da dupla Um Dia de Sonho. Vale também a pena explorar a galeria da respectiva ficha de fornecedor seleccionado… e depois, claro, falem com eles!

Susana Pinto

Bolo dos noivos, sapatos de noiva e um belo bouquet: um trio perfeito!

Hoje o trio perfeito de bolo dos noivos, sapatos de noiva e bouquet de noiva é assumidamente de inspiração moderna e muito contemporânea. Verdadeiramente diferente e muito interessante, o que é sempre uma boa ideia.

Encontrei estes sapatos rasos no site da Mango, acabadinhos de chegar. De início, nem lhes liguei, mas depois de dois ou três olhares mais contemplativos, pensei… Têm potencial, precisam é da companhia certa – que é claramente moderna, como este jump suit ou um destes vestidos (este, este ou este)-, que lhes complete o mood e ficam perfeitos! Além disso, têm a seu favoro facto de serem uns sapatos de noiva rasos, garantia de horas a fio na pista de dança!

Seguindo esta linha editorial minimalista e moderna, pois o parceiro certo para bolo dos noivos é um misterioso e tão enigmático macarron negro. Estes são clássicos, com corante feito de carvão vegetal, o que lhes dá a cor densa sem alterar o sabor, com recheio de chocolate branco e uma ginga em calda bem no meio. Que bela surpresa, e só de imaginar o contraste de texturas (o crocante exterior e a stickiness interior) e de sabores (o doce do chocolate branco com o ácido da ginga em calda), eu estou a salivar… e vocês?

Fechaos o trio bolo dos noivos, sapatos de noiva e bouquet de noiva de hoje de forma épica, bem como eu gosto.

Com este glorioso bouquet de noiva branco e preto, feito de anémonas, dálias e jarros  de um rubi escuríssimo e denso, quase selvagem e muito romântico. Uma maravilha!

 

Macarrons negors com recheio de ginja.

 

Sapatos de noiva modernos brancos rasos

 

Sapatos de noiva modernos brancos rasos

 

Bouquet d enoiva preto e branco com anémonas

 

Moderno e progressivamente romântico, minimal e progressivamente faustoso, esta é uma combinação de contrastes.

E não é que fica tudo tão perfeito?

De cima para baixo, macarrons com recheio de chocolate branco e ginga em calda, via Fancy Factory; sapatos de noiva brancos, rasos e modernos, na Mango, nova colecção, por 39,99 euros; bouquet de noiva orgânico com anémonas, dálias e cala lillies, de Flower Power Productions, via Mod Wedding.

 

Para acompanhar estes nossos trios perfeitos que publicamos todos os domingos, basta que sigam as nossas etiquetas (a partir da homepage) ou aqui no topo do artigo: sapatos e sunday shoes; cake! e bolo; bouquet e um belo bouquet.

Bom domingo!

 

Save

Save

Save

Save

Save

Save

Save

Save

Save

Save

Save

Susana Pinto

Um casamento exquisite e tão feliz: Nita + Pedro

Fechamos Janeiro e abrimos as portas ao mês do amor, com o delicado e tão bonito casamento da Nita + Pedro, no Aqueduto Eventos, com belíssimas fotografias – como sempre – captadas pela lente da dupla Um dia de sonho.

A decoração da Cristina Macedo, da Aqueduto Eventos, é exquisite, de uma elegância absoluta, muito romântica. E a alegria feliz destes noivos, é, no mínimo, contagiante (e tão doce…). Estão reunidas as condições para um belíssimo post de sexta-feira, a melhor maneira de fechar a semana e de inaugurar um mês novinho em folha, com a primavera já ao virar da esquina.

Vão gostar! Bom fim-de-semana!

 

Casamento no Aqueduto Eventos, com fotografia de Um dia de Sonho

 

Casamento no Aqueduto Eventos, com fotografia de Um dia de Sonho

 

Casamento no Aqueduto Eventos, com fotografia de Um dia de Sonho

 

Quando a resposta foi “sim!”, como é que imaginaram o vosso dia?

Imaginámos um dia tão emocionante como o dia do “sim”. Era algo que desejávamos e planeávamos em segredo há muitos anos, por isso, só fazia sentido ser um dia de partilha com aqueles que dão mais sentido à nossa história. E como o pedido foi feito no mesmo local onde nos íamos casar, tinha tudo para ser um dia especial. Só fazia sentido se fosse assim: simples e emocionante!

