Created with Sketch.
Susana Pinto

A festa dentro de portas, com o talento da Inspirarte

Hoje enchemos o ecrã com a fantástica decoração floral que a Inspirarte criou para os seus noivos Susana + Eric.

 

Susana e Eric, que vivem fora, decidiram casar em Portugal, na cenográfica Pousada de Amares.

Contaram com a meteorologia amena de Portugal e sonhavam com uma cerimónia ao ar livre, naquele fantástico claustro do laranjal, aconchegados entre as paredes centenárias, com um céu azulíssimo e uma paisagem de cortar a respiração.

 

A decoração que a Susana Abreu criou para este dia foi pensada para este preciso cenário de exterior: para contrastar com as paredes rugosas e escuras de granito, para funcionar com o laranjal, para combinar com a vista.

Mas, como às vezes acontece, tudo muda num minuto e a previsão de chuva obrigou a mudança de planos, para o interior.

 

Para os noivos, esta surpresa foi um absoluto balde de água fria. Vindos de tão longe, com um cenário escolhido a dedo precisamente pelo seu exterior, todo um sonho construído à volta deste pátio, e, de repente, baralha e volta a dar, agora dentro de portas. Estão a imaginar o desconsolo, verdade?

Pois é nos dias de chuva que se distinguem os profissionais fantásticos dos profissionais assim assim!

 

Com talento, inspiração, sentido prático e uma enorme capacidade de gerir meios e recursos, e gerar novas ideias sob pressão, a Susana Abreu redesenhou o cenário da cerimónia para uma sala interior, transformando-a numa pequena “capela” intimista e muio romântica, com um longo tapete de pétalas e folhas, um altar civil com um arco repleto de flores e uma ala formada por cadeiras sumptuosamente floridas.

Os noivos, desgostosos e incrédulos com o azar meteorológico, desolados com a perspectiva de passar tudo para dentro de portas, não podiam estar entregues a melhores mãos!

 

O trabalho da Inspirarte é sempre assim: rico na quantidade e qualidade floral, sofisticado nas peças decorativas que fazem parte da sua própria colecção e impecável e perfeccionista na entrega do resultado. De todas as vezes que vi uma mesa ou ambiente criados pela Susana Abreu – e ela esteve presente em todos os showcases que organizámos -, estes princípios estão lá, consistentes e qualitativos. É um prazer para os sentidos!

 

Decoração floral para casamento na Pousada de Bouro, por Inspirarte com fotografia de Arte Magna

Cerimáoni civil na Pousada de bouro com decoração de Inspirarte Decoração floral para cerimónia civil na Pousada de Bouro, por Inspirarte Decoração floral para cerimónia civil na Pousada de Bouro, no inverno, por Inspirarte Decoração floral para cerimónia civil na Pousada de Bouro, no inverno, por Inspirarte Decoração floral para cerimónia civil na Pousada de Bouro, no inverno, por Inspirarte Decoração floral para cerimónia civil na Pousada de Bouro, no inverno, por Inspirarte Bouquet d enoiva orgânico, por Inspirarte Bouquet d enoiva orgânico, por Inspirarte

“I wanted to send you an email to profoundly thank you from the bottom of my heart for all your hard work.

 

I can’t tell you how beautiful everything was. How many people were in awe and how you took my vision and dream to the next level. Even despite the last-minute call to do everything indoors, you were able to make every space more beautiful than I could have imagined. The flowers were beyond gorgeous, my bouquet was a dream, the flower arrangements everywhere were out of a magazine. The ceremony arch was more beautiful than I could have dreamed, the petal and green carpet you created for the ceremony made me feel like I was floating on air.

 

It was all just breathtaking. I can’t thank you enough. My only regret is that I don’t live here and couldn’t take every single flower and greenery home, ceremony carpet and everything to recreate that magic. I smile and smell those beautiful flowers I did take to my family’s homes here every time I see or am near them.

 

I will recommend you to anyone and everyone and can’t wait for the photographers to send photos capturing your masterpiece.

Thank you so much, Susana. You made my dream come true. The Pousada and surrounding area are already so captivating on their own and yet you made it even more magical for us both.

A very big hug and kiss from us both.”