 

Casamento no Aqueduto Eventos, com fotografia de Um dia de Sonho

 

Casamento no Aqueduto Eventos, com fotografia de Um dia de Sonho

 

Casamento no Aqueduto Eventos, com fotografia de Um dia de Sonho

 

Casamento no Aqueduto Eventos, com fotografia de Um dia de Sonho

 

Casamento no Aqueduto Eventos, com fotografia de Um dia de Sonho

 

Casamento no Aqueduto Eventos, com fotografia de Um dia de Sonho

 

Casamento no Aqueduto Eventos, com fotografia de Um dia de Sonho

 

Sentiam-se preparados ou foi um caminho com muitos nervos?

Se estar preparado significa estarmos focados em tudo o que desejávamos que acontecesse, então sim… estávamos bastante preparados.  Como nos dedicámos por inteiro e sabíamos perfeitamente o queríamos (e o que não queríamos), vivemos esta fase com muito entusiasmo e tranquilidade.

 

Casamento no Aqueduto Eventos, com fotografia de Um dia de Sonho

 

Casamento no Aqueduto Eventos, com fotografia de Um dia de Sonho

 

Casamento no Aqueduto Eventos, com fotografia de Um dia de Sonho

 

Casamento no Aqueduto Eventos, com fotografia de Um dia de Sonho

 

Em que momento da organização do casamento é que sentiram, «é mesmo isto»?

No momento em que tivemos a primeira reunião no Aqueduto Eventos, sentimos que tínhamos diante de nós, alguém com capacidades excepcionais para tornar real aquilo que imaginámos.

 

Casamento no Aqueduto Eventos, com fotografia de Um dia de Sonho

 

Casamento no Aqueduto Eventos, com fotografia de Um dia de Sonho

 

Casamento no Aqueduto Eventos, com fotografia de Um dia de Sonho

 

Casamento no Aqueduto Eventos, com fotografia de Um dia de Sonho

 

Casamento no Aqueduto Eventos, com fotografia de Um dia de Sonho

 

O resultado é fiel às ideias iniciais ou muito diferente? Contaram com alguma ajuda?

O resultado final superou todas as nossas expectativas!

Rodeámo-nos das pessoas certas, o que fez com que todas as escolhas e decisões fizessem sentido. Todas elas contribuíram para que o nosso dia tivesse sido tão especial e inesquecível. Para além da ajuda dos familiares e dos fornecedores, fomos uma grande ajuda, um para o outro. Estávamos em sintonia no entusiasmo e na enorme vontade de que o “dia” chegasse!

 

Casamento no Aqueduto Eventos, com fotografia de Um dia de Sonho

 

Casamento no Aqueduto Eventos, com fotografia de Um dia de Sonho

 

Casamento no Aqueduto Eventos, com fotografia de Um dia de Sonho

 

Casamento no Aqueduto Eventos, com fotografia de Um dia de Sonho

 

Casamento no Aqueduto Eventos, com fotografia de Um dia de Sonho

 

Casamento no Aqueduto Eventos, com fotografia de Um dia de Sonho

 

O que era fundamental para vocês? E sem importância?

Era fundamental que a alegria que estávamos a sentir fosse igualmente sentida por todos. Que fosse uma reunião da família, dos amigos e dos afectos, principalmente! Conseguimos tornar importante cada momento e cada decisão!

 

Casamento no Aqueduto Eventos, com fotografia de Um dia de Sonho

 

Casamento no Aqueduto Eventos, com fotografia de Um dia de Sonho

 

Casamento no Aqueduto Eventos, com fotografia de Um dia de Sonho

 

Casamento no Aqueduto Eventos, com fotografia de Um dia de Sonho

 

O que foi mais fácil? E o que foi mais difícil?

O mais fácil foi confiar nas nossas escolhas! A segurança que sentíamos na fase de planeamento, tornou tudo menos difícil.

 

Qual foi o pico sentimental do vosso dia?

Escolher só um momento é difícil! Decidimos entrar juntos na igreja, e esse momento foi muito marcante para nós e para os convidados. Fazer o caminho até ao altar, lado a lado, poder contemplar a expressão daqueles que aguardavam por nós, foi muito emocionante!

 

Casamento no Aqueduto Eventos, com fotografia de Um dia de Sonho

 

Casamento no Aqueduto Eventos, com fotografia de Um dia de Sonho

 

Casamento no Aqueduto Eventos, com fotografia de Um dia de Sonho

 

Casamento no Aqueduto Eventos, com fotografia de Um dia de Sonho

 

E o pico de diversão?

A diversão começou na saída da Igreja! Saímos ao som de um gaita de foles e fomos surpreendidos por um grupo de amigos a tocar bombos! O ritmo e a alegria daquele momento, contagiou toda a gente.