 

Decoração floral de casamento na Pousada de Bouro, com Inspirarte Centro de mesa em tons de rosa, por Inspirarte Centro de mesa em tons de rosa, por Inspirarte Decoração de sala com centros demesa em tons de rosa, com Inspirarte Centro de mesa em tons de rosa, por Inspirarte Centro de mesa em tons de rosa, por Inspirarte DEcoração da mesa dos noivos, por Inspirarte Centro de mesa em tons de rosa, por Inspirarte DEcoração da mesa dos noivos, por Inspirarte Decoração de sala com centros demesa em tons de rosa, com Inspirarte DEcoração da mesa dos noivos, por Inspirarte DEcoração da mesa dos noivos, por Inspirarte Decoração da cadeira dos noivos, por Inspirarte

Centro de mesa em tons de rosa, por Inspirarte Decoração de sala com centros demesa em tons de rosa, com Inspirarte Centro de mesa em tons de rosa, por Inspirarte DEcoração da mesa dos noivos, por Inspirarte Centro de mesa em tons de rosa, por Inspirarte Bolo dos noivos decorado com flores naturais por Inspirarte Corte do bolo dos noivos na Pousada de Bouro Bolo dos noivos decorado com flores naturais por Inspirarte

Esta é uma grande selecção de imagens (cortesia da dupla Arte Magna), é verdade, mas só assim é possível mostrar-vos o esplendor do trabalho da Inspirarte.

A citação dos noivos, num email de agradecimento, verbaliza o impacto mágico, a genuína surpresa que sentiram ao entrar na sala da cerimónia e no salão do jantar.

E isso é a concretização do sonho, mesmo que ele mude de repente!

 

Os contactos detalhados de Inspirarte estão na sua ficha de fornecedor. Espreitem a galeria, feita de imagens maravilhosas, e contactem a Susana Abreu directamente através do formulário: é só preencher com os vossos dados e mensagem, e na volta do correio, terão uma resposta simpática.

Susana Pinto

Como fazer um missal, com A Pajarita

Continuamos a partilhar o série “Preparar o caminho descomplicando-o“, criada pela Alexandra Barbosa, de A Pajarita, e publicada no seu site todas as semanas.

 

Hoje a Alexandra Barbosa fala-nos sobre o missal, o que é, para que serve e como o fazemos?

 

Nas cerimónias de casamento religiosas, é comum encontrarmos uns livrinhos pousados em cima dos bancos: uns são mais fininhos, com 3 ou 4 páginas, outros são mais generosos e detalhados, e contém o alinhamento da cerimónia e as Leituras, permitindo que todos acompanhemos, passo a passo e de forma colectiva, o desenrolar da cerimónia.

Diz-me a experiência que o missal, ou guia da celebração do matrimónio, é a peça do estacionário de casamento que mais questões e dúvidas vos coloca: que texto deve conter, de que forma deve ser colocado, que estrutura deve seguir, que leituras se podem escolher e até que ponto o podem personalizar?

 

Para criar o vosso missal, que querem à vossa imagem e alinhado com a visão global que têm para o vosso dia, vamos perceber primeiro os cenários e opções que existem, para, a seguir e dentro desse enquadramento, fazer as escolhas certas.

 

A Cerimónia

O primeiro factor que define o missal é o tipo de cerimónia que vão escolher.

Ao contrário do que se possa pensar, não existem missas curtas ou longas.

A celebração de um casamento religioso é composta pelo Sacramento do Matrimónio simples ou pelo Sacramento do Matrimónio com missa. Embora muitos casais receiem que a cerimónia fique demasiado longa com a inclusão da missa, o que separa estas duas opções é um acréscimo de dez ou quinze minutos, o que é pouco relevante para ser o factor de decisão sobre um ou outro formato.

 

Vamos aos detalhes: o Sacramento do Matrimónio é um ritual com uma estrutura fixa, ao qual acrescentamos, se quisermos, a celebração da missa. As Leituras, no momento da Liturgia da Palavra, serão a sua base, e o formato será algo assim, acrescido, então, da missa:

– Primeira Leitura do Antigo Testamento + Salmo (cantado ou não) + Segunda Leitura do Novo Testamento + Evangelho;

– Primeira Leitura do Antigo ou do Novo Testamento + Salmo (cantado ou não) + Evangelho.

 

As Leituras

O conjunto das Leituras apropriadas está também pré-definido, mas contempla alguma margem de escolha. Este arquivo é disponibilizado pela Igreja, em formato digital, e recomendamos que o consultem com vagar e escolham os textos com que mais se identificam.

 

Como fazer um missal, com A Pajarita Como fazer um missal, com A Pajarita

A personalização da cerimónia

Tendo em conta que o Sacramento do Matrimónio tem uma estrutura fixa e as Leituras são escolhidas num leque limitado de opções, surge agora a grande questão: então, como podem personalizar a vossa cerimónia?

Numa primeira impressão, tudo isto parece estanque e excessivamente rígido e impessoal, mas a verdade é que existe esse espaço para a personalização.

 

Na estrutura do missal, podemos incluir um texto leigo (não religioso). Esse texto pode ser um poema, citação, excerto ou, até, um texto vosso.

Esta adição pessoal pode ser introduzida em três momentos da cerimónia: no início da celebração, na Acção de Graças ou personalizar a Oração dos Fiéis.

Faço esta recomendação importante: seja na personalização ou na escolha das leituras, podem e devem conversar com o Padre que vai oficiar a vossa cerimonia. O conteúdo do missal deve resultar do diálogo entre as partes.

 

Duração da cerimónia

É importante que reservem 1h30 para a celebração, não queremos pressas nem tensões desnecessárias ou desconfortáveis, é importante que tudo flua com naturalidade, na sua cadência e devido tempo.

Se a tradição sugere que a noiva chegue depois de todos, 10 minutos é o tempo aceitável para todos estarem acomodados no interior, o noivo ter respirado fundo, a noiva ter saído do carro, ajeitado o véu, segurado no bouquet, dado o braço ao seu querido pai, os dois terem sossegado os nervos e acertado o passo.

 

Mais do que estes dez minutos da praxe vão deixar os convidados irrequietos (sobretudo os mais pequenos), e vão apressar a vossa cerimónia (para evitar atrasar a missa ou cerimónia seguintes). Se dedicaram tanto cuidado a planear os conteúdos do vosso missal, imaginando cada passo, cada Leitura, cada canção, devem viver o momento de igual forma, sem pressa ou pressões adicionais.

 

O design

As escolhas estão feitas e acordadas com o Padre que celebrará o vosso casamento, todos os conteúdos escritos estão definidos (Leituras, textos pessoais, canções).

Vamos passar agora à criação do objecto, vamos dar forma física ao vosso missal.

Usamos esta estrutura como base para a paginação do texto, e mantemos a linha gráfica do vosso estacionário, que começou no convite de casamento ou save the date.

E também aqui há muita margem criativa: podem escolher vários tipos de capa (gramagens, texturas de papel diferentes, cores, materiais), vários tipos de ilustração (personalizada, da igreja, o vosso monograma, o motivo usado no convite),  vários tipos de encadernação (agrafado, com fita, colado) e até vários formatos, mais ou menos criativos.

 

Podem escolher uma versão mais curta, com menos páginas (só com a indicação dos momentos, Leituras e Salmos, como se fossem os tópicos da cerimónia) ou mais longa (incluindo os textos e letras de canções em detalhe). Em termos de quantidades, é razoável considerar um missal por cada dois convidados, sem esquecer um exemplar para vocês e outro para o Padre.

Se decidirem fazer o vosso missal de forma totalmente autónoma, sem recorrer a ajuda profissional, deixo aqui um conselho de especialista: tenham atenção ao tipo e tamanho de letra escolhido: os mais velhos já terão alguma falta de vista, por isso tenham uma entrelinha de 1,5, corpo de texto entre os 12 e 13 pontos e uma fonte com boa leitura.

 

Onde e como distribuir os missais

Chegou o dia tão aguardado e as vossas manhãs são reservadas para os vossos preparativos pessoais.

Estas tarefas logísticas devem ser sempre entregues a terceiros, para que nada fique esquecido no turbilhão de emoções e solicitações. Combinem previamente com o vosso fornecedor, wedding planner, coordenador do dia, padrinhos ou amigos, a responsabilidade desta tarefa. Dêem as vossas instruções: quantos missais são, onde devem ser colocados (em que pontos de passagem dos convidados), e, se for o caso, quantos devem ser colocados em cada banco da igreja e onde devem ser colocados o exemplar dos noivos e o exemplar do Padre.

Tudo estará pronto para uma cerimónia muito emotiva e memorável, todos juntos, unidos pelas palavras, pela música e por vós.

 

Termino apresentando-vos a Sofia Neves, que me pôs em contacto com o Padre Paulo Duarte.