 

Casamento no Aqueduto Eventos, com fotografia de Um dia de Sonho

 

Casamento no Aqueduto Eventos, com fotografia de Um dia de Sonho

 

Casamento no Aqueduto Eventos, com fotografia de Um dia de Sonho

 

Casamento no Aqueduto Eventos, com fotografia de Um dia de Sonho

 

Casamento no Aqueduto Eventos, com fotografia de Um dia de Sonho

 

Casamento no Aqueduto Eventos, com fotografia de Um dia de Sonho

 

Casamento no Aqueduto Eventos, com fotografia de Um dia de Sonho

 

Casamento no Aqueduto Eventos, com fotografia de Um dia de Sonho

 

Casamento no Aqueduto Eventos, com fotografia de Um dia de Sonho

 

Um pormenor especial…

No momento da ação de graças oferecemos a cada mulher presente na cerimónia, uma flor. Foi especial e muito emocionante!

 

Agora que já aconteceu, mudavam alguma coisa?

Nada, absolutamente nada! Voltávamos a reviver este dia, como a mesma felicidade e entusiamo.

 

Casamento no Aqueduto Eventos, com fotografia de Um dia de Sonho

 

Casamento no Aqueduto Eventos, com fotografia de Um dia de Sonho

 

Casamento no Aqueduto Eventos, com fotografia de Um dia de Sonho

 

Casamento no Aqueduto Eventos, com fotografia de Um dia de Sonho

 

Casamento no Aqueduto Eventos, com fotografia de Um dia de Sonho

 

Casamento no Aqueduto Eventos, com fotografia de Um dia de Sonho

 

Casamento no Aqueduto Eventos, com fotografia de Um dia de Sonho

 

Algumas words of advice para as próximas noivas…

Idealizem cada pormenor juntos e façam com que o vosso dia seja um reflexo da forma como vivem a vossa história de amor.
Vivam cada momento com intensidade, desfrutem da presença dos vossos convidados, façam-nos sentirem-se envolvidos no vosso dia! Criem momentos especiais, surpreendam-se e surpreendam os vossos convidados. E lembrem-se, tudo o que é simples, é mais marcante!

 

Casamento no Aqueduto Eventos, com fotografia de Um dia de Sonho

 

Casamento no Aqueduto Eventos, com fotografia de Um dia de Sonho

 

Casamento no Aqueduto Eventos, com fotografia de Um dia de Sonho

 

Os fornecedores envolvidos:

 

convites e materiais gráficos: Diana Martins;

espaço, decoração, catering e bolo: Aqueduto Eventos;

fato do noivo e acessórios: ID Bespoke – Alfaiataria Personalizada, Crownhill Shoes, CK, TOUS;

vestido de noiva e sapatos: Rosa Clara, Badgley Mischka, Jaybee Jewelry, Tocados Le Touquet;

maquilhagem: Ângela Pereira;

cabelos: Orlanda Rodrigues;

bouquet: Cristina Macedo – Aqueduto Eventos;

ofertas aos convidados: feitas pelos noivos;

fotografia e vídeo: Um dia de Sonho;

luzes, som e Dj: DJ Motinha.

 

Marta Ramos

Casamento à vista: prontos para pôr o plano em marcha?

Ora bem, estamos em Fevereiro, mês curto que nos acelera o calendário e nos faz perceber que temos que meter mãos à obra, se queremos casar em breve. É o vosso caso? Então estão no sítio certo. Não queremos que que vos falte nada e por isso vamos agora dedicar-nos, duas vezes por semana, a organizar os nossos conteúdos por tópicos para que fiquem com a vida (ainda mais) facilitada.

Para começar a falar de planear um casamento, é imperativo referir o livro que a nossa editora executiva, a Susana Esteves Pinto, escreveu a meias com a Maria João Soares, wedding planner da Design Events Wedding: Queres casar comigo – guia prático para um dia muito feliz.

Ouvimos a pergunta, respondemos um “sim!” cheio de doçura e lágrimas, contamos a toda a gente (ou guardamos segredo!), respiramos fundo, vamos dormir. Acordamos no dia seguinte, ainda com um belo sorriso, mas já com um nervoso miudinho a instalar-se… por onde é que se começa…?! Comecem por aqui, é a nossa sugestão.