A Sofia está frente da Treze – artigos religiosos. Pratica a sua fé de forma viva e leve, e expandiu o negócio da família para esta linha moderna e feliz, cheia de cor e alegria. Se a fé católica é algo que vos é caro, façam-lhe uma visita.

 

Despeço-me agradecendo ao Padre Paulo Duarte a gentil ajuda no esclarecimento destas dúvidas e pela indicação da estrutura e leituras disponíveis, deixando-vos, a vós, noivos que viram o vosso sonho ser adiado devido ao momento atípico em que vivemos, palavras de conforto:

 

Estes tempos novos vieram alterar os planos. Se, por um lado, surgem sensações de tristeza e incómodo, por outro, podem ser vistos como uma oportunidade para aprofundar, de forma ainda mais sentida, o dia que marca a vida em casal. Os abraços, o sim, a entrega, a festa serão ainda mais cheios de agradecimento. E o amor, ah, o amor que tanto nos deve envolver, será vivido com a luz que foi capaz de atravessar tempos sombrios, tornando-se um farol ainda mais forte no caminho a dois.

 

Este post foi originalmente publicado em A Pajarita.

Susana Pinto

À conversa com: Deluxe Eventos – animação para casamentos

Hoje conversamos com o Ruben Silva, da Deluxe Eventos, uma empresa de eventos sociais e corporativos.

O Ruben Silva e a sua equipa acreditam que os bons momentos permanecem para sempre, e, com esse mote, trabalham há mais de uma década a criar emoções únicas e oferecendo, sempre, momentos marcantes e totalmente personalizados para cada cenário, cada par de noivos, e cada sonho de festa.

A melhor parte é fazer com que aquele dia, que é um dos mais felizes da vida dos noivos, fique eternizada na memória deles e de todos os convidados que o irão recordar com uma sensação de nunca terem ido a um casamento assim.

Vamos descobrir o que fazem, em detalhe!

 

Há quanto tempo trabalham neste mercado? E porque escolheram trabalhar em casamentos?

A Deluxe Eventos nasceu há 10 anos, fruto de uma necessidade que sentimos que existia na altura. Era escassa, ou mesmo quase nula, a existência de empresas de animação que tivessem uma oferta diversificada de serviços de animação adequados aos diferentes e mais exigentes gostos.

 

Qual é a vossa assinatura, o trabalho que mais vos define e separa da concorrência?

Lutamos diariamente para tentarmos ser os melhores e uma referência no nosso sector. Acreditamos que o que mais nos difere é o atendimento e acompanhamento ao nosso cliente e a atenção e elevado grau de exigência de qualidade que depositamos em todos os serviços que prestamos e nas prestações de todos os nossos artistas.

 

animação para casamentos Deluxe Eventos animação para casamentos Deluxe Eventos animação para casamentos Deluxe Eventos

Existem fórmulas vencedoras que aplicam, ou cada evento é pensado totalmente de raiz?

Cada evento é pensado totalmente de raiz, no entanto existem algumas fórmulas vencedoras que tentamos ir implementando e adaptando a cada um deles. Mas, o segredo é a alma do negócio….

 

Onde buscam inspiração para cada nova temporada de trabalho?

No esforço, no estímulo e na motivação de seguir sempre em frente em busca de novas soluções que se adaptem sempre às novas procuras do mercado.

 

Quando precisam de fazer reset, para onde olham, o que fazem?

Olhamos sempre nos dois sentidos. Para o passado e para o futuro. Para o passado, para ver o que poderá ser melhorado e para o futuro para perceber o que deverá ser criado.

 

Qual é a importância da animação na grande lista de itens e tarefas que compõem o casamento?

Sentimos que é de importância máxima. É lógico que para os noivos tudo tem o seu valor ímpar. A comida, a animação, a fotografia, o vídeo, a decoração, as alianças…  mas se pensarmos bem, qual é o principal objectivo de um convidado quando vai a um casamento? O que é que um convidado guarda na sua memória durante bastante tempo após esse dia? Pois é, apenas duas destas coisas. Comeu bem ou comeu mal e foi divertido ou foi uma grande seca. Posto isto, qual é a dúvida da importância que tem uma grande animação num casamento?

 

animação para casamentos Deluxe Eventos animação para casamentos Deluxe Eventos animação para casamentos Deluxe Eventos

O que faz uma grande noite (ou pista de dança)?