Este é um livro que resulta de muitas horas de conversa e troca de ideias entre as autoras, com noivos e com fornecedores, para perceber o que fazia falta saber, quais as dúvidas e questões, e até, as ideias feitas que seria bom esclarecer e desmistificar, sugerindo, pelo caminho, algumas boas práticas relevantes. Assim chegaram a uma visão de 360º, bem disposta, serena, aberta e profissional, sobre os vários assuntos de que é feita esta viagem. Facilitar a vossa aventura, partilhando conhecimento valioso e ferramentas práticas para dominar o processo, é o principal propósito. Sem oferecer conselhos rígidos nem fórmulas fechadas, a Maria João e a Susana apontam caminhos, sugerem boas escolhas e boas ideias, e apresentam referências de qualidade no mercado.
Quando chegarem ao fim deste volume, de certeza de que a visão do que pode ser e será o vosso casamento, mudou – para melhor!

 

 

 

 

 

Consultem o site do livro para saberem onde poderão comprá-lo e depois… bem, nunca o larguem. A par desta sugestão de arranque, recordamos alguns dos nossos artigos-chave para vos ajudar a colocar as ideias no lugar. Já conhecem a nossa rubrica semanal wise words. Para começar, sugiro que descubram estas 15 perguntas frequentes sobre a organização do casamento (e respectivas respostas, claro). A pergunta número um é ‘Como escolher a data?’, o que nos remete para outro artigo fundamental, se ainda estão nessa fase, que assinala algumas das vantagens de casar fora de época. Prossigam para a descodificação dos procedimentos legais do casamento e arrumem de uma vez por todas com as burocracias. E depois mergulhem no essencial: Por onde começar a organizar o casamento?
Por hoje, já têm material de trabalho mais do que suficiente. Leiam, reflictam, tomem notas e, sobretudo, sintam-se donos do processo.

E na próxima terça-feira voltamos à carga, com mais uma boa dose de precisos auxiliares. Bom trabalho e divirtam-se!

Marta Ramos

Nova montra Vestidus

As galerias das fichas de fornecedor seleccionado são como montras do trabalho dos profissionais que escolhemos para vos recomendar. Com a remodelação do Simplesmente Branco no ano passado, ficaram ainda mais gloriosas, permitindo-vos folhear e sonhar, enquanto detectam aqueles pormenores especiais que vos fazem querer contactar aquela pessoa.

Hoje destacamos a renovação da galeria da Vestidus Atelier. Estamos em plena época de escolha do vestido de noiva e, sobre assunto, também já aqui vos trouxemos muitas palavras sábias da Sara. A começar pelas nossas wise words dedicadas a este assunto tão importante nesta fase das vossas vidas, e que pode tornar-se um verdadeiro bicho de sete cabeças – isto, claro, antes de lerem o artigo.

Também fomos à boleia da Sara a Barcelona, de onde ela nos trouxe todas as novidades acerca das tendências para os vestidos de noiva 2018. Leram?

«Em traços gerais, as colecções estão mais leves. Duas grandes tendências para os vestidos de noiva de 2018 são as saias com racha e as alças que descaem dos ombros – dois toques de sensualidade. A nossa aposta para o próximo ano continua a ser na qualidade dos materiais. Rendas, chifon e tules de seda enquadram-se no look mais descontraído, feminino e sensual que acreditamos ser a imagem da noiva de hoje. Foi com entusiasmo que conhecemos a nova coleção Rembo Styling 2018: costas lindíssimas, saias leves e a surpresa de alguns modelos diferentes, arrojados, a pensar especialmente nos casamentos civis, como jumpsuits, crop tops, vestidos curtos e linhas geométricas. Já a colecção Marylise revelou-se mais suave e feminina, com tecidos mais estruturados e vestidos com personalidade, para quem não tem receio de mostrar o seu lado mais delicado. A principal surpresa foi um lindíssimo casaco em pelo sintético, a pensar nas noivas de Inverno.» Leiam o artigo completo.

Foi precisamente das colecções Marylise (duas primeiras imagens) e Rembo Styling (terceira imagem) que seleccionámos as fotos que se seguem, para vos abrir o apetite para explorarem a galeria nova da Vestidus. A Sara também já nos falou em detalhe destas duas colecções e de muitas outras que tem no seu atelier: vale a pena darem uma vista de olhos para começarem a preparar a vossa visita ao atelier.

 

 

 

 

 

E depois de explorar, é hora de marcar um atendimento personalizado na Vestidus – aproveitem para espreitar as nossas dicas sobre como preparar as provas para que corra tudo sobre rodas. Vale a pena navegar por todos os artigos que já publicámos sobre a Vestidus. E não se preocupem: ficarão impecavelmente entregues!

Susana Pinto

ASB e DSB

Antes do Simplesmente Branco e Depois do Simplesmente Branco.