Uma excelente escolha musical sempre previamente pensada mediante o público envolvido naquela festa. Nacionalidades, faixas etárias, estratos sociais, uma série de factores que influenciam uma pista de dança sempre com um bom DJ que saiba interpretar as reacções, ou seja, que saiba “ler a pista”. Ao contrário de um bar ou de uma discoteca, num casamento não é o DJ que toca o que quer para os convidados, são os convidados que dançam da forma que querem que o DJ toque.

 

Qual é o vosso processo de trabalho, como acontece a ligação ao cliente?

Desde o primeiro contacto que se inicia com a nossa área comercial, seguindo todo o planeamento com a nossa área de produção e terminando no dia do evento com a nossa área artística, todos os detalhes são pensados em pormenor para um evento único e memorável.

 

Qual é a melhor parte de trabalhar em casamentos? E o mais desafiante e difícil?

A melhor parte é fazer com que aquele dia, que é um dos mais felizes da vida dos noivos, fique eternizada na memória deles e de todos os convidados que o irão recordar com uma sensação de nunca terem ido a um casamento assim. A pior parte, sem dúvida, são a quantidade de horas de trabalho, desde as montagens até às desmontagens temos na maioria das vezes perto das 20hrs de trabalho seguido.

 

Animação para casamentos com Deluxe Eventos Animação para casamentos com Deluxe Eventos Animação para casamentos com Deluxe Eventos Animação para casamentos com Deluxe Eventos

Escolham um momento ou serviço favorito, e contem-nos porquê:

Um serviço é difícil escolher, pois temos muitos que nos são favoritos. Um momento, é mais fácil.

O momento em que vimos subir ao nosso palco uma grande atracção mundial. A cantora Ivete Sangalo. Honrosamente a nossa empresa foi a escolhida para ser responsável pelo fornecimento de todos os meios técnicos audiovisuais para essa grande actuação e de todas as animações artísticas necessárias num enorme casamento que, entre técnicos, bandas e artistas, contou com a gestão no dia de sensivelmente 60 colaboradores em representação da Deluxe Eventos. Foram seis meses de preparação, uma semana de montagens e três dias de desmontagem para um dia único e que ficará para sempre na memória de todos os nossos recursos envolvidos.

 

Contactem a Deluxe Eventos através da sua ficha de fornecedor. Espreitem as galerias e entrem em contacto com o Rúben Silva directamente através do formulário: é só preencher com os vossos dados e mensagem, e aguardar a resposta.

 

Acompanhem estas nossas conversas longas com fornecedores seleccionados Simplesmente Branco, sempre à quarta-feira!

 

Susana Pinto

O processo criativo de um convite de casamento, com A Pajarita

Continuamos a partilhar o série “Preparar o caminho descomplicando-o“, criada pela Alexandra Barbosa, de A Pajarita, e publicada no seu site todas as semanas.

 

Hoje a Alexandra Barbosa fala-nos sobre o processo criativo de A Pajarita.

 

O processo criativo é o caminho que o artista faz para gerar uma ideia que responde à questão que tem em mãos. Para quem não trabalha com ideias e criatividade, pode parecer algo mágico – “como é que se foram lembrar disto?”, mas para nós, artistas, exige disciplina, estudo e muito trabalho, ainda que uma grande parte deste processo aconteça internamente, dentro da nossa cabeça.

Hoje vou-vos falar do meu processo criativo, do primeiro ao último passo de um caminho sempre feito em conjunto com os noivos, de forma a criar o estacionário com que tanto sonharam.

 

Tudo começa com uma boa conversa: sentamo-nos em redor de uma mesa redonda, física ou virtual. E não é por acaso que esta mesa é mesmo redonda, é um lugar de partilha onde descubro os vossos gostos, as vossas cores preferidas, a vossa história, o que são como indivíduos e o que é a soma dos dois.

Esta partilha gera e reúne a matéria prima com que irei trabalhar, a essência na qual me debruçarei para melhor vos representar no desenvolvimento do vosso estacionário.

 

É muito importante que me falem de vós, mesmo que timidamente. E não se preocupem com o tempo que demoram, é indispensável conhecer-vos e este momento é dedicado, de forma muito presente e intencional, a isso. Se eu não vos conhecer, a cada um, e ao que são como casal, como poderei captar a vossa identidade e fazer com que se reflicta no vosso convite e em todo o estacionário?

 

Convites de casamento A Pajarita Convites de casamento A Pajarita Convites de casamento A Pajarita

Durante esta conversa, vou-vos mostrar uma selecção de trabalhos do meu portefólio.

São peças desenvolvidas para clientes anteriores, onde posso exemplificar as diferentes técnicas e acabamentos que apliquei. Não quero que os vejam como maquetas para o vosso convite, mas apenas uma demonstração técnica e visual daquilo que sei fazer e é a assinatura criativa A Pajarita.

O papel é a matéria prima de base. Há muitas variações, na gramagem, no toque, na suavidade, naquilo que os especialista chamam de “mão”: a nossa relação táctil com a matéria, o peso, a textura e as sensações que transmite.

 

Numa primeira impressão, e à vista, os papéis podem ser muito semelhantes mas, para os amantes de papel como eu, é o toque que desvenda a sua essência, de que é feito e como é feito.

Depois de escolhermos a base de trabalho com tanto carinho e cuidado, vou falar-vos sobre as diferentes técnicas de impressão que uso: da impressão fine art (a única que usamos) às técnicas, manuais e artísticas, como a pintura, o desenho ou a xilogravura.

Ao exemplificar esta opções, vou percebendo com que opções mais se identificam, o que vos deixa os olhos a brilhar e o que se enquadra no vosso orçamento.

 

Nesta altura já temos a base definida, o formato e dimensões, as técnicas a aplicar, a paleta de cores seleccionada e a vossa essência.

Está na hora de nos despedirmos, um caloroso “até breve” separa-nos até ao meu próximo contacto.

 

Convites de casamento A Pajarita Convites de casamento A Pajarita Convites de casamento A Pajarita

O próximo contacto acontece com o envio de um orçamento detalhado com as decisões que tomámos como opção ou opções ideais. Não inclui uma proposta criativa.

Agradeço-vos que ponderem, comparem e escolham o profissional com que mais de identificam, caso tenham feito vários contactos, e façam esta avaliação tendo em conta todos os factores e componentes do serviço, não apenas o valor final.

Com a vossa escolha feita, não deixem de enviar um email curto e simpático aos outros fornecedores contactados mas não escolhidos, a avisá-los disso mesmo. Estes fornecedores dedicaram tempo a receber-vos, a pensar numa proposta que fosse a vossa cara e a preparar um orçamento, sem custos. Merecem igual tempo e atenção do vosso lado, e esta tarefa não levará mais do que 5 minutos!

 

O tempo é um bem precioso e só o dedico aos noivos que confiarem no meu trabalho. Também as minhas ideias e criatividade são o meu trabalho e valor, por isso não desenvolvo propostas criativas sem um compromisso mútuo. Se me confiarem a responsabilidade de criar o estacionário do vosso casamento, após a adjudicação ou a activação da encomenda, porei mãos à obra, com entusiasmo.

Vou reflectir, esboçar e apresentar-vos a solução que encontrei, e que para mim, melhor vos representa.

A essa proposta vamos juntar o vosso parecer e sugestões, e fazer as alterações necessárias.

 

Quando chegamos à solução final, chegou a hora de sentir o que projectamos. Como apenas trabalho com os meios à disposição no meu atelier, faço sempre um primeiro exemplar da versão final para os noivos verem fisicamente o resultado final, uma espécie de prova que serve de referência, de prova-modelo. Poderão ver de perto, mexer, sentir a tal “mão” de que falámos.

Se tudo se encontrar como o perspectivado, com as devidas revisões feitas, passo à produção dos exemplares que me encomendaram.

 

Quando existem mais peças para o mesmo projecto ou evento, o processo criativo continua, sendo feitas imagens que estão alinhadas com a estética já iniciada. Retomamos o rumo, passo a passo, partindo do que foi definido no processo de aprovação, mas sem nos fecharmos num motivo ou desenho inicial. Deixamos que tudo flua e adaptamos o desenho gráfico às diferentes peças, com diferentes funções, dimensões e conteúdos. Não precisa de ser tudo igual, mas sim tudo da mesma família.