“Como assim?”, poderão estar a pensar desta entrada dramática e afirmativa para o meu post de hoje, mas é uma afirmação tranquila e muito segura.

Há todo um momento, cenário, estética, posicionamento, modo de fazer e visão anteriores à existência do Simplesmente Branco, que mudou com a sua criação. Não quero com isto dizer que mudámos o mundo, inventámos a roda ou desprezamos tudo o que existia antes – longe disso!

O nosso valor – e a mudança que semeámos – foi validar a diferença.

Foi dizer (e justificar, demonstrando) que as coisas podiam ser feitas de outra forma, sem com isso matar o negócio, sem com isso deixarmos de ser profissionais, sem com isso deixar de servir, da melhor forma, os noivos, esse cliente tão precioso e único, conquistado a cada contacto e perdido após o grande dia, numa renovação de esforço contínua.

Validar a diferença foi (e é) tranquilizar os noivos que querem algo à sua medida – mesmo sem saber exactamente o que isso significa ou como se concretiza. É passar a mensagem de que o mercado está preparado para construir o mais bonito dos dias com eles, não apesar deles. É mostrar formas de fazer – das ideias mais simples às cedências mais complicadas -, que podem ser distintas do habitual, mas que não há problema nenhum com isso, que resultam, que são exequíveis, porque todos somos profissionais empenhados (e se não são, é isso que explicaremos e porquê).

É ajudar os noivos a sentirem-se bem na sua própria pele, confortáveis com as decisões tomadas, é ajudá-los a passar a mensagem, conceito e visão às suas famílias, é ajudá-los a argumentar e a encontrar o seu caminho num mar de opiniões, bem intencionadas, é certo, mas nem sempre certeiras.

É dar-lhes conhecimento, torná-los sabedores dos seus direitos e deveres (sim, ambos), dar-lhes ferramentas para gerirem, com sucesso, esta empresa temporária que se chama casar, onde investimento financeiro e emocional são imensos e estão interligados. Saber é poder, dizemos todos os dias. E vai correr tudo bem.

 

Do outro lado, o mercado.

Esse lago imenso e tão interessante, onde navegamos todos os dias e que queremos (falo por mim e pelos meus fornecedores) que seja cristalino e azul…

O que fizémos por ele, que mudanças touxemos para cena?

Iniciámos o diálogo.

Como o fazemos dentro de casa, passámos a fazê-lo fora também. Ligámos os intervenientes, apresentámo-los entre si, fomentámos a conversa, criámos ligações. De forma descontraída, informal, saudável.

Hoje temos uma comunidade criativa, fervilhante, renovada, de fornecedores profissionais do mercado de casamentos. Deixou de haver o domínio de um grupo sobre os restantes, subalternos e menores, e passou a haver uma comunidade de fornecedores, com voz própria, que se associa livremente aos seus pares: outros fornecedores que partilham a mesma visão de negócio, objectivos e perfil de cliente.

De peças soltas, sem grande assertividade ou rumo, passámos a ter uma rede profissional, arrumada por tribos de estilo. Eu diria que isso é muito interessante, democrático e até facilitador para o cliente.

E tal como validámos a diferença para os noivos, também o fizemos para os profissionais.

Mostrámos que havia procura para a oferta que estes fornecedores imaginavam prestar, inspirados pelo que viam lá fora nos blogs de referência (muito antes do Pinterest, muito antes do Instagram, muito antes de tudo e do mundos er tão global) e que também eles, cabeças criativas e talentosas, queriam pôr em prática.

Abrimos a porta para a casa onde estes dois lados do negócio se encontram: quem procura e quem oferece, quem compra e quem vende, quem imagina e quem executa.

Demonstrámos que a necessidade era real, que estes dois lados existiam e que precisavam, muito, de se encontrar. E criámos as condições para que isso acontecesse, para que essa conversa começasse.

 

O resultado é claro: há um antes e há um depois. O mercado de casamento nacional é hoje vibrante, criativo, não está atrás de ninguém, tem voz própria e uma amplitude de variedade que serve, literalmente, todos os gostos.

Tem as suas flutuações, os seus defeitos, o seu lodo (ainda muito longe do meu utópico lago cristalino), mas é variado, robusto, livre. É dinâmico e é interessante.

E isso, queridos noivos e caríssimos fornecedores, é muito, muito bom!

 

Imagens via PinterestPaper n’ Stich.

 

Duas vezes por mês, sempre às quartas-feiras, escrevo sobre assuntos que me fazem pensar, num artigo de opinião a que chamo O fio da meada.

Querem discuti-los comigo? Seria um prazer! Acompanhem-me aqui.