 

Convites de casamento A Pajarita Convites de casamento A Pajarita Convites de casamento A Pajarita

Para finalizar, deixo-vos um conselho fundamental: nunca tenham medo de conversar sobre o orçamento que têm disponível. Não faço juízos de valor sobre as vossas escolhas e bolso, e quero, acima de tudo, proporcionar-vos o melhor serviço e produto, estou do vosso lado! Muitas vezes este tema é evitado ou tratado como tabu, e isso só gera desconforto e soluções menos felizes.

Saber o vosso plafond não vos vai prejudicar, muito pelo contrário, vai facilitar a apresentação de propostas ou soluções mais concretas e tendo em conta os vossos objectivos, respeitando o meu trabalho e sem prejudicar a estética que escolheremos, juntos.

 

As imagens bonitas do processo criativo da Alexandra Barbosa são do Hugo Esteves Photography.

 

Este post foi originalmente publicado em A Pajarita.

Susana Pinto

Molde Design Weddings: novo portefólio

Eu e a Joana Duarte, da Molde Design Weddings, conhecemo-nos há seguramente uma década!

Começámos por ser, e fomos muito tempo, concorrentes directas, como designers de convites de casamento, sempre com uma imensa admiração mútua sobre o trabalho feito e forma de estar no mercado.

 

A Joana Duarte é uma designer at heart: isto significa que tem uma sensibilidade e talento para criar objectos bonitos, bem pensados, onde a forma acompanha a função. Escolhe fontes, ilustrações, espaçamentos, paginação, cores e alinhamentos como quem respira, com a mesma leveza e com a mesma elegância. E o trabalho que faz, sejam logotipos comerciais ou estacionário completo para casamento, tem crescido e ganho asas, num caminho apurado, sustentado e com resultados tão bonitos.

 

Convido-vos a espreitar a novíssima galeria de convites de casamento da Molde Design Weddings, que é magnífica. Há aqui tipografia linda, papéis bonitos e lacres lindos com florinhas secas e muitos detalhes para suspirar. E saibam que todos estes convites são originais e únicos, porque a Molde Design Weddings desenha tudo de raiz para os seus noivos!

 

Convites de casamento Molde Design Weddings Convites de casamento Molde Design Weddings

Tudo lindinho e delicado, mas não achem que os convites de casamento da Molde Design Weddings são todos assim etéreos e muito românticos. As capacidades criativas e o imaginário da Joana são enormes e se a vossa vontade é algo mais clean e sofisticado, ou mais artístico, ou com uma ilustração personalizada, ou até outro tipo de trabalho, façam uma marcação e sentem-se à conversa com a Joana Duarte.

No entretanto, vão espreitar a nova galeria, cheia de coisas bem bonitas! Estão prontos para escolher?

 

Não deixem de acompanhar os nossos posts sobre o trabalho da Molde Design Weddings e falem com a Joana Duarte, através do formulário de contacto.

Ela está à vossa espera para criar detalhes bonitos – a condizer com os seus noivos!

Susana Pinto

À conversa com: Lemonview – fotografia e video de casamento

Hoje vamos conhecer o trabalho bonito da dupla Lemonview, que faz fotografia e video de casamento a partir do Porto.

Conversamos com a Joana Deusdado e Sofia Miranda sobre o que as inspira, o que as levou até aqui, ao registo em fotografia e video dos mais bonitos dias e o que as emociona.

Juntam-se a nós? Estas conversas são sempre muito especiais!

Gostamos de capturar emoções. E, para nós, a celebração de um casamento é isso mesmo, são emoções ao rubro, a alegria que circula pelo ar e que é contagiante.

Contem-nos um pouco da vossa viagem profissional até aqui, à fotografia e vídeo de casamento.

Eu e a Sofia somos amigas desde o tempo da universidade e portanto já nos conhecemos há bastante tempo.  Estudámos na área de imagem e pós-produção, e acabámos por ir trabalhar para a mesma produtora audiovisual. À medida que o tempo foi passando, fomos percebendo que os gostos, mesmo a nível de trabalho, ou seja, estética visual eram muito similares. A Sofia sempre fez fotografia e eu, a Joana, sempre fui muito ligada ao que estaria por detrás da câmara. Em 2015, pensámos porque não fazer um projeto só nosso e assim surgiu a Lemonview.

 

Lemonview - fotografia de casamento Lemonview - fotografia de casamento Lemonview - fotografia de casamento

Há quanto tempo captam imagens? E porquê casamentos?

O fascínio pela imagem existe desde sempre e a fotografia sempre esteve presente nas nossas vida. A Lemonview surgiu em 2015, mas já trabalhamos em audiovisual há cerca de 12 anos.

Gostamos de capturar emoções, como nós costumamos dizer. E, para nós, a celebração de um casamento é isso mesmo, são emoções ao rubro, a alegria que circula pelo ar e que é contagiante.

 

Nestes tempos globais, em que as imagens circulam a uma velocidade vertiginosa e todos temos acesso a tudo, a qualquer hora, onde vão buscar inspiração?

Podemos dizer que vemos o mundo por imagens. Tudo que nos rodeia influencia-nos, as nossas vivências, a nossa família e amigos, os nossos casais, tudo à nossa volta serve como inspiração. Até o mais pequeno pormenor que pode parecer trivial, mas na verdade não é. Estamos sempre atentas à arte, a maneira como vai evoluindo, como se vai transformando… seguimos sempre vários autores de fotografia, de vídeo, looks de que gostamos e com os quais nos identificamos.

 

Como construiram a vossa assinatura, como a definem?

Lemonview é a junção do fruto com a perspectiva. O nosso símbolo é um triângulo, que representa a perspectiva invertida, ou seja, o olhar mas criativo. Chegamos bastante rápido ao nosso nome e logo.

 

 

Quando precisam de fazer reset, para onde olham, o que fazem?

Férias! É sempre um reset ótimo! No entanto, acabamos sempre por reparar em algo que nos leva a pensar novamente nas “nossas imagens”. Passar tempo com a família e amigos simplesmente a descontrair, uma boa gargalhada é sempre uma boa maneira de descomprimir.

 

Do Porto para o mundo, ou Portugal de lés-a-lés: fotografar e filmar casamentos estrangeiros é diferente de fotografar e filmar casamentos nacionais?

É engraçado, pois de facto existem alguns pormenores curiosos em casais que visitam Portugal. Talvez por virem para um país diferente do deles, estão muito atentos a todos os pormenores. Normalmente, muitos destes casais trazem convidados internacionais e cada um deles acaba por juntar um bocadinho da sua cultura ao casamento! Já tivemos convidados em cima de mesas, pois é costume beijarem-se em cima de mesas em festas, gostam de discursos e de passearem por cá. Acabamos por conhecer sítios novos nas nossas cidades ao passearmos com eles.

 

Qual é o vosso processo de trabalho, como acontece a ligação aos vossos clientes?

Fazemos sempre uma reunião com os nossos casais, para nos conhecermos, quer seja presencialmente ou via online. Gostamos de ter este contacto pois a empatia também é muito importante para nós, assim como fazer com que eles se sintam à vontade connosco. Contam-nos como se conheceram e o que esperam de nós.

 

 

Casamentos grandes ou pequeninos, nacionais ou estrangeiros, cerimónias emotivas, festas de arromba – qual é o tipo de festa que mais gostam de registar?

O tipo de festa… com emoções! Acho que procuramos essencialmente isso, quer seja na simplicidade de uma cerimónia pequenina ou numa festa de arromba em que a dança toma conta de todos, inclusive de nós! Para além disso gostamos bastante de casamentos boho style, que tragam algo de diferente!

 

Qual é a melhor parte de ser um fotógrafo e videógrafo de casamento? E o mais desafiante e difícil?

O mais desafiante são as horas extensas de trabalho num só dia e mantermo-nos sempre criativas. A concentração para estar no sítio certo no momento certa! A melhor parte é, sem dúvida, fazer parte desses dias felizes, toda essa alegria que nos enche também. Saber que estamos perante um momento único, que ficará gravado no coração de todos os amigos, familiares e noivos.

 

Escolham os favoritos do vosso portfolio e contem-nos porquê.

Escolher os favoritos é sempre difícil por isso escolhemos aqueles que trouxeram algo de diferente.

A Claúdia e o Daniel para quem era tão importante a sua ligação com a religião e que lavaram os pés um do outro como sinal de amor e cumplicidade.

 

 

Contactem a Lemonview através da sua ficha de fornecedor. Espreitem as galerias, feita de belas imagens e vídeos, e entrem em contacto directamente através do formulário: é só preencher com os vossos dados e mensagem, e na volta do correio, terão uma resposta simpática da Joana e da Sofia.

 

Acompanhem estas nossas conversas longas com fornecedores seleccionados Simplesmente Branco, sempre à quarta-feira!